História The best Valentine's Day - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Jikook, Namjin, Vhope, Yoonseok
Exibições 153
Palavras 2.435
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey meus unicornios xerosus aqui estou eu com mais um cap acabado de sair do fornin, espero que gostem ^^
~Le eu com vergoinha pelo Capitulo XD

Capítulo 14 - Capitulo 14



 Jimin Pov's

_Faça o que você quiser Jimin Hyung.

 Ao ouvir tais palavras pude sentir meu mundo parar, e meu coração bater a 1000km/h. Minha boca se encontrava num perfeito "O" eu não conseguia acreditar no que Jungkook estava dizendo, isso só podia ser minha mente me pregando peças.

 _O-o que? - perguntei ainda surpreso.

 _Você ouviu Hyung... faça o que você quiser comigo. - suas orbes negras começavam a transbordar algo que eu podia chamar de luxuria e seu sussurro havia se tornado algo tão sexy e provocante que mais um segundo e eu não aguentaria.

 _Jungkook você... esta bebado não sabe o que esta dizendo. - tentei argumentar com o bebado em minha frente.

 Reflitam comigo, o Jungkook esta extremamente bebado, eu não faço a minima ideia do porque ele ter bebido tanto, ele esta extremamente bebado, eu já estou começando a ficar com calor, ele esta extremamente bebado, ele me odeia, ele esta extremamente bebado, e não faz a minima ideia do que esta falando, ele esta extremamente bebado, e se eu tocar um dedo nele, ele vai me odiar mais ainda, ele esta extramamente bebado, e eu jamais o tocaria sem que ele realmente estivesse sobrio o suficiente pra admitir que quer algo comigo.

 _E o que i-isso tem a ver!? Tem algo contraa transar com pessoas...b-bebadas!? - o modo como ele falava, sussurrando e tropeçando nas palavras com aquela voz embargada não ajudava em nada e só me dava mais tesão ainda.

 _Jeon Jungkook... é melhor você par... - não pude ao menos terminar de falar e senti os lábios gostosos e encharcados com gosto de alcool sobre os meus.


Pov's Taehyung

 

 Eu já não tinha controle de meu corpo e minha mente já se encontrava nublada pela luxuria, a essas horas eu já dava zero fodas pra nossa recente DR e pelo motivo dela, afinal era como Hoseok tinha dito "Ele era todo MEU". E eu não sou burro o suficiente pra negar uma foda bebado dentro do Carro, primeiro que eu nunca tinha transado dentro de um carro e sempre tive um fetiche por isso, segundo que quando eu acordasse pela manhã, com a mais fodida ressaca eu poderia botar a culpa do meu "deslize" na bebida e terceiro, quem seria trouxa o suficiente pra negar uma Foda pra Jung Hoseok!? Eu não seria!

 Nos já nos encontravamos no banco de trás do carro, com Hoseok deitado e eu sentado em cima de si rebolando meu quadril em seu membro, enquanto nos beijavamos de maneira afoita e sedenta, meu lábio inferior era sugado e maltratado pela boca carnuda do outro já ludibriado de prazer, minhas unhas medianas marcavam o peito ja desnudo e definido, enquanto suas mãos apertavam minha cintura possessivamente empusionando o meu quadril em cima de seu membro já rijo.

 _Ahh Taehyung... - esmaguei seu membro rijido ainda coberto pela calça com meu traseiro. Pude sentir seu pau teso se abrigando entre minhas nadegas, e rebolei novamente simulando uma falsa penetração.

 _Ahnn Daddy... eu quero cavalgar no Daddy. - eu disse manhoso enquanto subia e descia arrancando gemidos de nós dois.

 _Você foi um mau B-Baby hoje TaeTae... me-rece uma puniçãoo. - falou de uma forma inteiramente sexy, que me fez imaginar as minhas futuras "punições", o que fez meu membro pulsar mais ainda dentro da calça, algo que já era completamente incomodo.

 _E como você vai me punir Daddy? - parei de rebolar em seu membro apenas para me inclinar pra frente e descer meu lábios ate seu pescoço e passar a dar leves lambidas no mesmo.

