História The Big Family - Capítulo 2


Escrita por: ~, ~Naymin_44 e ~MandyCampbell

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, Got7, Monsta X, SHINee, Super Junior
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Heechul, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, Joo Heon, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Min Hyuk, Minho Choi, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Seungri, Show Nu, Suga, Suho, T.O.P, Taemin Lee, Taeyang, Tao, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags 2min, Bigbang, Bts, Chanbaek, Exo, Fricçao, Hunhan, Jikook, Kaisoo, Namjin, Nyongtory, Shinee, Topdae, Yoonseok
Exibições 142
Palavras 2.337
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Fluffy, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLAAAAAAAA!

Capítulo 2 - Despedidas


- VOCÊS ESTÃO LOUCOS? - Jin gritava com todos na sala, estavam cada um em um canto, Namjoon esparramado no sofá em um lado, e Chanyeol no outro - EU DISSE QUE NÃO ERA PRA NINGUÉM SAIR SEM MINHA PERMISSÃO


- Calma amor, eles estavam comigo - Namjoon falou sereno tentando acalmar o marido, o que não deu muito certo


- NÃO, O CARALHO QUE VOU TER CALMA - Jin falou mais alto ainda, praticamente gritou a frase, o problema não era eles ter saído sem permissão, e sim o perigo de serem descobertos - SÓ O CHANYEOL ESTAVA CONTIGO


Jongin já estava encolhido, não, espremido encima de uma poltrona azul escuro no canto da enorme sala. Já tinha presenciado seu pai Ômega bravo, mas, sempre tinha um pouco de medo, o mais velho gritava tanto, que as vezes achava que seu tom chegava perto do tom de um Alfa.


Sehun e Chanyeol estavam tremendo, era poucas as vezes que eles viram seu Appa bravo daquele jeito, sabiam o quanto ele tinha razão, aquele lugar era muito perigoso, qualquer caçador que os visse, acharia que é apenas mais um lobo.


- Ok, vocês três, já pro banho - Jin falou num tom mais calmo, mas ainda estava um pouco bravo - A aula de vocês começa em 2hrs


Seria a primeira vez de Chanyeol e Sehun estudariam na mesma escola, agora que ambos estão no ensino médio, seus appas acharam melhor colocar eles no mesmo lugar, caso Sehun arrumasse encrenca, Chanyeol poderia defende-lo.


Já Jongin, seria seu segundo ano dando aula. Desde pequeno brincava com seus irmãos sobre ser professor de ciências. Gastava quase todos os blocos de notas de seu Appa Nam, dando para seus irmãos como "cadernos" de lições, seu Appa as vezes brigava consigo por não sobrar nenhum caderno, bloco ou folha para usar no trabalho.


Chanyeol e Sehun já haviam subido para seus quartos, JongIn iria fazer o mesmo, mas seus Appas o chamaram antes de pisar no primeiro degrau da escada 


- Onde você estava? - Namjoon perguntou sério, JongIn tinha sido o único a não participar da brincadeira - Eu e Chany procuramos você, e nada


- Estava na praia - respondeu baixinho - Não queria brincar, sabe que não tenho paciência pra essas brincadeiras - já não falava mais tão baixinho


- É, já sei que você é chato, e acha isso coisa de criança - Namjoon falou irritado, odiava quando JongIn queria bancar o "adulto" consigo - Mas o perigo de sair sozinho é maior


- Ouvi tiros Nini - Jin se pronunciou pela primeira vez - Se acontecesse algo com você e o Hun, eu juro que morreria 


- Calma Appa, não foi nada demais - JongIn tentou acalmar o pai que estava quase chorando - Mas, temos que nos mudar, acho que senti um cheiro meio que conhecido 


- Yoongi? - Namjoon perguntou assim que JongIn falou - Será que ele e Hoseok nos acharam? - falou mais para si do que para os outros dois que agora estavam com o semblante assustado 


- Não sei Appa - JongIn já não estava mais assustado, agora estava irritado. Havia duas coisas que ele mais odiava na vida, primeiro: Caçadores e Segundo: Vampiros.


Casa dos Lee


- Vocês acham que vou ser um bom professor? - Baekhyun perguntou ao seu irmão mais novo, seria sua primeira vez dando aula, estava tão nervoso que nem unhas tinha mais 


- Não, você não será um bom professor por que tu é horrível pra cuidar de alguém - Taehyun zombou do irmão, que em seguida lhe acertou um travesseiro no meio da cara - Aish, tá querendo me deixar feio igual você coisa 


- Vocês são gêmeos e feios, não tem como mudar isso - Luhan zombou dos dois que fecharam a cara para o mais velho - Ora, não sabem levar na brincadeira? Crianças! 


- Baek, está na hora de irmos - JiYong se pronunciou entrando no quarto - Já colocou tudo na mala? 


