História That's My Girl - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Emblem3, Fifth Harmony, One Direction, Shawn Mendes, The Vamps
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Bradley Simpson, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Drew Chadwick, Harry Styles, Keaton Stromberg, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Visualizações 371
Palavras 3.614
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei gente infelizmente com uma noticia não muito boa... Nosso OT5 hoje virou OT4 vai ser difícil superar isso, nossa Camz a nossa menininha que disse que se dependesse dela a banda nunca acabaria saiu do grupo... É uma noticia dificil de aceitar, sinceramente eu estou chorando desde o momento em que fiquei sabendo disso, não ia postar o capitulo hoje ia completar ele primeiro mas tinha que falar que não deixarei vocês na mão, continuarei postando mas não com frequencia pelo menos por enquanto, escrever fic Camren em que narra uma história das meninas é difícil, ficara difícil não sei como expressar oque estou sentindo só posso dizer VOCÊ VAI FAZER FALTA CAMZ :'(
Vamos ao primeiro capitulo da nova temporada...

Capítulo 39 - Segunda temporada 39


Fanfic / Fanfiction That's My Girl - Capítulo 39 - Segunda temporada 39

UM MÊS DEPOIS

P.O.V Vero

Estava no sofá assistindo um filme com Lucy quando a campainha começou a tocar, me levantei e fui sem pressa nenhuma atender, quando abri a porta tive uma surpresa, Tio Mike, tia Clara e os meninos estavam aqui, não esperava a visita deles creio que nem Lauren e Camila já que elas estavam tendo um momento só delas no quarto...

-Oi gente!! – Falei simpática

-Oi Vero – Tia Clara disse me dando um abraço e entrando em casa, os meninos e tio Mike fizeram a mesma coisa – Lauren está em casa Vero? – Ela me questionou e não soube o que responder

-Er... ela está ocupada tia – Falei coçando a nuca

-Aonde ela está, estou com saudade da minha filha, desde que resgatamos ela não a vimos mais – Ela disse

-Ela está muito ocupada com uma coisa com a Camila – Tentei explicar de uma forma que ela e o tio Mike entendessem

-Ahh – ela falou assim que entendeu o que queria dizer

Ficamos todos no sofá da sala assistindo um filme qualquer que passava na hora, já se passavam meia hora desde que os pais da Lauren chegaram aqui e nada das meninas descerem...

P.O.V Lauren

Estava com saudade de ficar um tempo assim com a Camz, desde o dia em que voltei nós só fizemos amor umas duas vezes...

-Amor a campainha – Ela disse mais como um gemido do que falado mesmo, e eu só estava beijando seu pescoço começando a puxar sua blusa pra cima

-Verônica atende vamos continuar aqui – falei voltando a maltratar seu pescoço

Escutei a voz dos meus pais e parei de beijar a Camz que fez uma cara nada boa pra mim me deu até medo

-Porque parou Michelle? – Ela perguntou me fuzilando com os olhos

-Meus pais estão ai

-Eles ficam lá em baixo amor continua aqui vai, quero sentir você – falou com a voz mais sexy me deixando louca e mordendo o lóbulo da minha orelha em seguida

-É pra já – falei voltando a tirar seu sutiã e beijar seu pescoço com vontade deixando chupões e mordidas lá, sabendo que ficaria marcado aquilo...

P.O.V Vero

Essa demora das meninas estava começando a me irritar, decidi ir ver o que tava acontecendo lá em cima pra demorarem tanto, não é possível que seja tão difícil assim gozar, usei a desculpa que iria no banheiro e fui pro quarto delas abri um pouco a porta até ter visão do que elas estavam aprontando e do porque a demora delas quando vi o que estava acontecendo lá dentro quase não segurei o riso, Camila estava tirando a calcinha da Lauren e deixando sua barriga marcada com chupões, “vou ter que chamar alguém pra ver isso” pensei comigo mesma...

