História The 5 shiffers - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~Marilyn13

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags A Paixão Sobrenatural, As 5 Shiffers, Criaturas Sobrenaturais, Os 7 Irmãos, Os 9 Lobos, Shiffers
Exibições 21
Palavras 4.784
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Descobertas...


Fanfic / Fanfiction The 5 shiffers - Capítulo 7 - Descobertas...

[Yoongi on]

 Entrei furioso pela cena que vi lá fora. Por que Leah beijou aquele cara? (mesmo que seja na bochecha ainda conta!) E sério? Ele me perguntou se eu sou gay? Era só o que me faltava! Eu gosto de uma garota, e ela faz isso comigo? Além de me deixar plantado no chão depois de um beijo, ela sai andando e volta como se nada tivesse acontecido?

 Enquanto pensava isso, meus olhos começaram a queimar e pareciam brilhar. Minha visão ficou muito diferente... E ouvi uma voz grossa na minha cabeça.

 "Yoongi! finalmente ein! Eu já não aguentava mais ficar preso aqui dentro da sua cabeça sem poder fazer nada! Me lembre de agradecer aquele baixinho pelo desafio do beijo, se não fosse isso... Nem quero imaginar! E caramba ein!  Quanta demora para beijar uma garota! Vocês pessoas pensam demais e não seguem seus instintos, eu acho isso uma besteira. E por falar nisso, pare de falar essas coisas sobre sua companheira e guardiã!"

 "Q-quem é você? E o que isso significa?" 

 "Meu nome é Dark Beast! E eu sou seu dragão! Ou melhor... Sou um dragão dentro de você!"

 "Sério? Que estranho! Mas... Dragões são apenas mitos... Como é possível isso?" 

"Você é besta ou lerdo? Eu estou em você! Minha alma está unida a sua! Dividimos o mesmo corpo!" 

 "Que... Estranho... É legal mas... Estranho..." 

 "É, você é lerdo mesmo! Por que pensa isso de sua companheira?" 

 "Que companheira?"

 "Leah! Leah é sua companheira! Vocês estão unidos pelo vínculo! Você não sabe nada?"

 "Não... E o que é isso? Vínculo?" 

"Nossa! É realmente entediante te explicar algo tão óbvio. Mas ok! Você e Leah, são companheiros eternos. Vocês estão unidos pelo vínculo de companheiro, que é como uma corrente muito forte, um companheiro não vive sem o outro depois de conhece-lo. Mas... Os shiffers só descobrem seus companheiros por um beijo... Porém antes de beija-lo, o shiffer o avisa, se movimenta dentro de si apenas ao vê-lo. Então você começa a sentir uma atração pela pessoa." 

 "Nossa... Muita informação pra minha cabeça... O que é um shiffer?"

 "Cara, você é mais noiado do que eu pensei!" 

 "Isso é novo pra mim! Me explica porra! Eu não entendi merda nenhuma!"

 "Aff, olha, um shiffer é uma criatura sobrenatural que vive na forma humana, porém, se transforma em sua forma real e sobrenatural quando se sente ameaçado, ou por sua própria vontade." 

 "Ah... Então... Eu posso me transformar nessa bagaça aí?" 

 "Essa bagaça o caralho! Eu sou fodastico, bonito, grandioso, poderoso e muito esperto!"

 "Convencido!" 

 "Como se você fosse diferente! Olha Yoongi, não pense essas coisas de sua companheira, se você fosse esperto o bastante, teria ouvido o que eles conversaram!" 

 "Espera, você ouviu?" 

"Claro! Não sou lerdo igual você!"

 "Besta! O que eles falaram?"

 "Minseok ficou preocupado com Leah por ela estar meio cabisbaixa. Aí ele perguntou sobre o motivo dela estar assim. Então ela falou que era coisa besta. Ele não acreditou. Ela deu um beijo na bochecha dele e pediu pra ele não se preocupar tanto com ela!" 

"Como você sabe disso e eu não?" 

