História The best Valentine's Day - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Jikook, Namjin, Vhope, Yoonseok
Exibições 190
Palavras 2.095
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oioioi minhas amoras e meus amoros como v6 estão? Bem!? Espero que sim, como eu tinha dito que eu ia TENTAR postar toda Sexta, cá estou eu com um cap fresquinho pro6, minhas intuições dizem que algumas pessoinhas vão gostar ( ͡° ͜ʖ ͡°)... mas vcs vão ter que ler pra saber o por que...
Me desculpem qualquer erro, mas depois eu reviso tudo e corrijo os erros.
Então é isso bora ler, espero que gostem ♡♡♡

Capítulo 7 - Capitulo 7


 

 Depois do "incidente" com Jimin, meus pais não largaram mas do meu pé e fizeram mil e uma perguntas sobre ele e sobre "nós", por mas que eu tivesse dito umas mil vezes de que nos não tinhamos nada, minha mãe não se convenceu e continuou fazendo um milhão de perguntas. Será que é tão dificil assim de entender de que eu e o Jimin não temos absolutamente NADA, nem amigos nós somos,  muito menos namorados, eu não namoraria com o Jimin nem que ele fosse a ultima pessoa do mundo, o que aconteceu naquele dia, foi apenas por causa do momento e eu estava carente... Carente não, eu só estava necessitado de atenção, nada de mais, tipo coisas como aquela acontecem o tempo todo, algumas pessoas transam já na primeira vez que se encontram, eu vejo isso na TV o tempo todo. Então por que diabos o Jimin me persegue tanto!? Eu sei que eu sou lindo e maravilhoso, mas não é pra tanto.
<><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

Sabe quando você acorda parecendo que levou uma pancada de ferro bem forte na cabeça!? Sabe aquela puta dor de cabeça que parece que sua cabeça vai explodir de tanto latejar!? Sabe quando parece que sua cabeça vai explodir e destroir o mundo inteiro!?

Poisé agora imaginem acordar assim em plena sexta feira, gente em plena sexta feira isso é maldade eu podia morrer em qualquer dia menos em uma sexta. 

 Eu tentava a todo custo abrir os olhos calmamente, mas pareciam que eles iam sair das orbes a qualquer momento, senti a dor na minha cabeça ainda mais forte, e me senti muito, tipo muito quente mesmo, meu corpo doia  um pouco e só tive noção do que estava acontecendo quando dei um forte espirro e senti meu nariz trancar. Ai que otimo agora eu estou resfriado, era só o que me faltava. Tentei levantar da cama e senti meu corpo fraquejar e não aguentei cai na cama de volta, suspirei e peguei meu celular na mesinha ao lado. Olhei as horas e eram 6:25 só tenho 35 minutos pra me arrumar e ir pra escola. Tentei a todo custo me levantar e a preguiça e o cansaço me dominaram novamente, porem dessa vez consegui ao menos me sentar na  cama. Me senti tonto e por um breve momento pensei que fosse morrer, foi ai que eu me desesperei e comecei a chamar meus pais. Nada, o que se podia "ouvir' era apenas o silencio total, chamei novamente e só então me lembrei que meus pais não estavam em casa. Eles tinham ido visitar minha Tia Kim Jinwaa.
  Pensei, pensei e decidi ligar pro Tae.

Taenviadado

 Discar

 O telefone chamou, chamou e nada, ate o momento que caiu na caixa postal, desliguei o celular e só então percebi o quão burro eu fui em ligar pro Taehyung, é claro que a uma hora dessas ele vai estar no orgasmo do seu sono, depois de uma noite com aquele garoto moreno que eu vi junto com ele ontem... eu conheço meu amigo e sei que ele não perdeu tempo algum pra pegar aquele garoto e levar ele pra cama.

