História The Boy. - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Min Yoongi, Romance, Suga
Visualizações 12
Palavras 1.379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


espero que gosteeeeem <33 olha eu aqui atualizando a fic de novo hahah

Capítulo 43 - Cuidados.


Fanfic / Fanfiction The Boy. - Capítulo 43 - Cuidados.

~ Kristal On ~ 

Yoongi tinha acabado de vomitar nos meus sapatos, eu fiquei paralisada, eu não estava acreditando no que tinha acabado de acontecer, meu coração batia forte, só de sentir aquilo no meu pé, minha vontade de vomitar era grande, até sentir o cheiro horrível, acabei jogando meus sapatos para o lado, Suga não disse uma palavra, apenas continuou encurvado com as mãos no joelho, o que me fazia ter vontade de bater nele. 

- Yoongi, não sai daqui, eu vou lavar os meus pés - Ele apenas resmungou algo, mas não tive a vontade de entender, então continuei andando. 

Fui atrás de umas meninas que era responsáveis por deixar a noiva e a madrinha linda, se poderiam me ajudar a lavar o meu pé, durou uns 15 minutos, foi uma situação super estranha, pois não contei quem é que tinha vomitado no meu pé, voltando ao encontro do Yoong, não o vejo encurvado, mas jogado no chão, corri até ele, apoiei sua cabeça sobre meu colo. 

- Yoongi, acorda, acorda, você ainda não pode morrer, não agora, você paga o meu salário, te juro que se você acordar, a gente transa no banheiro agora - Nem um resmungo, nem nada, dei uns tapinha no rosto - Yoongi, meu amor - Apenas um resmungo - Ufa, que sorte, pensei que ficaria sem salário - Dei risada comigo mesmo - O que eu vou fazer com você agora ein?

Jin e Namjoon apareceram.

- Meu Deus, vocês dois me ajudem a cuidar desse cara. 

- O que aconteceu? - Nam perguntou.

- Ah, ele bebeu demais e agora apagou. 

- Mas é um imbecil mesmo, vivo dizendo para ter juízo e ai faz isso - Jin falou - Como ele vai conseguir ser pai desse jeito? 

- As vezes, eu esqueço que ele vai ser pai, vocês podem levar a gente embora?

- Claro, mas como vocês dois vieram?

- Carona com os noivos - Dei uma risadinha, Jin revirou os olhos. 

- Quer ir em casa? Porque vai ficar muito longe levar vocês na casa de cada um, e ele ai vai precisar de alguém com ele e o Taehyung não é responsável para olhar ele sozinho, já que o Jimin não vai morar mais com eles. 

- Verdade né, mas tudo bem, só me ajudem a carregar ele. 

Jin e Nam carregaram Suga pelo o ombro, ele apenas resmungava, colocaram ele no banco de trás, sentei ao lado dele, deitei ele no meu colo. 

- Só não vomita no meu colo, por favor - Sussurrei no ouvido do Suga e ele esboçou um sorriso.

O caminho todo Nam e Jin conversavam, sobre alguma piada, sobre algo que devem comprar ou sobre algo que aconteceu no dia deles, era bonitos ver eles juntos assim, é isso, é isso que eu quero para mim, para nós, pensei olhando pro cara deitado no meu colo, quero uma vida inteira com ele, mas por que eu ainda sinto tanto medo? Nosso futuro é tão incerto, tudo depende de uma audição, eu quero uma vida, mas eu quero que ele passe, ele tem que realizar os sonhos dele, eu estou tão confusa, mas a voz suave de Jin me distraiu. 

''Quero permanecer, 
             Quero sonhar mais,
             Mesmo assim, o que eu estou dizendo
            É, essa é a minha verdade
           Ficarei todo coberto com ferimentos
           Mas é o meu destino
          Mesmo assim, quero me esforçar (e lutar) ''
...

Não me lembro do resto da letra, pois acabei adormecendo, senti dedos nas minhas bochechas. 

- Americana, acorda, chegamos. 

Abri os olhos bem devagar e vi um Namjoon todo sorridente. 

- O que aconteceu? Por que você está sorrindo? 

- Você baba enquanto dorme. 

Limpei rapidamente, olhei para o lado, Suga não estava mais comigo. 

- Cade ele? Ele acordou? - Nam balançou a cabeça negando. 

- Nós já colocamos ele na cama. 

- Vocês tem mais de um quarto? Pensei que dormiríamos no sofá. 

- É, eu e o Jin nos mudamos em uma casa com dois quartos, porque sempre um dos meninos vinham dormir aqui, o que mais vinha é o Suga e o Hobi, Jungkook ainda vem, as vezes o Jin obriga ele a vim, pra ele não ficar com o Juninho. 

