História The boy that I hated ×Markson× - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, Jinyoung, Jisoo, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rosé, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Markson, Yugbam
Visualizações 34
Palavras 2.184
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não sei se vocês estão gostando ,mas ,percebo que essa história esta fora dos trilhos ,vou tentar concertala daqui pra frente.

Bjs e boa leitura amados( ˘ ³˘)♥

Capítulo 15 - A mãe do Jinyoung


O taxi para e o garoto sai sem dizer mais nada. Ele começa a caminhar pelo local e percebe uma semelhança ,estava perto do beco que quase fora estuprado e roubado uma vez. Ele volta a caminhar e percebe que perto daquele beco tinham pessoas encapuzadas igual da 1 vez. 

Ele volta a caminhar mais rápido ,e para quando sente uma mão segurando sua blusa, então girando os pés ,se vira e ve quem estava lhe segurando. 

 Era um homem mais velho provavelmente e de roupas escuras ,mas com certeza não era daquele grupinho ,graças a Deus.

 Ele sorrir para mim e me solta. 

 -esta tudo bem?.

 -tudo sim obrigado. 

-qual seu nome?. 

-Mark. 

-lindo nome ,igual ao dono ~diz a última parte baixa e começa a passar os olhos por todo meu corpo. 

-o que?.

 -você é muito lindo sabia? ~pergunta malicioso e se aproximando de mim ,aonde dou passos vacilões para trás. 

-Hum ,foi bom te conhecer seu estranho. 

-que foi ,não vai dizer que está com medo? ~se aproxima mais.

 -não ,sai de perto de mim por favor ~digo quase que baixo. 

-e se eu não fizer isso ?.

 -você ganha isso ~digo dando lhe um soco ,fazendo o ir para trás. 

-a você não fez isso ~diz se levantando e colocando a mão aonde eu lhe acertei .

 -a se fiz ,e Fasso de novo se você se aproximar. 

-a não vai mesmo ~diz pegando em meus pulsos me prendendo contra a parede. 

-o que vai fazer ~digo quase que garguejando. 

-você já sabe o que vou fazer ~diz cheirando meu pescoço ,uma lágrima vacilona começa a descer por meus olhos e ele repara ,dando um sorriso vitorioso ~agora a mocinha vai chorar?.

 -me laarga' ~digo com a voz quase falha pela falta de ar ,já que ele não me dava espaço nem para respirar. 

-ou o que?. 

-ou você vai se arrepender ~diz um homem que eu podia reconhecer a voz em qualquer lugar. 

 GRAÇAS A MEU SANTO YOONGI ,OBRIGADO.

 Ele se vira um pouco para trás sem me largar ,e olha Jackson que estava com uma cara furiosa atrás. 

-quem você acha que é ?.

 -isso não importa ,larga ele seu retardado ~dita lentamente a ultima parte.

 -se não o que mesmo? ~diz com um tom irônico.

 Ele nesse instante me da uma brecha suficiente para respirar ,mas em um momento como esse ,exige coisas mais apuradas. 

 Acerto as partes baixas do mesmo que se abaixa de dor e faz uma careta, ele levanta novamente e me da um tapa estalado ,essa foi a gota para o garoto que apenas via tudo. 

Jackson tira ele a força de cima de mim ,e o joga para longe ,sem deixar de dar um belo soco antes em seu rosto. Ele se aproxima novamente do desconhecido no chão e diz se ajoelhando para ficar do tamanho do mesmo. 

 -não ouse chegar mais perto dele , e para sua informação ,eu sou o namorado dele.

 PERA ,O QUE?????

 Meu coração acelera e eu fico sem fazer movimento algum ,Jack me vê ali e sai me puxando pelo braço a um taxi ali perto. Assim que perto ,entramos no taxi e seguimos o caminho ao nosso destino mais próximo. 

 A CASA DO JACKSON. 


 [..]Assim que chegamos ,ainda em silêncio assim como no caminho para cá ,me jogo em seu sofá e me aconchego no mesmo. Jackson vê minha audácia e diz:

 -eu iria dizer para se sentir em casa ,mas vejo que já fez isso ~diz abrindo um sorisso bobo.

 -me deixa vai ~resmungo ao tanto de ele mau me ouvir.

 Ele adentra em seu quarto e fica lá por longos minutos ,nos quais acabei adormecendo. 

 [..]Acordo com Jackson ao meu lado me balançando ,quando vê que eu acordei ,sorrir e vai ao que acho para a cozinha me chamando baixo. Assim que me sento na mesa ,vejo a comida feita ali ,e arregalho os olhos . GRITS.. 

 -grits ~falo em um tom infantil.

 -criança ~diz dando risada .

 -aaii~ diz quando dou lhe um tapa fraco em si. 

 Assim começamos a comer e vejo que já estava ficando tarde de mais e resolvi que iria ir. Eu verefiquei mais uma vez a hora no relógio e figo para o mesmo que estava em minha frente na mesa.