Então que conclusão podemos tirar com isso tudo!?
 QUE EU TO FODIDAMENTE FODIDO, E VOU MORRER A MINGUAS AQUI... A não ser que... Ah não, não, não, não, não e não Jeon Jungkook você não vai fazer isso...
<><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><>
 _Ya Jungkook o que eu não faço por você!? - Jimin tirou o termometro da minha boca (esse mesmo ele fez questão de passar em uma farmacia no caminho e comprar na hora que eu liguei pra ele desesperado achando que ia morrer.) 
 _Quantos que deu? -falei com a voz um pouco rouca por conta do resfriado.
 _PUTA QUE PARIU JEON JUNGKOOK. - arregalou os olhos ao olhar o numero indicado no termometro. - Você ta com 39,5 graus de febre. LEVANTA AGORA, VAMOS EU VOU TE LEVAR AO MEDICO AGORA, NEM QUE TENHA QUE SER NO COLO ANDA, LEVANTA ESSA RABA DAI.
 _C-calma Jimin... e-eu to bem.
 _VOCE NÃO TA NADA BEM.
 _YA, NÃO GRITA COMIGO. 
 _D-desculpe... eu so estou preocupado, por favor vamos ao medico, e se seus sintomas piorarem!?
 _Tá tudo bem Jimin, é só um resfriado.
 _Hahhha, só um resfriado!? - eu não acredito que ate em momentos como esse ele ri de mim, arghh eu realmente odeio você Park Jimin. -Me poupe, se poupe Jungkook, quando eu atendi sua ligação, você abriu o maior berreiro dizendo que ia morrer jovem demais e começou a se lamentar por tudo que não tinha feito. E agora vem me dizer que é só um refriado!? Quando eu te disse isso, você só faltou pular em cima de mim e me matar.
 _E não ia ser sem merecer. - mostrei lingua e ele revidou. - Você é um insensivel, eu estava desesperado!? Okay estava, isso eu admito, mas imagine acordar com uma puta dor de cabeça, dor no corpo, nariz trancado, ardendo em febre, c...
 _Tá bom, tá bom eu já entendi você esta certo e eu estou errado. - cruzou os braços em frente ao peito e revirou os olhos.
 _Eu não quis dizer isso, mas já que você mencionou é isso mesmo.
 _Aish, mas que Cria... - ele ia continuar falando, mas foi interrompido pelo celular tocando em seu bolso. - Só um minuto. - me mostrou o indicador, interpretando o numero 1 e sacou o celular do bolso, fazendo careta e revirando os olhos ao ver quem era na tela do aparelho.
 _Quem é? - perguntei curioso, mas é claro que eu estou curioso, a unica pessoa que suporta o Jimin sou eu, e se não sou eu que estou ligando pra ele quem é!? Seria sua mãe?
 _É a Yura! - MAS O QUE?
 _O QUE? - ele virou a tela do aparelho, pra mim ver, e eu nunca tive tanta vontade de vomitar na vida como agora, eu não consigo acreditar que ele ainda salvou o numero daquela vadia no celular dele. - COLOCA NO VIVA VOZ AGORA. - ordenei e vi seu rosto tomar uma forma surpresa de primeira e depois dar lugar ao seu tipico sorrisinho sarcastico. O lancei um olhar desafiador e no mesmo instante o vi atender o celular e colocar no viva voz.
 "Alô!? Oppaaa" - fiz cara de nojo no mesmo instante que ouvi sua voz irritante.
 "O que foi Yura" - seco!!! Gostei disso.
 "Ah, por que você não veio pra escola ainda? " - porque ele ta cuidando de mim vadia, e não de você, essa foi minha vontade de gritar, mas optei por ficar quietinho na minha.
 "Porque eu estou ocupado e vou faltar hoje. - se eu fosse o Jimin nem respondia, desligava na cara 
 "Aconteceu algo?" - que piranha insistente, não ta vendo que ele não quer falar, e nem deve já que não é da sua conta!
 "Nada que eu não possa resolver. - To começando a gostar disso.
 "Tem certeza de que não quer ajuda? Eu posso pedir pra ir embora mais cedo, e assim nos tambem podemos ficar mais um tempo juntos" - É O QUE??? Mas eu vou acabar com a festa dessa vadia é agora mesmo. Sem o Jimin perceber, pois estava de costas pra mim, levantei da cama (com dificuldade, pois meu corpo ainda doia... mas por uma vingancinha vale a pena Hehhe) e caminhei na ponta dos pés ate ele, ficando atras dele e abraçando seu pescoço.
 "Tenho Yura, e você tem que estudar ao inves d... - ao perceber meu ato, ele virou seu rosto pra mim com os olhos arregalados.
 "Oppa? Oppa você esta ai? "
 "Oppa, o que você esta fazendo? Volte pra cama." - sussurrei tentando fazer uma voz feminina, rente ao telefone em sua orelha.
 "O QUE??? OPPA QUEM ESTA AI COM VOCÊ??? OPPA ME RESPONDA!!! - Hehhe meu plano deu certo.
Eu ia começar a rir, mas fui surpreendido quando o Jimin desligou o celular, o largou no chão e me olhou como se fosse me devorar.
 _Ha meu plan... - nem pude terminar de falar e o Jimin me empurrou na parede, fazendo minhas costas doerem com o impacto, e meus pulsos serem segurados com força na altura de minha cabeça. 
 _Mas que Porra você tá fazendo? - perguntei me debatendo e tentando me soltar, mas por incrivel que pareça aquele anãozinho tinha mais força que eu. 
 _O que você queria fazendo aquela voz e me abraçando daquele jeito!? - ele tinha um olhar felino e devorador que ate me deu um medinho por um breve segundo.
 _Eu queria irritar a Yura é claro. Queria só ver a cara dela nesse exato momento. - eu disse começando a rir e só parei ao sentir o Jimin se aproximando cada vez mais. E como um bom trouxa que eu sou eu fiquei estatico.
 _Ji-Jimin... O que você t... - não pude nem terminar a frase e senti um selar molhado em meu pescoço, que confesso me deixou todo arrepiado.
 _Você cheira tão bem Kookie. - ele disse passando o nariz de leve pelo meu pescoço. - E deve ter um gosto tão bom, mesmo eu já tendo provado. 
 Senti sua lingua atrevida trilhar um caminho pecaminoso pelo meu pescoço, ate o lobulo da minha orelha onde ele envolveu a boca e chupou fortemente.
 _Você não devia fazer essas coisas Jungkook... - ele sussurrou baixinho e com uma voz... como podemos dizer... sexy. - Você não sabe o que pode fazer com os outros com esses atos?
 _E-eu... não fiz de pr-proposito... - sua lingua rastejou novamente ate meu pescoço, mas dessa vez parando no meu pomo de adão. - Vo-você sabe que... que era só pra irritar a Y-Yura. - fiquem voces sabendo que nào estava nada facil a situação constrangedora em que eu me encontrava.
 _Tem certeza!? Sera que isso não foi pra... me seduzir. - dito isso ele deu um forte chupão no meu pomo de adão e consequentemente me fez gemer.
 _Ahh... - DROGA, MIL VEZES DROGA.

