História That's My Girl - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Emblem3, Fifth Harmony, One Direction, Shawn Mendes, The Vamps
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Bradley Simpson, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Drew Chadwick, Harry Styles, Keaton Stromberg, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Exibições 244
Palavras 2.045
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Vamos ao último da temporada!!! Espero que gostem e NÃO ME MATEM... Boa leitura!!

Capítulo 40 - Último Capitulo


P.O.V Camila

Tive um pressentimento tão ruim depois que a Lauren saiu daqui,estava deitada em uma das espreguiçadeiras na área da piscina, depois que se passaram quase uma hora que Lauren saiu comecei a me preocupar, não tinha nenhuma noticia dela, tentei ligar no seu celular mas lembrei que ela deixou o celular em casa, liguei para seus pais e eles disseram que ela não havia chegado lá, ai o desespero correu pelo meu corpo, comecei a ligar para pessoas próximas a ela, liguei para meus pais também, pois as vezes ela poderia ter passado lá antes e ficou presa em uma conversa com meu pai, mas minha mãe disse que ela não estava lá também.

-Que foi Mila? Está mais branca que o fantasma da Lauren - Dinah falou vendo meu desespero enquanto se aproximava de onde eu estava

-Não consigo achar a Lauren, ela saiu já faz quase uma hora e não tenho nenhuma notícia, tive um pressentimento de que algo ruim fosse acontecer, acho que foi com ela já que não conseguimos achar ela em lugar nenhum

-Meu Deus Mila já tentou ligar pra ela? - Dinah perguntou preocupada

-Já, ela deixou o celular aqui, não chegou na casa dos pais dela, não está na casa dos meus pais também - Falei já em prantos

-Oque aconteceu gente? Porque a Mila ta chorando? - Vero perguntou

-Não conseguimos encontrar a Laur em lugar nenhum

Nesse momento Vero e Mani recebem uma mensagem no celular, pela cara que elas fizeram é algo serio

-Mani você recebeu a mesma mensagem que eu? - Vero a questionou

-Acho que sim, foi isso que você recebeu? - Mani perguntou mostrando o celular pra Vero

-Exatamente isso

-Gente o que tem na mensagem? - Lucy perguntou 

-Bom Mila fica calma mas parece que sequestraram a Laur - Vero disse

-O QUE? COMO ASSIM? ONDE ELA ESTÁ? QUEM FOI O INFELIZ QUE FEZ ISSO? - Perguntei tudo de uma vez sem conseguir controlar as lágrimas que escorriam pelo meu rosto

-Mila se acalma, não sabemos quem foi, nem como foi mais se acalma por favor - Mani disse tentando manter a calma enquanto Vero tentava ligar para o número que enviou a mensagem sem sucesso

-Só da caixa postal ou nem chama - Vero disse desapontada

-Pelo amor de Deus gente alguém me dê notícias dela, eu.. eu nem sei o que falar - Falei chorando cada vez mais

-Dinah e Lucy levem a Mila lá pra dentro da água com açúcar pra ela, e acalmem ela, vamos tentar ligar de novo pro número - Vero falou e as meninas vieram em minha direção

-Vamos Mila - Lucy disse me levando pra dentro de casa

Ficamos um tempo conversando na cozinha até que fomos pra sala me sentei ao lado de Lucy já que Dinah tinha ido ver o que estava acontecendo na área da piscina, acabei cochilando no colo da minha amiga depois de tanto chorar, sonhei com o sorriso da minha namorada acordei chorando novamente, Lucy me levou até o quarto me deu um banho e ficou comigo lá até que eu pegasse no sono, mas isso não acontecia já que todo sonho a Lauren estava nele e eu acordava chorando novamente, lembrar de todos os momentos maravilhosos que ela me proporcionou, de cada sorriso meu que ela arrancou sem o mínimo esforço, cada abraço, beijo só me fazia chorar cada vez mais, como alguém pode sequestrar ela e fazer sabe-se lá o que com ela, fiquei encarando minha aliança enquanto chorava cada vez mais...

-Mila come isso aqui por favor - Lucy me pediu com uma bandeja em mãos lá tinha um suco de laranja e umas torradas

-Lu estou sem fome

-Come Mila, desde ontem você não come nada, isso não vai te fazer bem...

