História The black Wolf (Vkook) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Vkook
Exibições 73
Palavras 1.798
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Lemon, Luta, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiie genti, voltei
Não me matem ;-;

Capítulo 4 - Tentações


Fanfic / Fanfiction The black Wolf (Vkook) - Capítulo 4 - Tentações

Taehyung pov on

Yoongi me fitou -com os olhos "pegando fogo" por sinal- ficamos em silêncio por alguns minutos até ele se pronunciar:

-E então, sou todo ouvidos, pode começar a se explicar Kim Taehyung.

-Bem... Aquele é Jungkook, meu lobo alfa e eu praticamente o pertenço pro resto da minha vida. Nossa família é amaldiçoada pelas cicatrizes e somos automaticamente obrigados a termos um lobisomem regente. Jungkook deu a louca e resolveu falar aquelas coisas todas e me beijar de surpresa em seguida e agora eu estou aqui confuso e com um medo danado de você ser um homofóbico e me expulsar de casa, me desconsiderando seu irmão pra toda a eternidade-Falei parando um pouco pra respirar enquanto ele estava perplexo. Yoongi nunca tinha processado tanta informação desde o teste de matemática no terceiro ano médio.

-... Ok, vou fingir que isso não é estranho-Disse fitando o chão.

-Sabe que também tem um regente né?-Perguntei e o mesmo pareceu voltar para a realidade.

-Sim. Claro que sei. E acho que já sei quem é...-Disse levantando levemente a cabeça para cima, parecendo pensativo.

Vi lágrimas escorrerem por seu rosto, mas ele rapidamente as limpou, mantendo sua pose de durão. -Eu vi isso Yoongi-Afirmei dando um sorriso que foi correspondido.

-Relaxa Tae, N-não f-foi  nada-Falhou em tentar se explicar voltando a desabar em lágrimas teimosas.

-O que foi Min?-Indaguei carinhoso sentando ao seu lado e acariciando seus cabelos.

-É que eu queria tanto viver uma vida normal. Te dar uma vida normal. E acabamos por morar em um lugar com criaturas místicas que podem nos matar-Falou ainda se desabando em lágrimas.

-Min, só de estar com você já fico feliz OK? Eu te amo e nenhum cachorrinho Sarmento vai mudar isso seu besta!-Rimos juntos e o abracei com todas as forças.

Era um momento lindo, até meu celular começar a vibrar repetidamente o'que já estava nos irritando.

-Por favor atende logo essa porra antes que eu perca minha paciência-Resmungou soltando-se do abraço.


Mensagens on

Jimin: Tae, Tae, Tae, Tae, Tae, Tae, Tae, Tae, Tae, Tae, Tae, Tae, Tae, Taeeeeeeee.

Tae: O que foi porra?!

Jimin: Calma, credo, o Namjoon está chamando você e o seu irmão para um jantar "em família".

Tae: Preciso mesmo ir nessa merda?

Jimin: Precisa e trás o coiso lá (Yoongi, eu acho).

Tae: OK, até já.

Jimin: Até TaeTae.

Mensagens off


-Péssimas notícias, vamos ter que ir na casa dos lobisomens.

-Vamos vírgula, você vai-Deu de ombros deitando no sofá e mexendo no celular.

-YOONGI, VOCÊ TAMBÉM VAI!-Gritei jogando uma almofada nele.

-Nhééé, me obrigue. Você nunca irá me convencer-Me deu a língua e continuou concentrado em seu celular.

.

.

.

-Por quê eu sou tão otário?-Fez um facepalm enquanto eu bati levemente na porta.

Esperamos alguns segundos e após uma gritaria alheia a,porta foi aberta e um loiro nos recepcionou com um sorriso deixando visíveis suas covinhas:

-Olá, sou Namjoon. Entrem por favor.

Nos deu espaço e entramos um pouco inseguros na enorme casa.

Na sala estavam Jimin e outro rapaz, que ainda não conhecia, discutindo:

-PARK JIMIN, JÁ TE FALEI PRA NÃO DEIXAR A PORRA DAS SUAS ROUPAS JOGADAS PELA CASA! DOU ATÉ O CÚ PRA LHES DAR EDUCAÇÃO E DISCIPLINA E É ISSO QUE EU GANHO?!-Gritou o mais velho.

-Desculpa omma, não vai se repetir-Respondeu Jimin se encolhendo.

-Caham!-Namjoon limpou a garganta chamando atenção de ambos que coraram e sorriram para nós.

