História That night - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Monarquia, Monstro, Princesa, Reinos, Romance
Exibições 6
Palavras 398
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi...
Ninguém vai ler isso, neh?
Mas vai que, neh?
Então, se alguém ta lendo eu ja te amo por ver o meu trabalho.

Eu dormi, e sonhei essa história, e cara, foi o sonho mais louco que eu ja tive, mas também foi o mais top.

Não ache que é a Bela e a Fera, pq não é, acredite.

Vai rolar muita coisa mas a fic vai ser pequena, pq estou trabalhando mais na minha outra de Fnaf, se puder por favor leia ela também.
Bjs de sei lah o q e boa leitura!
Mds essa nota tá parecendo um cap., desculpa.

Capítulo 1 - Prologue; The monster


Era uma vez um reino chamado Harmony. 

Um reino musicista, com vários gostos, todos respeitados. Um reino pacífico, sem guerra, sem fome, sem racismo nem preconceito, sem desonestidade. Um reino governado por um rei e rainha amados e uma princesa bondosa. 

Esse reino seria perfeito se não existisse ele, era o que a maioria do povo dizia. O monstro. A princesa não sabia da existência dele, muito menos a deixavam saber. 

 Chegava o aniversário da princesa Amberly e todos esperavam ansiosamente, já que seria uma festa à fantasia aberta a todos. Teria música, comida, dança, tudo o que uma festa merecia; Ainda contava com a presença da família real de Cinnabar, o rei, a rainha e seus 9 filhos; Dentre eles o herdeiro do trono que estava ansioso para conhecer a princesa de Harmony, porém com talvez outras intenções além de fortalecer uniões entre os reinos. 

 Em seu lugar secreto o monstro pensava sobre sua vida; Ele sempre fora repudiado pelos outros, deixado de lado e odiado pelo simples motivo de como sua aparência era. Ele achava engraçado como todos se respeitavam e amavam mas sempre faziam uma "pequena" exceção quando a pessoa era ele, mas deixando de lado todos e os ignorando -até mesmo o rei e a rainha-, o pensamento do monstro parava sempre em Amberly, a princesa.

 Saberia ela da existência de tal monstro como ele? Jake não sabia. 

O quê? Eu não disse que o nome do monstro na verdade não era monstro, e sim Jake Schmidt? Oh, desculpe. Mas voltando à história; 

Na verdade, Jake não possuía conhecimentos sobre línguas, geografia, história, ciências e muito menos matemática.

 O conhecimento de Jake se estendia a muito mais que isso, ele sabia a posição das estrelas, o nome delas e de todas as 88 constelações.

 Jake sabia entender os animais como se fosse algo natural, também sabia quando precisavam de ajuda e nunca os deixava na mão. 

Jake tinha o incrível dom de fazer caixinhas de música artesanais. 

Jake também era ótimo cozinheiro, tinha sua propria horta e era vegetariano. 

Jake realmente era uma boa pessoa, porém ninguém ligava se ele se esforçasse ao máximo e fizesse de tudo para que pudessem aceitá-lo. 

Não importava o que ele tinha feito ou por quem.

 Não importava o coração nem os sentimentos que Jake sentia.

 O que importava era o fato de que ele era um monstro.


Notas Finais


Tá uma merda o começo?
Tá.
Eu vou ajeitar?
Com toda a certeza.
O quê o tal herdeiro quer com a Amberly?
Descubram.
Quando eu vou postar o próximo?
Não sei. Sério. Só de vez em quando me vem uma inspiração enorme, mas eu aproveito bastante.
De novo uma nota do tamanho de um cap. ?
Sim.
Pq?
Não sei.
Um bjo na teta esquerda e TCHAAUUUU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...