 -já vou indo Jack ~digo me levantando da cadeira.

 -por que já? ~diz em um tom infantil ainda sentado.

 -e eu que sou a criança depois ~diz em um resmungo ~já esta tarde Jack. 

-mas dorme aqui hoje.

 -por que faria isso?.

 -por que é meu namorado.

 -desde quando?. 

-então quer fazer isso tradicionalmente hu? ~diz mais para si do que para mim.

 -o que esta fazendo? ~digo quando vejo que o mesmo se ajoelha perto de mim. 

-oras o que acha ~diz ainda de cabeça baixa e então me olha com um sorriso de orelha a orelha e completa ~Mark Tuan ,quer namorar comigo?.

 -eu não aish ~digo em um tom meio bobo. 

-e por que não ?~diz em um tom triste e infantil. 

-por que não vejo anel nenhum ~tenho que me lembrar de me matar por ter dito isso .

 -então você se da ao luxo de mais bens materiais hum? ~diz se levantando ~então me aguarde Tuan.

 -vou esperar ~digo dando um sorriso e indo em direção a sua porta ,aonde passo e vou até o elevador seguindo meu caminho. 

[..]Assim que chego em casa ,vou direto ao meu quarto e me jogo em minha cama ,aonde quase que apago ,só que sou interrompido quando uma empregada aparece anunciando a janta. Atravessou o corredor entre os quartos e desço as escadas ,indo em direção a sala de jantar da casa. Assim que desço as escadas ,atravesso a sala e vou para a cozinha aonde passo por ela e me dirigo finalmente ao meu destino. Na sala de jantar estavam ,Jinyoung ,Jaebum ,tio Eduardo e uma mulher. Assim que todos me percebem ,me curvo em sinal de respeito e vou até meu lugar na mesa. Meu tio continuava conversando com a mulher ,um pouquinho mais distante de nós e JB e Jin fofocavam entre si. Entro no meio da conversa e dou meus paupites sobre o assunto.

 Jy- acham que ela é namorada do papai?. 

Jb- tenho certeza que sim. 

Mk- não tenho certeza ,mas por que acha isso JB?. 

Jb- pelo jeito que se olham neh.

 Jy- isso não indica nada. 

Mk- mas e se for ,qual o problema?. 

Jy- nenhum ,só não quero ter uma madrasta tão cedo.

 Jb- não exagera.

 Mk- tanto faz ,vamos mudar de assunto que eles já estão reparando em nós ~digo dando um sorriso de longe ao meu tio ,indicando que eles estavam nos observando. 

Jy- certo. 

Jb- o que fez hoje que demorou tanto para voltar Mark?.

 Mk- nada ,fui na casa do Jackson e só ,porque?.

 Jb- nada ,só que deu tempo de eu pegar a droga daquele ursinho e assistir um filme ,e voltei antes de você para casa. 

Jy- falando nisso ,você esta morando aqui é?. 

Jb- acham que é de quem o quarto vago no ardar de cima?.

 Jy- faz sentido. 

Jb- e não mudem de assunto ,o que você fez lá na casa dele ,e porque demoraram tanto. 

Mk- bem ,para começar ...~ conto tudo ,até o momento de eu quase ter sido abusado e Jack me salvar ,e de meu genio idiota de não aceitar logo o pedido de namoro-perante eles-.

 Jb- isso foi ... Estranho. 

Mk- nem me diga.

 Jy- por que não aceitou?.

 Mk- por que eu não gosto dele .

 Jb- não se fassa Mark ,eu gosto do Jae e admito ,não escondo. 

Mk- tanto faz ,tabom ,eu admito que me sinto atraido e tals ,mas não é pra tanto. 

Jy- nos tentamos JB.

 Jb- ele não vai admitir até perder o Jack para a ... Aaai ~resmunga quando Jin o bate o interrompendo. 

Mk- perder para quem ,continua . 

Jb- ninguém só tava pensando.

 Mk- você não me engana JB ,fala.

 Jy- deixa que eu conto , eu descobri isso atualmente por uns escutas ai.

 Mk- prossiga. 

Jy- a Rosé nunca te amou de verdade, era só para fazer ciumes no Jack ,mas quando ela viu que você não ia ceder ,ela enlouqueceu de raiva ,foi ela que mandou aqueles caras do beco ficarem te observando ,sorte de mim e o Matt ter salvado você.

 Mk- nossa ,que história. 

Jb- e ainda tem mais ,ela ta tramando algo ,só não sabemos o que é. 

Mk- tramando para que?.

 Jy- não seja tolo primo ,todos percebemos que você e o Jack tem algo ,uma química sabe.

 Mk-não. 

Jb- e você também não cede ,é melhor não bobiar ,a Rosé não brinca quando diz que quer algo ,e se quer ,ela consegue.

 Mk-ela não vai pegar o Jack.