 "Você é lerdo! Eu sou um dragão! E um dragão incrível."

 "Tá, para de se achar e me responda. O porquê da Leah ser minha guardiã, sendo que eu sou o dragão?"

 "Seu burro! Tá na cara! Ela é um dragão! Correção... "Uma" dragão! Mas ela controla o vento!"

 "L-Leah é um Dragão também?!"

 "Sim! Agora para de me encher, vai lá falar com ela, que ela te explica tudinho!"

 "Você também não me ajuda Dark Beast!" 

 "Oxi'! Eu lá tenho cara de enciclopédia pra explicar tudo pra você?" 

 "Não to vendo sua cara pra saber... Mas... Sim, você devia ser uma enciclopédia sobre essas coisas!" 

 "Sua companheira está aí! Pergunta pra ela!"

 "Pera que? E-ela tá aqui?"

 "Você é surdo? S-I-M! Ela tá bem atrás de você!" 

 "E o que eu falo pra ela?"

 "Dã, que você descobriu sobre dragões e pede pra ela te explicar!"

 "Mas..." 

 "Mas nada! Vai logo!"

 Meus olhos voltam ao normal e vejo tudo normalmente... E agora? Leah tá realmente aqui? Ouvi um barulho de galho quebrando e vi os olhos da mesma...

 - Leah, eu sei que está aí... 

 [Jessie on]

Finalmente! Que demora para chegar na minha vez! Vou reclamar disso depois, viu? Bem indo para a história...

 Oi gente, eu sou a Jéssica mas prefiro ser chamada de Jessie, tenho 17 anos, sou a segunda mais nova das quatros e a mais, vamos dizer, legal. Não sou muito chegada em acampar, por isso, demorei um pouco para aceitar a proposta das meninas, mas acabei aceitando mesmo assim. 

 E agora eu estava em cima de um galho de uma árvore, que fica ao lado da minha barraca. Já que não posso mexer não celular (Lety nos fez prometer que ia ou não levar o celular ou desligá-lo, pois segundo ela nós iríamos ficar só "com cara" no celular e não conseguiríamos aproveitar as coisas ao redor), eu estava lendo um livro de romance com vampiros (amo esse gênero) quando ouvi um barulho abaixo de mim. Olhei para baixo e vi Hoseok, ele parecia procurar algo. O que será? Fechei o livro e  tentei chamar sua atenção: 

- Hope! 

 - Hm? - ele vira a cabeça para os lados procurando o que havia lhe chamado. - Aqui em cima!

 - Ah! Oi Jessie! O-o que faz aí em cima? 

- Lendo. Gosto de ler em lugares altos! Quer vir aqui?

 - Sim mas... Acha que eu consigo subir ai? 

 - Se eu consegui, você provavelmente vai conseguir também não acha? - ele assente e começa a escalar... Ele tava indo bem mas, acaba escorregando. Seguro a mão do mesmo e o puxo, até que ele finalmente alcança o galho onde eu estava.

- Você tá bem? - Sim... Melhor agora! - ele suspirou de alivio e eu ri baixo. - tá rindo do quê? Nem fiz piada ainda! 

 - Mas já escorregou... E foi engraçado! Desculpa! - Tudo bem! - ele acaba rindo junto comigo. 

 - Que livro está lendo?

 - Um que Laila me deu de natal no ano passado... Achei enfiado no fundo do armário e... Resolvi lê-lo! Até que é legal! Fala de romance entre vampiros e... Tem bastante aventura e ação nele!

 - Legal! Você gosta de música não é? 

 - Sim adoro!

 - Quer ouvir? - ele fala colocando o fone no ouvido e estendendo o outro com sua mão. 

 - Claro! - coloco o fone no ouvido e... Começo a balançar feito louca em cima do galho... Ouvi Hope rir muito. Enquanto ouvia a música (e me balançava igual uma louca) tive uma ideia, olhei para Hope e falei:

 - Hope? 

 - Hm? - O que acha de darmos uma volta na floresta? 

 - Hã... Não está escuro demais? 

