História The brightness of the stars - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias The 100
Personagens Anya, Bellamy Blake, Clarke Griffin, Costia, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Lexa
Tags Clexa
Exibições 51
Palavras 2.165
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Orange, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que continuem gostando de Clarke.

Capítulo 3 - First


Fanfic / Fanfiction The brightness of the stars - Capítulo 3 - First

POV LEXA

Eu estava na garagem com Anya e vi uma bicicleta em ótimo estado.

-A escola é muito longe? Perguntei

-Não é só até o final dessa avenida e você pega para a direita uns 10 min de carro. Anya me explica

-Eu posso ir de bicicleta?Pergunto olhando para sua bicicleta.

-Claro, se você que! Anya aceitou meio cabisbaixa e entra no carro.

-Te encontro lá então. Ela da ré e me avisa abrindo seu vidro.

Saio com a bicicleta e ela fecha a garagem. Eu estava bem tranquila estava observando o local, tinha um parque perto de casa, então passa duas meninas em uma Haley linda, a carona olha para trás e nossos olhares se cruzam. Veio-me a estrela, que brilha mais que as outras, aqueles olhos azuis me olhando.

Cheguei à escola, guardei a bicicleta de Anya, havia um grupinho perto de umas Land Rover.E começaram a caçoar de mim.

-Papai não tem dinheiro nem para te dar um carro. Fala um moreno de cabelos longos, olhos verdes esta encostado em um dos carros.

Uma morena e uma loira que parecia mais velha que para estar no ensino médio estavam ao seu lado e vestiam roupas de Barbie. A mais nova me deu uma piscada e mordeu o lábio inferior a mais velha percebeu e deu um pisado do pé.

Eu não ia deixar barato e fui com um punho fechado para cima dele, e alguém me segurou.

-Não faz isso, ele é sempre foi um babaca. Uma morena com olhos verdes, segura minha mão.

-Prazer meu nome é Octavia. Ela larva e estende a mão.

-Lexa Woods! Aperto sua mão.

Ao lado dela tinha uma loira de costas, Octavia a cutuca ela se vira e eu vejo aqueles olhos azuis novamente.

-Oi meu nome é Clarke! A loira fala seu nome eu não sei o que me deu mais apertei sua mão e dei um beijo no rosto, e acabei sentindo seu cheiro. Ela ficou um pouco vermelha acho que a constrangi.

Ela segurou a mão de Octavia e saiu correndo, é acho que ficou constrangida.

-Até mais Lexa!Octavia acena a ser puxada por Clarke, e as duas somem entre os corredores.

POV Clarke

Ao entrar no banheiro com Octavia, soltei todo ar e me encostei-me à parede.

-O que foi isso Clarke! Octavia me olha sem entender nada.

-Eu senti meu cardíaco disparar, minha pulsação esta irregular, minhas células e a julgar meu corpo esta reagindo de forma anormal. Isso se da quando você se atrai ou que fugir de algo. “Caça ou preza” entende.

-É você esta completamente atraída pela aquela garota, ela parece ser legal. Octavia me da um soco no braço.

-Acho que você tem queda por olhos verdes, com exceção o Finn! Octavia fazia questão de falar de Finn, como se dissesse eu te avisei.

 Saímos do banheiro e fomos aos nossos armários,quando fechei a porta do meu Octavia estava com Lincoln, e ao olhar para o lado estava Kia encostada. Tentei a ignorá-la e virei de costas ela me virou e me olhou, fiz cara de desinteresse e ela falou bem alto e bom tom para todos escutarem.

-Como foi perder a virgindade com o Collins e depois se trocada pela ex, acho que para ele não foi tão bom. Ela começa a gemer -Finn, mais Finn,estou quase lá.

Acho que sou boa em correr mais dessa vez eu fui surpreendida. Alguém a pressiona no armário. E o diretor Kane aparece

- Está tudo bem aqui meninas ou estão precisando ir fazer uma visita a direção já de manha cedo!Kane bota a mão no ombro da morena dos olhos verdes, que se chama Lexa!

E a professora Anya aparece e puxa a Lexa pelo braço a levando para sua sala. Fiquei olhando a cena era estranho a professora não tinha essa atitude com nenhum aluno.

O diretor Kane me olhou com uma cara e colou dois dedos perto  dos seus olhos mostrando para Kia. Bate o sinal e ele grita:

-Todos para a sala de aula, NOW! Kane sabe intimida os alunos.