- Já sim Appa, só não sei se quero ir - Foi em direção a cama, se jogando na mesma afundando o rosto no travesseiro


- Ué, mas por que não? - JiYong perguntou confuso, era o sonho de seu filho e agora estava falando que não queria 


- Sei lá - respondeu abafado 


- Está inseguro, só isso - JiYong foi em direção a cama e se sentou ao lado do filho


- É só insegurança como o Appa disse - Kyungsoo se pronunciou entrando no quarto - A única coisa que precisa ter cuidado, é pra não voar no pescoço de alguém - falou arrancando risadas dos mais novos que apenas assistiam seus irmãos mais velhos agora, brigando com travesseiro


- Soo, pare de irritar ele só por hoje - JiYong repreendeu o filho, mas ainda ria da "briga" dos dois


- Você é um pé no saco Soo - Baek parou com as travisseiradas, e se jogou de volta na cama ao lado do pai 


- Só se for no seu saco - KyungSoo falou rindo do bico que se formou nos lábios do mais novo


- Argh! Vai perturbar o Minhyuk - Baek gritou fazendo todos rirem, em seguida viu seu pai mais velho entrar no quarto 


SeugHyun, era o tipo de vampiro que não se pode soltar piadas a qualquer momento


Silêncio absoluto


- Pra que isso tudo? Já disse que não sou chato - falou com um bico nos lábios, arrancando risadas que preencheram o cômodo


Mesmo sendo temido por vários, SeugHyun fazia de tudo pra não ser severo demais na frente dos filhos, principalmente do esposo, o qual já tem um século ao seu lado 


- É que você entrou do nada Appa, até parece um intruso - Kyungsoo falou tirando uma com a cara do pai


- Olha moleque, fica quieto aí - mesmo sabendo que não fazia efeito, repreendeu o filho mais velho, que continuou a rir 


- Vamos, vamos - JiYong tomou a atenção de todos, enquanto dava leves tapas nas costas de Baekhyun para que ele levantasse 


- Vamos sentir sua falta Baebae - Taehyun falou pela primeira vez ali 


- Também vou TaeTae, Han- falou olhando para os mais novos, e se virou para onde seu irmão mais velho estava - E você coruja fresca, vai sentir minha falta? - fitou o mais velho, que estava encostado na cômoda lilás do quarto 


- Mas é claro... - Soo respondeu 


- Então também sentirei a sua - foi em direção ao mais velho com os braços abertos para um abraço 


- ...que não - Soo completou, e correu enquanto todos riram


Casa dos Kim's


- JONGIN VAMOS, NÃO ESTOU RECEBENDO POR TE LEVAR ATÉ O AEROPORTO, POSSO SIMPLESMENTE TE DEIXAR IR ANDANDO - Jin disse aos gritos da sala enquanto era observado pelo marido


- Amor, por que você é tão escandaloso - Namjoon estava quase perdendo a paciência, desde que haviam chegado, Jin não parava de gritar 


- Porquê vocês me deixam irritado? - disse encarando o marido que estava arreganhado no sofá desde a hora que chegaram - Você é muito despreocupado sabia, mal sabe cuidar dos próprios filhos


- Isso é bom, assim nossos filho não precisam aguentar nós dois gritando feito louco - Namjoon disse e em seguida se arrependeu quando viu o rosto do esposo ficar vermelho 


- TU TA ME CHAMANDO DE LOUCO KIM NAMJOON? É ISSO MESMO? - Jin voltou a gritar mais uma vez


- Não meu amor - Namjoon começou a rir da reação do mais velho - Eu só disse que... 


- DISSE QUE SOU LOUCO - Jin gritava ainda mais alto, qualquer um que passasse na rua, ouviria o escândalo - ASSIM NÃO DA 'PRA AGUENTAR, QUERO DIVÓRCIO - Soltou o último berro e saiu em direção a cozinha, junto com Namjoon o seguindo 


- Você não quer divórcio - disse se aproximando do esposo


A cozinha era moderna, paredes e cerâmicas brancas, o enorme fogão que usava para cozinhar e inventar novos pratos, armário, mesa e balcão, todos num rosa pérola, geladeira grande de alumínio, azulejos brancos caríssimos como infeite, o Kim adorava aquele cômodo, era onde passava a maior parte do dia enquanto os filhos estavam na escola e o marido no trabalho


- Não quero é? - estava pegando um copo d'água, quando sentiu o marido se aproximar de si


- Não, você não quer - Namjoon  falou próximo ao ouvido do esposo, e em seguida depositando um beijo no pescoço do mesmo


- Meu Deus Namjoon - sentiu o marido morder seu pescoço - Sai dai, transar na cozinha não vai me fazer te desculpar - disse se virando para o marido, que agora o olhava como um adolescente apaixonado - Você não me merece sabia?!