 - Calma, eu te protejo do bicho papão! Antes dele me responder, pulei do galho e o olhei:

 - Pule!

 - Aish! Se eu já escorreguei pra subir, imagina pra descer? 

 - Vem logo Hope! Vai ficar tudo bem! Eu juro! 

 Ele concorda com a cabeça e pula. Ele deu uma desequilibrada no começo, mas não chegou a cair. Peguei sua mão e puxei pro meio da floresta, havia um lugar que Luhan me mostrou uma vez aqui perto. Acho que o Hope irá gostar! 

 Chegamos no local. Era uma clareia pequena... Só tinha uma luz em meio às árvores que era a lua. Hope encarou o local admirando. Puxei seu corpo pra baixo... Tava na hora! Estávamos em meio a alguns arbustos quando... Ela chegou! Uma enorme águia real aparece em meio às árvores e pousa sobre o ninho. 

 Onde tinha alguns filhotes. Ela os alimenta e depois sai... Aproveitei a chance para me aproximar dos filhotes. Escalei a árvore onde se encontrava o ninho. Hobi parecia confuso. 

 - Você vem?

 - E se a águia voltar? 

 - Tudo bem! Se não ferirmos os filhotes, ela não nos enchergara como ameaça! 

- Ok!

 Ele fala e começa a escalar. Chegando lá, me apoio no galho e caminho na direção do ninho. Chego no mesmo e os filhotes correm em minha direção e começam me acariciar... Meu corpo ficou quente com aquilo... A noite estava um pouco fria.

 Me sentei no ninho e os filhotes se encolheram, alguns ao meu lado e outros em baixo de minhas pernas... E um nos meus braços... Meu corpo estava quente e os filhotes pareciam confortáveis... Sabia que a águia logo voltaria... Mas... Uma águia e uma Fênix não tem problemas... Ainda mais se uma protege os filhotes da outra. 

 Olhei para Hope que estava um pouco afastado. 

 - Pode vir! - disse estendendo a mão. O mesmo assentiu e segurou a mesma. O puxei pro meu lado e entreguei um dos filhotes pra ele. Ele ficou fazendo carícias no mesmo. Os pequeninos filhotes começam a piar. Estavam provavelmente com fome.

  Ao horizonte... Consegui ouvir o bater de asas da águia... Ela chegaria aqui em poucos minutos. E ela voava pesadamente, provável que esteja carregando comida. 

 - Ela está vindo... - ele me olha assustado.

 - E-ela não vai nos atacar vai? 

 - Não! Fique tranquilo! - sorrio e ele fica mais aliviado. 

 A águia apareceu, ela pousa suavemente sobre a ponta do ninho... Alguns filhotes (mais velhos claro) saíram de baixo de mim e correram até a mãe. Já os menores ficaram encolhidos embaixo de mim... Alguns até dormiram. Hope estava agarrado ao meu braço, e assustado. 

 - Calma! Olha! Ela não vai nos machucar! - até porque ela nem ousaria né? Pra começar que eu pego fogo, outra que eu já vim aqui várias vezes, sem contar que estamos num ninho! Cheio de filhotes! Essa águia não seria burra o bastante pra fazer isso! 

 Entendi minha mão para a águia... A mesma vira a cabeça confusa. Logo se aproxima de mim e se esfrega no meu ombro... (Aquela águia, é enorme! Então podemos disse que teria 1,00 de altura.) Acariciei sua cabeça... Fico feliz em saber que ela me reconheceu! 

 - C-como você faz isso? 

 - Bem... Conheço ela dês de criança. Luhan me trouxe pra floresta quando eu tinha uns 13 anos. Aí eu subi a árvore. E fiquei brincando com os antigos filhotes... Ela já teve várias ninhadas... Mas... Tinha uma raposa por perto, que conseguiu escalar a árvore e tentou pegar os filhotes... Mas como eu tava no ninho ela não obteve sucesso! Eu expulsei a raposa e a águia chegou e depois disso eu e ela tivemos meio que... Uma amizade. 