 _Ahhh... v-você vai descobrir de-pois. - agarrou os fios de cabelo de minha nuca e puxou fortemente apenas para colar nossas testas e me olhar sedutoramente, enquanto mordia os lábios, eu poderia gozar apenas com aquela imagem deleitosa. Sem mais delongas empurrou minha cabeça pra frente e selou nossos lábios, envolvendo sua lingua junto a minha a cada investida dada dentro de minha boca.

 Nós já nos encontravamos sem folego e ofegantes quando ele cessou o "beijo" por falta de ar de ambas as partes, e deu uma forte mordida em meu lábio inferior, pude sentir um gosto metalico o que imaginei que fosse sangue, vou ser sincero com vocês, eu adoro esse Hoseok selvagem na hora "H".

 Ao quebrar nosso beijo levou sua mãos grandes e fortes ate a barra de minha camiseta e começou a acariciar a minha cintura, adentrando as mãos grandes dentre de minha roupa e passando a marcar minha epiderme com as unhas curtas. Sem esperar por mais tempo puxou minha camiseta pra cima de uma vez, me fazendo erguer os braços para maior facilidade na remoção.

 _Ahhn Da-Daddy eu n-não aguento mais esperar. - sem aviso previo desci ate sua estar a altura de sua calça que já marcava um volume avido. Comecei a desabotoar seu cinto rapidamente e, com as mãos tremulas vacilei algumas vezes, mas consegui finalmente retirar a mesma, sem esperar alguma resposta ou reclamação agarrei a barra da calça do moreno e desci de uma vez atacando a mesma em um canto qualquer do carro. Avistei o membro rijo marcado pela Boxer preta e pude notar uma mancha de pré gozo marcada no tecido inutil, lambi os labios em aprovação e sorri malicioso, levei minha mão ate o membro coberto e pulsante e apertei de uma vez arrancando um gemido sofrego de aprovação.

Desci meus labios ate sua barriga e passei a chupar e lamber o abdomen definido recebendo alguns gemidos como aprovação.

 _Hmm... você esta-a sendo um b-bom garoto meu B-Baby, continue. - ordenou e sorri malicioso descendo minhas mãos ate a borda da boxer e passando o dedo em provocação, desci os labios ate a borda da cueca preta e mordi a mesma começando a desce-la vagarosamente, senti meus dentes rasparem o membro teso e Hoseok gemer gostoso ao sentir minha boca tão proxima de seu penis.

 Terminei de retirar sua boxer e seu membro saltou de uma vez pra fora, batendo contra meu queixo, sorri satisfeito e sem pestanejar levei minha mão ate a base do membro grosso e rijo, e dei um forte apertão apenas pra ter a visão privilegiada de Hoseok se contorcendo no banco do carro. Agarrei o membro duro e comecei a fazer movimentos lentos de vai e vem com a minha mão, o maior apenas gemia gostoso e engasgado conforme eu aumentava a velocidade de minha mão. Parei com os movimentos e antes que ele pudesse questionar algo abocanhei seu falo duro em minha boca apenas para ouvi-lo gemer alto.

 _Ahh TaeTae... que boquinha gostosaa. - agarrou meus fios de cabelo e começou a impulsionar minha cabeça contra seu quadril, esgasguei um pouco ao sentir seu falo duro tocar minha garganta, mas apenas relaxei a mesma pra abrigar quase toda a extensão do pau teso de Hoseok, e mesmo assim não cabia tudo porque cá entre nós aquilo era grande. Tirei um pouco de seu membro de minha boca apenas para chupar a glande rosada e inchada, dei lambidinhas lentas na cabecinha como se fosse um picolé, e levei a pontinha de minha lingua ate a fenda lambendo o pré gozo que escorria abundantemente. Abriguei novamente a base em minha boca e comecei a subir e descer, senti minha cabeça ser impulsionada fortemente pra frente, e  Hoseok começar a impulsionar o quadril fodendo minha boca sem dó nem piedade, minha boca passou a doer conforme as estocadas se tornavam cada vez mais fortes e meus olhos começarem a lacrimejar.

