História That's my girl - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, Fifth Harmony
Exibições 232
Palavras 860
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie gente
Boa leitura 💙

Capítulo 9 - Meu cantinho


Fanfic / Fanfiction That's my girl - Capítulo 9 - Meu cantinho

            Algumas horas depois eu ainda nao havia chegado, faltavam apenas minutos. Aquele avião poderia cair ali mesmo, mas não minha familia esta aqui, nao merecem passar por aquilo que eu quero. Vou ficar longe de Camila... Nem nos despedimos da melhor forma possível, foi horrível. Ela deve me odiar por a abandonar nesse momento tão difícil.

**POV CAMILA


            Eu não   acredito  que Lauren se foi mesmo... E eu nem ao menos me despedi da melhor maneira... Fiz pouco caso e só pensei em mim... Na minha dor, talvez ela nao quisesse ir mesmo e eu nao entendi ela. Por   que sou tao  idiota? Por que não lutei por ela? Ou pelo ter dado o ultimo abraço ou o último beijo se possível, mas aquele foi o primeiro e o ultimo...
             Meu pai estava bem contente de Lauren ter ido embora, contente ate demais pra quem acabou de perder a esposa. Bom acho que meu pai nao amava minha mae de verdade, já peguei ele com outras várias mulheres... Não foi fácil pra minha mãe, mas ela superou aos poucos. Suspeito que logo logo ele já estará se casando novamente... E nem perguntará se eu aprovo.
           Meu sentimento nesse momento é um vazio tão grande! Era minha mae, minha melhor amiga, porem quase sempre exagerava na dose. Eu vou sentir tantas saudades dela... Meu mundo girou, e esta de pontas cabeça, por que tudo isso? Perdi duas pessoas importantes em um só dia...
-kaki...- sofia entra no meu quarto.
-Oi meu amor...
-Levaram a mama...- ela diz já deixando suas lágrimas escorrerem. Nesse momento eu nao conseguia dizer nada, então mandei ela se sentar na janela ao meu lado e assim ela fez e eu tentei explicar para ela. - Sofia... A mama, foi pra um lugar melhor... Pode...-. Fui cortada por meu pai que entra em meu quarto. - Sei essa Camila! Sem mentir pra menina, ela já esta bem grandinha pra ficar inventando historinhas -. Naquele momento, eu fiquei com tanta raiva que acabei descontando em Sofia.- A mama morreu, Sofia! Nunca mais vai voltar! Entende agora?.- Sai do quarto correndo e ela começou a chorar. Fui andar sem rumo por ai, e resolvi ir pra praia, como sempre... Fui andando mais um pouco e finalmente cheguei. Fui andando na areia e encontrei um lugar super bonito e ali com certeza me traria a paz que eu precisava, era um lugar com várias pedras em círculo, mas era bem escondido, era tipo uma toca, mas aberto em cima com uma visão para o sol maravilhosa. Bom, decidi que aquele seria meu lugar, meu cantinho. Fiquei ali por horas, até que presenciei a cena mais linda da vida, o por do sol que coisa sensacional! Depois eu resolvi ir embora, pois ia escurecer e eu já estava com fome.
            Cheguei em casa e vi Sofia assistindo desenho... Sozinha? Esse era um momento para meu pai estar com ela... Mas nem o carro esta na garagem, onde ele deve estar?
-Sofia...?- Falo com ela com um pouco de receio, até porquê não a tratei da melhor forma antes...
-Kaki...- Ela abre um sorriso bem forçado.
-Me perdoa?
-Sim Kaki, somos irmas eu entendo você, papa esta um saco e te pressionou a dizer aquilo para mim...- Ela diz bem calma.
Que menina esperta, Meu Deus! Ela ira precisar muito de mim já que com meu pai acho que nao poderemos contar para quase nada.
-Oh Sofia, vem aqui me da um abraço...- Assim ela faz e logo eu pergunto.- Cadê o papa?- Logo ela já faz uma cara de ódio que eu fiquei ate assustada.
-Uma mulher chegou aqui, e ele a beijou NA BOCA e saíram. Ela disse tao irritada que começou a chorar.- Por que kaki? Por que ele é assim?
Pra quem estava a poucas horas com a mulher nos braços chorando a morte dela, superou super rápido! Nao entendo.
-Não sei Kaki... Juro que não sei... Vamos comer algo? Ta com fome?-. Nem esperei ela responder e fui para a cozinha fazer alguns sanduíches para nois duas.
-Posso tomar refrigerante?- Ela me pediu com um biquinho tao fofo.
-Papa nao vai gostar de saber que vai tomar refrigerante essa hora...
-Ele nem está aqui! Era pra ele estar aqui! Nos dando apoio, mas ele prefere sair por com qualquer mulher!
Em certos pontos ela tinha razão, na verdade tinha razão em todos.
- Tudo bem, pega na geladeira.
-Ebaa kaki, sabia que você é a melhor irmã do mundo?
-Sofia! Está querendo mais o que?- Digo rindo. - Nada ue, não posso dizer que é a melhor irmã do mundo?
-Pode sim- comecei a rir e só nessas conversas tinha terminados nossos sanduíches, peguei dois copos e coloquei refrigerante para ambas.
-Vamos assistir um filme, Sofia?
-Ahh só se for da Barbie, kaki.
-Ok então.

Eu posso estar demonstrando que estou muito bem, mas estou bem péssima! Meu mundo acabou, mas preciso passar uma confiança para Sofia, de que tudo ira ficar bem esse seria o papel do meu pai, mas como ele nao esta aqui vou ter que fazer o possível e o impossível por ela.


Notas Finais


Desculpem os erross
Desculpem nao estar postando todo dia, ainda não sei como será... Se eu passo os anos rapidamente ou demoro por alguns capítulos ainda. Me ajudem 🌚
Obrigadaa pelos favoritos, tem mais de 20 pode ser pouco, mas é especial ❤
Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...