-Tio o senhor pode vim aqui me ajudar com um negócio acho que o cano entupiu no banheiro

-Claro, vamos lá

-Já voltamos – Falei pra Lucy que me implorava pra ficar lá com ela com os olhos

Subi para o segundo andar com tio Mike, quando chegamos na porta do quarto da Laur conferi se estava tudo certo e disse pra ele..

-Tio independente do que o senhor ver agora me prometa que não vai gritar nem nada por favor – falei e ele assentiu abri a porta devagar

Quando abri a porta totalmente dando a visão do quarto pra ele Lauren estava quase se contorcendo na cama agarrando a cabeceira enquanto Camila a chupava, ambas estavam da mesma forma em que vieram ao mundo, bela vingança minha ponto pra mim, tio Mike estava em choque

-Chama a Clara por favor – ele sussurrou em meu ouvido e eu assenti descendo para a sala

-Tia Clara, tio Mike está te chamando, só ela pirralhos, fiquem ai com a Lucy já volto tá amor – Disse indo em sua direção dando lhe um selinho

Subi com tia Clara chegando perto do quarto da Lauren passei as mesmas informações pra ela... Chegando na porta do quarto ela ficou da mesma forma que tio Mike, nesse momento Camila penetrava Lauren com dois dedos e deixava chupões por seu corpo, até que em um gemido manhoso pude perceber que Lauren gozou nos dedos da Camila já que seu corpo todo se relaxou a Camila subiu até a boca da Lauren lambendo os dedos, elas começaram um beijo quente, eu estava ficando excitada com esse beijo, eu e Lucy teremos uma noite e tanto hoje, desci com eles pra sala e ficamos lá por um bom tempo, até as meninas descerem pra comer...

P.O.V Lauren

Eu e Camila tivemos uma tarde e tanto, eu tive no mínimo três orgasmos e ela nem se fala, assim que tomamos nosso banho juntas e descemos dando de cara não só com Vero e Lucy mas também com meus pais e meus irmãos na cozinha, Vero tinha um sorriso sacana no rosto, “ela aprontou alguma” quando Camila escutou a voz dos meus pais travou na hora.

-Amor seus pais estão ai, a gente tá cheia de chupões pelo corpo

-Amor não se preocupa, joga o cabelo aqui que melhora, não precisa se preocupar são só meus pais – falei lhe dando um selinho

-Justamente por isso to preocupada, são seus pais Lauren, ficamos a tarde toda no seu quarto e outra temos que contar pra eles da sua gravidez amor

-Eu sei, nós vamos contar se eu criar coragem contamos hoje mesmo e amanhã falamos com seus pais, eu já estou olhando uma casa pra nós morarmos, não da pra ficar aqui com um bebê, vamos dar um jeito tá? – Falei lhe dei um selinho e entramos na cozinha na maior cara de pau

-Apareceram, finalmente – minha mãe disse vindo nos abraçar, meu pai e meus irmãos fizeram o mesmo

-O que tanto faziam lá em cima que demoraram uma eternidade pra descer? Estamos aqui a tarde toda – minha mãe disse e Vero me olhou com um olhar malicioso eu e Camila coramos

-Estava começando a achar que vocês tinham morrido lá dentro – meu pai se pronunciou e Camila ficou mais vermelha do que já estava escondendo o rosto na curva do meu pescoço

-Estávamos tomando algumas decisões pai, coisas importantes do nosso futuro – disse o mais convincente que consegui

-Sobre o que é filha? – meu pai perguntou e Camila me abraçou mais forte me passando coragem

-Vamos lá em cima que eu explico pra vocês dois

-Dois Laur? – Tay perguntou

-Sim, vou falar com nossos pais primeiro depois converso com vocês – falei e ela assentiu, Vero me olhou como quem dizia vai na fé, você consegue

-Então? – Minha mãe perguntou assim que chegamos no meu quarto eu e Camz nos sentamos na cama e meus pais nas cadeiras que tinham ali

-A gente conversava porque eu estava pensando em comprar uma casa pra mim e pra Camz, já que nos formamos e estamos praticamente morando juntas já que ela passa mais tempo aqui comigo do que na casa dos pais