-Lu eu só quero a Lauren aqui comigo, quero sentir seus braços me envolverem em um abraço carinhoso, sentir seu beijo, seu perfume, quero sentir ela aqui - Falei chorando e ela me abraçou

-Calma Mila vai ficar tudo bem... Vamos encontrar ela e tudo vai voltar ao normal, tudo vai ficar bem se acalma e come por favor...

P.O.V Lauren

Acordei em um lugar completamente desconhecido por mim, pelo menos esse quarto me é estranho... Estava com minhas mãos amarradas na cabeceira

-Acordou Bela Adormecida - Conheço essa voz, espera Shawn?

-Shawn?

-Acertou Laur,foi tão fácil te pegar...

-Aonde está a Alexa?

-Não tem Alexa não Lauren, aquele menina não era a Alexa era uma outra pobre coitada da faculdade que achou que eu ficaria com ela, mais uma iludida

-Porque tá fazendo isso Shawn?

-Porque eu nunca superei o que sentia por você Lauren, estamos no mesmo lugar da festa em que você bebeu demais e acabou se declarando pro Bradley na minha frente, eu te amava Lauren o Brad só queria sua virgindade, e você preferiu ficar com ele do que comigo, você tem noção do quanto eu sofri por isso?

-Eu estava bêbada Shawn, e isso foi uma aposta que eu perdi e isso era a consequência, eu nunca amei o Brad e não esperava que ele levaria a serio o que eu disse naquele dia afinal eu estava BÊBADA... E eu sei que ele só queria minha virgindade, mais nem isso ele conseguiu, e dá pra me soltar agora, minhas mãos estão doendo 

-Primeiro eu vou fazer o que o Bradley não conseguiu em anos com você

-Não sou mais virgem Shawn, perdi minha virgindade com a pessoa que eu amo e que com certeza está preocupada com meu sumiço - Disse e recebi um tapa dele no rosto

-De um homem você é virgem Lauren, ou acha que aqueles dedos finos da Camila fazem o que isso aqui faz? - Ele perguntou apontando para seu membro enquanto retirava sua calça junto da sua cueca, seu membro já estava ereto

-Shawn por favor não, não faz isso... - Implorei para ele

-Não adianta pedir por favor Lauren - ele foi se aproximando de mim abaixando minha calça juntamente da minha calcinha

-Shawn não faz isso por favor - o desespero já tomava conta do meu corpo, eu tentava ao máximo fechar minhas pernas, ou me soltar mas tentativas falhas...

-Ahh - ele gemeu enquanto me penetrava de uma vez me causando uma dor enorme 

-AAIIII - Chorei de dor quando ele começou a estocar forte dentro de mim - SHAWN PARA

-Isso Lauren grita meu nome - ele falava enquanto aumentava as estocadas ficando mais forte e mais rápido me causando cada vez mais dores

Depois de muito tempo de sofrimento senti algo preenchendo meu ventre, ele havia gozado dentro de mim, eu estava segurando meu choro, minha intimidade doía por causa da força que ele usou nas estocadas

-Você deve estar cansada não é? Vou trazer comida pra você - Falou enquanto vestia sua calça junto da sua cueca

Assim que ele saiu do quarto onde eu estava me permiti chorar, nunca tinha sentido tanta dor na minha vida, espero que me achem logo, não sei se vou aguentar esse sofrimento por muito tempo...

P.O.V Vero

Estávamos todos reunidos lá em casa, os parentes policiais do Austin, tio Mike e os meninos, a família da Camila, todos tentando decifrar quem havia sequestrado a Lauren entre outras coisas. Depois de um tempo chega uma mensagem pra mim informando que eu teria que ser rápida se quisesse ver minha amiga viva ainda, sinceramente aquilo me assustou muito, só de pensar que minha Lauren estava correndo perigo e eu não podia ajudar me dava um aperto no peito cada minuto que se passava e não tinhamos notícias dela me dava um desespero mas não deixaria que os outros vissem meu desespero, tinha que ser forte pela Mila, pela Lauren...

P.O.V Camila 

Já se passavam quase 72 horas desde que Lauren foi sequestrada, eu não consegui pregar o olho até agora, a mesma coisa de sempre, cochilo mas sonho com a Lauren e acordo chorando, a dor de saber que meu amor está correndo perigo de vida é horrível mas pior é a dor de não ter nenhuma notícia, eles estão evitando falar sobre o assunto perto de mim para que eu não passe mal e isso está me matando.... 