 - Interessante! Se eu tocar ela, não vai me bicar né? 

 - Não! Pode ficar tranquilo! - peguei na mão do mesmo e sentir ele se arrepiar. Passei delicadamente a mão do mesmo sobre a nuca da águia, que parecia confortável com o que fazíamos. 

 - Isso é muito legal! - soltei sua mão e ele acariciou a águia sozinho. Ficamos alguns minutos ali e... Achei melhor voltarmos... 

- Hobi?

 - Hã?

 - Acho melhor voltarmos... 

 - Quem está com medo do bicho papão agora?

 - Não é isso seu bobo! - dei um tapinha fraco em seu ombro - É que a águia já vai dormir com os filhotes... Vamos dar um tempo a eles? 

 - Ah sim! 

 Descemos a árvore e... Eu acabei quebrando um galho e caindo em cima de Hoseok. Ficamos nos encarando por alguns segundos... Até que ele quebra o silêncio. 

 - J-Jessie...? 

 - A-ah... D-desculpa... - tentei me levantar mas o mesmo me puxou. Pra... Um beijo? Meus olhos queimaram e senti meu coração arder... Será que... Hope é meu companheiro?! Meu Deus! Eu sabia que gostava muito dele mas... É sério? Okay voltando... 

 Hobi pede passagem com a língua e tá na cara que eu cedi né? Fui me ajeitando em cima do colo do mesmo com minhas pernas ao lado, ele foi sentando no chão e agarrou minha cintura e cada vez mais aprofundando o beijo, para provocar dei uma rebolada, senti o mesmo arfar e sorri com isso. O beijo era calmo, os lábios do Hope eram macios e doces... Sua língua passeava por toda minha boca. Ele explorava toda a extensão de minha boca. Nossas línguas se entrelaçavam e se acariciavam. A desgraça da falta de ar chegou então nos separamos. Nós nos encaramos por alguns segundos... E voltamos a nos beijar intensamente. 

 ************** 

 Depois de muitos beijos trocados, resolvemos (relutantemente) voltar para o acampamento. Voltamos conversando besteiras. 

 Assim que chegamos no acampamento e subimos na árvore em que eu estava antes. De repente Lety aparece e nos olha estranho. 

 - O que vocês estão fazendo aí em cima? 

 - Não tá vendo? Conversando oush! -falo com ironia.

 - Menina mal-educada. - revirou os olhos. - Essa não foi a educação que lhe dei!

 - Como se você tivesse educação pra me dar...

 - Minha mão vai te mostrar a educação já já! 

 - Aish! Tá bom! Desculpa!

 - Hump! - ela sai e dou de ombros. Eu e Hoseok continuamos conversando sobre assuntos aleatórios... Até que Lety nos chama pra comer... Okay, agora eu vou ser santa! 

 - Finalmente! Achei que teria de comer tudo sozinha!

   - Coitada! Olha Mary, eu aposto que como mais que você!

 - Aaah! Querida, de mim (Jimin! Tá parei!) tu não vence! 

 - Quer apostar? 

 - Apostado! 

 - E eu aposto que vai ter treta! - Baek fala o olhei e comecei a pensar em mil maneiras de torturá-lo e matá-lo lentamente e dolorosamente. Me voltei para Mary e a encarei desafiante.

 - Vamos começar? 

 - Tá esperando o que? Enquanto vocês se matavam pelo olhar eu comia querida! - ela disse com um prato de lasanha (que tinha sobrado da janta, Lety fez comida para um exército mas pensando bem com a Mary, a Leah e eu comendo, já dá pra saber o porque) na mão. Revirei os olhos, peguei um dos pratos, que estava ali perto, e comecei a comer rapidamente. 

 Estávamos comendo igual duas loucas maníacas famintas (óbvio!). Nem me atrevi a olhar para Hoseok que estava comendo em completo silêncio. Provavelmente com a boca no chão. 