 Senti que Hoseok estava prestes a gozar quando seus gemidos se tornaram mais altos e as estocadas mais fortes conforme ia escorrendo mais pré gozo de sua fenda, tirei as mãos do mesmo de meus fios e tirei seu penis de minha boca fazendo um barulho se "poc" estalado, recebi um olhar de reprovação e lambi os requicios de gozo que se encontravam em meus lábios tentando parecer algo pornografico.

 _Kim Taehyung tire a roupa agora. - falou mandão o que só me excitou ainda mais. Balancei com a cabeça em positivo e fiquei de joelhos enquanto desabotoava a minha calça, desci a mesma pelas minhas pernas retirando a em seguida, ficando apenas com minha boxer branca, já bem marcada, admito.

 _Pronto Daddy. - sussurrei "timido".

 _Eu não mandei você tirar tudo!? - falou firme e grosso, sorri por dentro e acenei em positivo com a cabeça.

 Levei minhas mãos ate a borda de minha Boxer e comecei a passar o dedo lentamente em provocação.

 _Pare de enrolar e tire logo, seja um bom Baby e obedeça o seu Daddy. - olhei o nos olhos fazendo uma carinha de falsa inocencia e desci minha cueca de uma vez, sentindo um otimo alivio ao ter meu penis livre daquele aperto. 

 _Já esta tão duro assim, só vendo o seu Daddy? - levou a mão ate o meu falo e passou o polegar pela minha glande rosadinha, pendi a cabeça para tras e soltei um gemido fino.

 _Hmm o-o Daddy... me deixa assim. - falei manhoso enquanto sentia minha glande sendo esfregada lentamente pelo polegar grande de Hoseok. Ate o desgraçado decidir parar.

 _Ann Daddy... continua, é bom. - choraminguei manhoso tentando o convencer.

 _Não, isso faz parte da sua punição por ser um BabyBoy mau, entendeu?

 _S-sim Daddy. 

 _Ótimo, não me desobedeça mais, entendeu!?

 Antes de responder e Hoseok me questionar mais, sentei em seu colo com uma perna de cada lado e desci de uma vez arrancando gemidos/gritos de ambos, agarrei seus ombros e apertei fortemente ao sentir o membro grande se abrigando dentro de mim, lágrimas escaparam de meus olhos ao ter o membro grosso por completo dentro de mim.

 _TaeTae... por que fez i-isso, te machucou? - perguntou preocupado, a ultima vez que tinhamos feito sexo tinha sido a três semanas atras, então minha entradinha já se encontrava "desacostumada" com o tamanho de Hoseok.

 _Na-não... só espere um p-pouco por favor Daddy!? - recebi um olhar carinhoso e um cafune gostoso como resposta.

 _Quer que o Daddy faça carinho aqui? - apontou para o meu membro negligenciado, acenei com a cabeça em positivo.

O mesmo pegou meu membro que começava a ficar flacido e passou a masturba-lo vagarosamente, esfregando o polegar pela glande do jeito que ele sabe que eu gosto. Me remexi um pouquinho tentando me acostumar com o volume dentro de mim.

 Hoseok aumentou a velocidade da masturbação no meu membro, me fazendo pender a cabeça pra tras e gemer manhoso, conforme passou o tempo meu interior finalmente se acostumou com o penis de Hoseok dentro de mim. Então comecei a rebolar vagarosamente no colo do moreno e o mesmo entendeu que eu já estava pronto, largou meu membro e segurou em minha cintura possessivamente me ajudando a subir e descer em seu colo.

 _Escute bem o que o seu Daddy vai dizer Babyboy. -acenti com a cabeça enquanto rebolava mais forte no colo do mesmo. - Como punição por ser um Baby mau, lá na festa, você não podera gozar sem a minha permisão e não podera se tocar. 

 _M-Mas Daddy... - eu disse manhoso enquanto subia e descia mais rapido.

 _Sem mais nem menos, entendeu!? - disse autoritario enquanto movia o quadril pra cima me estocando mais forte.

