História The Broken Doll - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Agressão, Chantagem, Drama, Drogas, Mortes, Sexo, Tragedia
Exibições 16
Palavras 786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Harem, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Um novo amigo


- Mila, eu soube que sua mãe anda doente. Verdade? - Pergunta minha amiga, Ju. Estávamos voltando da faculdade, havia chovido o dia inteiro. Á noite, as ruas estavam molhadas e as pistas agitadas com os carros e pessoas andando para todos os lados.

- Sim, ela estava doente. Mas já está melhor. A pressão estava alta, o médico pediu repouso. Então estou ajudando nas tarefas de casa.

- Graças a Deus, que ela está bem. Tenho medo que algo ruim aconteça com ela, afinal só tem vocês duas naquela casa.

- Pois é...

- Seu pai...você não teve mais notícias dele?

- Meu pai me abandonou, é lógico que ele não vai me dá notícias. Já faz anos que não o vejo, nem sei se ainda está vivo. Mas isso não importa, pelo menos minha mãe está comigo e tenho que cuidar dela.

- Entendo... - Ficamos em silêncio, ouvindo os barulhos dos carros. Todo mundo estavam apressados, cansados e loucos para chegarem em suas casas e se deitarem em suas camas quentes...incluindo eu.

- Bom, cheguei. Até depois! - Digo abrindo o portão do prédio onde morava.

- Até!

Os vizinhos eram silenciosos, tirando o fato das crianças brincando nos corredores do condomínio. Eu sempre fui calada, sou difícil de fazer amizades com outras pessoas pessoalmente. Então, sempre tenho amigos virtuais. Sempre que chego da faculdade, tomo um banho e vou para o notebook conversar nas redes sociais.

- Mãe, cheguei.

- Eu fiz uma sopa pra tomar nesse frio. - Minha mãe é menor do que eu, porém seu coração é enorme. Sempre simpática e amiga de todos no prédio. Ela é a pessoa mais otimista que conheço.

- Ótimo, eu vou tomar um banho. - Meu quarto é organizado, não sou do tipo que gosta de bagunças. Tudo sempre fica em seus devidos lugares, e se alguém bagunçar, fico brava. Odeio quem mexe nas minhas coisas sem minha permissão. Ligo o chuveiro, a água quente percorria todo meu corpo, que um tempo atrás estava frio. Seco meu cabelo negro e meu corpo. Apesar das pessoas falarem que sou bonita, não concordo. Meu corpo não é algo que me satisfaz, por isso morro de vergonha de mostrar meu corpo para outro homem. Sou magra, não tenho uma bunda e peitos grandes. Não sou gostosa como outras garotas de 20 anos, não sou atraente. E não gosto de chamar tanta atenção, sou muito tímida pra reagir a elogios e cantadas. Sou simples, está sou eu. 

- MILA!! VENHA JANTAR! - Grita minha mãe da sala. Jantamos juntas, lavo a louça e deixo ela assistir seus programas na sala. Me fecho no meu quarto e vou para o notebook. Vejo que tenho um pedido de amizade no Facebook...Charles Herz. Resolvo aceitar e ver quem é.

Chat On

- Olá, quem é você?

- Não sabe ler? Charles é meu nome.

- Calma aí, só queria saber por que me add.

- Achei você bonita, você comentou uma página que curto. Resolvi pedir amizade.

- Entendi. Quantos anos você tem?

- 25 e você?

- 20 '-'

- Parece ser mais nova, mas pelo menos não é de menor ^^

- Obg! De onde você é?

- Isso não importa...

- Vai dá um de misterioso agora?

- Sempre fui...e sei que você só quer um amigo para conversar. Acertei?

- ...é.

- Você me parece ser solitária, sinto muito por isso.

- Como sabe dessas coisas?

- A maioria das garotas que vem falar comigo são assim, mas no final acabo ajudando todas com alguns de seus problemas. Se quiser, posso ajudar você também. Se quer desabafar ou coisa do tipo, pode vim falar comigo.

- Era tudo que eu precisava ler.

Chat Off

Charles é um cara misterioso, sincero e gentil ao mesmo tempo. Sinto como se ele olhasse dentro de mim, mesmo sem nunca ter nos visto antes. A conversa que tive com ele, nunca tive com outro. E me fez querer mais e mais. Não queria parar de falar com ele. Ele me entendia...não sei como, mas entendia. 

Eu acordei cedo, na tentativa de ver ele online e ele estava lá. Durante as aulas na faculdade, não parava de pensar nos assuntos que poderia falar com ele. Nunca me senti tão bem, Charles me passava uma segurança enorme. Nunca fui de contar meus problemas para os outros, mas me senti mais a vontade com ele. Foi assim o final de semana inteiro. Conversa vem, conversa vai.

Até que depois de alguns dias, ele me mandou uma mensagem que me deixou em choque e eu não sabia como reagir.

Chat On

- Manda uma foto do seu corpo apenas de calcinha e sutiã.


Notas Finais


Calma aí, que vai ter mais kk ^^
Espero que tenham gostado desse 1º cap.
Até o próximo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...