 Continuei a destruir cada pedaço de lasanha que via. Quando olhei pra Mary, a mesma estava com a bandeja inteira na mão e despejando pedaços na sua própria boca (coitado do Jungkook!). Fiquei chocada. Mas voltei a me concentrar na comida.

 [Leah on] 

 Quando ele falou "Leah eu sei que está aí..." eu me assustei um pouco (mas foi bem pouco). Bendita hora em que fui me distrair o olhando e pisar em um galho. Sem ver saída nenhuma (pois eu não ia sair correndo do crush depois dele me descobri né! Seria no mínimo ridículo), saí de trás da árvore e fui em sua direção.

- Eu estava passando, ouvi você falando sozinho e... - tentei explicar rapidamente, mas fui interrompida por... Um beijo? 

 O beijo era calmo e delicado... Yoongi tinha lábios doces e macios. O beijo começa a se aprofundar no momento em que Yoongi pede passagem com a língua... Cedi e o mesmo começou a explorar cada canto de minha boca. Em alguns momentos, nossas línguas se encontraram. A falta de ar foi chegando... Ouvi Ventania se lamentar dentro de mim (JIMIN!! TÁ QUERENDO APARECER HOJE NÉ? TÁ PAREI). Espera aí... Eu controlo o ar né? Vou passar mais ar pro Yoongi. Sabe como é né? Eu faço de tudo pra enrolar. Como vou dizer que tava tentando escutar a conversa do mesmo, pois achava que falava com um dragão? 

 Concentrei minha energia e meu alto controle... (Foi difícil? Claro! Ainda sou iniciante! Não sei quanto poder Ventania tem). Consegui passar mais ar para que pudéssemos continuar o beijo... Mas... Yoongi, chato como sempre, separou por causa da dúvida... Eu acho.

 - Leah... De onde veio a brisa?

 - N-não tenho a m-miníma ideia... 

 - Leah! Não minta pra mim! Já sei que você é um dragão! 

 - O que? Espera, para tudo... Você disse... Que sabe o que eu sou? Como?

 - Leah eu não sou burro, sou mais esperto que Sherlock Holmes tentando desvendar um mistério. 

 Estranhei sua resposta e levantei minha cabeça, que sem perceber eu tinha colocado em seu ombro. Olhei diretamente para dentro de seus olhos e me assustei um pouco... Seus olhos estavam vermelhos!

 - S-seus o-olhos! - que merda! Por que sempre que estou nervosa gaguejo? 

 - O que tem eles? Eu sei que são lindos mas... 

 - Y-Yoongi estão v-vermelhos! 

 - Que? Dark Beast! 

 - D-Dark Beast? - eu realmente odeio gaguejar! 

 - Lembra quando eu disse que sabia que você era um dragão? - apenas concordei com a cabeça, as palavras se recusavam a sair. - Então, Dark Beast é o meu dragão.  

- A-a-ah! - que? Eu devia estar mais branca que ele! Como assim? Eu tava certa? 

 “Ventania... Realmente preciso te ouvir mais...” 

 “Você quase sempre diz isso e nunca me ouve.” 

 “Tá, mas dessa vez você se superou.” 

 - Olha, se você ficar incomodada, não faz mal voltar pro beijo né? - fui tirada da minha conversa com Ventania com a fala de Yoongi. 

 - A-ah... - dessa vez eu tenho que concordar... Antes de eu pensar no que responder, Yoongi juntou nossos lábios novamente. 

 O beijo era traquilo, sua língua pediu passagem e eu (claramente) cendi, nossas línguas se tocaram em sincronia e começaram a lutar pelo controle. De repente ele começa a andar para frente com cuidado para não quebrar o beijo, sem pensar o acompanho. Ele me pressiona com seu na árvore e me beija mais agressivamente, suas mãos apertaram minha cintura com força, posiciono minhas mão em sua nuca e preciono o local. O beijo começou a se aprofundar mais. A falta de ar (obviamente) estava começando a se manifestar. Utilizei novamente meu auto controle pra deixar o beijo durar por mais tempo. E não é que deu? O beijo durou bem mais tempo... Mas alguma hora iríamos (infelizmente) nos separar.