 _E-entendi... - respondi ainda dengoso.

 Ambos gemiamos sofregos conforme as estocadas se tornavam mais instensas, apoiei minhas mãos no abdomen de Hoseok e passei a cavalgar rapidamente em seu colo, sentindo o membro grosso subindo e decendo dentro de meu anus, a sensação de ser tomado por Hoseok era uma das melhores coisas existentes, e a cada estocada dentro de meu interior era um gemido escapado de ambas as partes.

 _Ahmm, você esta tão apertadinho... como é bom te foder BabyBoy...

 Arranhei o abdomen magro e definido do moreno quando senti minha prostata ser acertada e um gemido esgasgado se desprender da minha garganta enquanto eu jogava a cabeça pra tras, rebolando mais forte e rapido sentindo o penis grosso me envadindo a cada decida, Hoseok passou a mover o quadril pra cima rapidamente e fortemente, minha prostata era surrada sem dó nem piedade o que me fazia gemer alto. O barulho de nossos corpos se chocando a cada decida da minha bunda na pelvis do moreno e o barulho das bolas do mesmo batendo em minha bunda, com o suor de nossa pele, só fazia as coisas ficarem mais excitantes,  Dei um forte grito quando senti um tapa forte e estalado na banda direita da minha bunda.

 _Anh H-Hobii...

 _Me chama de Daddy. - deu outro forte tapa desta vez na banda esquerda. - Vamos cavalgue gostoso no seu Daddy.

 Atendi prontamente o seu pedido e subi retirando o membro de dentro de mim, apenas pra descer com tudo de uma vez arrancando um Gemido alto e forte de nos dois, senti minha prostata ser esmagada novamente mais dessa vez mais forte, e comecei a sentir meu apice chegando.

 _Hmm Daddy... fode gostoso. - seus movimentos repetitivos se tornaram freneticos a cada fração de segundo, eu apenas arranhava o abdomen forte pra descontar o prazer que eu sentia, o carro já se encontrava abafado e o cheiro de sexo impregnado não sairia tão facil assim.

_Da-daddy eu não vou aguentar... p-por muito tempoo. - agarrei meus cabelos conforme hoseok comandava os meus movimentos segurando forte em minha bunda.

_Não ouse... B-babyTae... -falou cortado e ofegante.

A cada acertada em minha prostata era como uma chegada ao paraiso e foi em uma dessas que eu não aguentei e me desfiz sujando meu abdomen e um pouco do dele.

 _Ahhhh Daddyyy... -apoiei minhas mãos em seu peito tentando permanecer sentado, enquanto o moreno continuava surrando minha prostata me fazendo sentir espasmos fortes pós orgasmo.

 O interior de Taehyung se contraia fortemente tentando expulsar o membro grosso do maior e foi em uma dessas fortes contraidas que Hoseok não aguentou e Gozou dentro do mesmo gemendo forte e estocando o interior quente e agora preenchido pra prolongar os esparmos.

Ambos ofegantes e cansados repousaram no banco, com Hoseok deitado no banco do carro e Taehyung deitado sobre si. Tentando normalizar as respirações, o moreno levou a mão ate a bunda do menor e tirou o proprio membro vagarozamente de dentro do mesmo.

 Taehyung sentia se mole e flacido, enquanto sentia o gozo do maior escorrendo de dentro de si, Hoseok passou as mãos em volta da cintura do menor o abraçando e o aconchegando em  si. Beijou o topo da cabeça do mais novo e alisando as costas do mesmo disse.

 _Você me desobedeceu pequeno Tae, merece outra punição.
 


Notas Finais


( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°) ( ͡° ͜ʖ ͡°)
E ai Goxtaram eu sei que não era bem essa poteria que vcs queriam mas... ainda tem muito cap pela frente XD...
Desculpem o Lemon meio bosta mas eu não sou muito boa com essas coisas XD sou muito inocente (~Cof Cof não é não)
~Favoritem, comentem o que acharam, vai que eu broto com outra poteria aki nunca se sabe XD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...