História The alphas - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Juugo, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kizashi Haruno, Konan, Kushina Uzumaki, Maito Gai, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Utakata
Tags Alphas, Sasusaku
Visualizações 939
Palavras 1.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Capitulo 3


Fanfic / Fanfiction The alphas - Capítulo 3 - Capitulo 3

Capitulo 3

Todos: como????

Sakura: eu sou a marcada dele.

Logo após eu falar isso eu vejo a ino correr na minha direção, acompanhada de uma morena que eu não conhecia, ela simplesmente pula em cima de mim, se eu já não soubesse que ela faria isso nos com certeza cairíamos.

Ino: Sakura, finalmente você veio aqui, esse é meu marido sabaku no gaara.

Sakura: é bom te ver também ino, mas de qualquer forma eu o conheci agora de pouco, ele estava com o Naruto me esperando na porta da vila.

Ino: mas me explica que historia é essa de você ser a marcada do Sasuke, e que barulho foi esse agora de pouco?

Naruto: a Sakura acabou de socar uma pedra enorme.

Sakura: e eu acho que não tem muito o que falar sobre eu ser a marcada dele, você sabe que não tem como escolher, mas você não vai me apresentar a sua amiga?

Ino: a claro, essa é a Hinata, a noiva do Naruto. E Hinata, essa é a Sakura, a amiga de que eu te falava.

Hinata: prazer, mas você não se machucou?

Sakura: e como eu iria me machucar?

Naruto: socando uma rocha?

Sakura: não precisa se preocupar com isso, eu estou acostumada.

Sasuke: como assim? E que historia é essa de você sabe que não tem como escolher.

Sakura: durante a minha infância ninguém da minha alcateia aceitava me treinar, então eu treinava sozinha, e acabava treinando mais pesado que o resto ate que eu decidi viajar e treinei com varias pessoas diferentes, mas a que pegou mais pesado foi a Tsunade. E Sasuke, você não causou uma boa primeira impressão, a primeira coisa que você fez foi questionar para o seu pai se eu era competente o suficiente para estar aqui.

Itachi: kkkkkk Sasuke, ela realmente combina com você, vocês são parecidos.

Sakura e Sasuke: nos não somos.

Sakura e Sasuke: para de me imitar.

Sakura e Sasuke: você que esta me imitando.

Ino: kkkk o Itachi realmente tem razão.

Sakura: ino, você deveria estar me defendendo.

Ino: eu não costumo mentir.

Sakura: e no que eu sou parecida com ele?

Naruto: quando estão bravos os dois emitem uma aura de dar medo.

Shikamaru: os dois tem um jeito de falar que te faz sentir que deve fazer o que estão falando.

Ino: e os dois caçam muito bem.

Sakura: tudo bem já entendi. Mas Shikamaru e Sasuke me desculpem.

Shikamaru: pelo que?

Sakura: eu também sou uma alpha, e é um tanto desrespeitoso usar minha dominância para coagir os outros a fazer o que eu peço no território de outra alcateia.

Shikamaru: ok, mas acho melhor nos explicarmos a situação para você.

Sasuke: vamos voltar para a sede.

Ele simplesmente se vira e volta andando, como eu realmente precisava saber o que estava acontecendo eu não tive escolha a não ser segui-lo. Quando eu chego lá ele já estava sentado, e quando todos chegaram gaara e Shikamaru começaram a explicar que a alcateia do leste estava realizando pequenos ataques em diversos pontos do território deles, eu pedi para que eles me mostrassem os padrões em um mapa, mas o estranho é que os padrões eram familiares, familiares ate demais, mas era impossível, simplesmente não tinha como ser a pessoa que eu estava pensando.

 

P.O.V Sasuke

Assim que eu me viro eu me deparo com uma garota de cabelo rosa, que imediatamente presume ser a Sakura, assim que a vejo sim uma leve ardência no meu pulso direito, e sei que a marca estava aparecendo, o cheiro dela era completamente vicioso, era doce e me lembrava das flores que deram origem ao nome dela, porem apesar de doce, o cheiro  não era nem um pouco enjoativo, e os olhos dela eram simplesmente hipnotizantes, eu sentia que precisava ficar perto dela, eu pude perceber que ela era cabeça dura e muito decidida, e provavelmente um pouco orgulhosa. O que me fez ficar ainda mais atraído por ela, mas eu não planejava admitir isso de maneira alguma, então apenas decidi provoca-la, mas a reação dela simplesmente me surpreendeu, ela começou a emitir uma aura um tanto intimidante, o que demonstrava que ela estava com raiva, e com uma voz de comando pediu para que a seguíssemos, a acompanhamos ate que ela para em uma clareira e pede para que nos afastemos, todos ficam confusos, mas fizemos o que ela pediu, e vimos ela parar em frente a uma pedra em tanto grande, e me preocupo, apesar de não querer, já que ela parecia estar prestes a socar a pedra, mas me surpreendo ao ver ela quebrar a pedra com um único soco, e acabo ficando m choque por alguns segundos.

Porem eu saio do choque ao ver ela se aproximar de mim com um olhar preocupado, eu novamente me vi inebriado pelo cheiro dela, e sem ao menos perceber começo a cerar os punhos para tentar me impedir e agarra-la, e ao mesmo tempo que tentava me controlar acabei sem reação perante a aproximação dela, assim que ela fica realmente próxima ela estende a mão e toca em meu rosto, como se estivesse o acariciando, ate que vejo ela mudar de forma, provavelmente para feiticeira, seus cabelos cressem e ficam brancos, ela leva a mão ate a minha testa, e então suas mão começam a emanar uma luz verde, e sinto um calor acolhedor no local em que ela estava tocando, e vejo ela se afastar relutante de mim, e mesmo não querendo acabo sentindo saudade do toque dela no meu rosto, do calor que eu sentia graças a proximidade em que nos encontrávamos. Merda eu não posso estar me apaixonando por ela, mas parece que era o que estava acontecendo.

Outra atitude dela que me deixou surpreso foi ver ela pedir desculpa ao contar que era uma alpha e que acabou usando sua dominância, então acabamos voltando para a sede para explicar a ela a situação em que nos encontrávamos e  sobre os ataques, ela pergunta varias coisas, como o tempo entre eles, o padrão, e por fim pede para que nos mostremos os lugares onde haviam acontecido os ataques em um mapa, e vejo os olhos dela brilhando como se reconhecesse a estratégia que para nos era desconhecida, e percebi que ela é cheia de mistérios.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...