História The Brother - Jikook - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope
Exibições 993
Palavras 854
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


GENTE DO CÉU, SOCORRO ASHIHGSSG
Fui ver aqui e dps do cap 33 eu errei a contagem de todos os outros
DESCULPEM, SOU MUITO LERDA
Já arrumei e não vai se repetir, perdão ASHUHFS

Agora vamos à mais um lemonzito

Capítulo 39 - Chapter Thirty-Nine


Fanfic / Fanfiction The Brother - Jikook - Capítulo 39 - Chapter Thirty-Nine

Jungkook permanece parado por alguns instantes, como se processasse a nova informação.

-Oi?! 

-É isso mesmo que ouviu. Estou apaixonado por você, Jeon Jungkook. - Sai de seu peito e encara-o. - Me conquistou antes mesmo de tudo isso acontecer. - Sorri. De repente, sente os braços do maior envolve-lo fortemente.

-Também estou apaixonado por você, Park Jimin. - Abre um largo sorriso. 

-O que acontece agora? - Ri, separando-se do abraço.

-Ah... - Pensa um pouco. - Continuamos como estamos, por enquanto. Okay?

-Okay. - Sorri.

-Quer se vestir para fazermos algo?

-Não consigo ficar sem um banho depois disso. - Levanta-se e segue para o banheiro. - Você vem? 

-Mas é claro. - Sorri, um tanto quanto malicioso.

Entram e ligam o chuveiro. Jungkook aproxima-se do outro e beija-o.

-Não me deixou brincar direito com você hoje. 

-Não está satisfeito?

-Não. Quero mais. 

Pega o menor no colo, iniciando mais um beijo. Jimin explora seu corpo com ambas as mãos, apertando e arranhando algumas partes, fazendo-o arfar. Jeon para o beijo e tira-o de seu colo, colocando-o um pouco inclinado. Ambos já estão totalmente molhados. A água proporciona uma imagem ainda mais pornográfica de Park, deixando o membro do maior rígido e latejante, rapidamente. 

-Adorei ser usado por você, baby, mas ainda prefiro mandar. - Dá um tapa forte em sua bunda, deixando uma marca bem evidente de sua mão. - Gosta disso? - Passa a mão no local marcado.

-G-Gosto, daddy. - Lança-o um olhar sexy. Jungkook bate no lado ainda intacto, apertando logo em seguida, ouvindo gemidos em resposta.

-Você me marcou, também te marcarei. - Agacha-se e passa a morder e deixar chupões em toda a parte inferior do corpo de Jimin. 

-Mas, daddy, não pode deixar tantas marcas. - Arregala os olhos.

-Posso fazer o que eu quiser. - Sorri malvado. Deixa mais um tapa estalado em sua bunda. 

Coloca-o de pé e retoma a ação anterior, agora em seu pescoço, descendo para o abdômen, arrancando inúmeros gemidos de Park. Quando chega na virilha, para e encara-o.

-Você quer? 

-Muito. - Morde o lábio inferior.

Jeon passa a língua lentamente dos testículos até a glande, parando na mesma e chupando-a. Jimin solta um gemido alto e arrastado. Continua chupando-a mais um pouco e para, contornando-a vezes seguidas. Abocanha toda a extensão de seu membro rapidamente, uma única vez, fazendo o pequeno choramingar. 

-Quero fazer diferente hoje. - Desliga o chuveiro, pegando-o no colo novamente e voltando para o quarto, sem importar-se em se secarem. 

Solta o menor no chão e deita-se na cama, pegando seu celular.

-Dance pra mim. - Coloca a música Slow Motion do Trey Songz.

Jimin tenta engolir a timidez e começa a movimentar-se no ritmo. O maior observa cada movimento com muita atenção. Com o tempo, por algum motivo, Park começa a excitar-se ainda mais, arriscando movimentos mais ousados e dando visões privilegiadas para o outro. Jeon sente seu membro pulsar absurdamente, rendendo-se e dando atenção para o mesmo. Masturba-se enquanto observa o menor dançar, tornando-se mais sensual a cada momento. 

-Meu Deus, baby, como é sexy! - Morde forte seus próprios lábios.

Jimin ajoelha-se e começa a rebolar, alisando seu próprio corpo com suas mãos e liberando alguns gemidos. 

-Quando é que o daddy vai brincar comigo? - Diz manhoso.

Jungkook para o que está fazendo e encara-o.

-Quando achar que deve.

O pequeno, então, dedica-se mais a sua dança, fazendo o outro revirar os olhos de tesão. 

-Gosta do que vê, daddy? - Apenas concorda com a cabeça. - Sei que quer me tocar, me fazer gritar. - Fica de quatro, sentindo sua entrada pulsar por falta do outro. - Vem, por favor, preciso de você. 

Jungkook levanta-se e caminha até ele. Leva seu indicador até a entrada alheia, rodeando-a.

-Deveras tentador, mas não. - Retira seu dedo. O pequeno olha-o confuso. 

-Como assim, não? - Desmancha a posição e levanta-se. - Está tão necessitado quanto eu.

-É, estou. - Ri. - Mas meu objetivo era te punir e, de fato, nunca realmente fiz isso. Hoje você acelerou meu coração demais, e não gosto disso. Eis sua punição. Não vou te ajudar e nem você vai, porque não permitirei. 

-Tudo que fiz foi em vão, então? - Olha-o frustrado.

-Olhe bem. - Aponta para seu baixo ventre.

Park havia gozado, mas sua excitação o impediu de perceber.

-Como isso aconteceu? - Olha para seu próprio membro, tentando compreender o ocorrido.

-Pergunte-se a si mesmo. - Ri baixo e sai, direcionando-se ao banheiro. Para no meio do caminho e grita. - Agora está livre pra tomar seu banho.

Jimin vai para o banheiro, completamente confuso. Fazem o que tem que fazer e vão assistir um filme qualquer.

-Jungkook. - Chama sua atenção.

-Sim? - Vira-se para o outro.

-Estamos apaixonados. Deveríamos namorar, certo?

-É, eu acho que sim. Mas não estou pronto pra isso, no momento. Ainda tenho medo de me machucar. Você entende?

-Claro. - Puxa-o para um abraço. - Mas saiba que eu jamais te machucaria. 

-Obrigado, Jiminnie. - Sorri, aconchegando-se ao outro. 

"Sinto muito por ter que mentir pra você."


Notas Finais


Mais alguém colocou a música e imaginou ele dançando?
Bjos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...