História The addiction of death - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Drama, Horror, Mistério, Violencia, Yaoi
Visualizações 19
Palavras 1.680
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Lemon, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola estrelinhas a terra diz ola

Bom eu demorei... acho.... E trouxe um cap relativamente grande ate.... Não achei que fosse passar de mil palavras hahaha

Já AVISO O CAP ABORDA RELIGIOES E ECT

Foi avisado ahahah

Espero que gostem e boa leitura

Capítulo 6 - SEIS- O Sacrificio e Jeon Jungkook


Fanfic / Fanfiction The addiction of death - Capítulo 6 - SEIS- O Sacrificio e Jeon Jungkook

                                               Coreia do Sul, Busan – Sanatório Municipal – 09:00 pm

 

 

Agora estavam todos já acordados... E todos os seis já comendo... Mas não eram sete? Poise.... Jeon Jungkook não estava comendo... Tinha acordado e não tinha ao menos nos dado bom dia, ele era sempre  no mínimo gentil, por mais que muitas vezes fechado e quieto sempre gentil.... Mas havia vezes que não.... Havia vezes que ele acordava totalmente o oposto do que costumava ser....Mas não era como Namjoon e sua bipolaridade... Era diferente... Era o mesmo Jungkook, mas com mais raiva... Mais estranho, macabro ou sei la como fosse denominado ou algo assim... Ele acordava com olhos totalmente negros....

 

                                                           Sim olhos negros...

 

Era obvio que Jungkook ainda estava ali.... Mas não sozinho... Alguém estava  com ele....

 

                                                          Alguém estava nele...

 

 

                                                   Jungkook era esquizofrênico 

 

             Acima de tudo, Jungkook amava fielmente a morte... A religião e seu ``Deus´´...

 

 

JungKook entrou quase ao mesmo tempo que Taehyung, a um ano.... Provavelmente a diferença era de um mês..  

 

  Antes disso a dois anos atrás, Jungkook tinha seus dezenove anos, morava na região metropolitana de Buenos Aires na Argentina... Desde de que ele se lembrava por gente já consultava psiquiatras e psicólogos para tratar seu problema de esquizofrenia....

  Até que chegou em um dia... Que Jungkook deveria estar triste... Ou arrependido... Mas nada daquilo estava presente em seus sentimentos naquele dia especifico... Foi a seu psicólogo como de costume e contou tudo o fez  no dia anterior...

 

                                          No dia em que matou seu namorado...

 

Ele relatou tudo aconteceu e como fez, de forma tranquila... Poderia até dizer que de forma alegre, como se fosse algo comum.... Mas para Jungkook era... Ele só estava servindo a seu mestre...

 

  Um dia antes, por uma hora da manhã mais ou menos Jungkook marcou de se encontrar com seu namorado no cemitério...Sim no cemitério...Aquilo já não era surpresa para seu psicólogo, afinal as pessoas em que seu paciente tinha amizade e até mesmo seu namorado eram de fazer coisas do gênero...

 

  Tanto Jeon quanto seu namorado gostavam muito de passar noites e seus tempos livres la... Era tudo muito quieto...Eram rodeados pela morte...Mas estavam vivos, aquilo era satisfador, pelo menos para Jeon....

 

  Então eles fiaram lá, conversando durante horas  e horas.... Infelizmente seu namorado não sabia que aquele era seu último dia de vida... Muito menos que seu encontro com Jungkook e sua morte seriam causadas pelo seu ´´mestre´´ ou esquizofrenia...

 

  Tinham cobertores, comida tinham tudo que precisavam, seu namorado sim tinha notado um comportamento diferente vindo de Jeon, mas não reclamou, afinal ele estava mais romântico e carinhoso....

 

                      Mal ele sabia que quem estava sendo carinhoso não era Jeon

 

  Quando foram ver as horas já eram cinco de meia da manhã, depois de mais umas conversas risadas e beijos, se deu seis horas da manhã.... Foi quando os olhos de Jeon se tornaram negros, seu namorado notou? Sim, mas nem ligou, estava tempo suficiente com Jungkook para saber que aquilo não afetaria em basicamente nada... Bom até aquele dia... Seu namorado até então nunca esteve junto a Jeon as seis horas da manhã.... Aos seis minutos e seis segundos...  