-Oi Tae, oi Yoongi. Sejam bem vindos-Disse Jimin passando as mãos sobre a cabeça.

-Olá, desculpem a ignorância, crianças hehe. Sou Jin-Deu um passo a frente nos cumprimentando.

-Oi-Respondemos em uníssono.

Caminhamos até a cozinha e lá estava Hope pegando comida "escondido":

-Hoseok!-Exclamou Jin e o outro logo largou a colher de maneira dando um sorriso forçado.

-O-olá omma, olá Appa. Tae, Yoongi. Olá todo mundo!-Falou de forma desajeitada.

-Oi Hoseok, agora vaza daqui antes que eu quebre essa colher na sua cabeça garoto!-Jin berrou e Hoseok correu como um vulto.

Olhei em volta e nem sinal de Jungkook. Começo a sentir de repente uma forte dor de cabeça e por impulso me desequilibro e caio no chão.

-Tae! Você tá bem? Está suando muito-Afirmou Yoongi me ajudando a levantar e pondo a mão em minha testa.

Senti uma forte necessidade- Jungkook- Eu precisava dele, não sabia porquê, mas eu queria ele mais do que tudo.

-Cadê o Jungkook?-Disse com a voz arrastada tentando controlar minha dor. A sensação era horrível, eu conseguia ouvir meus próprios batimentos, estavam altos e acelerados.

-Olha, o Jeon está lá em cima, mas eu não te aconselharia a ir até lá-Disse Namjoon receoso.

Namjoon e Jin se entre olharam como se se comunicassem com os olhos. Ambos mostravam preocupação mas tentavam disfarçar inutilmente.

-Eu preciso dele!-Exclamei subindo as escadas.

-Kim Taehyung! Volte aqui! Não me deixe sozinho com eles porra-Yoongi sussurrou a última parte, olhando os que estavam à sua volta.

Ignorei tudo o'que me diziam e apenas fui guiado pelo cheiro forte que Jeon exalava. Abri todas as portas que encontrava pela frente, com um certo desespero, até ouvir gemidos abafados em uma delas e a abri imediatamente.

Ao abrir, não sabia se ficava traumatizado ou excitado.

Jungkook estava se  masturbando lentamente, como se aquilo fosse uma necessidade, enquanto gemia de maneira rouca.

-T-Tae, sai p-por favor. Eu não quero aaah machucar você-Disse desviando sua atenção para mim.

-Eu não consigo-Falei me aproximando.

Suas pupilas dilataram ao me ver próximo demais de si e nisso pareceu perder completamente a sanidade.

-Então me ajuda Taehyung, faz a dor passar por favorzinho-Suplicou abraçando uma das minhas pernas.

Não, não e não _ meu restinho de consciência gritava.

-Kook, isso é errado-Falei tentando me controlar.

-Mas eu preciso de você! Eu quero você!-Disse novamente dilatando as pupilas e suas veias pulsavam, além de transpirar de forma exagerada.

-Kook... Não-Neguei relutante.

Pude enxergar a fúria evidentes em seus olhos, que agora de um lindo castanho escuro se transformaram em vermelho-sangue. Então ele se aproximou e fiquei completamente paralisado, não conseguia ter outra reação. Só conseguia ouvir sua respiração ofegante em meu ouvido, acompanhada de rosnados:

-Ok Tae, você não quis ser um bom menino. Então hoje eu vou te foder tão forte que você nunca mais vai esquecer.

Engoli em seco e então ele deu um sorriso maldoso descendo ao meu pescoço e dando chupões no mesmo me fazendo soltar gemidos involuntariamente.

-Já está gemendo bebê? Nem comecei ainda-Sussurrou descendo sua mão até a barra da minha camisa e a retirando. Com uma das mãos estimulou um de meus mamilos e com a outra estimulou meu membro por cima da calça que estava molhado com pré-gozo.

"Droga, me chamaram aqui pra jantar. Não sabia que eu iria ser o prato principal"

-Aaah Tae, você ainda está inseguro. Não está?-Indagou esperando atentamente minha resposta. Assenti e deu mais um sorriso malicioso.

-Vou te ajudar a ficar tranquilo-Falou se ajoelhando e descendo até a braguilha de minha calça.

Tirou minha calça lentamente e levou juntamente minha cueca. Riu ao ver o estado que meu membro estava e o enfiou na boca com movimentos precisos e Rápidos. Urrei de prazer. A partir desse momento me entreguei totalmente as tanto suas quanto minhas tentações e decidi me deixar levar.

