História The Bet - Camren - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Norminah
Exibições 499
Palavras 1.253
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Ficção
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey pessoal!


Boa Leitura!

Capítulo 14 - Sou Amanda Dusher!


Fanfic / Fanfiction The Bet - Camren - Capítulo 14 - Sou Amanda Dusher!

**ANTERIORMENTE**

Eu estava em um clima gostoso com a Camz quando a Dinah, do nada, joga um amendoin na minha cara

Ai, o que foi? - falei

Olha pra trás! - ela sussurrou

Pra quê? - sussurrei de volta. Dinah apontou discretamente e eu olhei

Eu não acredito! - falei e passei a mão no rosto

      ********

O que foi, Lolo? - disse Camila

Ah, nada não! - falei e Camila continuou conversando com a Mani

Não acredito! Encontro essa garota em todos os lugares, não é possível! Amanda Dusher, uma garota que 'namorei' ano passado e até hoje ela me persegue. Ela era do meu curso de informática e morava na mesma rua que eu, porém esse ano ela se mudou de lá. Ela não aceita que eu tenha terminado com ela e ainda acha que podemos ter algo. E eu a evito sempre que posso. Péssima hora pra ela aparecer, ela é muito inconveniente e estridente. 

Olha quem está vindo ali! - disse Normani, pois Amanda estava se aproximando

Oi meninas! - disse Amanda e olhou pra mim - Oi Lauren!

Oi! - falei seca

Vocês aqui desse lado da cidade? - disse Amanda

Sim, viemos só fazer um piquinique! - disse Dinah - E você, o que tá fazendo por aqui?

Morro nesse bairro agora, minha casa é bem ali na esquina! - disse Amanda

"Graças à Deus" - pensei

Então Lauren, quem é essa? - disse Amanda apontando pra Camila

Sou Camila, Camila Cabello! - disse ela

Sou Amanda Dusher! - falou exibida, como sempre! - Foi bom ver vocês de novo, mas agora tenho que ir! Lauren, me liga qualquer dia desses pra nós sairmos ou então passo na sua casa pra fazermos uma festinha novamente!

"Que droga, por que ela é sempre assim? Por que ela apareceu justo agora que a Camila tá aqui?!" - pensei

Beijinhos! - disse Amanda, ela piscou pra mim e se retirou

Meu Deus, essa garota é um porre! - bufei

Não sei como você aguentou ela por meses, Lauren! - disse Normani

Eu também não sei! - falei

Quem é ela Lauren? E o que a Normani quis dizer? - disse Camila

Bom, Camila...é que eu já namorei a Amanda, mas não significou nada pra mim, eu juro! Não temos mais nada à muito tempo, mas ela me persegue sempre que pode! - falei

Não tem problema, até porque nós duas não temos nada ainda, não é? - disse Camila e ficou um clima estranho presente.

Gente, vamos deixar essa doida da Amanda pra lá! - disse Dinah - Vamos continuar comendo aqui, vamos aproveitar porque amanhã é sábado, não tem aula...

Isso, vamos falar de outra coisa! - falei

Senti que Camila ficou incomodada por Amanda ter aparecido assim desse jeito, também não é pra menos. Tudo o que a Amanda sabe fazer é se exibir, me perturbar e acabar com a paciência dos outros!

(...)

17:57 P.M.

Quando começou a escurecer, guardamos tudo e o pai da Normani veio buscá-la e Dinah foi junto. Como eu trouxe todas no meu carro, agora vamos embora apenas Camila e eu. Fomos até o carro e entramos, coloquei o cinto e acelerei. Demoramos uns 15 minutos pra chegar até nosso bairro novamente, Camila ficou em silêncio o caminho inteiro, então parei o carro na esquina da casa dela pra conversarmos.

Não fica assim Camila! - falei

Estou normal! - disse ela

Eu sei que você está assim por causa da Amanda! - falei - Não esquenta com ela. Ela só ama ela mesma, não vai acontecer nada, não se preocupe!

