História The Brother - Jikook - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope
Exibições 905
Palavras 1.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


TEM COISINHA AQUI E NAS NOTAS FINAIS

1º Me desculpem pela demora :c Meus planos eram ter postado há uns 3 dias atrás, mas a vida não colaborou
2º Tenho certeza que a maioria estava desistindo de Namjin ashuhda mas finalmente nossos pombinhos criaram vergonha
3º No último cap pude perceber que há várias pessoas que leem mas não comentam. Só queria reforçar que é a partir do comentário de vocês que eu sei se estão gostando, além de me motivar muito. Então, leitoras fantasmas,vamos socializar sz

Enfim, boa leitura sz

Capítulo 41 - Chapter Forty-One


Fanfic / Fanfiction The Brother - Jikook - Capítulo 41 - Chapter Forty-One

Jungkook veste-se e cobre Jimin. Rapidamente Hoseok chega. Ambos direcionam-se ao quarto.

-Já olhou se está respirando? - Jungkook apenas concorda com a cabeça. Confere mais algumas coisas antes de dar sua palavra final. - Ele está desmaiado. Já presenciei muito isso com meus primos.

-E o que fazemos? 

-Temos que levantar as pernas dele. - Jungkook confere se está bem coberto para que nada seja mostrado, afinal ainda está nu. 

-E no que isso ajuda? 

-Assim o coração bombeia mais sangue para o cérebro, fazendo-o acordar mais rápido. - Levantam-nas e esperam. Em alguns minutos, Jimin acorda.

-Jiminnie! - Corre até seu rosto e observa-o atentamente, ainda demonstrando preocupação.

-O que houve?

-Você desmaiou. - Hoseok aproxima-se.

-Como isso aconteceu?

-Nós que te perguntamos. - Ri baixo.

-Me deu um susto! - Jeon abraça-o. - Fiquei preocupado demais!

-Calma, estou bem. - Sorri.

-Não acha melhor ir no hospital? Esteve fraco ontem e agora isso. Pode ser alguma coisa, deveria olhar. - Hoseok pergunta, sentando-se ao seu lado na cama.

-Na situação que estou, melhor não ir. - Ri.

-Que situação? - Olha-o confuso.

-É... n-nada, Hobi. - Jungkook gagueja e sorri nervosamente. - Obrigado por me ajudar! Se voltar a acontecer qualquer coisa, trataremos de olhar.

-Não precisa agradecer. - Sorri. - Enfim, preciso ir. 

-Não quer almoçar conosco? 

-Outro dia, Kookie. Preciso ir pro Tae. 

-Tudo bem, então.

-Me dêem notícias, hein! - Abraça ambos e sai.

-Chim, estive pensando. - Deita ao seu lado.

-Em que?

-Acho melhor pararmos com isso de baby e daddy. 

-Por que?

-Estou te machucando, não estou? - Olha-o desapontado.

-Não, Kookie. - Senta-se e abraça-o de lado.

-Então o que está havendo?

-Não sei, mas tenha certeza que não é o culpado.

-De qualquer forma, melhor pararmos. Quero te mostrar que também sou bom pra outras coisas. 

-Já mostra mesmo sem perceber. - Sorri. - Mas se quer parar, por mim tudo bem.

-Certo. - Sorri e junta seus lábios, rapidamente. - Como se sente?

-Estranho. Foi como morrer e voltar.

-Não consigo imaginar como deve ser. - Analisa-o. - Mas agora sei que precisa de um banho. - Pega-o no colo e dirigem-se para o banheiro. 

Jeon tira suas roupas e entra no chuveiro com o outro. 

-Vou te ensaboar. Se doer me avise, okay? - Jimin apenas concorda.

Pela primeira vez, não sente malícia ao tocar o corpo do pequeno, mas sim carinho. 

Do outro lado, Jin chora descontroladamente. 

-Jin? - Namjoon aproxima-se. - Aconteceu algo? - Toca seu ombro. 

-Não aguento vê-lo sofrer assim! -Abraça-o.

-Jimin? 

-Sim. - Sentam-se.

-Me conta.  

-Sabe que o considero como um filho, e acho que é por isso que temos uma ligação tão forte. Essa madrugada, Jimin sofreu muito. Sentiu seus poderes se esvaindo, a dor foi enorme e eu também senti. Chegou a desmaiar. E ele chorou tanto, Nam. Parecia estar morrendo. Foi terrível! - Volta a chorar.

-Você sentiu a dor dele?

-Sim. Foi como se eu estivesse lá. - Namjoon apenas abraça-o forte.

