História That hurts... - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias HyunA
Tags Hyunah, That Hurts
Visualizações 5
Palavras 1.333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sadomasoquismo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu parei de escrever por um tempo porque eu senti que essa historia presisava de algumas modificaçoes e outras coisas.... espero que gostem!

Capítulo 4 - Agua e calor.


Fanfic / Fanfiction That hurts... - Capítulo 4 - Agua e calor.

Chegando na festa, o lugar era bem grande tinha alguns barzinhos e vários pole dancers mas não tinham muitas dançarinas, o show da Yezi ainda não tinha começado, a música já estava ficando alta e o lugar já estava lotando, Eunbin ja parecia ter avistado a Mei eu ouvia apenas ela comentando com E'Dawn sobre a dançarina. Alguns funcionários estavam sinalizando que o Show ia começar, então eu e outros pegamos nossos lugares. Em alguns minutos as luzes foram diminuindo a intensidade até ficar tudo escuro, depois a luz das dançarinas acenderam todas elas faziam uma pose semelhante ao show anterior no karaokê a mesma música começou, a mesma batida calma que loga aumentaria a intensidade a mesma coreografia com movimentos sexy e as roupas agora pareciam mais provocantes.

Yezi entrou em cena, depois dela terminar o 1° verso do rap ela passa para a parte da dança ela começa me encarar então a música chega no clímax ela desce do palco por uma rampa e chega perto de mim, algumas dançarinas também fizeram isso com outras pessoas, ela estava cantando rap. Ela sobe no meu colo ainda cantando e com o dedo incador no meu queixo aproxima meu rosto do seu corpo, tudo isso enquanto me encarava profundamente, quando fiquei frente a frente com seus seios ela puxa meu cabelo pra trás, me fazendo encarar o teto brilhante do lugar depois de terminar o refrão ela lambe o meu pescoço e depois volta para o palco junto com as dançarinas e termina a apresentação.

Muitos aplausos depois as pessoas se levantaram e foram para a pista de dança ela parecia ter sido a apresentação principal daquela noite, Eunbin e E'Dawn sumiram totalmente, Wheein estava me levando para um dos bares:
-vamos curtir um pouco e vamos embora depois, está bem tarde esse show demorou mais do que pareceu.
-Temos que achar a Eunbin e o E'Dawn.
-eles não voltam hoje a noite.
-porque?
-eu vi eles indo pro camarim com a Mei.
-hm...
-iai como foi a Yezi no seu colo?
-não é toa que ela me fez a surpresa.
Rimos, em alguns minutos Wheein sinalizou para eu olhar para trás Yezi estava vindo em nossa direção.
-olá espero que tenham gostado do show.
-foi demais! Disse Wheein animada.
-obrigada e você Hyuna gostou? Diz ela com o olhar profundo.
-passou mais rápido do que eu gostaria. Disse retribuindo com um olhar provocante.
-eu acho que vi seus amigos com uma das minhas meninas.
-pois é. Wheein e eu respondemos em couro.
-bom eu vou indo. Diz ela nos abraçando, até seu perfume me provocava. -boa noite pra vocês.

Voltamos para casa andando, só eu e Wheein 2 garotas bêbadas pelas ruas da cidade de madrugada conseguimos chegar em segurança no hotel caímos na cama.

Durante a noite eu sonhei com Yezi, eu usava a mesma roupa que usei para ir ao show eu estava em uma sala de espelhos. Yezi ficava aparecendo ela usava a roupa de suas apresentações, ela parecia brincar comigo eu tentava segui-la mais eu sempre a perdia. Então eu lembro de piscar e aparecer em uma ingreja de ossos, Yezi estava na porta, ela chega perto de mim. Ela me colocar em cima do altar e começa me beijar ela aperta a minha cintura e sobe em cima de mim seu beijo era muito intenso eu quase não comseguia acompanhar.