Puxei seus cabelos e o auxilie em seus movimentos, mas antes que pudesse chegar em meu ápice, parou e deu uma breve gargalhada. Suspirei em reprovação e ele apenas sorriu.

-Calma Tae, ainda temos muito que fazer.

De repente senti meu sangue ferver e a luxúria me consumiu completamente.

Tirei uma força do além e o empurrei na cama, ficando por cima.

Retirei rapidamente sua camisa e travei um caminho com minha língua desde seu pescoço até seu abdômen. Ele arfava pressionando minha cabeça.

Ao chegar perto de seu membro abriu a braguilha e tirei seu membro de fora da cueca. Diferente dele fui em movimentos lentos e torturjuntos

-T-Tae, não me maltrata assim-Disse mal conseguindo respirar.

-Opa! Pede direito Maknae-Falei num tom provocativo.

-Me chupa Hyung!-Exclamou quase que em uma ordem, então aprofundei meus movimentos e o mais novo se contorcia com o sentimento prazeroso. Mas, também não o deixei chegar em seu ápice.

Após terminar ele levantou e apontou para um local aleatório no chão:

-Fica de quatro Hyung-Ordenou e não exitei em obedecer- Afinal, estava fora de si _

Me posicionei e realmente achei que Jungkook seria mais carinhoso e me preparia primeiro, já que sou virgem.

Mas não, ele simplesmente enfiou seu membro por completo em minha entrada me fazendo gemer mas de dor.

-Eu falei Hyung, que eu ia te foder tão forte que você nunca mais iria esquecer-Falou com um sorriso ladino. Continuou com movimentos rápidos e nem um pouco piedosos. No começo foi péssimo, mas após alguns minutos meus urros de dor se transformaram em urros de prazer que ficavam cada vez mais altos.

-Maknae, eu acho que eu vou...

Pois seu dedo indicador em minha boca apenas masturbando meu membro apressadamente e aproveitando o momento.

Ambos gozamos juntos e caímos um ao lado do outro.

Minha respiração estava ofegante e eu cansado e dolorido, porém muito satisfeito.

O mais novo subiu em cima de mim e atacou minha boca, pedindo passagem com a língua que obviamente foi concedida.

-Sabe Hyung, só tem uma coisa que falta para tudo se tornar mais perfeito-Disse me abraçando.

-O que?-Perguntei inocente.


Jimin Pov on

Nos sentamos na mesa e eu fiz questão de sentar ao lado de Yoongi que pareceu um pouco tímido, estava Provavelmente preocupado com o irmão.

Jungkook estava no cio, era óbvio que aquilo iria dar numa grande merda.

Mas ninguém consegue controlar um lobo e seu submisso no cio. Isso teria que acontecer um dia.

Omma trouxe as panelas com a lasanha e o frango assado, além da de arroz e a jarra de suco de laranja.

Fizemos nossos pratos e começamos a conversar como uma família, o'que me deixou muito feliz, já que Yoongi estava interagindo e nos mostrando seu lado divertido.

Até que de repente, nós lobos sentimos um incômodo em uníssono.

Algo estava errado.

Jin e Yoongi apenas nos observavam confusos, já que eram submissos.

Demorou um pouco mas por meio de visões conseguimos descobrir.

-Jungkook!-Dissemos juntos

Corremos até o quarto e Min e Jin ficaram lá embaixo apenas assustados.


Taehyung Pov on

-O que?-Perguntei inocente.

-Seu pescoço- Se aproximou do mesmo- É tão atraente.

Fiquei um tanto confuso diante daquilo e tentei fugir ou até mesmo tentá-lo acordar desse devaneio.

-Jungkook, deixa eu sair! Sai de cima de mim!

Isso apenas o fez se aproximar mais ainda e pude sentir seus dentes gelados encostarem em meu pescoço:

-JUNGKOOK NÃO!!!-Gritou Jimin o separando de mim e começando uma briga com o Maknae.

-Tae, vá embora com seu irmão, depois te explico tudo, mas vá embora agora!-Gritou Hoseok, entrando no meio da briga.

Perplexo corri até meu irmão e o arrastei pra fora sem nem sequer deixá-lo questionar.

"Lobos são perigosos Taehyung, aprenda isso".



Notas Finais


Tá. Eu não sei fazer lemon...
Tchauuu °3°


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...