História That's my girl - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Little Mix
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Jade Thirlwall, Jesy Nelson, Lauren Jauregui, Leigh-Anne Pinnock, Normani Hamilton, Perrie Edwards
Tags Alren, Caminah, Dinally, Jerrie, Norminah
Visualizações 88
Palavras 1.783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Queria dizer que voltei, não por muito tmp, mas to aqui atualizando sim. Peço a compreensão de todo mundo q ler aq, ta td corrido na minha vida, mas eu irei voltar com td quando essa bagunça passar. Eu vou admitir q eu sou uma pessoa bem idiota, esse capitulo estava pronto a séculos e eu smp me esquecia de postar, mas aqui esta ele e espero q gostem. Boa leitura!

Capítulo 27 - Vou Defender Minha Família


Fanfic / Fanfiction That's my girl - Capítulo 27 - Vou Defender Minha Família

Pov Ally

Essa história da Lauren com a família dela deixou meu amor muito triste, depois do nosso almoço eu levei ela pra casa, porque ela não tinha condições de dirigir, eu sabia que ela precisava colocar algo pra fora e se ela guardasse por mais tempo, com certeza ela iria explodir. Eu ainda não havia contado pra ela o que de fato tinha acontecido com o Liam, que o traste do Troy desligou os aparelhos do pequeno, apesar de ela ter me perguntado tantas vezes, eu ignorei todas e agora também não é hora de contar isso, ela já ta abalada demais com o que aconteceu. Levei ela pra casa e eu sabia que ela ia explodir, ela sentou no sofá e chorou como se não houvesse amanhã, ela tava chorando tanto, eu so pude ir abraçar e tentar acalmar ela. Depois de muito chorar ela dormiu e eu so cobri ela porque tava frio, fui preparar alguma coisa pra lanchar e fui dar continuidade a alguma série, enquanto eu tava assistindo, a Dinah chegou e sentou comigo

- O que foi pequena? Você ta olhando pra Lauren com tanta dó

- Ah Dinah, ela ta com um problema ai na família dela e eu nem contei ainda o motivo do Liam ter ficado mal, ela ia matar o- botei a mão na boca, a Dinah também iria mata-lo

- Quem ela iria matar Ally? E o que de fato aconteceu com o pequeno?- ela me olhava com uma raiva

- Ta Dinah, so espera a poeira baixar na casa da Lauren pra que ela fique sabendo, não vamos contar agora pra ela- ela so assentiu e fomos pra cozinha, caso a Laur acordasse- eu cheguei la e fiz o que tinha que fazer com o Liam, mas fui atrás de respostas para o que aconteceu, daí fomos olhar as câmeras de segurança, porque já tinham me falado que um homem tinha entrado e desligado os aparelhos e o Troy estava la no mesmo dia, então olhando nas câmeras realmente tinha sido o Troy o cara que tinha desligado os aparelhos, eu não avisei a ninguém e você é a primeira a saber

- Saber o que Ally?- a Laur falou atrás de mim, coçando os olhos ainda do sono

- Nada Lauren, coisa nossa la dos Estados Unidos- a Dinah falou desconversando

- Eu espero que vocês não estejam me escondendo nada gente, porque você- apontou pra mim- é minha namorada/futura esposa e você- apontou pra Dinah- é, atualmente, umas das minhas melhores amigas, então não me escondam nada lindinhas- deu um selinho em mim e saiu

- Olha aqui Ally, se eu ver esse desgraçado na minha frente eu mato ele e que tenha dito

Ela falou e saiu, ai meu Deus, é muita dor de cabeça pra uma pessoa só, mas eu preciso me acalmar e relaxar porque amanhã eu vou fazer uma cirurgia no pequeno e se tudo der certo ele vai respirar sem os aparelhos amanhã. Deitei no sofá e fiquei refletindo e do nada recebi uma ligação
 

Ligação On

Ally: Alô?

Desconhecida: É a senhorita Allyson Brooke?

Ally: Ela mesmo, quem está falando?

Maria: É a Maria, é sobre a adoção do Liam, lembra de mim

Ally: Oh lembro sim, como está a disputa pra adoção do meu menino?

Maria: Uns advogados da família Jauregui agilizaram seu processo Ally, so falta você vir assinar os papéis, quando posso marcar pra você vir?

Ally: Pode ser no sábado pela manhã, tudo ok?

Maria: Pode sim Ally, estarei esperando você aqui, até sábado

Ally: Até e obrigado por tudo!
 

Ligação Off

Em meio a tantas notícias chatas, uma pra me alegrar, o Liam finalmente será meu filho e eu to louca com isso, to rindo ate pro céu. Depois de um tempo a Lauren finalmente voltou, ela tinha subido pra tomar um banho

- Espero que esse sorriso ai pro céu, não tenha nada haver com o seu segredinho com a Dinah- ela falou com um bico enorme na cara e sentou do meu lado de braços cruzados

- Eita que mulher ciumenta senhor, sabe que eu so tenho olhos pra você olhos verdes- sentei no colo dela e beijei como se não houvesse amanhã, ela passava a mão por dentro da minha blusa e eu já tava quase tirando pra que ela começasse os trabalhos

- Ei ei ei, podem ir parando agora, ja vi vocês duas peladas uma vez e não quero repetir essa cena- a Mila chegou e atrapalhou o que ia rolar

- Ai que chatas, so porque minha mulher ta de segredinho com a tua, eu ia ganhar uma recompensa- ela continuava com o bico na cara, que eu desfiz com um selinho e ri da cara dela