Eu acordo com o barulho de uma porta sendo fechada com uma certa violência, era E'Dawn ele parecia sonolento e ele se joga na cama e começa a mexer no celular, até perceber que eu estava acordada:
-eu te acordei? Foi mal é só que...
-não tudo bem estava tendo um sonho...
-um sonho?
-um sonho esquisito.
-um sonho esquisito ou bom?
-como assim?
-você estava sonhando com a Yezi não é?
-como você sabe?
-eu chutei, mas iai você tava beijando ela?
-voce realmente quer saber?
-porque voce acha que eu estou perguntando?
-ela quase me comeu em uma igreja de ossos.
-wow, vocé é mesmo muito estranha.
-mas iai como foi com a Mei?
-A Eunbin acabou ficando com um cara e eu fui com ela sozinho, foi divertido, ela é meio sadomasoquista.
-okay, eu acho que vou descendo.
Eu me levanto, troco de roupa e vou para o buffet sozinha, imaginei que os outros estivessem muito cansandos para me acompanhar, mas logo eles foram aparecendo aos Poucos, depois de pegar a comida e sentar em uma mesa eu coloco a mão na minha bolsa para pegar o meu celular e sinto um cartão pequeno, tiro ele da bolsa e era da Yezi.


               ***número de telefone***
         Me adiciona qualquer hora...

Seguido por uma marca de beijo feito por um Baton vermelho, ela estava realmente tão interessada em mim quanto eu estava nela?

-o que isso? Diz Eunbin pegando um lugar na mesa.
-a Yezi deixou na minha bolsa. Digo entregando para Eunbin ver.
-eu acho que ela quer te encontrar.
-como assim?
-voce já olhou esse cartão através da luz?
Eunbin se levanta da mesa e vai até o meu lado colocando o cartão sobre a luz.

                             ***endereço***
              Venha me encontrar as 23:00 eu
          Estou com uma coisa que te pertence.

Nós nos encaramos depois de ler.
-ela pegou alguma coisa sua?
-eu não estava achando o meu celular.
-voce vai mesmo?
-sim é o meu celular, ela fez isso só pra me provocar.
-ta bom, tome cuidado.

O dia prosseguiu normalmente, não fizemos muita coisa passamos a maior parte do tempo no hotel por conta da fadiga do dia anterior, eu já tinha avisado para onde estava indo, antes de sair para o local eu decidi ligar para meu celular pelo celular do E'Dawn.

○chamada recebida○
-alô?
-oi Hyuna. Diz Yezi com uma voz manhosa.
-vocé pegou meu celular.
-e se quiser de volta siga o endereço do cartão.
-esse endereço diz que você esta me levando para um hotel.
-eu só quero entregar o seu celular, não vou aprontar nada.
-vocé ja aprontou pegando o meu celular.
-vocé está com raiva?
-um pouco.
-voce deveria vir aqui me punir.
●chamada encerrada●

A última fala de Yezi suou como um sussurro eu estava com o pouco de medo, eu não conhecia ela direito mas eu precisava pegar meu celular.

Cheguei até o local de táxi, assim que falei meu nome a recepcionista me mandou ir para a piscina que tinha no local. Eu avistei Yezi saindo da piscina de biquíni. Ela me encarava intensamente e meu celular estava em capinha aprova d'água, presa no ao pescoço de Yezi.
-Voce veio, pensei que ia furar comigo.
-não acredito que me fez sair de casa as 23:24. Eu quero meu celular.
-voce quer? Então vem pegar. Diz ela tirando o cordão do pescoço e segurando ele na ponta dos dedos perto da piscina. Eu sorrio de lado e fico somente com a roupa de baixo, vou chegando perto dela ate que...
-opa! Ela deixa cair propositalmente o celular com a capinha dentro da piscina,

Eu ficou de costas para a piscina de frente para ela, eu coloco as mãos na cintura de Yezi e começo um beijo lento, sua boca era muito quente, eu senti que seus dentes eram bem pontudos o beijo não dura muito ela nos separa e me empurra na água pulando em seguida ela me encurrala na parede da piscina e começa um beijo intenso eu coloco minhas pernas ao redor de sua cintura, ela interrompe o beijo para tirar a parte de cima do biquíni e eu faço o mesmo.

Então começa a chover, o frio da chuva misturado com o calor que o nossos corpos produziam estavam em contato, era tudo muito intenso. Ela realmente me sugava totalmente, eu percebi que os olhos dela aviam mudado de cor, para um vermelho sangue, o beijo chega ao fim ela desce para o meu pescoço descarregando chupões e mordidas, algo estava diferente mas eu não pensei muito, deixei que ela me dominasse.

Notas Finais


Desculpem qualquer erro '-'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...