História The bloody roses of love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Vingadores (The Avengers), Thor
Personagens Lady Sif, Loki, Personagens Originais, Thor
Tags Casamento, Loki, Personagem Original, Vingadores
Visualizações 55
Palavras 508
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Super Power, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem, mais uma fanfic dos Vingadores. Espero que gostem. Até a próxima.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction The bloody roses of love - Capítulo 1 - Prólogo

Kadi parou em frente à cela com uma barreira invisível que era como vidro. Seu coração batia a mil. Havia guardas junto dela como sua escolta real. Contudo, a única coisa que ela não esperava encontrar era um ser tão belo dentro da prisão. Corou sem motivo aparente e negou com a cabeça para afastar tais pensamentos. Estava ali porque era seu aniversário de dezesseis anos e o pai dela julgou que finalmente ela poderia conhecer o irmão dele que estava nas masmorras preso por seus crimes contra a humanidade e contra Asgard.

Mesmo com a voz vacilante escutou a pergunta saindo de seus lábios:

—Vo-vo-você é Loki? O deus da trapaça?

Kadi amaldiçoou-se mentalmente pela hesitação em sua voz. Contudo, manteve uma postura firme para deixar evidente que não seria intimidada por ele, mantendo o olhar determinado no dele.

Loki encarou a garota, curioso. Ela era estranha. Definitivamente. Quem por toda Helheim era aquela que se atrevia a incomodá-lo?  Manteve-se com sua postura superior aproximando-se da barreira dando apenas um sorriso debochado.

—Posso saber a quem devo dar essa resposta?

Respondeu-a com outra pergunta. A observou crispar os lábios e revirar os olhos como se aquilo fosse entediante.

Insolente. Pensou irritado.

—Sou filha de Thor, Kadi.

—Filha de Thor... —Repetiu confuso e a viu assentir com a cabeça. —Quem diabos teria uma filha com aquele idiota? —Era mais uma pergunta para ele mesmo, mas percebeu que falou em voz alta quando ouviu o som do que seria um sorriso.

Kadi não queria sorrir, mas foi inevitável.  Loki pegou o brilho de diversão naqueles olhos escuros.

—Por acaso, essa seria a esposa dele, Lady Sif. Ela é minha mãe. —A voz dela continha certa diversão.

—Achei que era a mortal... —Viu o semblante da garota ficar sombrio. Um ponto fraco. Pensou em como afetá-la com ele. — A tal de Jane Foster, sabe Thor era muito apaixonado por ela. Afinal, a incansável Lady Sif conseguiu fisgar o idiota do meu irmão e ainda tiveram uma das maiores provas de amor existente, uma filha. Se bem que para se ter um filho não é preciso de amor, apenas...

—Não diga essas coisas de modo tão rude. —Repreendeu-o sentindo-se insultada. Lágrimas teimosas queriam vir a seus olhos, mas ela não as derramou. Não daria aquele gostinho a ele.

—O que? Está incomodada em saber que sua mãe não era a primeira opção de seu pai?

—Só silencie-se maldito trapaceiro. Avisaram-me sobre sua lábia e...

—E o que mais? O que mais disseram sobre mim?

—Que era bom com as palavras. Um manipulador nato e...

—O que? —Quis saber ávido. —Continue, filha de Thor. — Estava ligeiramente intrigado e instigado.

—Que era bonito e sedutor. —Soltou por último pegando a todos os presentes de surpresa. Ela negou com a cabeça angustiada, estava ofegante. Parecia atraída por ele.  Ninguém havia realmente dito a última parte, ele pôde entender isso quando a viu corar e respirar fundo.

—Guardas. —Deu a ordem de partida. Então ela virou-se de costas e começou a andar o deixando sozinho.

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que gostem. Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...