História The Bet - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias 100%
Tags Camren
Exibições 11
Palavras 559
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Ficção, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Game


 Lauren mechia comigo, eu não sabia o que era, mas pelo pouco que conversamos, eu me senti extremamente atraída por ela. Eu queria brincar um pouco mais com ela.

 Ela não se lembrava de mim de ontem, eu acho. Se ela se lembrasse, ela falaria, acho. Eu procurei continuar no controle, eu gosto de estar no controle.

- Então, delinguente - disse tocando sua boca com o dedo indicador 

- O que você fez?

- Eu molhei o papel que me dava permissão para sair - Ela revirou os olhos e afastou os lábios do meu dedo.

- Sério? - Eu sorri.

 - Eu fui pega com uma garota no banheiro ontem, então dois dias de detenção - Revirei os olhos.

- Quanto tempo teremos que ficar aqui? - Ela me perguntou suspirando.

- Uma hora - Eu me inclinei na cadeira dela, ela estava sentada do meu lado, Então falei no seu ouvido 

- Isso nos dá tempo para nos conhecermos melhor.

- Sim - Ela corou.

- Quantos anos você tem? - Perguntei me divertindo com o fato de ela estar corada.

- 16, e você?

- 17 - Eu respondi e me inclinei de novo para perto dela 

- Adoro uma garota mais nova.

- Sério? - Ela começou a rir

 - Aquela garota de hoje cedo não parecia ser mais nova.

- Ah não era - Eu sorri 

- Eu não disse que não gosto de garotas mais velhas, só que eu adoro mais novas. Eu gosto de controlar a relação.

- Tu é a ativa então? - Ela perguntou um pouco mais avontade com a conversa.

- Sim, não existe nada melhor no mundo que ouvir uma garota gemer no seu ouvido. - Eu sorri maliciosa, acho que ela se lembrou do dia anterior, pois ela corou.

 - Você foi na festa ontem então? Foi legal lá?

- Sim, foi bem divertido na verdade - Ela deu um sorrisinho e seus olhos brilharam, isso fez meu coraçao dar uma pequena palpitada, pequena.

- E você ficou com alguém lá?

Sim - Ela disse baixo. Ela sorriu e balançou a cabeça. 

- Mas não lembro do rosto dela, e ela não me falou o nome.

- Bem, tinha muitas pessoas naquela festa, inclusive de outras escolas - Cruzei os braços 

- E o que aconteceu?

- Nada, so ficamos mesmo - Ela corou de novo.

Cada vez que ela corava, eu sentia mais vontade de beijar ela, mas eu me segurava firme, eu queria brincar com ela ainda.

O tempo passou e eu e ela continuavamos conversando sobre algumas coisas. Durou apenas uma hora, mas foram uma hora de pura risada e diverçao.

 Percebi que ela corava sempre que eu falava da noite anterior, mas eu não forçava muito, não queria que ela percebesse que fosse eu ainda, eu estava me divertindo.

A detenção acabou, e eu e a Lauren fomos embora, ela me deu um beijo na bochecha de despedida, e antes de ela ir embora, segurei a mão dela e olhei nos seus olhos. Ela corou.

- Que foi?

- Me passa seu número? - Eu sorri e tirei o meu celular do bolso e entreguei para ela. Ela digitou alguns números e me devolveu o celular.

- Toma - Ela sorriu.

Eu soltei o braço dela e vi ela ir embora, aquela garota mechia comigo de um jeito que eu não sabia explicar, mas eu estava me divertindo apenas com ela, sem sentimentos, certo !?

  

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...