Entramos na sala de aula Lexa estava na última carteira no corredor da parede com as mãos cruzadas e com seus olhos verdes assustadores. A professora Anya escrevia algo no quadro.

-Bom dia turma! Anya se vira cumprimentando os alunos.

No quadro estava escrito viagem para estudo de solos. A professora se sentou esperando o pessoal sentar. Sentada ela se ajeita na carteira e cruza os dedos e começa a argumentar.

-Bom primeiramente, aquela mocinha ali é minha sobrinha e a nova colega de vocês. Anya aponta para Lexa e todos a olha.

-Segundos daqui duas semanas têm uma viagem que vai render o todo final de semana de vocês, na floresta de Green City.

-Terceiro o trabalho é dupla e eu vou sortear vocês. Apresentações já foram feitas então vamos a aula.

-Por último, os três ali estão dispensados da viagem. Anya aponta para os irmãos Ice.

Kia faz questão de se glorificar, Roan e Ontari não gostaram da notícia.

-Às vezes parece que mamãe esta casada com seu pai, não com o nosso. Roan resmunga.

A aula estava boa, a professora sabia agradar em sua aula, eu estava sentada na frente uma fileira do lado de Octavia e Lexa na última da mesma. Eu não conseguia evitar as olhadas para trás, aquela morena não mostrava nenhum interesse na aula de sua tia. Mais quando as perguntas eram feitas ela era rápida e sabia.

Teve um momento que eu e Octavia trocamos conversas por papel enquanto a professora estava virada para o quadro e do nada fui atingida por uma bola de papel.

-Ai!Botei a mão na minha cabeça e olhei para trás Lexa estava caindo na gargalhada e inclinado sua cadeira e os murmurinhos de risadas tomou a sala.

-Woods mais uma dessa e a senhorita vai para detenção. Prof.Anya vira e olha para Lexa que se ajeita na carteira.

-Clarke esta tudo bem. Prof.Anya vem até a minha carteira e pega a bola de papel.

Eu fiquei intrigada como ela sabia que estávamos falando dela e porque ela me atingiu com uma bola de papel. Isso me irritou um pouco.

Toca o sinal e o pessoal parece uns loucos para a aula de educação física, Lexa estava na sala junto comigo e Octavia, até a professora Anya tinha saído para tomar um café.

-Lexa vai jogar vôlei com a gente. Octavia puxa conversa e dou um chute em sua canela.

-Porra doeu!Octavia olha sé rio e põem a mão na canela.

-Vou sim Anya quer que eu participe do time da escola. Lexa passa por mim e da uma piscada.

-Sabes que eu gostei dela! Octavia sai atrás dela e me deixa na sala.

***************************************************************************

Eu estava já na quadra o nosso time estava formado. Octavia e estávamos alongando no chão quando alguém para na frente de minha cabeça e fala comigo.

-Seu time ainda tem vaga? Lexa Woods e suas pernas lindas e seu corpo sarado, essa guria é muito gata.

-Não já está formado. A respondo e Ontari aparece.

-O meu não Woods, minha irmã foi ensaiar com as meninas de torcida. Ontari a chama para o seu lado.

O jogo ia muito bem Lexa Woods é competitiva e joga muito, meu time estava perdendo por um ponto e esse decidia a partida. Ontari levantou uma bola perfeita para a oposta que era Lexa e a maldita bola veio em minha direção bem no meu rosto. E tudo ficou escuro, só escutei Octavia falar meu nome.

 

POV LEXA

Eu não queria ter cortado no rosto de Clarke, mais ela estava na paralela e sem bloqueio, eu só queria mostrar para o professor que eu podia ser boa para entrar no time.

Ontari e algumas meninas caíram na gargalhada eu não esse tipo de reação, Octavia acudia a

Amiga o professor Jaha a leva para a enfermaria e olha para mim.

-Você na minha sala antes do almoço. Jaha parou com Clarke estava em seu colo desmaiada.

Vou para o vestuário as meninas estavam soando Clarke.

-CHEGA! Gritei e dei um tapa no armário de lata que acabou assustando todas as meninas que estavam lá.

-Caramba Woods,nos estavam só rindo! Niylah entra enrolada na toalha em um dos chuveiros

- Zoando a Griffin,isso sim.Eu fala meio alterada

-E o mal feito já ocorrei Woods! Octavia aparece.

- Como ela está? Pergunto

-Longe de você esta, bem acordou e não precisa ir para o hospital, imagina a cara da dona Griffin. Octavia soa sarcasmo.

Eu me dirijo a sala do professor Jaha e técnico do time de vôlei.

