História The boy of the Roses (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~korean_BR

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags 2bj, Bts, Jungkook, Sun Hee
Visualizações 49
Palavras 1.017
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, Sou Ayumi e o primeiro cap vai ser por minha conta. Essa é uma fanfic que eu realmente quero levar pra frente, então por favor, se gostarem já sabem...

Essa é uma fanfic romântica, ou seja, pras safadas de plantão queremos deixar claro que não terá hot frequentemente, só quando necessário.

OBRIGADA PELA ATENÇÃO QUE NÃO ME DERAM, FIQUEM COM O CAP 2bj

Capítulo 1 - –Recomeçando.


Fanfic / Fanfiction The boy of the Roses (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 1 - –Recomeçando.

Acordo sentindo frio em minhas pernas, me espreguiço e acordo por inteiro. Me levanto e vou caminhando até meu banheiro, ao chegar no mesmo me olho no espelho.

—Puta que me pariu, se eu ganhasse cada um real pela minha falta de beleza e auto estima eu estaria rica!

 Lavo meu rosto e em seguida escovo meus dentes. Observo meu guarda roupa por alguns minutos até ter certeza de que roupa usar. No final das contas visto uma calça moletom e uma camiseta preta, fiz um coque em meu cabelo e assim me retirei do quarto. Quando eu piso no lado de fora da minha área de proteção ~Meu quarto~ vejo a praga encostada na porta do seu quarto, preparado pra me encher, assim que ele me vê vem em minha direção.

—Bom dia maninha, como está? Preparada pro dia de hoje?—Ele dá sua risada de the monio e me olha exagerado.

—Não enche Baekhyun, se eu perder minha paciência hoje, eu não serei responsável pelos meu atos, seu capeta!—

—Voçê sempre diz isso e nunca faz nada, deve ser porque ama seu irmãozinho querido aqui—Ele se exibe em minha frente.

—Coitado, se eu pudesse te mandar pro inferno eu mandava! Mais infelizmente você se sentiria em casa. —O empurro da minha frente e vou até a cozinha, ao chegar na mesma vejo minha mãe mexendo no armário.

—Bom dia mãe... —Falo me encostando no balcão e a observando.

—Bom dia ______, o seu café e o do Baekhyun já está na mesa. —Diz sem ao menos me olhar, estava fixa no armário.

—Desculpe mas, oque a senhora tanto procura aí?— Pergunto ainda a observando.

—Ah sim, estou procurando um vaso de flores que é relíquia da nossa família. Eu guardei por aqui em algum lugar... —Diz sem desgrudar os olhos do armário—

—Ata...—Me retiro da cozinha e vou até a mesa de refeições e ao chegar nela vejo Baekhyun devorando toda a comida, me sento a frente dele e começo a decorada a comida junto com ele.

                                     […]

Estávamos comendo cada um uma torrada, estava tudo tranquilo, até que eu acabo de comer a minha e vejo que havia uma torrada em uma tigela, olhei para Baekhyun e o mesmo estava distraído com sua torrada, quando eu ia pegar a criatura segurou meu braço e com a outra mão pegou a bendita torrada 

—Você achou mesmo que ia pegar a torrada?— Ele diz sorrindo miseravelmente.

—EI! Essa já é minha seu disgrento!—Digo e tento pegar a torrada da mão dele, porém ele levanta seu braço deixando fora de meu alcance.

—Nem vem que eu pe...—Ele ía falar algo más, minha mãe o interrompe e pega a torrada da mão dele, em seguida ela a come.

—Voçês brigam até por causa de uma torrada, será possível? Seguinte, eu vou ir ao mercado fazer algumas compras e depois vou na nova escola de vocês pra ver se estar tudo certo com a ficha, e por favor, não botem fogo na casa. Tchau!— Assim que ela termina de falar eu e Baekhyun damos tchau juntos pra ela, antes que Baek possa falar algo eu me levanto, pego minhas vasilhas e vou pra cozinha, jogo tudo na pia e em seguida vou correndo pro meu quarto, chegando no mesmo me deito na cama, ligo a Tv e fico assistindo algumas séries.

                                       […]

Eu estava quase dormindo quando recebo uma ligação de minha amiga, atendo.

                              -Ligação ON

—Oiii ______, tudo bem? Vamos pra um rolezinho agora?— Diz um pouco eufórica do outro lado da linha.

—Oi...Pode ser, mais por favor, me diz que não vai chamar o Baek, eu quero ficar o mais longe possível desse Satan (soo).

—C-claro que não, enfim vamos nos encontrar na pracinha próxima a sorveteria o-ok?— Ela gagueja um pouco.

—Hum...Tá bom, vou me arrumar. Tchau!—Eu desligo a chamada no mesmo estante.

                              -Ligação OFF

Me levanto e vou andando na direção no banheiro, porém antes de chegar no mesmo a porta de meu quarto se abre, era Baekhyun.

—Olá maninha, Sun também te convidou pra sair?—Pergunta me olhando.

—QUE? ELA TE CHAMOU? Vadia... Aish, não sei porque ainda confio nela!—Digo indignada.

—Voçê não queria que eu fosse? Magoou!—Faz uma expressão triste fingida.

—Mais é óbvio que não, você só me enche! Vive no meu pé, seu embuste... Agora saia do meu quarto que eu tenho que me arrumar! —Vou o empurrando pra fora do quarto, assim que ele fica completamente fora fecho a porta e tranco, solto um surpiro e vou pro banheiro.

                                     […]

Eu havia vestido uma roupa simples de passeio de verão(notas finais), por fim penteava meu cabelo e então optei por deixa-lo solto. Ainda em meu quarto mando uma mensagem pra Sun Hee dizendo que já estava saindo de casa e que iria matar ela. Me retiro do quarto e vou pra sala, chegando na mesma vejo Baek sentado no sofá jogando seus jogos, tento sair sem que ele perceba porém falho.

—Yay, vamos juntos! —Põe seu braço direito sobre minha costa e sorri, eu apenas reviro os olhos e aceito minha derrota. No caminho vamos conversando sobre coisas aleatórias, era incrível como nenhum assunto de Baek me interessava, ele era tão tediante. Assim que eu a visto Sun sentada em um banco dá praça vou correndo até ela, ela abre os braços pensando que vou abraça-lá, iludida coitada, eu vou é dar uma boa surra nela!

                                    […]

Depois de ter me "acertado" com Sun Hee, nós sentamos e começamos a conversar que nem gente sivilizada. Conversamos sobre diversas coisas, até que chegamos em um assunto que havia me esquecido.

—Eai, ansiosos pra amanhã? —Sun pergunta e eu fico sem entender.

—Aigoo, só de me lembrar já fico com preguiça —Diz Baekhyun, e então só aí eu me lembro que no próximo dia estaríamos indo pro nosso primeiro dia de aula na escola nova.

—Meu deus! Já é amanha? Aish, sinceramente até hoje eu não entendo do porquê minha mãe decidiu nos mudar de escola! Vamos ter que passar por toda aquela fase de apresentações etc, isso é tão vergonhoso, sério!

—Ei ______ calma, eu vou tá com você mesmo que eu fique em outra sala, mudar de escola assim derrepente é mais normal do que você imagina!— Sun diz calma.

—Espero que seja mesmo...


Notas Finais


Oii gostaram? Desculpa se ficou ruim mas um serhumaninho chato vulgo nosso colega retardado tava enchendo o saco rs, desculpe os erros ortográficos sz

Sua roupa: http://blogdasabrina.com.br/wp-content/uploads/2016/02/12283150_519956854827934_586785542_n.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...