-Tudo bem, precisa de o que mais filha? – Meu pai questionou “É agora Lauren”

-Preciso de um enxovaldebebê – Falei rápido demais

-Fala devagar filha – minha mãe falou Camz segurou firme minha mãe me passando coragem pra falar isso pra eles

-Eu... pai, mãe, e-eu preciso da ajuda de vocês c-com... quer dizer v-vocês vão ser a-avós - falei gaguejando

-Como assim filha? – Meu pai perguntou se levantando junto da minha mãe

-Amor fala logo, você consegue – ela me disse me dando um selinho e indo até a bolsa que ela levou para a consulta em que ficamos sabendo que eu estava gravida

-Eu fiz um exame mês passado porque estava andando com muitos enjoos e um cansaço fora do normal e bom o resultado foi esse – disse entregando pra eles o resultado

-Que brincadeira é essa Lauren? – Minha mãe perguntou irritada entregando o resultado pro meu pai

-Não tem brincadeira nenhuma mãe, porque eu ia brincar com um assunto desse?

-Filha, o local que você fez esse exame é de confiança?

-É sim pai, é tudo verdade eu juro – disse segurando as lágrimas

-Porque não nos disse isso antes filha? – Meu pai me questionou calmo vindo em minha direção

-Por medo, eu tinha medo da reação de vocês

-Filha como vocês duas vão fazer? A Camila não vai conseguir um trabalho por agora e também vocês são muito novas nem começaram a faculdade ainda

-Pai a Camz vai começar a faculdade e eu vou continuar trabalhando na empresa, vou adiar a faculdade até termos condições de nos sustentar

-Nós vamos ajudar vocês com o que precisarem, vamos comprar tudo o que precisarem, você prefere um apartamento ou uma casa filha?

-Uma casa, tem um condomínio muito bom aqui perto, já olhei com a proprietária de lá, tem um preço bom e vamos continuar morando perto de vocês

-Vocês duas sabem que terão que casar certo? – Minha mãe perguntou e assentimos – Como vão fazer isso?

-Eu vou comprar as alianças e meus pais vão pagar pra casarmos no cartório – Camz disse

-Mas Camila você ainda é menor de idade, não pode casar – Meu pai disse

-Eu faço aniversário daqui a alguns meses e vou ser oficialmente maior de idade, vamos deixar pra casarmos assim que eu completar 18 tio quer dizer sogro – ela falou rindo

-Tudo bem, vamos descer então?

-Vamos sim

-E ai? – Vero perguntou assim que entramos na cozinha

-Acho que daqui a um tempo não vamos precisar escutar seus gemidos durante a madrugada Vero – Falei rindo e ela ficou com cara de interrogação misturado com raiva pelo que disse

-Vocês contam ou querem que nós contamos? – Meu pai nos questionou

-Nós contamos pai

-Tudo bem

-Eu e a Camz vamos nos casar – falei com o maior sorriso que consegui fazer no momento meus irmãos vieram até nós e nos deram abraços apertados

-Então quer dizer que Camren vai casar e vou ter essa casa enorme só pra mim de novo? – Vero disse com uma carinha triste

-Ei não fica assim, ainda vai nos aturar por um tempo, não vamos casar nem nos mudar por agora tá? – Falei com minha amiga lhe dando um abraço apertado

-Mais porque vão casar tão cedo Laur? – Chris perguntou

-Porque meio que você, a Tay e a Sofi serão titios e tio Ale junto da tia Sinu junto dos nossos pais serão avós – Falei com um sorriso enorme e eles me abraçaram mais uma vez

-Quem tá gravida? – Tay perguntou

-Eu, eu estou grávida maninha

Fizemos uma festa lá em casa depois disso e assim que meus pais foram embora eu e Camz fomos dormir já que no dia seguinte falaríamos com os pais dela e eu pediria sua mão em casamento pra eles, mesmo sem alianças por enquanto, queria oficializar nosso noivado e já começar a dar as entradas nos papeis tanto do casório quanto do condomínio em que moraríamos, quero deixar tudo pronto pra que tudo saia como estamos planejando agora, a maior certeza que tenho é que eu amo a Camz e quero passar o resto da minha vida com ela...