Com uma força que eu não sei de onde saiu eu consegui me livrar minhas mãos do aperto do Jimin e o empurrei pra "longe". Coloquei a mão em meu pescoço e corri pro banheiro, tranquei a porta pra garantir que aquele pervertido não tente nada, e escorreguei pela porta sentando no chão ao pé da porta.
 _O que foi isso? - perguntei a mim mesmo enquanto abraçava meus joelhos.
Pov's Jimin

Eu não sei porque mas me sinto extremamente atraido pelo Jungkook, eu não entendo eu mal o conheci e não consigo mais me afastar dele. Não importa onde ou quando eu sempre quero estar junto ao Jungkook, desde a primeira vez que eu o vi me senti completamente atraido,  de inicio eu achei que fosse porque ele era o unico garoto que ainda jogava asteroides nesse mundo, e minha real inteção quando chamei ele pra ir a minha casa era realmente jogar, poxa é horrivel jogar seu Game favorito sozinho. Mas de inicio eu já percebia as olhadas que ele me dava quando nos ainda estavamos no fliperama, e conversa vai conversa vem percebi que nos tinhamos algumas coisas em comum, e quando nos chegamos em minha casa e começamos a jogar aquilo tudo foi tão divertido, principalmente quando ele perdia e formava um bico nos labios dele era tão fofo que eu não me contive em querer ter ele pra mim quando nos fizemos aquela aposta, e ele reagiu tão bem quando eu beijei ele que eu acabei não me controlando, e porra depois de ter tido a melhor foda da minha vida com ele e ver aquele sorriso maravilhoso, junto daqueles olhinhos brilhantes, eu me dei conta de que eu queria ver aquele garoto com os cabelos todos bagunçados pro resto da minha vida.

E quando eu finalmente reuni coragem pra pedir ele em namoro naquela mesma noite, e me preparar pra levar um não, ele disse que SIM, e naquele momento eu podia jurar que eu era o cara mais feliz do planeta terra inteiro. Mas tudo se desmanchou em puro pó quando ele acordou irado achando que eu tinha drogado ele ou algo do tipo, e cara eu fiquei tão triste com isso que eu achei melhor desistir, mas quando eu o vi sentado a mesa junto com minha mãe, esbanjando um sorriso de orelha a orelha eu decidi que não importava oque fosse eu faria de tudo pro Jungkook ser meu. 
 E Anotem o que eu estou dizendo: JEON JUNGKOOK AINDA VAI SER MEU!!!
 
 


 
 
 
 
 
 


Notas Finais


Bom foi isso, favoritem, comentem o que voces acharam e vamos dar amor a Blood Sweat and Tears porque eu ainda to acabada com aquele MV ♡♡♡
Agora eu vo ali responder o coments delicinhas de voces, Bjocas de bixcoito bengala ♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...