História The adventures of an unlikely love - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justiça Jovem, Novos Titãs (Teen Titans)
Personagens Ciborgue, Estelar, Garth (Aqualad / Tempest), Mutano, Ravena, Robin, Terra, Wally West (Kid Flash)
Tags Gar, Garfield, Jovens Titãs, Mutano, Rachel, Rae, Raven, Ravena, Teen Titans
Exibições 126
Palavras 1.543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie oi gente! cap novo. Boa leitura.

Capítulo 30 - Nostalgia PT 2


Fanfic / Fanfiction The adventures of an unlikely love - Capítulo 30 - Nostalgia PT 2

Mutano se assustou a ouvir o barulho da porta do acesso ao telhado abrir.

 - Pai? – Angel abriu a porta com dificuldade, pois a caixa de pizza não estava ajudando muito.

 - Você não deveria estar na cama? – Ele rapidamente escondeu o anel sobre o moletom que usava. Ele não queria que ela soubesse e se esforçaria ao maximo para esconder essa historia.

 - Eu deveria, mas não estou. – Ela se sentou ao lado do pai no parapeito do telhado. – Pedi a sua favorita, vegetariana. – Ela mostrou a caixa e a colocou no meio dos dois.

 - Obrigado, mas eu não estou com apetite. – Ele dispensou a pizza fazendo com que a menina arregalasse os olhos.

 - Tem certeza que você está bem? Você está mais verde do que o normal. – Angel passou as mãos pelo rosto do pai, verificando qualquer sinal de febre.

 - Essa sua nova cor de cabelo... Ficou horrível! – Mutano mudou de assunto rapidamente e riu ao ver a expressão da filha.

 - Nem tanto! Acho que da próxima eu poderia pintar de roxo. – Essas palavras causaram um arrepio pelo seu corpo, ele respirou fundo e tentou não se lembrar do rosto dela...

 - Opa... Não foi a minha intenção. – Ela se desculpou rapidamente ao perceber o que tinha causado.

 - Não... Não foi nada. – Ele soltou uma voz rouca. – O passado fica no passado afinal já fazem sete anos.

 A garota concordou com a cabeça. Mutano fechou os olhos tentando não se lembrar de certas coisas em sua mente.

 - Mas tem coisas que são impossíveis de esquecer. – Ela suspirou

 - Você sente falta dela? – A menina perguntou enxugando uma pequena lagrima que escorreu dos seus olhos.

 - Todos os dias. 

 - Eu também. As vezes eu queria voltar no tempo, eu queria que ela estivesse aqui com a gente. – Ela chorou baixinho e viu seu pai soluçar algumas vezes.

 - Pelo menos a gente ainda tem as memórias, de onde ela nunca vai sair. – Mutano deu um sorriso e se perdeu em sua nostalgia.

 “Garfield Logan estava atrasado para a sua própria cerimônia de casamento.

 Ele pegou apresado a rosa do palito preto. Cyborg esperava do lado de fora da torre impaciente e nervoso com o amigo verde.

 - Cadê aquele... Só falta ele ter desistido. – O homem robô xingou baixinho ao ver o amigo se aproximar com um sorriso inocente.

 - Vamos? – Gar entra no carro e revira os olhos ao ver o mais velho reclamar.

 - Você ainda não aprendeu a dar um nó em uma gravata? – Victor arruma a gravata do amigo dando um nó mais que perfeito.

 - Nossa! Valeu esposa perfeita. – Mutano brincou e Victor deu os ombros.

 - Idiota!

 

 Na porta da igreja se encontravam vários fotógrafos e papasses querendo capturar um momento histórico. Havia também algumas garotas atiradas e prontas para chorar aos pés de Garfield, implorando para que ele não se casasse.

 Com dificuldade os dois entraram na igreja. Ao ver o altar Garfield congelou, estava sendo quase impossível esconder o seu nervosismo.

 Ele seguiu pelo tapete vermelho rapidamente ignorando qualquer comentário de algum convidado. Ele sorriu ao ver sua mãe na fileira da frente, porem ficou nervoso ao ver tantos convidados.

 A cerimônia estava prestes a começar. Ao começar a tocar a clássica musica, Mutano congelou ao ver Ravena surgir em meio ao tapete vermelho. Ela estava linda! O cabelo preso em um coque chique com vários enfeites, ela usava um vestido longo e rodado, o vestido tinha um lindo degrade de violeta para branco.

 Mutano estava quase babando e imaginando besteira ao ver o modelo do vestido. Ela se deslocou ao lado dele. Os dois discutiram baixinho enquanto o padre fazia a cerimônia.

 - Porque você demorou tanto? – Ravena sussurrou para que só ele escutasse.

 - Por nada... Você está linda. – Ela sorri sem graça.

 - Você também.

 - Você fica estranho de terno.

 - Eu sei...

 - Se alguém é contra este casamento, que fale agora ou se cale para sempre. – O padre olhou para o pessoal na plateia, uma mulher loira pesou seriamente em levantar a mão. Mas ela hesitou.

 - Pelo poder investido em mim eu os declaro marido e mulher.

 Garfield soltou um alivio ao ver que a cerimônia havia terminado. Eles assinaram os papeis e deram o clássico beijo de casamento.