P.OV. Camila

Lauren contou pra todos que estavam em casa ontem da sua gravidez, não entrou em detalhes mas acho que meus sogros entenderam e nem quiseram questionar quem é o pai da criança, agora estamos todos na sala assistindo um filme qualquer na televisão Lauren está recebendo carinho dos seus pais que nem me deixaram sentar do lado da minha futura esposa, disseram que já passo muito tempo com ela que essa é a vez deles 

-Camila podemos conversar ali na cozinha? - Clara perguntou e eu assenti me levantando

-Sim

-Vou ser direta Camila, e quero uma resposta útil - falou e assenti - quem é o pai dessa criança? Você é menor de idade não poderia fazer a inseminação - Ela foi bem direta

-Clara eu... infelizmente não posso revelar isso, isso é uma coisa que todos temos que conversar, eu, você, Lauren, tio Mike e meus pais

-Camila responda a minha pergunta

-Já respondi Clara, juntaremos todos e conversaremos sobre isso - Falei e sai da cozinha me sentando ao lado do meu sogro e ele trocou de lugar com Lauren fazendo ela ficar ao meu lado

-Que foi amor?

-Nada, eu vou subir, tomar um banho e deitar pra descansar estou exausta - falei e lhe dei um selinho subindo pro quarto, assim que liguei o chuveiro escutei a porta do quarto ser aberta, tomei meu banho e me vesti no banheiro mesmo quando sai do quarto levei um susto

-Taylor por Deus quer me matar do coração - Falei com a mão sobre o peito

-Desculpa Mila é que minha mãe começou a "brigar" com a Lauren e eu e Chris preferimos sair de lá, Chris foi pra cozinha junto da Vero e Lucy e eu subi pra cá

-Sua mãe está brigando com a Lauren lá em baixo?

-Está - Assim que ela me confirmou isso desci pra sala mais do que rápido 

-Acho bom você ter uma bela desculpa pra isso Lauren - Clara disse e vi minha namorada em prantos no sofá, tio Mike estava no telefone na área da piscina desesperado

-Mãe eu.. eu - Não deixei ela terminar de falar e lhe abracei passando conforto pra ela

-Que foi amor? - Ela nada disse simplesmente chorou mais - Oque você disse pra ela? - Me virei completamente irritada pra Clara e vi Lucy, Vero e Chris aparecerem na porta da cozinha

-Eu só perguntei a verdade, vou ser avó dessa criança mereço saber quem é o pai - Ela falou e já ia partir pra cima dela quando Chris e Vero vieram e me seguraram

-Calma Mila - Vero sussurrou no meu ouvido

-Chris tira sua irmã daqui por favor, leva ela pro nosso quarto - falei ele assentiu me soltou e foi em direção a Lauren a levando lá para o segundo andar, Lucy foi com eles

-Porque pediu para fazer isso? Eu tenho direito de saber - Ela falou e lhe dei um tapa na cara

-Você tem que aceitar essa criança de qualquer forma, sendo ela minha filha ou filho ou não essa criança não merece o desprezo que você dará a ela só porque veio quando não queríamos ou não planejamos, ela vai ser amada da mesma forma sendo ou não minha filha ou filho, você não merece a família que tem... - Praticamente cuspi as palavras na cara dela, quando ela vinha partir pra cima de mim tio Mike interviu e a puxou pro outro lado

-Chega Clara, sua filha não pode passar por stress e você sabe disso, não vai querer que sua filha tenha uma gravidez de risco por uma bobagem dessa vai? - Tio Mike falou

-Michael eu tenho o direito...

-Você tem o direito de sair da minha casa agora - Vero se pronunciou

-Olha aqui menina...