 Jb-pelo menos admite que o quer.

 Mk-não disse nada disso. 

Jy-deixa JB ,uma hora ele vai dizer. 


Ed-meninos ,venham aqui ~diz Chamando a atenção dos três na mesa. 


 Nos levantamos e vamos em direção ao nosso tio ,appa do Jin e ficamos ,frente a frente ,a aquela mulher. Meu tio se levanta e sorrir bobo para ela ,e nos olha sérios.

 Ed- que educação é essas sobrinhos e filho?. 

Mk-ah claro ,eu sou Mark prazer. 

Jy- eu sou Jinyoung.

 Jb- eu sou Jaebum. 

 Nos curvamos e olhamos em direção a mesma que retribui.

 ??- prazer meninos ,seu tio falou pouco de vocês ,mas já de você Jinyoung ,acho que já te conheço. 

Jy-desculpa a pergunta ,mas quem é você?. 

Sm-ninguém com o sobrenome tão importante como vocês ,sou Su-Min ,e logo serei uma Tuan ,sua mãe ~ela diz tudo rapidamente e sorrir animada e sincera.

 Jin que estava normal até agora ,gela e fica como estatua olhando incrédulo para a mulher e pai ao mesmo tempo. 

 Jy-como ousa dizer que vai virar minha mãe sua hipócrita?. 

Sm-o que?... 

Jy-eu tenho uma mãe e certamente não é você ~gospe as palavras com um tom de voz alterado. 

Ed-Jin ,por favor se desculpe com ela agora ~diz com um olhar negativo ao menor. 

Jy- a não vou não ~diz saindo apressado da sala de jantar e indo provavelmente para seu quarto. 

 Meu tio olha meio ... Envergonhado ?. Sim talvez seja isso. Ele nos olha envergonhado e se senta novamente em sua cadeira ,seguindo da mulher do outro lado da mesa. 

 Mk-o que foi isso?. 

Ed-depois eu explico ,ou você pode perguntar para o Jin ,desculpe Min.

 Sm- não ,eu que tenho que pedir desculpas ,foi muita coisa para ele digerir assim.

 Jb-ta na hora de contar a verdade para ele tio. 

Ed-não não esta. 

Mk-que verdade?.

 Ed-logo você vai saber ,assim como o Jinyoung. 

Jb-eu já vou indo para minha casa tio ~diz se movimentando para ir embora.

 Ed-não vai dormir aqui hoje?. 

Jb-não vou para o colégio amanhã ,não vejo necessidade disso.

 Ed-okay ,Mark ~diz se virando para mim. 

Mk-sim?. 

Ed-va de atrás de Jin sim?. 

Mk-esta bem ~digo logo saindo da sala de jantar e atravessando a cozinha ,indo em direção aos quartos. 

 Subo as escadas e atravesso o corredor indo em direção a porta do jin e me surprendo quando chego até lá e não o encontro pelo quarto ,banheiro e nem closet. Saio do quarto do mesmo e procuro por todos os cômodos da parte de cima da casa ,aonde ele não estava. Desço as escadas e procuro pelos cômodos de baixo e não o encontro. Vou até a sala de jantar e procuro meu tio ,que estava ainda conversando com a mais velha. Corro desesperadamente ate ele e digo: 

 -tio ,o Jin sumiu.

 -o que? ~diz incrédulo. 

-eu não sei ,procurei pela casa toda e não o achei. 

-isso é impusivel ~ele faz um aceno para as empregadas que estavam encostadas na parede e começa a dar ordens para ir procura-lo.


 [..]Já haviam se passado 30 minutos e nada de Jinyoung. E o único lugar que ele tinha a ir ,era a casa de seus amigos e de JB ,que era a mais possível. Pego meu celular e me jogo no sofá junto ao meu tio e sua namorada que se negou a ir sem descobrir se Jin estava bem.

 { MENSAGENS ON }

 EU 

JB Me diz que o Jin esta ai.

 Jb

 Ele ta' aqui. 

Eu

Meu G-Deus ,que alivio. 

JB 

 Por que? 

Ele não avisou que ia dormir aqui em casa hoje?

 Eu 

Não Se não ,não estavamos preocupados a toa. 


 Me viro para meu tio que me olhava com um olhar cheio de esperanças e diz: 

 -ele esta lá?

 -sim ~ele da um suspiro de alivio e se deita no sofá.


 JB 

Aiin nervozinho. 

Eu

 Eu procurei esse ser pela mansão inteira 

E você me chama de nervozinho?. 

JB 

Desculpas ta 

Mas agora esta tarde e estamos com sono aqui

 E você já sabe que ele esta bem

 Então tchau.

 Eu 

Tchau. 

 { MENSAGENS OFF }


 Jogo meu celular no sofá e encaro o nada por alguns segundos ,até que tomo coragem e me levanto ,indo para o quarto e dormir.   


Notas Finais


Espero que tenham gostado e bye😝😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...