História That's my girl - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Little Mix
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Jade Thirlwall, Jesy Nelson, Lauren Jauregui, Leigh-Anne Pinnock, Normani Hamilton, Perrie Edwards
Tags Alren, Caminah, Dinally, Jerrie, Norminah
Exibições 98
Palavras 1.555
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Como falei antes, vou postar nos sábados ou domingos, então aqui estou eu. Boa leitura gente!
Obs: Próximo capítulo ja tem volta da Lauren pros Estados Unidos viu, eu disse q as coisas so vão começar a ficar boa dps dos dois anos e acho q a Lauren em Londres e a Ally nos Estados Unidos, n da p fazer uma coisa legal, então ja vai ter volta e não vai ser nd legal p Lauren (spoiler de leve)

Capítulo 12 - Poise, terminamos


Pov Ally

Poise gente ela terminou comigo, se chorei? Chorei horrores, mas pra que chorar se eu posso (na verdade não posso) afogar minhas mágoas na bebida. Corri pra casa e bebi a primeira coisa que vi na minha frente, uma garrafa inteirinha de whisky, quando eu ja tava tontinha as meninas chegaram, ate tentaram fazer com que eu parasse, mas elas não sabiam a dor que eu tava sentindo. Dei mó beijão na Dinah, eu tava precisando disso e depois implorei pra que fossemos a uma boate que tinha perto da faculdade, mas elas negaram e foram embora, acreditando elas que eu iria ficar em casa. Peguei meu celular e liguei pra única pessoa que aceitaria sair comigo, Will. Combinamos de ir pra boate que eu queria e de la so o destino iria falar por mim, eu não vou fazer sexo com ele, mas ele é a companhia certa para isso. Chegamos na boate e bebemos tudo que tínhamos direito, depois da boate fomos pro apartamento dele e aconteceu o que eu tava tentando evitar, o velho pozinho branco que me dava a melhor sensação do mundo. Inalei uns três saquinho seguidos e como esperado fui perdendo a noção de vida e desmaiando, ate apagar geral.

Pov Camila

Minha pequena ta sumida, podíamos estar brigadas, mas ela é minha melhor amiga e saber que nessa briga eu to errada, me deixa mais triste ainda. Se algo de ruim acontecer com ela, aquele rostinho branco da Jauregui, vai ficar roxinho de tanto que eu vou bater nela. Eu tava na casa da Mani esperando alguma notícia e eis que meu celular toca, eu atendo imediatamente quando vejo que é o Will

Ligação On

Camila: Alô Will? Cadê a Ally? Ela ta bem? Fala seu canalha

Will: Sossega o facho ai Camilinha, ela ta aqui no meu apartamento, mas ta desmaiada, vem pegar ela

Camila: Camilinha é o caralho, vou correr pra essa merda que tu chama de casa e vou te matar

Will: Mas é apartamento

Ligação Off

Desliguei na cara dele e fomos o mais rápido possível pro apartamento daquele inútil, tocamos a campainha e rapidamente ele atendeu, sobre muito efeito de álcool, mas atendeu

- Olha aqui seu Filho de uma puta, se algo acontecer de mais grave com a Ally você vai me pagar, mas não vai ser so uma surrinha não, você nunca mais vai esquecer da dor que vai sentir- a Dinah falou pegando ele pela gola da camisa e deu um soco na cara dele- vamos meninas- pegou a Ally no colo e saiu

Fomos em direção ao carro, colocamos a Ally no banco de trás e voamos para o mesmo hospital de quando viemos a primeira vez com ela, entramos e pedimos que o mesmo médico atendesse o caso dela, levaram ela pra uma sala e nós ficamos na espera. Liguei pra tia Pat e ela veio correndo ate o hospital, pra terminar de acabar com a vadia que provocou tudo isso, mandei uma mensagem pra Lauren

Mensagem On

Camila: Pra sua sorte e do seu rostinho, achamos a Ally com vida, mas sem um pingo de consciência

Lauren: Que alívio você me da falando isso, não dormi nada e eu vou voltar com ela, nem você e nem ninguém vai me impedir

Camila: Veremos vadia, veremos

Mensagem Off

Não respondi mas ela e fiquei esperando noticias da Ally. Depois de algumas horas esperando alguma noticia, o médico veio ate a gente

- Vocês de novo aqui ne?- assentimos- eu disse pra que vocês não deixassem ela beber ou usar qualquer tipo de droga, mas vocês falharam e ela perdeu um pouco da consciência, e vai passar algumas horinhas com uma perca de memória, mas jaja volta tudo ao normal- ele ia embora, mas voltou- ah, não deixem ela beber tão cedo, dessa vez é muito mais sério, se ela tomar outro porre desse, ela vai realmente perder a memória de tudo