O que te faz pensar que estou preocupada? Você é livre, pode fazer o que quiser! - disse Camila

Olha pra mim! - pedi e ela olhou - Não tenho, e não quero mais nada com aquela garota, entenda! Não aja como se não rolasse nada entre você e eu por favor!

Eu sei, mas é que...- Camila respirou fundo - Eu mal conheço ela e a senti como uma ameaça!

Não, não sinta isso! - falei - Agora somos você e eu, apenas nós duas! - Camila sorriu - Agora me dá um beijinho!

Camila colocou suas mão em meu rosto e juntou nossos lábios, segundos depois eu já estava no controle do beijo que estava calmo e ritmico. Chupei sua língua e ela puxou meu lábio inferior com os dentes, coloquei minha mão em sua coxa e alisei, nossos lábios se encaixam perfeitamente, sempre que a beijo sinto um friozinho no estômago. Quando o ar fez falta, separamos nossos lábios e dei vários selinhos seguidos nela a fazendo rir.

Um beijinho virou um beijão! - disse Camila

Ninguém mandou você ter lábios que viciam! - falei e ela riu - Então está tudo bem?

Está sim, me desculpe! - disse Camila

Não precisa se desculpar, Camz! Agora está tudo bem! - falei. Liguei o carro novamente e levei-a até sua casa.

Bom, chegamos! - disse Camila tirando o cinto - Nos vemos amanhã?

Claro, te mando uma mensagem! - falei. Dei um selinho nela e ela saiu do carro. Quando ela estava lá na porta, olhou pra mim e acenou, buzinei e fui pra casa.

(...)

P.O.V. CAMILA

Depois que Lauren me deixou em casa, entrei e ouvi barulho na cozinha, meus pais estavam lá com a Sofia, então fui até lá.

Cheguei! - falei

Oi filha, como foi o piquinique? - perguntou minha mãe

Foi bem legal! - falei 

Demorou um pouco, não acha? Já escureceu! - disse meu pai

Desculpa! - falei

Kaki, o que você comeu lá? Tinha bolo? - disse Sofia

Sim, comi muito doce! - falei

Ah, eu queria ter ido! - disse Sofia e fez biquinho me fazendo rir

Suba, tome um banho, depois desça aqui, é o aniversário da sua tia e vamos ligar pra ela! - disse meu pai

Sim senhor! - falei. Saí da cozinha e fui pro meu quarto

Nem me importei se meu pai gostou ou não da hora que cheguei, estou tão feliz que nem ele vai estragar isso! Nem mesmo a Amanda! Realmente não faz sentido eu me sentir incomodada assim! Ela queria me atingir porque me viu com a Lauren, mas ela não vai conseguir isso! Enfim...Por falar em Lauren, acho que a cada dia o que eu sinto por ela só cresce, espero que com ela esteja acontecendo a mesma coisa!

Tirei minha roupa e tomei um banho bem relaxante, quando terminei, coloquei uma roupa leve e desci como meu pai mandou. Ligamos pra minha tia e lhe demos parabéns. Jantei e subi pro meu quarto novamente. Quando olhei meu celular vi que tinha uma menasagem da Lauren.

Lauren:

E eu sei que ela será a causa da minha morte

Pelo menos nós dois ficaremos anestesiados

E ela sempre terá o melhor de mim

O pior ainda está por vir

Mas ao menos nós dois seremos belos

E ficaremos jovens para sempre

Isso eu sei, sim, isso eu sei

Ela me disse: "Não se preocupe com isso"

Ela me disse: "Não se preocupe mais"

Nós dois sabemos que não podemos seguir sem isso

Ela me disse: "Você nunca vai estar sozinho" Oh, oh, woo

Eu não consigo sentir meu rosto quando estou com você

Mas eu adoro, mas eu adoro

Eu não consigo sentir meu rosto quando estou com você

Mas eu adoro, mas eu adoro
                                                - The Weeknd, I Can't Feel My Face

Essa música tem a ver com nós duas!

Boa noite! ♡♡♡

 

 

 


 


Notas Finais


Hehehehe 😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...