História The Boyfriend - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Tzuyu
Tags Jeonghyo, Jeongyeon, Jihyo, Junghyo, Jungyeon, Kpop, K-pop, Twice
Exibições 93
Palavras 1.065
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


eita, lá vem

Capítulo 7 - Boobs


Narrativa pela perspectiva da Jihyo. 

Ter convidado Jeongyeon para passar a noite no meu apartamento foi uma péssima ideia, eu com certeza não estava pensando claramente na hora, mas eu não deixaria ela sair nessa chuva forte, seria perigoso demais e eu me culparia para sempre se ela acabasse se machucando durante essa tempestade caótica, não querendo ser dramática ou exagerar nos termos, mas, a chuva realmente está forte e para colaborar rajadas de ventos também foram adicionadas, eu geralmente não me importo muito com o tempo ou nada relacionado a meteorologia, mas, tempo chuvoso me acalma, principalmente em dias como esses que eu descubro que meu namorado de aluguel é uma garota, eu vou enfatizar esse fato várias vezes pois, eu não consigo acreditar que me deixei ser enganada por ela, acho que a minha inocência acabou se deixando levar quando eu vi Jeongyeon vestida em um terno preto clássico, em meus sonhos quando ainda eu ainda tinha apenas onze anos, sempre sonhei com o príncipe encantado que me acordaria do sono eterno com um beijo de amor verdadeiro, isso é totalmente ilusão agora que eu sei que verdadeiras princesas não precisam de um garoto para acordar de um sono eterno, elas só precisam ser determinadas e ter a vontade de acordar. 

Jeong me observava enquanto girava a chave na porta que aderiu o estilo rústico á pouco tempo, como meu apartamento é um pouco antigo comparado aos novos de agora, o síndico resolveu que o tema do apartamento seria rústico, eu até que gostei do tema, assim que abri a porta do meu apartamento, dei passagem para Jeong entrar primeiro e então fechei a porta logo em seguida, passei minha mão cegamente pela parede tentando encontrar o interruptor da luz, assim que o encontrei a luz da sala se acendeu e Jeong parecia observar tudo calmamente, ela parecia estar analisando os mínimos detalhes, não que houvesse muita coisa para analisar afinal meu apartamento é simples.

'Você é bem organizada' Jeong se pronunciou, ela observava os pratos em ordem de tamanho que havia em cima da mesa, eu não tive tempo para procurar um armário para guardar a pouca louça em que havia em meu apartamento, então elas ficaram em cima da mesa por falta de dinheiro e disposição minha mesmo, estou tão acostumadas com elas em cima da mesa que nem havia percebido que ainda não comprei um armário para guardar as louças. 

'Eu faço o meu melhor' Falei olhando na direção em que Jeong estava, ela parecia estar afrouxando a gravata preta que estava em seu pescoço, ela havia ficado totalmente deslumbrante com essa gravata, subi um pouco meus olhos para observar o rosto dela melhor, seus lábios rosados entre-abertos, seus cabelos loiros arrepiados á deixando com um ar totalmente sexy, balancei minha cabeça rapidamente tentando afastar esses pensamentos idiotas e sem sentidos, eu tinha esse tipo de pensamento toda vez que acabava encarando Jeong inconscientemente. 

'Você está me encarando princesa?' Jeong se virou em minha direção, me fazendo dar um gritinho surpresa por ela ter percebido que eu estava á encarando de um jeito não tão hetéro, ela continha um sorriso malicioso em seus lábios lábios e ambas suas mãos estavam nos bolsos da calça preta que ela estava vestindo, Jeong andou alguns passos em minha direção e eu rapidamente corri para a geladeira, pude ouvir uma gargalhada dela no fundo, provavelmente ela percebeu que eu havia ficado nervosa com a aproximação, não tem como não ficar, depois daquela aproximação repentina no baile, eu tenho que ser muito mais cuidadosa.

'Você não está com fome?' Minha voz falhou, me entregando totalmente, pude ouvir outra risada de Jeongyeon só que agora não tão alta, meus olhos percorriam toda a geladeira, é incrível como não tem nada de interessante para comer, preciso fazer compras urgentemente, a única coisa que tem nessa geladeira são pedaços de pizzas que parecem já ter criado mofo de tanto tempo ali. 

'Parece que você criou um monstro' Pude sentir a respiração leve de Jeongyeon na minha nuca, ela estava se apoiando na porta da geladeira e olhava oque havia dentro dela por cima do meu ombro, assim que ela avistou os pedaços de pizzas mofadas, ela jogou essa frase no ar dando uma risada baixa, aquela posição estava me deixando constrangida, pelo fato dela estar próxima demais e nós nem sequer termos intimidade, tirando o fato dela ser uma garota, fechei a geladeira e ela se afastou de mim se jogando no sofá em que havia ali na sala, Jeong parecia se sentir em casa, ela estava com os pés jogados e agora procurava o controle remoto para ligar a televisão. 

'Toma tá aqui' Peguei o controle que estava em cima da mesa e joguei para ela, assim que ela pegou o controle tratou de ligar a televisão rapidamente, dei um sorriso ao ver ela se sentir tão confortável apenas sentada no meu sofá.

'Eu vou tomar um banho, se você não se importa, estou cansada' Jeong assentiu em concordância, rapidamente tratei de pegar a toalha de banho que estava jogada no sofá. 

'Ah, eu posso tomar assim que você sair?' Jeong chamou minha atenção antes de eu ir rumo ao banheiro, virei para direção dela e respondi com um joinha, eu estava com pressa para um bom e demorado banho. 

 Depois de exatamente uma hora e meia terminei meu banho da beleza, quando dizem que um banho pode regenerar as forças de uma pessoa e lavar a alma, eu posso comprovar que isso é verdade depois desse banho, eu saí com a toalha enrolada em meu corpo e uma toalha enrolado no meu cabelo, andei até o meu quarto e abri a porta do mesmo, tirei a toalha do meu corpo calmamente e procurando o interruptor da luz em seguida, o encontro depois de alguns segundos, me viro para ir de direção no espelho em que havia em meu quarto, meu corpo congela totalmente ao ver quem estava parada ali com os olhos totalmente vidrados e não faziam um movimento sequer, Jeongyeon me secava dos pés até a cabeça, nem sequer olhava para os meus olhos, ela apenas secava os meus peitos, cobri eles com minhas mãos inútilmente não cobrindo nada, já que eles tem um tamanho razoável, puxei a toalha á enrolando novamente no meu corpo. 

Meu sangue ferveu, eu estava prestes a explodir de raiva com Jeongyeon.

 Continua.


Notas Finais


OPA, que ces acham que a dona Jihyo vai fazer? 🌚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...