História The adventures of an unlikely love - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justiça Jovem, Novos Titãs (Teen Titans)
Personagens Ciborgue, Estelar, Garth (Aqualad / Tempest), Mutano, Ravena, Robin, Terra, Wally West (Kid Flash)
Tags Gar, Garfield, Jovens Titãs, Mutano, Rachel, Rae, Raven, Ravena, Teen Titans
Exibições 116
Palavras 1.531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal! Cap novo. Essa capa não vai fazer sentido algum, mas ela tem um significado que vocês irão entender, nos próximos capítulos. Boa leitura.

Capítulo 31 - Nostalgia PT 3


Fanfic / Fanfiction The adventures of an unlikely love - Capítulo 31 - Nostalgia PT 3

Garfield voltou para casa ainda com a imagem da mulher na cabeça. Seria possível mortos reviverem? Ravena estava desaparecida já se faziam sete anos, ela foi dada como morta ao encontrarem um corpo, na antiga represa de jump City. Apesar dos fatos, a morte dela nunca foi comprovada.

  Aposto que um monte de gente está se perguntando: Mas o que aconteceu com a Rachel? Bom... Acho melhor eu contar a vocês.

 “ 7 anos antes

 A torre estava mais barulhenta do que nunca. Afinal as três crianças de sete anos não gostavam de ficar paradas.

 Os titãs estavam começando a pirar. Especialmente Garfield e Rachel.

 - Como ela pode ter tanta energia? – Ele tentou segurar o fôlego. A brincadeira de pique pega não estava sendo nada justa.

 - Ela não tem você que esta ficando mais devagar. – Rachel conseguiu alcançar a filha.

 - Ah mãe não vale! – A menina bufou ao ver os braços da mãe ao seu redor.

 - Peguei!

 

  Todos estavam numa completa alegria. Era como se o tempo não passasse, mas em meio a tantas gargalhadas o barulho do alerta tocou.

 - Droga! – Dick parou de brincar com Nick no mesmo instante. Ao verificar o problema, o líder não fez uma cara boa.

 - Titãs, temos um problema serio. – Ele ativou o sistema de segurança da torre.

 Victor se levantou e observou um movimento estranho nos arbustos do jardim, quando ele se deu conta, arregalou os olhos e pegou Kate no colo com rapidez.

 - São os capangas da Amber! – Os titãs arregalaram os olhos.

 Amber Summer. Era uma ex-militar. Participante de uma experiência do governo americano. Durante a maioria da sua vida ela fez parte das forças armadas, ela é o que podemos chamar de “Mercenária”.

 Ela possuí grande habilidade com armas de fogo, é uma grande lutadora. Porém, se tornou a maior inimiga dos jovens titãs. Sua revolta começou quando o irmão mais novo de Amber foi morto pelos nossos heróis. Tomas Summer, tentou cometer uma verdadeira chacina no Central Park da cidade, por sorte conseguiram impedi-lo. Após anos, ela montou seu império e se tornou a criminosa mais procurada no estado.

 

 - Karen leve eles para a sala de segurança! – Ravena se desesperou ao ver a porta do elevador rachar. Karen puxou as três crianças e se escondeu pela torre.

 - Tomara que eles fiquem bem. – Mutano rezou. Nesse momento as janelas em sua volta se quebraram. A torre estava sendo invadida! Vários homens vestidos como soldados entraram pelas janelas quebradas. Um dos homens se jogou em cima da Ravena com força, fazendo com ela batesse no chão com violência. Outro  surgiu com uma arma, e contra-atacou os titãs.

 Ao ver a cena, Garfield perdeu a paciência. Ele empurrou um soldado com quem lutava parapeito a baixo e foi à luta para ajudar seus amigos.

 Enquanto isso Karen e as crianças tentavam passar despercebidas pelo exercito.

 - Tia Karen, a gente vai ficar bem? – Nick estava completamente assustado.

 - Claro, meu amor, tenho certeza que seus pais vão conseguir dete-lós.

 

 Eles ficaram quietos ao ver a sombra de alguém do outro lado da porta. As três crianças se encolheram ao ver a maçaneta da porta girar. Por sorte ou azar, era apenas a Kory, ela estava completamente machucada, a luta havia de ter sido violenta.

 - Temos que sair daqui, agora! – Ao ouvir isso, os quatro acentuaram com a cabeça. Eles foram correndo pelos corredores completamente destruídos, encontrando alguns soldados desmaiados pelo chão. Atrás deles viam correndo, Cyborg, Robin, Mutano e Ravena, ambos também machucados.

 - Vamos, não temos muito tempo. – Robin deu o comando, apontando para o jato titã estacionado no jardim.

 - Temos que levar as crianças para um lugar seguro... – Victor exclamou. Porém foi interrompido por um homem que se aproximava em sua direção.

 - Vocês não vão a lugar algum! – O homem de cabelos castanhos se aproximou. Ele tinha uma arma em suas mãos. Seu nome é Josh Allan, ele é parceiro de Amber e está junto com ela em todos os crimes. Assim como Amber, Josh fazia parte do exercito, eles se tornaram grandes amigos e podemos afirmar que eles têm os mesmos interesses. Eles estão juntos até hoje, mesmo estando na vida do crime.

 - Acho que vocês estão com uma coisa minha. – Josh deu um sorriso maligno e apontou para Ravena. Ele observou a pedra vermelha em sua testa, e a pedra azul no colar da pequena Angel. Era isso que ele estava procurando.

