História The big boss - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Jelena, Justin Bieber, Romance
Visualizações 75
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction The big boss - Capítulo 1 - Prólogo

Selena Gomez

 

Toda vez que meu despertador tocava, eu rezava pra ser um engano. Havia alguns meses que eu estava trabalhando naquela empresa, e a única coisa que eu não queria era ter que voltar para lá. Mas eu precisava daquele emprego para poder sobreviver. Cocei meus olhos preguiçosamente e me levantei indo para o banheiro. Fiz minha higiene pessoal e troquei de roupa colocando uma blusa social justa e uma saia de couro preta. Prendi meus cabelos em um coque porque mesmo acordando no horário eu estava atrasada e calcei meus saltos, pegando tudo que eu precisava. 

Cheguei uns cinco minutos antes do meu horário graças a Deus e fui até a sala dos funcionários podendo tomar um café duplo. Suspirei aliviada. 

-Desleixada como sempre não é mesmo Selena ? - Chole apareceu em minha frente toda debochada.

- Porque você não cuida da sua vida ?-Perguntei e a deixei falando sozinha.

Chole e eu nunca nos demos bem, pra falar a verdade desde o dia que eu entrei na empresa, ela sempre procura uma oportunidade para mexer comigo, mesmo sem eu fazer nada e isso me deixava nos nervos.  

A única pessoa boa que eu confiava aqui era o meu parceiro de mesa, Matt. Um cara charmoso mas que não fazia tanto meu tipo, ele era meu melhor amigo. 

- Eai princesa ? Como foi sua noite de sono ? - Ele perguntou sorridente me vendo colocar minhas coisas sobre a nossa mesa.

- Teria sido mais agradável se eu tivesse ido dormir cedo. Poxa Matt, você sempre deixa isso aqui uma zona.- Reclamei vendo milhares de papéis jogados, as outras mesas eram impecáveis e a nossa parecia um lixão.

- Selena,são meus rascunhos, não tenho culpa de nada. - Ele disse em defesa. 

- Mas poderia ser mais organizado.  - Bufei me sentando.  - Primeiro Chole e agora toda essa falta de organização. - Disse colocando uma de minhas mãos em minha testa.

- Desculpa boneca, eu vou ajeitar isso. - Ele disse sério e começou a recolher tudo.

- Não eu quem peço, Chole me enche e eu acabo sempre descontando em você.  - Disse fazendo um biquinho triste.

- Desse jeito não tem como resistir à você.  - Ele diz e caímos na gargalhada.

Com o Matt aqui até que meu trabalho era suportável. Gabriel o nosso gerente era uma ótima pessoa a única pessoa que acabava com a beleza disso tudo mesmo era Chole.

- Selena preciso que faça um favor pra mim. - Gabriel disse aparecendo do nada, sorrindo. 

- Sim Gabriel!  O que precisa ? - Perguntei me levantando de minha mesa.

- Preciso que leve esses papéis no andar de cima.  - Ele disse e me entregou os papéis saindo sem esperar minha resposta.

Certo. Respirei fundo e encarei Matt que sorria debochado, porque ele odiava o Gabriel e vivia dizendo que ele era uma pessoa não confiável, revirei os olhos e fui para o elevador. Peguei meu celular e senti a presença de uma certa pessoa mas resolvi não prestar atenção nela.

De repente o elevador parou, e as luzes se apagaram. Droga. Era a terceira vez que isso acontecia nessa semana e o pior de tudo era que meu celular tinha descarregado. - Ai meu Deus, eu tenho claustrofobia.  - Disse quase em um sussurro. 

- Você também ? - A pessoa perguntou com uma voz rouca maravilhosa que fez minhas pernas bambearem. - Mas sabe, eu tenho um jeito de resolver isso. - Ele disse e me prensou num canto do elevador. 

Aquela voz me deixou sem nenhuma reação, meu coração acelerava, e eu não tinha nenhum controle sobre aquilo, minha mente dizia que aquilo era errado, mas meu corpo estava adorando tudo isso.

Aquele homem, tocou em meu rosto e depois disso perdi qualquer neurônio, ele me preensava cada vez mais, me fazendo tocar em seu peitoral que era bem másculo. Senhor que homem era esse! Ele segurou um de meus braços e colocou pra cima, seu cheiro doce invadiram minhas narinas me deixando desnorteada. Com a outra mão ele levantou meu queixo e me beijou, segurando com força minha cintura,  eu não sabia quem ele era, não sabia como era a sua aparência, agora nada disso importava mais. Percebendo que a luz iria voltar ele se colocou atrás de mim. 

- Você não vai contar nada sobre o que aconteceu aqui. Você vai sair daqui sem se quer olhar pra trás.  - Ele disse alto e claro, seriamente me fazendo automaticamente concordar.

Quando o elevador funcionou as portas se abriram e do mesmo jeito que ele disse eu fiz. Voltando de volta pra realidade. O que foi que acabou de acontecer, definitivamente  eu não era aquele tipo de mulher!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...