-Olha aqui nada, você está dentro da minha casa exijo respeito aqui dentro e quero que saia daqui - Clara sai bufando

-Me desculpem meninas eu não sei o que deu nela - Tio Mike disse

-Fica tranquilo tio, vai ver como a Laur tá e leva os meninos pra casa, elas tem que descansar amanha é dia da Lauren falar com os sogros... 

Ele da um beijo em nossas testas e sobe, minutos depois os meninos descem junto do tio Mike todos se despedem de nós e vão embora, subo pro quarto e Lucy está acalmando Lauren, encosto em seu ombro e sinalizo que está tudo bem e pode deixar comigo, ela me abraça e sai do quarto fechando a porta, vou em direção o closet e coloco um pijama, quando volto pro quarto escuto Lauren falar algo

-Amor? - Respondo com um som nasal - você me ama? - Me viro pra ela

-É claro que amo amor, você é a parte mais importante da minha vida, não sei o que seria sem você, nunca duvide do amor que sinto por você

Nos abraçamos e ficamos assim até pegarmos no sono...

NO DIA SEGUINTE

Lauren levanta antes de mim e vai fazer sua higiene, me levanto e tomo um banho, saio vestida do banheiro vou em direção a cozinha junto da minha namorada

-Como vocês estão? - Vero pergunta

-Estamos bem - Lauren respondeu simplesmente isso e Vero me olhou perguntando se era só isso mesmo e assenti confirmando

-Qual é, vocês transaram ontem a tarde inteira e agora estão só bem?

-Vou me arrumar pra irmos nos seus pais - Lauren disse pra mim me dando um selinho e saindo da cozinha em seguida

-Vou subir também tenho que arrumar algumas coisas, acho que vou passar um dia lá com meus pais, até mais tarde - disse me levantando e indo em direção o meu quarto, chegando lá escuto o barulho do chuveiro, e vejo que Lauren está tomando banho, tiro minha roupa e entro no banheiro, chego por trás dela a abraçando e deixando beijos por seu pescoço

-Você é tão gostosa - sussurro no seu ouvido mordendo o lóbulo de sua orelha em seguida a deixando arrepiada

-Não faz isso amor - ela disse entre gemidos enquanto massageava seus seios - vamos nos atrasar pra ver seus pais

-Não tem problema, você é mais importante nesse momento - falo descendo uma das minhas mãos por seu corpo até chegar no seu sexo, fico ali massageando seu clitóris enquanto beijava seu pescoço e massageava um dos seus seios..

Ela me vira de frente pra ela e ataca meus lábios em um beijo cheio de luxuria e nada inocente, continuo com os movimentos em seu sexo ameaçando penetra-lá vez ou outra, assim que me separei dos seus lábios fui descendo os beijos até chegar na sua intimidade lambendo desde sua entrada até seu clitóris o chupando e vendo a arfar, a penetro com dois dedos e começo movimentos lentos de vai e vem nela

-M-mais rá-rápido a-amor - ela disse com dificuldades entre gemidos e aumentei a velocidade das chupadas e das estocadas até ela gozar em meus dedos e boca - Você anda muito safada ultimamente Cabello - falou com dificuldade por estar ofegante

-Eu te amo - Falei beijando seus lábios 

Assim que nos trocamos fomos pra casa dos meus pais falar contar as novidades pra eles... 

-Papa, Mama, Sofi? - Os chamei enquanto abria a porta de casa entrando junto da Lauren

-KAKIIIIII - Sofi chegou pulando em mim - LERN - Fez o mesmo com minha namorada

-Sofi onde estão nossos pais?

-Na cozinha vem - saiu nos puxando até a cozinha

-Hija, Laur finalmente apareceram - Minha mãe nos abraçou sendo seguida por meu pai

-Viemos aqui para conversar com vocês dois... É importante - Falei apontando pros meus pais

-Tudo bem, Sofi vai brincar no seu quarto já chamamos você pro almoço - Mama disse e Sofi foi em direção o seu quarto - podem falar meninas

-Mama eu preciso da ajuda de vocês dois pra uma coisa

-Pode falar filha o que é? - Meu pai questionou

-Preciso que vocês me deem dinheiro pra comprar umas coisas pra mim e pra Lo e também que vocês compreendam uma coisa...

