História Daddy's boyfriend - Jikook (ABO) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Yoonseok
Exibições 1.203
Palavras 754
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Droga


Fanfic / Fanfiction Daddy's boyfriend - Jikook (ABO) - Capítulo 12 - Droga

Permanecem conversando por um tempo até o sono e cansaço tomarem conta de seus corpos. "Sem dúvida a melhor noite, até agora", Taehyung pensa. 

No outro quarto, Hoseok e Yoongi conversam animadamente.

-O que eu falei, hein? - Hoseok olha-o convencido. 

-Tá, tá, julguei mal. - Ri nasalado. - Taehyung tem mesmo seus encantos. Conseguir fazer o Jimin ceder quando está assim não é tarefa fácil. 

-Mas o que houve? Estava tão estressado.

-Problemas em casa. 

-Problemas? - Franze o cenho. - Em todo o tempo que o conheço, nunca o escutei mencionar problemas em casa. Sua relação com Namjoon sempre foi tão boa. 

-Ah, apenas esqueça, não é importante. - Puxa-o para um beijo. 

-Isso é a bebida agindo? - Ri.

-Não. - Dá um pequeno sorriso e junta seus lábios, novamente. 

Hoseok dá continuidade e intensifica o beijo, sentando no colo do outro. Yoongi passa os braços ao redor de sua cintura, apertando. Ao contrário do que se espera, o clima não se esquenta mais. Cessam o beijo e abraçam-se.

-Sua omma está melhor? 

-Bem pouco, mas já está bom. Tenho medo, sabe? Ela é minha única família. - Olha para baixo, deprimido.

-Tenho certeza que tudo terminará bem, mas, caso algo aconteça, você tem a mim e ao Jimin. Pode contar conosco sempre, jamais te deixaríamos desamparado. - Sorri. Hoseok retribui e deita sua cabeça na curvatura do pescoço de Min.

-Obrigado! Poderia demonstrar esse seu lado fofo mais vezes.

-Não crie muitas esperanças. - Ambos riem. - Vai dormir aqui ou voltar pro hospital?

-Vou ficar, hoje. 

-Deixa eu arrumar aqui pra gente. - Levanta-se e arruma a cama que, por sinal, é de casal. Yoongi detesta lugares pequenos.

Deitam-se e Jung aconchega-se no peito alheio. Logo adormecem. 

Na manhã seguinte, Min acorda mas Hoseok já não se encontra mais. Deduz ter voltado para sua omma. Do outro lado, Taehyung acorda imensamente feliz. Percebe que o pequeno alfa continua dormindo e observa-o. 

-Como alguém pode ser tão maravilhoso?! - Morde o lábio inferior. - Ah, Park Jimin, se soubesse tudo que quero fazer com você...

-E o que quer fazer? - Fala com os olhos ainda fechados e um sorriso sacana.

-O que? - Cora violentamente. - Estava acordado? 

-Sim. - Ri, agora com os olhos abertos. - Mas diz, o que tanto quer fazer com o maravilhoso aqui? - Sorri malicioso.

-Vai descobrir com o tempo. - Sela seus lábios rapidamente e Jimin afasta-o.

-Não ache que pode sair me beijando quando quiser por causa de ontem.

-Já vai começar com o mal humor. - Bufa.

-Não. Só estou te alertando pra não ficar pensando que tem intimidade.

-Posso não ter agora, mas pode ter certeza que terei. - Pisca.

-A esperança é a última que morre, né. - Ri. 

-Vou indo, não trouxe nada. - Levanta-se.

-Tá, até mais.

-Sem chance. Despeça-se direito.

Park levanta-se e vai até Kim, puxando-o pela cintura e lhe dando um beijo com vontade e muita pegada, deixando o beta sem fôlego. 

-Uau. - Suspira. - Isso sim é uma verdadeira despedida. - Jimin ri. - Volto mais tarde, meu bem. - Sorri e sai, passando pela sala e cumprimentando Yoongi, que assiste TV.

Park realiza suas higienes matinais e segue para a cozinha.

-Bom dia, senhor alfa.

-Bom dia, açúcar. 

-Dormiu? - Ri.

-Muito bem, na verdade. E você, querido? - Sorri debochado.

-Também. O TaeTae manda bem? - Lança-o um olhar malicioso.

-Sei lá, não rolou nada. - Senta-se ao seu lado.

-Tem certeza? Oh, TaeTae! - Imita o outro. 

-Haha. - Revira os olhos e Yoongi acaba-se em risadas. - Ele só quis me dar uma ajudinha. - O outro ri ainda mais. - Tá, chega, né.

-Desculpe. - Cessa as risadas.

Nesse instante, o pequeno recebe uma mensagem. 

Appa:
Preciso de você, de novo. Esteja aqui antes do meio dia. 

-Ah, fala sério! - Exclama, jogando o aparelho no sofá.

-O que foi? 

-Appa quer que eu vá, de novo.

-Boa sorte, amiguinho. - Ri.

Jimin levanta-se e vai até a geladeira, pegando uma fatia do que sobrou da pizza. Termina de comer, despede-se do outro e volta para casa. 

-Por que não pediu para a empregada? 

-Ela não vai poder vir hoje, e isso lá é coisa que se peça pra ela?! 

-Qual o problema? 

-Prometo que será a última vez.

-Certo. - Revira os olhos.

-Obrigado, Jiminnie. - Aperta suas bochechas e sai.

Em questão de segundos, suas narinas são invadidas pelo aroma entorpecente de Jeongguk. 

-Droga.


Notas Finais


Bjos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...