 - Leah, como você faz isso?

 - Isso o que? - falei com voz de inocência... Eu sabia muito bem que ele se referia a meu controle pelo ar. 

 - Você sabe exatamente do que eu estou falando! Não se faça de desentendida! 

 - Tá... Eu sou a shiffer air dragon.

 - Hã..... E eu não entendi nada! 

 - Shiffer dragão do ar. - assim que falei senti meus olhos queimarem mais que o normal é mudarem de cor. Coloquei a cabeça no ombro de Yoongi.

 "Só shiffer dragão do ar né Leah? Não tá esquecendo de algo não?" 

 "Mas o que? Quem é você?" 

 "Eu disse que nos encontraríamos em breve minha querida." 

 "Bestfire?" 

"Bingo!" 

 "Beastfire, quando você se manifestaria?" 

 "Eu me manifestei agora... Não tá bom?" 

 "Aí meu Deus... Desculpa..." 

 "OK, agora fala pro Yoongi! Não quero ser esquecida aqui não!" 

 "Ok, ok! Desculpa...Você é dragão do que?" 

 "Fogo..." 

 "Okay."

 A queimação nos meus olhos desaparece e Yoongi me encara com uma feição assustada. 

 - Desculpa. Shiffer dragão do ar feat. dragão do fogo. 

 - ... 

 - Yoongi? - se a boca fosse grande igual a língua, ele estaria com ela no chão. - Hã... Tudo bem com você? 

 Ele me olhou e sem falar nada assente com a cabeça. Comecei a prestar atenção no ambiente e de repente ouvi alguns barulhos meio estranhos, agucei a audição e ouvi sons de talheres batendo em pratos. Olhei na direção do som curiosa, peguei rapidamente na mão de Yoongi e saí o arrastando, até o acampamento, sem dar alguma chance dele falar algo.

 ***********

 [ Lety On ]

 Mary e Jessie estavam disputando quem come mais... Sem sombra de dúvida seria Mary. Por que gente? Essa aí ganha de 10 elefantes, e ainda diz que nem tava com fome!!! Bom... Só observei minha comida começar a sumir... Era incrível como elas comiam... Jongin estava no meu lado e me perguntou: 

- Quem você acha que come mais?

 - O buraco sem fundo... Mais conhecido como Mary. 

 - Hey gente, o que acham de apostarmos? - Baek diz observando as duas comendo... Assento com a cabeça animada com a ideia, já sabia quem ganharia.

 - O que ganhamos com isso? - digo animada, adoro apostas, principalmente quando sei quem ganha! 

 - O que acha de... O perdedor faz o que o ganhador quiser por... 2 semanas? - Chanyeol fala animado e sorridente. 

 - Hum... Parece ótimo! - digo sorrindo maliciosa... 

 - Então feito! - Kyungsoo diz entrando na aposta. 

 - Aposto na Mary! - Leah brota de algum lugar aí juntamente com Yoongi. A mesma parecia ler meus pensamentos quando diz em quem apostar!

 - Eu também! - digo animada

. - Ei! Não me deixem por fora! - Kyungsoo diz. Jongin balança a cabeça negativamente. 

 - Apostado! Conto com o estômago da fênix! - Baek fala e eu rio... Até perceber o que havia dito... Opa... Olho pros rapazes que pareciam confusos. 

 - Estômago da fênix? - Hoseok se faz presente. 

 - É modo de falar... Dizem que as fênix comem muito sabem? - eles concordaram com a cabeça... Se não sou eu nessa caralha... Esses aí só fazem merda!

 - Ah sim. - Hoseok concorda.

 - Vai Jessie! Come tudo! - Baek fazia escândalo ao meu lado... Chanyeol olhava e ria muito. 

 - Baek que caralhos é isso? - pergunto tentando segurar minha risada sem sucesso. 

 - Minha dancinha da sorte uai! Vai que dá! A esperança é a última que morre! - Tá, agora sim cai na risada. 