- E você é muito escandaloso - Namjoon disse, fazendo bico 


- Até parece que você não gosta - Seokjin disse deixando um beijo no bico do marido, que se desfez em seguida, querendo aprofundar o ato, mas Jin não deixou, seria malvado com o mais velho só para não o desobedecer de novo 


- Ah, achei que ia funcionar - Namjoon soltou o esposo e saiu em direção a sala


- Ah Nam, eu sou difícil - disse seguindo o mesmo


- É, sei bem disso - disse se sentando no grande sofá da sala


- Appa, o Nini tem mesmo que ir ? - Sehun brotou na sala


- Sim - Namjoon falou assustado com o mais novo - Isso se ele quiser ser alguém na vida


- Nossa, tá azedo hoje - Sehun disse pegando uma almofada e jogando no pai, que riu em seguida 


- Vocês me deixam assim - Disse jogando a almofada de volta no filho 


- Appa Nam, ajuda aqui - JongIn descia as escadas com dificuldade por conta da mala grande que levava 


- É Namjoon, faz alguma coisa da vida - SeokJin disse em deboche 


- Nossa JongIn, nem isso você aguenta - Namjoon disse rindo do filho


Namjoon pegou a mala, e levou até a porta de entrada da mansão.

O sonho de JongIn, sempre foi ser veterinário, mas como sabia o que seus pais achavam sobre essa profissão, achou melhor ser professor de ciências, e foi bem aceito.


- Bom, acho que já está na hora de irmos - SeokJin disse se levantando do sofá - CHANYEOL VEM AQUI DAR TCHAU PRO JONGIN - gritou perto da escada


- Appa não grita - JongIn disse - Até parece que ele não ouve com aquelas orelhas 


- Cala a boca - Chanyeol chegou na sala - Não tenho culpa se os Appas só focaram nas minhas orelhas 


- A o que você está se referindo Kim Chanyeol? - SeokJin arqueou uma sobrancelha e fitou o mais novo, que parou de andar na hora e olhou com os olhos esbugalhados para o pai


- A que mais seria querido - Namjoon se pronunciou - Eles não são mais bebês 


- Ah, deixa pra lá - SeokJin disse balançando a cabeça em negação 


- Do que ele tá falando Appa? - Sehun falou atrás de SeokJin


- Oh meu deus, de onde você saiu - SeokJin levou a mão no coração, e todos riram


- Vamos, digam tchau pro irmão de vocês - Namjoon foi em direção a porta, e pegou as chaves do carro que estavam do lado - Não vou esperar muito tempo 


- Parece que querem me ver longe - JongIn disse brincou 


- E queremos - Sehun se aproximou do irmão mais velho e lhe deu um abraço apertado - Sentirei saudades maninho 


- Arg que pegajoso - JongIn disse retribuindo o abraço - Também sentirei coisa minúscula - E findou o abraço 


Também tô aqui - Chanyeol assustou o mais velho pulando em cima de si - Vou sentir falta de fazer merda e jogar a culpa em você 


- Cala a boca abano - JongIn socou o braço do mais novo e logo o abraçou, seria a primeira vez que passaria tanto tempo longe dos irmãos. A escola que daria aula nesse ano, era em outro país, e sua família continuaria na Coréia do Sul.


- Vou dar o abano na sua cara - Se levantou e ajudou o mais velho - Vê se não esquece da gente 

- Nunca - JongIn foi em direção a porta sendo acompanhado de seu pai Jin e de seus irmãos


Chanyeol parou na porta, e viu seu irmão mais velho entrar no carro de seus pais, que logo partiu, se sentiu um pouco triste, odiava despedidas, mas sabia que breve o irmão estaria de volta. 


Quando ia voltar para dentro da casa, ouviu fungadas e quase pulou de susto 


- AI DEUS CRISTO SEHUN, PARA DE FICAR BROTANDO - gritou com o pequeno que só aumentou o choro - Yaaaa, por que está chorando ? O JongIn que é o Ômega não chorou, aí você, o macho, vai chorar - ouviu as lágrimas do mais novo diminuir 


- Tu...do bem, vou parar de cho...rar - SeHun enxugou as lágrimas - Ele... El... Não vai voltar o mesmo - disse em meio aos soluços


- Isso foi sem sentido Hun, lógico que ele vai voltar o mesmo - Chanyeol passou o braço por cima do ombro do mais novo - Agora pare de chorar, você é um alfa 


- Está bem - SeHun finalizou o choro 


- Vamos entrar - Chanyeol levou o mais novo para dentro de casa - Agora, já que paramos com o chororo, vamos ver um filme 


- Qual? - SeHun se jogou animado no sofá 


- Para Sempre Ao Seu Lado - Chanyeol disse e riu 


- Aish Chany - SeHun resmungou ouvindo a risada do mais velho


- Cadê o controle ? - Chanyeol perguntou enquanto procurava o mesmo 


- Aqui - quando Chanyeol se virou para pegar o controle com o menor, só o viu sendo arremessado no meio de sua testa, e viu o mais novo correr 


- SEU FILHO DA PUTA - Chanyeol gritou com a voz de alfa, com certeza daria pra escutar sua voz por toda casa - VOLTA AQUI SEHUN


- ME PEGA ORELHUDO - SeHun ria enquanto procurava onde se esconder.


Notas Finais


Desculpe os erros ;----; tava escrevendo o capítulo com sono ㅜ.ㅜ
~mintan


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...