História The Boy Who Cut Himself ~Tae vhope - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~Pdkrlx

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, J-hope, Taegi, Taehyung, Vhope, Yoomin
Visualizações 234
Palavras 1.020
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente desculpa mesmo a demora, mas enfim cá estamos nós hshs

Desculpem por algum erro

BOA LEITURA

Capítulo 9 - Unrequited loves


Fanfic / Fanfiction The Boy Who Cut Himself ~Tae vhope - Capítulo 9 - Unrequited loves

Dois dias depois que o médico me pedi para prometer que se alguma coisa acontecesse ou o comunicaria, eu voltei pra casa com o Yoongi e ele nunca foi tanto paciente, delicado e bom pra mim em toda a minha vida.

 

 

Por mais que gostasse desse "Yoongi novo e melhorado" era estranho ficar com ele. Estava começando a sentir falta do hospital, dos médicos, das enfermeiras... Do Hoseok. Por mais que tenha passado pouco tempo com ele, sinto sua falta.

 

O Yoongi tem se esforçado bastante pra me deixar feliz e a vontade, chega até a ser bonitinho, mas tá começando a ficar chato aqui com ele. Sinto que falta algo, não sei dizer oque é.

 

Na verdade eu sei, mas não queria admitir para mim mesmo, que estava com saudades do Ruivo.

 

Me lembro do dia que senti ele próximo à mim, seu calor que fazia meu corpo pegar fogo, seu hálito frio perto de minha boca, o doce desejo de beijar seus lábios perfeitos e beijaveis, seu toque que era maravilhoso e que me fazia se sentir nas nuvens, algo que antigamente sentia com yoongi, mas que agora morreu, e isso renasce quando estou com o ruivo.

 

Yoongi não me satisfazia mais como antes, eu o amava, mas falta algo que ele não tinha mais, talvez fosse a paixão ou o amor verdadeiro.

 

Pensar nele era bom, mas me sentia sujo por estar "traindo" Yoongi nos meus pensamentos. O que eu sinto pelo Hoseok pode ser um amor passageiro, ou talvez eu esteja realmente gostando mesmo dele e era uma sensação horrível talvez amar e não poder se expressar, então decidi não amar. Tá, eu estava me iludindo, mas eu precisava tentar, né?

 

— Ei, para de ficar aí pensando e vem comer! — Min gritou da cozinha me tirando dos devaneios maravilhosos.

 

Me levantei indo até o local aonde ele se encontrava e me sento no balcão esperando ele terminar de colocar as coisas na mesa. Depois de fazer isso, ele vem em minha direção me segurando pela cintura e beijando toda a extensão do meu pescoço até chegar perto da minha boca, ele me olha como se pedisse por aquilo me fazendo rir e selar nossos labios em um beijo calmo, mas que logo vira em um beijo necessitado e quente até que a falta de ar nos separa e o beijo se transforma em vários selinhos. Me sinto culpado por querer que ele fosse Jung.

 

Ele me segura fazendo-me levantar do balcão e sentar na cadeira em frente à mesa de jantar onde tem refratário com macarrão com queijo, minha comida preferida, dois pratos e talheres. Nos sentamos um de frente para outro e ele faz questão de me servir, era pra eu me sentir amado, mas só consegui me sentir enjoado com aquele fingimento dele.

 

Depois de mundo tempo em silêncio, resolvo comentar sobre o que estava sentindo:

 

— Sabe, queria saber o que aconteceu com o Hoseok. — Sinto seu olhar cair sobre mim e o olho de relance com um sorriso nos lábios.

 

— O quê? Por quê?

 

— Quer dizer, ele me ajudou e eu gostaria de agradecer ele, e seria legal vê-lo de novo. Estava até pensando em ir pegar o número dele no hospital porque com certeza ele deve ter deixado caso alguma coisa acontecesse ou coisa parecida, pelo menos eu deveria ten...

 

— O quê? — Sou interrompido por um tom duro, frio e furioso. — Você tá com saudade dele? Do cara que te atropelou? Eu não acredito nisso! Como você consegue ser tão fútil? Acha mesmo que ele se importa com você?

 

— Eu só quero agradecer! Por que é tão difícil pra você aceitar eu sou importante pra alguém? — Meus olhos começam a marejar e minha voz começa a ficar chorona.

 

— PORQUE VOCÊ NÃO É IMPORTANTE PRA NINGUÉM, SEU IDIOTA! — Tudo acontece tão rápido que nem vejo ele se levantando e me dando um tapa que arde na hora. Lágrimas escorrem e apenas o olho com desgosto. Depois de um tempo ele percebe o que vez e tenta se desculpar, mas já é tarde demais, me levanto e subo correndo para o meu quarto. Entro no mesmo trancando a porta.

 

_Porra sabia que o teatrinho de yoongi não ia demorar muito para acabar._

 

Sempre é a mesma coisa, a gente briga e eu saio com hematomas, estou cansado sairia correndo se tivesse algum lugar pra ir, o maximo que conseguiria seria morar baixo de uma ponte, sozinho, no frio. E sinceramente? seria muito melhor do que ficar aqui.

 

É ilusão achar que yoongi teria mudado pelo menos um pouquinho por mim.

 

_Odeio isso! Odeio minha vida! Isso nunca acaba!_

 

Meu celular vibra em meu bolso, me tirando do transe que estava.

— Ótimo o bastardo manda mensagens para se desculpar — mormurei irritado. — COMO CONSEGUE SER TÃO ESCROTO, YOONGI?! — Grito alto o suficiente para ter certeza de que o mesmo seria capaz de ouvir. Não recebo nem uma resposta.

 

Pego o celular do meu bolso com brutalidade, fitei a tela para ver oque ele queria. Eu estava enganado, não era ele, era só um idiota qualquer me mandando mensagens, pior dia? Claro!

 

 

[13/12 20:34 PM] Número Desconhecido:

Oi taehyung! Queria saber como você está...

 

 

[13/12 20:35 PM] TaeTae: Estou ocupado! Nem sei quem é você então me deixe!

 

 

[13/12 20:35 PM] Número Desconhecido:

Nossa! Só estava preocupado com você...

 

 

[13/12 20:37 PM] TaeTae: Ninguém liga para mim! Afinal quem é você? Min yoongi é você seu filho da puta??

 

 

[13/12 20:37 PM] Número Desconhecido:

Não! Sou eu Hoseok, peguei seu número no hospital... Não sabia que iria ficar incomodado. Me desculpe.

 

 

[13/12 20:38 PM] TaeTae: HOSEOK! Eu que tenho que pedir desculpa... Você só apareceu em uma hora ruim, desculpe.

 

~Você mudou o nome do contato para Hope ❤~

 

O ruivo avia pegado meu número, queria saber suas intenções com isso... Pare taehyung ele pegou seu número apenas para ver como você estava ou apenas por educação! Não tem outra explicação.

 

_Aliás o ruivo estava a demorar muito para responder, oque fez eu entrar em desespera... Ele acha que estou incomodado, merda! Até nisso a vida ajuda..._


Notas Finais


Queríamos agradecer por cada favorito, ficamos MT feliz
Obrigado obrigado

saranghae ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...