- Ai meu Deus, pode deixar doutor, nós vamos ficar de olho- eu falei

- Podem ir la ver ela, ela já ta acordando- ele falou e saiu

Pov Ally

Acordei em um quarto branco e cheio de aparelhos ligados em mim, mas na verdade eu não sabia onde estava, como cheguei aqui e ate mesmo quem eu era. Depois de alguns minutinhos umas mulheres entraram no meu quarto, era uma grandona, uma morena, uma que tinha uma bunda enorme e a outra parecia ser a mais experiente e essa última tava com uma cara de quem tinha chorado horrores

- Quem são vocês?- perguntei me sentando na cama- Não, espera, como é meu nome?- a mais experiente chorou pra caramba, não entendi muito

- Seu nome é Ally, faz faculdade de medicina e namorava uma mulher que mora la em Londres, inclusive ela que te deixou nesse estado- a da bundona falou- e eu sou a Camila, ela é a Dinah, ela é a Mani e essa aqui é sua mãe- minha mãe? Como eu não lembro dessa mulher?

- Eu não lembro nada disso e nada de nada, como assim eu namorava uma mulher e ela que fez isso comigo?

- Ally, vamos esperar mais algumas horinhas e você terá a resposta, agora a gente não pode te explicar nada, você so vai ficar mais confusa

A tal Mani falou e uma outra mulher entrou no quarto, aplicou uma injeção em mim e eu adormeci olhando aquelas pessoas na minha frente chorando muito e alguém falar assim: "A Lauren vai me pagar, ela não vai fazer isso com a vida da minha pequena". Depois dessa frase eu adormeci total e so acordei quatro horas depois, pedi pra enfermeira chamar quem tivesse me acompanhando e as meninas entraram com minha mãe junto

- Ally você lembra da gente agora?- a Camila falou

- E quando foi que eu esqueci minha latina preferida?- falei e sentei na cama

- Você esqueceu a quatro horas atrás- dessa vez a Dinah falou

- Sério?- elas assentiram- agora me falem por que eu to aqui mesmo? Disso eu não lembro de verdade

- A Lauren terminou com você, você bebeu, deu uma beijou na Dinah, saiu de casa e foi usar droga e beber na casa do Will, mas como você não estava podendo fazer isso, você veio parar aqui, daí perdeu a memória por algumas horas e se beber de novo desse jeito, vai perder a memória por completo- a Camila falou num fôlego so

- A Lauren terminou comigo ne? Mas que merda ne, não vou beber mais, agora so me da meu celular e por favor me deixem um pouco sozinha, depois eu mando vocês entrarem de novo, pode ser?- elas assentiram, minha mãe me deu meu celular e depois saíram

Liguei pra Lauren, ja que tinham várias mensagens e chamadas, que eu não tinha visualizado por estar em um estado meio alterado. Chamou uma vez e ela rapidamente atendeu

Ligação On

Amor: Ally? Me fala que você está bem por favor (ela tava chorando certeza)

Ally Brooke: Oi Lauren, to bem sim, so bebi e usei drogas, perdi um pouco da memória e agora não posso mais fazer isso por que se não perco a memória total, mas eu estava pensado em fazer de novo so pra esquecer da sua existência

Amor: Ally não fala assim, so me deixa com mais sentimento de culpa

Ally Brooke: Lauren, eu vou te da uma chance de me contar a verdade, se você não me contar o por que de não querer mais ficar comigo, nem apareça aqui depois dos dois anos

Amor: Ta Ally, vou lhe falar. Duas semanas depois que eu cheguei aqui, fui pra uma festa com a Perrie e la eu conheci todo o seu grupinho e la tinha uma garota, como eu estava bêbada demais eu fiquei com ela

Ally Brooke: Espera Lauren, foi so um fica ne?
Amor: Ja que é pra falar toda a verdade, não Ally, a gente também transou

Ally Brooke: Você não aguentou um mês Lauren, um mês velho

Amor: Me desculpa amor, eu não vou lhe pedir pra voltar comigo, mas vamos manter contato como amigas, que tal? E depois que terminar esses dois anos aqui, eu vou onde você estiver e nós vamos se acertar, vou fazer de tudo pra ter você de novo

Ally Brooke: Tudo bem Lauren, vamos fazer isso que você ta falando sim e espero que essa mulher com quem você me traiu esteja te fazendo muito bem, porque depois você vai ser so minha, te amo

Amor: Ai meu Deus, você ainda vai me querer, agora tenho que ir tenho prova pra fazer, te amo meu amor, beijão

Ligação Off

Dormi mais um pouco e o médico me liberou no mesmo dia. Eu estava triste pela Lauren ter me traído e ficarmos separadas vai ser o melhor a se fazer agora. Estávamos eu e Dinah no meu quarto, a gente estava numa troca de olhares, ela foi se aproximando e rolou um beijo, mas uma beijo calmo e muito bom por sinal, mas alguém cortou o clima e não podia ter sido essa pessoa pra interromper

- Ally, a gente conversou, que amiga hein?- a Camila falou e saiu do quarto correndo

- Mas que merda de amiga eu sou!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...