 - Desculpa Baek, mas isso aí parece mais uma cobra mal matada! - Falo rindo muito. (Man, eu tava rindo muito ali, quem me olhase pesaria que sou louca!) 

 - Aish! Credu! Seus bando de sem criatividade! 

 - Seus movimentos são piores que os vídeos "educativos" do Namjoon! - falei em meio os risos. 

- Vocês são tudo um bando de desalmados! - Baek fala novamente continuando com seus movimentos escrotos.  

- Hey! Eu ouvi ok? - Jessie gritou em meio a comida... 

 - Eu também! Posso até ter mente de piccopata as vezes, mas não sou desalmada! - Mary diz fusilando Baekhyun pelo olhar, olhei pro Jungkook que tava com os olhos arregalados ali em silêncio e eu ali, igual uma retardada rindo, tanto da cara do Kook quanto dos movimentos do Baek. 

 Taehyung até sentou ao meu lado e tentou me acalmar porque... Puta que pariu vei tava rindo demais ali. 

 - Nossa gente, alguém socorre a Leh ela parece uma hiena!

 - Calma Jin, é fase! - Leah diz dando tapinhas no ombro do mesmo. 

 - Se prepara pra perder Jessie! - Mary diz me fazendo olhar para Jessie que parecia começar a ficar cheia. 

 Sabia que a mesma não aguentaria comer tanto. Uma fênix precisa ser leve pra poder voar. Seu estômago não aguenta muito alimento. Já a raposa foi feita pra armazenar comida. Pode aguentar até semanas sem comer. Ainda mais Mary que come feito morta de fome. 

 - N-não... Eu tenho q-que aguentar! - ela fala determinada... Vixi... Isso não vai prestar! Me levanto e vou até Jessie. Pego a mesma e arrasto pro banco (tora de árvore) a colocando deitada ali.

 - Querida quer se matar? Você não aguenta tudo isso! Vai passar muito mal se continuar! - digo irritada e ao mesmo tempo preocupada. 

 - M-mas eu... N-não posso perder!

 - Quer morrer tentando? - a mesma balança a cabeça negativamente.

 - Ganhei! Aaah muleque! - Olho pra Mary a fuzilando com olhar. A mesma me encara como se dissesse "Tá já entendi!" - Olha Jessie, vou te falar algo que você já deve tar careca de saber... Mas não me desafie... Com comida? Pior ainda!

 - Caramba Mary! Cadê sua compaixão? - Leah diz se perguntando se ria ou se chorava. 

 - Teve o mesmo destino da comida! - nos entreolhamos sérios... - Tá! Brinks’! Povo sem humor vei, meu Deus! - Mary fala fechando a cara e cruzando os braços. 

 - Finalmente! Alguém que me entende! - Baek diz levantando os braços pra cima louvando os céus igual um retardado (Não que ele não seja um mas né?). O mesmo corre e abraça Mary... Mano... Juro que vi o Kook fechar a cara. 

 - Tá animado em pequeno! Pra alguém que perdeu...

 - Aaah! Chanyeol, você não pode falar nada! Você apostou comigo na Jessie!

 - Eu? No fundo sempre torci pra Mary! - Eu tenho cara de quem nasceu ontem?

 - Pior que tem! - Chanyeol fala e Baekhyun começa a agredir o mesmo... Com tapas e ponta pés... A esse ponto eu já tinha saído de risada. Tava tendo um troço ali.

- Seu poste de esquina ambulante! 

- Poste? Tá mais pra muralha da China! - digo rindo muito, mas muito mesmo.

 - Muralha? Isso aí já passou de poste e muralha! Chanyeol agora se chama "a torre de Dubai"! - Leah fala rindo. Pronto. Morri. R.i.p Lety. 

 - Gente é sério, alguém socorre essa garota! - Jin fala com cara de preocupado. 