-Tudo bem, quanto vocês precisam?

-Ainda não sei papa, vamos olhar o preço e passamos pra vocês

-Ok, o que temos que compreender filha? - "É agora Camila, fala pros seus pais"

-A Lauren.. ela...

-Eu queria pedir a mão da filha de vocês em casamento - Lauren me interrompeu e meus pais ficaram espantados

-Por que assim do nada Lauren? - Minha mãe a questionou

-Eu estou grávida tia Sinu, a Camz disse que vai me apoiar e assumir esse filho, sei que não é obrigação dela já que o filho não é dela, mas ela está me ajudando com isso e queremos fazer tudo certo, por isso estou pedindo a mão dela em casamento para vocês dois e ela pedindo o dinheiro pra comprar as alianças, já que eu e meus pais compraremos o enxoval do bebê e nossa casa

-Tudo bem, é um grande susto isso, vocês são muito novas e estão assumindo uma responsabilidade grande, mas iremos apoia-las e ajudaremos com o que pudermos.. - Minha mãe falou

-Amor - a chamei e ela me olhou - Por que fez o pedido? Era pra eu fazer, você já fez o de namoro queria fazer o do casamento - falei fazendo bico e meus pais riram

-Eu tinha que pedir pros seus pais amor, você ainda é menor de idade, quando tivermos as alianças você faz o pedido oficial pode ser? - Me perguntou e eu assenti a abraçando e dando alguns selinhos

-Bom, vocês querem contar pra Sofi que ela será tia? - Papa nos questionou

-Contaremos mas não agora, vamos resolver algumas coisas e certificar que está tudo bem com o bebê ai sim contaremos para ela

-Porque nos contaram agora? 

-Porque mesmo que não tenhamos o bebê por motivos naturais, não irei aborta-lo, eu quero casar com a filha de vocês, ela mudou minha vida desde que a conheci e quero continuar vivendo com ela pro resto da vida, eu a amo muito - assim que ela terminou de falar eu já estava emocionada puxei seu rosto e a beijei, beijei como se meus pais não estivessem ali, por um momento realmente esqueci deles, mas uma tosse forçada fez com que lembrasse que eles ainda estão ali, me separei da minha noiva com selinhos..

Um tempo depois chamamos Sofi, almoçamos com minha família e ficamos o resto da tarde assistindo desenhos e filmes na televisão, meus pais vez ou outra chamavam nossa atenção por estarmos namorando ao inves de prestarmos atenção no desenho que passava na televisão...


Notas Finais


Eu tinha pensado em acabar a fic mas pensei em vocês, eu sei bem o que vocês iriam passar se eu excluisse a fic ou simplesmente desse ela como terminada muitas das fics que leio estão fazendo isso e sei que vocês não iriam querer isso, por isso continuarei, nao sei quantas vezes postarei por semana mas postarei... Eu não vou pedir que vocês apoiem a Camz, vocês fazem o que quiserem mas não abandonem nem deem hate nela por causa disso ela ainda é nossa Camz, e sempre vai ser, não é porque ela saiu do grupo que temos que deixar de ama-la ela ama os fãs brasileiros e vamos retribuir isso, vamos mostrar pra ela que nós estamos do lado dela e que não vamos deixa-la de lado agora, ela só esta seguindo o sonho dela, o sonho de todas antes do grupo era ter carreira solo e ela vai começar a seguir o sonho dela, isso vai nos deixar mal? É claro nosso bolinho saiu do grupo, não vamos mais ter momentos Camren na coreografia de Work From Home, não vamos ter a Laur cantando Dope pra Camz, mas apesar disso tudo temos que ficar felizes nosso bolinho vai seguir o sonho dela...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...