 - Você nunca vai ter o que quer! – Mutano deu um passo à frente. – Ela não vai ir junto com você! NUNCA!

 - Eu não teria tanta certeza meu amigo. – Ele estralou os dedos fazendo mais soldados chegarem.

 - Como podem ver, vocês tem a passagem de ida, para virem comigo. – Ele observou os homens amarrarem e prenderem com algemas os titãs e as crianças assustadas. Ele se aproximou da Ravena e segurou seu queixo.

 - Eu cacei você durante messes, finalmente tenho você em minhas mãos, alias... Não você, mas sim a gemas. – Ele sorriu contente fazendo-a rosnar. – Finalmente vou poder concluir meus planos, acho que você ficara feliz em rever seu pai.

 - NÃO! VOCÊ NÃO PODE FAZER ISSO! SE VOCÊ LIBERTAR MEU PAI, O MUNDO ESTARA PERDIDO! – Ravena entrou em pânico.

 - Que papo é esse? Eu não vou libertar o seu pai, vou apenas pegar os poderes dele emprestado, eu acho que não ira fazer falta. – Ele gargalhou.

 - Cretino... – Ela se deixou cair algumas lagrimas.

 - Não esquenta, pelo menos vai ser eu quem vai ter o prazer de acabar com vocês. – Ele passou os olhos pelos titãs algemados. Por provocação, ele rapidamente colou os lábios dela nos dele. O sangue de Garfield ferveu.

 - Quando eu sair daqui, eu juro que vou usar as minhas duas mãos para quebrar a sua cara! – Garfield perdeu o controle. Infelizmente ele não conseguia se transformar em animais, estava muito fraco. Ela cuspiu ao sentir o gosto que ele havia deixado em sua boca. Ele gargalhou satisfeito com o que tinha causado.

 - Tirem esses vermes da minha frente e coloque-os no caminhão. – Josh ordenou, e foi o que foi feito.

 O caminhão seguiu para o sul da cidade, ele entrou num local pouco movimentado. Um matagal para ser exata. Em meio a tantas arvores se encontrava uma casa gigantesca, porém parecia abandonada. Com certeza havia de ser o covil de Amber.

 Na entrada, eles foram recebidos por alguns capangas. Os titãs foram levados em fila, até um salão imenso. Amber a mulher de cabelos vermelhos e olhos azuis esperava os seus “convidados” com ansiedade.

 - Hora, hora, vejo que meus convidados de honra chegaram. – Ela bateu palmas e fingiu felicidade.- Pena que a festa não vai ser para vocês...

 Ela se aproximou e encarou Angel com nojo nos olhos.

 - Como alguém tão insignificante como você carrega algo tão valioso? – Ela arrancou o colar da garota com violência. A menina se encolheu.

 - Não fale assim com ela. – Ravena pediu.

 - Calada, eu me refiro á ela como eu bem entender. – Amber cuspiu. - Já tenho duas gemas, vamos! me entreguem a terceira! – Ela ordenou, em troca ela recebeu olhares duvidosos.

 - Não estamos com a terceira gema. – Dick mentiu. – Você está perdendo o seu tempo.

 Amber cruzou os braços impaciente. Ela passou os olhos pelas três crianças, até decidir qual ela iria usar. Como se fossem objetos. Ela se aproximou de Kate e a puxou para a frente.

 - Eu acho que vai ter que ser do jeito difícil. – Ela pegou a menina pelo braço esquerdo fazendo-a gritar de medo.

 - O que você pensa que está fazendo? – Abelha exclamou preocupada.

 Os titãs tentaram se soltar, mas de alguma forma as correntes pareciam bloquear seus poderes.

  - O que for necessário. – Amber retirou uma seringa com um liquido vermelho e injetou no braço da garota sem do e nem piedade.

 Os titãs arregalaram os olhos. Victor ficou pasmado ele não conseguia falar.

 - O que você fez comigo? – Kate sussurrou assustada, seu braço estava formigando muito.

 - Bom... Se eles não me entregarem a gema, você morre em menos de duas horas, sabe como é... Vírus mortal. – Ela gargalhou. Os titãs á olharam inojados.

 - Como você pode fazer isso? Ela é só uma criança. – Kory engoliu o choro.

 - Eu que pergunto... Vocês são heróis, vocês deveriam proteger os civis e honrar o nome que tem, e não mata-los. Assim como vocês fizeram com o meu irmão! – A vilã chorou. Josh entrou no salão e observou tudo de longe.

 - O seu irmão era maluco! Ele era um psicopata, ele iria tirar a vida de 68 pessoas inocentes! - Dick afirmou tentando se livrar novamente das correntes que o prendiam.

- NÃO IMPORTA! Vocês não tinham esse direito... – Ela secou as lagrimas e voltou á ameaça-los.

 - Me entreguem a gema verde agora!

 - Chega! – Ravena se levantou com dificuldade e andou até a vilã, ela gargalhou satisfeita.

 - Vamos fazer o seguinte... – Ravena deu uma olhada em seus amigos, sobrinhos, marido e filha amarrados, ela não queria que eles passassem por tudo aquillo.

 Ela respirou fundo e... 


Notas Finais


Continua!

Vou tentar postar a continuação hoje, se não der eu posto amanha. Beijuu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...