 

      

 

                                                                              666

 

A este horário Jeon ainda estava de olhos negros, mas não havia presença de mais ninguém em si, além dele mesmo.... Só que sua ´´esquizofrenia´´ começou a atacar....

Via seu namorado abraçado ao seu mestre.... O via morto, dilacerado.... E tudo o que estava vendo em relação ou estado de seu namorado era verdade... Quando Jeon tinha sua alucinação não tinha consciência e seus atos, então vendo aquela imagem de seu amado mal percebeu quando finalmente o matou....

 

                                                           Tudo em um único minuto

 

  No segundo seis ele começou.... Pegou uma lamina em seu bolso, que não surpreendeu seu parceiro, afinal ambos e todos de seu círculo de amizade se cortavam e até coisas piores... Achou que Jungkook iria se cortar como de costume.... Estava enganado....   

 

  Jungkook passou aquela lamina extremamente fina em seu pescoço, um corte fino e certeiro...Seu namorado já agoniava de dor quando parou de ter alucinações e viu o que estava acontecendo....  

 

                                                         -----Tudo a ti mestre

 

Falou e com uma mão empurrou sua cabeça para traz separadamente de seu corpo.... Assim aumentando o corte e deixando sua cabeça pendurada por seus ossos apenas....

 

  Sangue era o que ele mais via a sua volta... em sua mãos... Então ele finalmente arrancou a cabeça de seu amado de seu corpo e a colocou numa sacola.... O corpo simplesmente jogou em uma cova recentemente aberta, mas vazia....

 

Saiu do cemitério e voltou a estar inconsciente.... Caminhou ate o matagal mais próximo o atravessou a encontrou do outro lado uma igreja.... Católica

 

  A porta era branca.... era.... Jeon pegou a sangue acumulado na sacola e desenhou uma estrela para baixo.... Mais conhecida como pentágono, fez símbolos por todos os lados, mas ainda na parte de fora da igreja.... Por fim, Jeon via tudo o que estava fazendo, mas não podia controlar seus movimentos....

 

                               Ele não queria controlar seus próprios movimentos

 

                                                             ´´tudo a ti mestre´´

 

   Pegou a cabeça decepada de seu namorado, e então teve outra alucinação.... Ele vivo.... Ele sorrindo e feliz.... Então Jeon que supria sentimentos querendo ou não por aquele garoto o beijou da melhor forma que pode, se permitiu ate morder seus lábios, gesto que ambos gostavam de partilhar sempre com é claro um pouco de luxuria.... Então arrancou seus olhos e jogou dentro da igreja por uma fresta que encontrou em uma das janelas... E o rosto da cabeça colocou no topo da grande cruz que havia na frente daquela igreja....

 

Por fim escreveu : El dueño de la oscuridad, Lucifer .... Vive y existe ... ¿Su dios? Ai ya no tengo tanta seguridad

 

 

O dono da escuridão, Lucifer.... Vive e existe... Seu deus? Ai eu ja nao tenho mais tanta certeza

 

  Saiu de lá normalmente e foi para case se banhou, comeu e dormiu.... E então foi a seu psicólogo contou tudo, como sempre fazia... Jungkook já tinha matado antes, mas não passavam de animais de grande porte, uma pessoa nunca tinha acontecido... Isso aterrorizou seu psicólogo, ele tinha o acordo de sigilo, prometeu nunca contar nada de suas consultas para ninguém, mas aquilo era um caso extremo.... Então seu psicólogo já sabia exatamente para onde manda-lo..... Coreia do Sul, o lugar mais longe que conseguiu encontrar para afastar Jeon de tudo... Para tentar amenizar as coisas.... Então ele foi mandado para cá, com nada mais além da roupa no corpo e seu diário....

 

                                      Seu diário.... Foi como descobrimos tudo

 

Ele nos mostrou, não era algo muito bom de se olhar... Tinham fotos de tudo o que ele fazia...