-Já passou, não fique assim. Ele está melhor, não é? - Jin balança a cabeça em sinal positivo. - Então, não há mais motivos pra isso. Sei que deve ter sido um dos piores momentos da sua vida, se não o pior, mas, infelizmente, foi algo que iria acontecer, querendo ou não. Jimin tomou sua decisão e está arcando com as consequências, assim como deve ser. Sinto muito por você ter passado por isso, mas, por favor, fique bem. Te ver assim me entristece. - Seokjin separa-se do outro e encara-o.

-Por que te entristece? 

-Amigos não gostam de ver amigos tristes. 

-Ah, verdade. - Ri baixo. 

-Mas enfim, vim te dar uma boa notícia. 

-O que?

-Meu irmão acordou. - Abre um largo sorriso, assim como o outro.

-Eu sabia! - Abraça-o, novamente. - Meu Deus, isso é maravilhoso!

-Sim, estou muito feliz! - Separa-se um pouco, deixando seus rostos próximos demais. - Ah, J-Jin... - Voltam a se afastar. - Preciso te contar mais uma coisa.

-Diga. 

-Eu poderia ter morrido e quase cometi a besteira de ir sem me declarar. - Jin engole em seco. - Não sei se é o melhor momento, provavelmente não, mas vou falar enquanto tenho coragem. - Suspira pesado. - Kim Seokjin, nos conhecemos desde sempre. Por muitos anos te amei, pensando ser algo fraternal. Éramos crianças, não sabia bem o significado de sentimentos. Com o tempo percebi estar completamente enganado. Eu te amo e sempre te amei, mas não dessa forma. Você é incrível, alguém totalmente necessário na minha vida. Lindo, protetor, carinhoso, sábio. Te admirei e continuo te admirando muito por esses e vários outros motivos. Nunca tive coragem pra dizer, não sei ao certo o porquê. Medo, talvez. Não imagino o que deve estar passando pela sua cabeça nesse exato momento, só espero não ser algo ruim. - Ri nasalado. - Desculpe-me por demorar tanto pra contar, sei que tinha o direito de saber. 

-E-Eu... - Permanece estático. - Namjoon, eu não sei o que dizer.

-Não diga nada, apenas não me odeie. Eu não suportaria.

-Não há motivo algum pra ódio, e sim para felicidade. - Sorri. - Faço de suas palavras as minhas. Eu te amo, Kim Namjoon, talvez há mais tempo que você. Sempre foi meu porto seguro e o homem em quem me inspirei. Me desculpe pela reação ruim, só não esperava isso. 

-O que? - Kim arregala os olhos. - Você me ama? 

-Sim. - Sorri.

-Kim Seokjin, não brinque comigo!

-Não estou brincando. Nunca falei tão sério.

-Então... poderíamos estar juntos há todo esse tempo? - Jin concorda com a cabeça.

-Jin, nós somos muito otários! - Ambos riem. 

-Sem dúvidas. 

-Não quero mais perder tempo. 

-Muito menos eu.

Ligeiramente selam os lábios em um beijo desesperado de ambas as partes. Contentam-se apenas ao beijo, pois encontram-se em público. Após um longo prazo, separam-se por falta de ar.

-Esperei tanto por isso. - Falam em uníssono e riem. 

-Quer namorar comigo? Por favor, responda sim. Não quero mais passar um dia sem te chamar de meu. - Namjoon encara-o ansioso.

-É claro que eu quero. - Sorri e beijam-se novamente. Nunca estiveram tão contentes.

Enquanto isso, Jungkook e Jimin também vivenciam seu momento romântico. 

-Faz cócegas! - Jimin diz com dificuldade em meio à risadas, enquanto o maior seca seus pés.

-Fica quieto! - Jungkook também ri. 

-Para, para! - Tenta afastar o outro. - Não aguento! - Continua rindo.

-Okay, okay. Você seca. - Rende-se, entregando-lhe a toalha. 

Termina de se secar e vai escolher a roupa.

-Não vista nada, Minnie. Sua pele ainda está bastante dolorida. Fique de box, ninguém virá aqui hoje.

-Tudo bem, então. 

Faz o que o maior propõe, espera-o vestir-se e vão para a cozinha.

-Jungkookie, você faz eu me sentir um bebê. - Ri.

-Você é o meu bebê. - Beijam-se. Um beijo calmo e terno. 

Jimin poderia jurar que sentiu amor nesse breve selar. 


Notas Finais


1º Eles não vão parar de trepar, okay? Ashuhd só vai ser diferente agora
2º Criei um twitter, finalmente! @gabsow_ me sigam lá sz

Bjos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...