 

 - Finalmente acabou! – Ravena entrou no carro aliviada ao soltar o cabelo.

 - Acabou? Ainda tem muita coisa pra encarar essa noite, Senhora Logan. – Mutano Gargalhou e a esposa corou violentamente.

 - É, mas eu te disse que não precisava de tudo isso Gar.

 - Tudo isso o que? Você não está falando da festa não é?

- É exatamente isso. – ela revirou os olhos.

- Não esquenta, vai ser divertido! Além do mais não é grande coisa, é só para marcar essa data especial. – Ele se aproximou da mulher e colou seus rostos.

- Tudo bem... Eu acho que podemos aturar isso. – ela passou a mão pela barriga de dois messes.

 O motorista seguiu em direção à mansão de Bruce, ele ofereceu o local para dar a festa. Era o seu presente de casamento.

 O salão estava incrível! A decoração impecável. Tudo estava perfeito.

 A maioria dos convidados já haviam chegado. Não havia com que se preocupar, apenas se divertir.

 - Uau! O pessoal da decoração fez um ótimo trabalho. – Ravena passou os olhos pelo local.

 - Fiz questão de contratar os melhores organizadores de eventos do mundo. – Estelar se aproximou e deu um abraço no casal.

 - Parabéns amigos...

 - Obrigado(a)... – Ravena e Mutano responderam em coro, e sorriram ao ver o que tinham feito. Após muitos cumprimentarem o casal se sentou em uma mesa junto com o resto dos titãs.

- Casal do ano... – Dick se aproximou lhes dando parabéns.

 - Obrigado

  Em seguida vieram Karen e Cyborg e alguns outros titãs. A noite estava animada e muito encantadora, o tempo estava colaborando com a festividade...

 A pista de dança estava lotada, as luzes de led coloridas davam um ótimo efeito no local. A musica eletrônica empolgava á todos, todos menos Ravena que estava tendo um típico enjoou de gravidez; porem ela não queria estragar a noite de ninguém por um motivo que ela considerava bobo.

 Ela estava perdida em seus pensamentos estava tentando segurar a vontade do vomitar. Por sorte o enjoou passou.

- Rae você está bem. – Garfield estava se divertindo na festa de casamento mas parou de badernar assim que viu a mulher passar mal.

 - Estou, eu fiquei com vontade de vomitar mas já passou. – Ela ó puxou para mais perto e lhe deu um beijo rápido.

 - Tudo bem... a pista de dança está animada, você não quer ir... tipo assim.

 - Dançar? – Ela o cortou rapidamente ouvindo uma musica lenta.

 - É, uma ultima dança antes da gente ir.

 - Eu ... n-não. – Ela se levantou da mesa e o deixou falando sozinho. Ela seguiu para o banheiro mais próximo e se culpou o resto da noite por ter agido daquela forma.”

- Pai! – Angel chamou impaciente.

 - O-oque? – Ele deu um pulo ao ouvir a voz da garota.

 - Estou tentando falar com você faz meia hora, você está literalmente no mundo da lua.

 - Eu estava pensando. – Ela revirou os olhos ao ouvir a resposta sem sentido.

 - Não, você estava sonhando acordado. – Ela riu.

 - Eu não estava... Tanto faz. – Ele deu os ombros.

 - Você estava pensando nela, não é? – Angel soltou a frase sem querer.

 - Ok, talvez eu estivesse.

 - Pai, sobre aquele assunto da minha mãe.

 - Já conversamos sobre isso! – Ele fechou a cara.

 - Eu sei mas...

 - Mas nada! Sua mãe fez a escolha dela, e eu me arrependo todos os dias por causa disso!  – ele se levantou e seguiu em direção á porta.

 - Aonde você vai? – Angel perguntou confusa ao ver o pai sair.

 - Eu não sei.

 

 Após colocar Angel na cama, Mutano pegou seu carro e saiu dirigindo sem rumo pelas ruas badaladas de Jump City. Ele estava precisando esfriar a cabeça.

 Ele estava indo em direção a uma das ruas mais famosas da cidade, não importava o horário, ela sempre estava lotada de pessoas, parecia que as lojas de lá nunca fechavam suas portas. Em meio ao pequeno trânsito Mutano se pegou totalmente nas nuvens, sua cabeça estava à milhão, ele não parava de ver as imagens da Ravena na mente. Ele esta literalmente nas nuvens, quando ele olhou para o lado de fora da janela do carro sem o menor animo ficou pasmado com a sena que viu.

 - N-não pode ser, eu devo estar alucinando. – Ele abriu a boca algumas vezes ao ver uma mulher de cabelos curtos de cor castanha passar numa calçada ao lado, apesar das cores diferentes ela era idêntica a Ravena.

 - R-Rachel. – Ele arregalou os olhos ao ver a mulher passar ao seu lado. Ele ficou tão assustado com a sena que acabou engatando a marcha do carro fazendo com que ele batesse no carro da frente.

 - MAS QUE DROGA! – O motorista da frente gritou fazendo ele desviar a atenção da mulher que desapareceu na multidão.

 - Ótimo. – Mutano resmungou. Pelo jeito a noite não foi umas das melhores.


Notas Finais


Xauu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...