- Segredinho é? Bom saber Dinah Jane- a Mila falou e passou o dedo na cara da Dinah

- Amor não me culpe, é coisa da Ally, se ela quiser contar pra vocês, tudo bem

- Ai é Brooke? Não era um assunto das duas la dos Estados Unidos?- a Laur falou desconfiada

- Porra Dinah, cala a boca- dai lembrei da ligação da Maria e ai que eu ia contar essa história ao invés da que eu estava falando com a grandona- ta certo gente, eu conto, a Maria me ligou hoje e quer que eu vá assinar os papéis da adoção do Liam no sábado, eu ia fazer uma surpresa, mas vocês não deixaram- a Laur me puxou pra um beijo e as outras duas estavam comemorando como loucas

- Ainda bem meu amor, pensava que ia vir uma história bem triste e ia me fazer ficar pior, mas essa notícia é a melhor no meio dessa crise toda- abracei ela e olhei pra Dinah, que me olhava com uma cara de desaprovação, mas ela tinha que me entender

- Vamos comemorar com um Japa? Quem topa?- a Mila falou e todas topamos

Eu tava mal por ter mentido pra Lauren, mas não menti completamente. Fomos todas pra um sushi perto do condomínio de casas que a gente morava, chamamos todas as outras e fomos comemorar, como a Laur tava toda orgulhosa do seu filho chegar, ela já ligou para as meninas e falou o ocorrido e o porque da comemoração, eu não queria retornar esse relacionamento com mentiras, então decidi contar quando a gente voltar do japa. Comemos e comemoramos a chegada do Liam em grande estilo, minha mulher percebeu que eu estava meio estranha, ate perguntou se estava tudo bem comigo, mas eu disse que estava e ela meio que acreditou. Eu disse que tinha a cirurgia do pequeno amanhã e que tinha que ir pra casa descansar, falei pra Laur continuar la, mas ela insistiu em vir comigo, eu não contestei ne. O caminho ate em casa foi todo em silêncio, ate porque se eu falasse alguma coisa ali, era pra falar do Troy e que eu havia omitido essa informação pra Laur. Chegamos em casa e eu fui direto pro banheiro tomar uma banho pra relaxa essa tensão que ta no meu corpo, passei umas meia hora dentro do banho, quando eu sai a Laur tava encostada na porta de braços cruzados como se estivesse me esperando sair do banho. Peguei a roupa que eu ja tinha separado, coloquei e sentei na cama de costas pra ela

- Ei pequena?- olhei pra ela, que se ajoelhou na minha frente- me conta o que ta acontecendo com você, você ta muito estranha

- Eu não consigo te contar Laur- eu não queria encarar aquele mar verde

 

- Fala amor, eu não vou brigar com você, é sobre o Liam?- assenti- mais um motivo pra me falar amor

- Eu meio que omiti e menti uma parte da história pra você

- Como assim Ally? Você não ganhou a guarda do pequeno?

- Ganhei sim olhos verdes, essa é a verdade da história

- E o que você mentiu e omitiu?- ela perguntou preocupada

- Eu menti que, o que eu e a Dinah estávamos falando não era sobre a adoção do Liam e o que eu omite foi- respirei fundo- no dia em que o pequeno passou mal e ficou entre a vida e a morte, foi porque alguém tinha desligado os aparelhos, dai eu acabei descobrindo que esse alguém foi ninguém mais ninguém menos que o Troy e eu não queria te contar porque você ta com a cabeça cheia amor, você ta com problema na sua família e ainda mais esse outro problema, não queria te ver mal

- Ally meu amor, isso era pra você ter me contado desde o dia em que descobriu, minha cabeça tava lotada, mas minha família precisa de mim

- Justamente Laur, você ta passando por algo ruim com sua família, não queria te deixar pior

- Não to falando deles Ally, to falando de você e do Liam, A MINHA FAMÍLIA, eu preciso proteger vocês e a próxima vez que o Troy ou alguém se meter com um de vocês dois, me avise amor, eu preciso ficar sabendo de tudo pra cuidar de vocês e se eu ver ele onde quer que ele esteja, eu vou bater muito nele, não importa o que você me diga, eu vou arrebentar a cara dele

- Olhos verdes, acabei de tirar um peso da minhas costas, sério mesmo, é como se tivesse uma tonelada aqui comigo, eu fiquei com mais medo do Troy, amor, ele não ta brincando- eu baixei a cabeça e escorreu uma lágrima do meu rosto

- Oh pequena olha pra mim- eu olhei e ela limpou a lágrima do meu rosto- ele nunca, escuta o que eu to te falando, nunca vai encostar em você ou no Liam de novo, a gente tem a Dinah amor- eu ri- brincadeiras a parte, eu vou proteger vocês pequena, não se preocupe- a gente tava se beijando e de repente chega uma mensagem no celular dela, ela olha e fica em choque, dai eu peguei o celular da mão dela e vi o que eu temia

Mensagem On

"É querida Lauren, te encontrei ne, se bem que não foi difícil, so dois anos depois ne? Fiquei sabendo que você e a Ally estão juntas, parabéns viu. Fiquei sabendo também que vão ser mamães, parabéns também, mas não fica feliz por muito tempo não, você fugiu de mim e eu jurei um dia te encontrar, de agora você não escapa e eu tenho reforço"

Mensagem Off

No fim tinha uma foto, que dava medo e arrepiava ate onde não tinha cabelo, olhei pra Laur e senti que era o fim da linha, de novo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...