Ele esta com sua porta aberta.

-Sente-se. Ele fala apontando a cadeira.

- Me desculpa professor não foi minha intenção machucar a Clarke. Abaixo a cabeça, estou sendo sincera eu estou mal por isso.

-Esta tudo bem com ela não se preocupa, o negocio aqui é outro. Jaha se ajeita na sua cadeira eu engulo seco.

- Vou ser direto, queres jogar no time principal, gostei do seu jogo. Jaha faz cara de apreensivo esperando minha resposta.

Levanto a minha cabeça e olho surpresa. Pensei que ia para detenção e ganho um convite para jogar.

-É claro. Quando eu começo! Acho que me demonstrei um pouco mais do que empolgada.

 -Semana que vem a acho melhor ir pedir desculpas para sua capitã. Jaha olhou para mim com um sorriso de lado.

Sai correndo da escola e fui a uma floricultura comprei flores. Clarke estava no refeitório muita gente olhava para ela e murmuravam.

Ela estava sentada de costas para mim e Octavia e um rapaz moreno ao seu lado.Sento do lado de Clarke e estendo o buque de flores.

-Desculpa não foi minha intenção machucá-la. Olho em seus olhos, ela levantou pegou o buque.

-Você já me machucou Woods. Ela começa a chorar e saiu. Olhei para Octavia que segurou minha mão e fez sinal para eu continuar sentada.

-Eu só fiz aquilo pelo meu time, não foi para machucá-la.Falei para Octavia.

-Para ela você fez aquilo para ganhar um lugar no time, ela demorou a conquistar Jaha,para colocar no time e ainda muito mais para ser capitã. Ai você vem da uma cortada em seu rosto e consegue uma vaga no time. Octavia me advertiu.

-Você a estremeceu, ela sempre assumiu que gosta de garotas e garotos, Lexa. Mais só ficou com um rapaz que a deixou. Ela esta triste e sozinha eu sou sua companhia, mais sua mãe não me aprova, eu tenho meu serviço e namorado então não estamos sempre grudadas ultimamente. Não entendi por que Octavia estava falando aquilo tudo de sua amiga.

-O que quer que eu faça? Perguntei a ela

-Nada a deixa e não fica perto de bolas co Clarke perto. Octavia fala e começa a rir.

Depois do almoço fui para aula de biologia. Procurei sentar no fundo da sala,me sinto confortável e posso ver todos da sala.Um dos pontos positivos do Orfanto é que eu e Costia gostávamos de ler sobre esoterismo,coisas holística e medicina oriental.

Aprendi uma técnica de aprendizado e dava muito certo. Principalmente por que tenho memória fotográfica.

Então entra Clarke com o buque e Octavia rindo de sua amiga. Niylah senta do seu lado e do nada Clarke a beija na boca.

Aquilo me doeu como ter deixado Costia naquele local. Meu coração voltou a ficar em pedaços, Niylah e Clarke só pararam com a entrada do Professor que lembrava um pouco Octavia.

-Boa tarde turma, oi maninha. Ele da um beijo na testa de Octavia que se glorifica para turma.

-Meu nome é Bellamy Blake, para a mocinha nova. O professor Blake tinha um sorriso bonito.

-Então minha colega Anya  já falou como será o passeio daqui a duas semanas e tenho uma surpresa. Blake abre os braços na frente do quadro.

- Vocês vão fazer um trabalho de biologia, lá também por isso o final de semana todo, as duplas vão continuar as mesmas, e tal um dia comigo e o outro com Anya, legal não! Blake parecia animado.

A sua aula passou rápido, estava louca para ir embora e não olhar tão cedo para aqueles olhos azuis e muito menos para aquele cabelo loiro.

Peguei minha bicicleta, que dizer a bicicleta de Anya. E os irmãos Ice aparecem na minha frente.

-Querem-me deixar passar, por favor! Exclamei

-Por que Clarke quebrou seu coração. Ontari me olhou e mordeu seu lábio inferior.

-Eu tenho mais o que fazer, em casa e não gosto de vocês! Fui ríspida.

-Passar bem! Subi em minha bicicleta e sai.

Queria sai e ir para um lugar longe da cidade, Anya tinha comentado que tinha uma pequena floresta com um lugar bonito para ver as estrelas, Titus comentou que eu ia para o deserto para ver as estrelas. Eu curto coisas do espaço e tal, só quero esquecer aqueles olhos azuis e se eu visse as estrelas elas iriam me fazer lembrar.


Notas Finais


Acho que tem mais vindo por ai!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...