- Ahhhh - Nam riu da minha reação. 

- Então sabe sobre o Juninho? - Nam perguntou enquanto entravamos na casa. 

- Só um pouco, sei que o Jin não gosta dele. 

- Ei, Kris - Jin apareceu quando entramos na sala. 

- Ow, Kris não. 

- Ué, por que não? Enfim, não quero saber, só tenho esse pijama do Suga pra você, tudo bem pra você? - Concordei com a cabeça.

Peguei o pijama, entrei no quarto onde o Suga estava deitado, fui tirando meu vestido bem devagar para não acorda-lo. 

- Mas que mulherão da porra - Suga sussurrou. 

- O que você acordou? - Disse pegando o pijama.

- É que eu nunca perco a oportunidade de ver uma mulher seminua na minha frente né - Joguei o shorts do pijama na cara dele, o que fez ele rir. 

Apenas vesti a blusa dele. 

- Vem cá deitar comigo, vem. 

Me aconcheguei do seu lado, ele me abraçou por trás, ele colocou seus lábios bem perto dos meus ouvidos, deixou um beijinho e sussurrou. 

- Não tenha medo, linda, eu amo você. 

Ele ficou quietinho, apenas ouvia sua respiração, quando eu tive a certeza que ele tinha voltado a dormir, eu sussurrei. 

- Eu te amo. 

Adormeci. 

'' - Kristal, desculpa, não dá mais, eu não posso ficar com você.
              - O que? Como assim? 
              - É, eu percebi que o amor da minha vida é a mãe do meu filho. 

Meu peito apertou. 

- Ah, deixa eu te falar, lembra do seu irmão que está com câncer? Então, morreu.

Eu comecei a chorar, me ajoelhei. Minha tia apareceu. 

- Eu preciso que você vá embora da minha casa, não dá mais, você não faz nada para ajudar. 

Comecei a soluçar. 

- Kristal, eu vou embora da cidade, também, sabe é um alivio para mim terminar nosso relacionamento, você era um pé no saco, nem boa na cama você é.''

Acordei assustada, agradeci em silêncio por ter sido um sonho, olhei para o Yoongi, roncando.

- Ahhh então o senhorzinho ronca? - Falei comigo mesma, olhei o relógio, marcava 07:00 da manhã. 

Tinha uma mensagem da Hyunah. 

''MIGA DO CÉU, PRIMEIRO DIA DE LUA DE MEL E O JIMIN ESQUECEU A CAMISINHA''.

Dei risada. 

''TOME UM REMÉDIO LOGO, SUA LOUCA. OU QUER SER MAMÃE JÁ?''

Enviei, isso me fez lembrar de quando eu quase engravidei aos 16 anos, minha mãe quase me matou. 

- Kristal, o que você está fazendo acordada a essas horas? - Suga perguntou com a voz rouca. 

- Perdi o sono. 

- Onde estamos? E o que aconteceu ontem a noite depois do meu discurso?

- Estamos na casa do Jin e do Nam.

- Estamos? Adoro aqui.

- Como você adora se nem reconheceu aonde você está?

- O quarto está diferente.

- Enfim, você está me devendo sapatos novos.

- E por que eu estaria devendo sapatos novos a você? - Ele perguntou em um tom irônico. 

- Porque ontem a noite, você deu PT e vomitou em mim. 

- EU FIZ O QUE? - Ele gritou. 

- Cala a boca, eles estão dormindo, é, você vomitou em mim - Ele deu risada - Não é engraçado, tá? Foi nojento. 

- Eu sou demais mesmo né, que tipo de cara vomita na própria namorada? Min Yoongi - Fiz careta para ele - E o que significa PT?

- É quando você bebe demais e passa mal. 

- Aonde você aprendeu isso?

- Ah, com o brasileiro moreno lá. 

- Eu tenho despedir esse cara, fica ensinando essas gírias a você, tenho certeza que ele já bateu punheta pra você - Dei risada. 

- Deixa de ser nojento, Min Yoongi - Deitei em cima dele rindo - Eu amo você - Disse sem pensar.

- Você me ama é? - Ele perguntou, eu não queria ter medo de dizer. 

- Sim, eu te amo. 

Ele sorriu e beijou a minha testa. 

- Obrigada por cuidar de mim, enquanto eu dava PT. 

 

Continua..

 


Notas Finais


Esse capitulo não esta aquelas coisas maravilhosas, mas é que eu estou sem criatividade hihi espero que tenham gostado desse Yoongi fofinho, e a Kristal toda confusa e com medo, SE ENTREGA LOGO A ESSE AMOR MENINA!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...