 - Aish! Sempre sobra o lixo pra mim! - Mary fala e eu quase consigo me levantar pra te dar uma voadora 360 giratória estilo Grifo. Mas... Como a vida gosta de sambar na minha cara, não consegui descolar do chão. - Meu Deus! Lety parece uma baleia! Gorda!

 - Aish! Rapa fia! Eu e o chão temos uma relação agora! - Falo tentando criar coragem pra sair do chão. 

 - Deixa que eu pego ela... - Taetae se aproxima e coloca suas mãos em minhas coxas e em minha nuca. Por impulso, envolvo meus braços em volta do pescoço do mesmo. Taetae me tira do chão... 

- Nãããão! O chão vai sentir minha falta! 

 - Não tanto quanto eu senti. - ele resmunga mais como sou a fodona aqui, consegui ouvir. JURO QUE ARREPIEI! 

 - Okay, o dia foi cheio... Eu tô com sono... Vou dormir ok? Okay, tchau! - Baek diz dando a volta mas Mary o reprende.

 - Okay o Caramba! Tu perdeu a aposta! Vai fazer o que eu bem entender por duas semanas! 

 - Te pegaram pequeno... - Chanyeol fala deixando Baek muito bravo... (Prevejo tretas...)

 - Opa, opa! Você também Chanyeol! Pensa que me engana com esse sorriso e com essa cara de pau? 

 - Ah... É aquele ditado né? A esperança é a última que morre...

 - Nesse caso, já morreu faz tempo, eu ainda tive o prazer de pisar em cima! - os meninos se entreolham e ficam calados. Mas Jin como sempre, se manifesta.

 - NAMJOON! O QUE VOCE TA ENSINANDO PRA ESSAS CRIANÇAS?! - Jin diz dando tapas no mesmo. 

 - Aish! Sei de nada! Para Jin! 

 - Sabe de nada inocente! - falei e todos riram.  

- Aish! Dei tanta educação pra essas crianças e você faz merda como sempre né Namjoon? Sempre quebrando tudo! - Jin continua... O mesmo parece até minha omma!   

- Aish! Por que tudo é eu? Você também tem defeitos Jin! 

- Mas os meus são defeitos divinos!  E quer que eu utilize a chinela pra te mostrar o que é defeito? 

 - Pera... (Processando... 

Pim! 

Ameaça detectada!) Aaaah não imagina, entendi tudo...

 - Okay.... O que devo pedir pra você em Baek? - diz Mary com o indicador nos lábios...

 - Eu sei! - Falo animada! Tive uma ideia pra Baekhyun! Quando pensei em ir na direção de Mary pra falar o que havia pensando, senti algo me puxando pra mais perto... Foi aí que me toquei... AINDA ESTOU NO COLO DE TAEHYUNG! AAAH MEU DEUS! VAI CRUSH! ME LEVA!

 - O que pensou Lety? - Mary diz se aproximando de mim... Tae a encara e depois me olha... (Vixi... Tá assustado... Só não me derruba em!)

 - Bom... O que acha de... - cochicho em seu ouvido... Foi tão baixo que aposto que nem mesmo os lobos aqui presentes ouviram. 

 - Olha só.... Não é uma má ideia! - ela diz rindo... Mas aquele sorriso malicioso mostrava que não era boa coisa.

 - O que? - Baek pergunta curioso. 

 - Como eu que vou escravizar vocês, eu decido quando contar! Certo Leleh?

 - Aham! - concordo com a cabeça. Mary conta a minha ideia pra Leah que fica chocada. Mas logo sorri. Ela se vira e sussurra algo para Mary sorrindo. Parece que alguém gostou da minha idéia. Elas se viram e vem na minha direção. 

 - Suga hyung! Vem aqui! - Jimin grita do outro lado. Pera... Eu ouvi direito? Jimin chamou... "Suga?" Mary havia me dito qur este seria o companheiro de Leah mas... Não há ninguém aqui além de nós! 

 - S-Suga? - Leah fala de boca aberta... 

.............Continua.............  


Notas Finais


Espero q tenham gostado!
Desculpem qualquer erro....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...