 

 

  Começamos desde a primeira página, por mais que aquilo parecesse mais uma bíblia do que um diário por sua largura, era interessante.... Ele tinha esse diário desde que as alucinações começaram... Desde seus cinco anos.... Quando o pequeno Jeon começou a ter todas aquelas alucinações era horrível... Simplesmente assustador... Jungkook não entendi por que via pessoas mortas, sangrando e na maioria das vezes apodrecendo... Antes seus pais achavam que eram apenas pesados, depois que foram percebendo que aquilo era constante e então o mandaram para psiquiatras e psicólogos aos sete anos.... Aquilo era constante nada mudava, cada vez pior, mais sangue, mais morte, muito mais morte.... Constataram sua esquizofrenia aos oito anos.... E foi assim sua vida.... Desdê os oito até meados de seus quinze, foi uma criança e adolescente mórbido, não via graça, felicidade ou alegria em nada... Sempre via a desgraça e as coisas ruins da vida, assim se tornando um tanto depressivo, se cortando profundamente uma vez ou outra...

  Seu primeiro corte foi aos dezesseis anos.... Assim que se cortou, em plena luz do dia gritou.... Mas não era ele gritando era seu novo mestre, gritou, mas a voz não era sua, era muito mais grossa, cortou todas as partes de seu pulso e também suas costas, fazendo um espécie  de asas de anjo ironicamente, seus pais entravam e perceberam o alterado, tentaram o conter mas ninguém conseguia o conter, ele os cortava se chegasse perto, ele desesperado chamaram o padre de sua igreja para exorciza-lo assim que o mesmo começou a falar coisas desconexas  

 

                                       ´´Me conhecem como demônio?´´

                                                          ´´Capeta?´´

                                            ´´Os mais chulos capiroto´´

                                                             ´´Cão´´

 

Ele rio girando sua cabeça para lados impossíveis

 

                           ´´ Mas por favor me chamem de Lucifer, soa melhor´´ 

 

 

  O tal padre tentava de tudo, ficou oito horas tentando e desistiu, então seus pais o internaram em um sanatório regional até que se acalmasse....Depois de uma semana naquela pior forma, ele finalmente voltou ao normal.... Os médicos pelo simples fato de Jungkook ter esquizofrenia falaram que eram meras alucinações... Bem das mais fortes, e seus pais não fizeram menos se não acreditar....

  A partir dali Jeon começou a frequentar seitas satânicas e a andar com pessoas familiarizadas com tudo aquilo... Foi na mesma que conheceu seu falecido namorado…Nesse meio tempo ele matava animais, pássaros, cães, gatos, vacas, porcos uma infinidade de animais, todos para sacrifício em mando de seu ´´mestre´´... Aquilo tudo era mantido em sigilo como combinado... Até matar seu namorado e vir para cá....

 

  Jeon Jungkook nos explicou que ele mesmo não acreditava que tinha a tal esquizofrenia, nos disse que era pura ilusão criada por seu mestre para os outros.... Explicou também que ele acreditava fielmente que o mal existia, já nasceu com o mundo e com o ser humano, e o ´´bem´´ era algo em que as pessoas criavam para se reconfortar ou se iludir...  

 

´´Esses tais deuses.... Nenhum sequer existe...Todos criados pelo medo que o ser humano tem do mal...Do superior.... Por que ele sim existe´´

 

  Aquilo é claro nos assustou, tínhamos medo de ser o próximo sacrifício... Mas Jungkook nos garantiu que nenhum de nós seria sacrifício, segundo ele, o ´´mestre´´ tinha planos maiores nos envolvendo.... Aquilo não reconfortou nenhum pouco nenhum de nos... Mas enquanto não acontecia nada, Jungkook se mostrava uma pessoa gentil e atenciosa.... 

                                      Mas no fundo todos nós sabíamos.... Ele sabia

 

                                               Era viciado em sua religião....

 

                                                Viciado em sua fidelidade....

 

                                                  Viciado em seu mestre.... 

 

                                                E por fim.... Viciado na morte....


Notas Finais


E entaoooo gostaram? hahaah achei cabuloso
Bom se tiverem errou de portugues me avisem ok?

E bommmm eu provavelmente vou demorar para postar o próximo cap, semana de provas começou ne mores

EU JURO QUE NAO FOI INTENCIONAL ESSE CAP CABULOSO CAIR BEM NO CAP 6 (serio achei isso engraçado) ahahah

Enfim.... Acho que vocês já sabem quem esta narrando ne?

Beijos de luz pra vocês e ate a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...