Minha família esteve aqui e disse que ficariam comigo até encontrarmos ela, mas não podia sacrificar eles, então pedi para que eles viessem quando pudessem, a mesma coisa a família da Lauren fez.

Vero recebeu uma mensagem no celular informando onde Lauren estava, não sabemos quem enviou ou como enviou mas assim que atinamos para a mensagem saímos todos correndo para o sitio, chegamos lá os policiais tiveram que segurar a Vero e tirarem ela de dentro do sitio, assim que chegamos lá ela saiu do carro encontrando Shawn na cozinha apenas de cueca, ela foi distribuindo socos atras de socos nele se não tivessem tirado ela de lá não conseguiríamos reconhecer-lo mais, quando ele já estava desacordado os policiais tiraram ela de perto dele e prenderam Shawn, assim que Lucy, Dinah e Mani chegaram e ficaram com Vero eu fui procurar minha namorada, quando a encontrei ela estava mais pálida que o normal, nua da cintura para baixo, dei graças a Deus por nenhum policial ter encontrado ela antes, só eu posso ver ela assim, ela estava com as coxas sujas de sangue e aparenta estar chorando, vesti sua calcinha e sua calça, pedi ajuda de alguns policiais a soltamos e tiramos ela de lá e levamos para o hospital, lá ela foi medicada agora estávamos na casa dela, ela tem tido enjoos frequentes, tudo o que come ela vomita, tem tido mais sono que o normal....

TRÊS MESES DEPOIS 

Já se passaram três meses que Lauren foi sequestrada, hoje estamos indo ver o porque ela tem tido esses enjoos frequentes, o motivo pelo qual nada para em seu estômago, o motivo do seu sono fora do comum...

-Lauren Jauregui - a médica nos chamou e fomos em direção a sua sala

-Boa tarde doutora - falei simpática 

-Bom vou ser um pouco direta com vocês meninas, Lauren você teve relações sexuais com algum homem recentemente?

-Não doutora, namoro a Camila... - Ela falou e seus olhos já estavam marejados

-Bom porque você está grávida Lauren, está com três meses de gravidez - Espera grávida? Como?

-Laur o Shawn fez alguma coisa com você? - Perguntei com um certo receio sentindo meus olhos arderem

-Ele... Ele... E-eu não quero falar disso - ela estava chorando muito me aproximei dela e a abracei 

-Sei que vocês são novas, por isso se decidirem ter o bebê acompanharei toda a sua gravidez Lauren, estarei aqui para o que precisar

-Qual seu nome doutora? - Perguntei tentando acalmar minha namorada que chorava como criança

-Cara, Cara Delevingne

-Obrigada, assim que tomarmos uma decisão te avisamos 

-Estarei esperando Camila, aqui meu cartão com meu número pessoal

-Obrigada

Fiquei em choque por minutos, quando minha ficha caiu já estávamos em casa

-E ai? O que ela tem? - Vero perguntou quando entramos em casa 

-Eu estou grávida Vero - Lauren disse e segurou as lágrimas

-Como assim grávida? Vocês fizeram a inseminação Mila? - Neguei com a cabeça

-Primeiro que eu não faria isso por agora, eu ia arrumar uma casa pra nós duas morarmos, pediria a Camz em casamento antes disso também - Assim que ela falou isso não consegui evitar o que um sorriso crescesse em meu rosto, a abracei e lhe dei um beijo na bochecha - e também eu não estaria tão desesperada quanto estou agora

-Mas quem é o pai então? - Vero perguntou como se não fosse obvio

-Ela tá de três meses Vero, faz as contas ai que você descobre quem é - Falei e ela fez cara de pensativa e quando assimilou uma coisa a outra sua boca formou um perfeito "o"

Nem preciso dizer que essa gravidez nos gerou muitas brigas, mas ao mesmo tempo muitos momentos felizes, como quando descobrimos que teriamos um menino, já tinhamos o nome escolhido Miguel, porque ele é o nosso anjinho, mesmo ele não sendo meu filho com a Laur vou ama-lo como se fosse, vou criar ele como o verdadeiro pai, ou no caso segunda mãe...


Notas Finais


Bom esse foi o último capitulo, qualquer erro corrijo depois, amo vocês e não me matem, até a próxima temporada!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...