História The Brothers Mikaelsons - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Aurora de Martel, Bonnie Bennett, Camille O'Connell, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Davina Claire, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Enzo, Esther Mikaelson, Finn Mikaelson, Freya Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Jenna Sommers, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Lexi Branson, Matt Donovan, Mikael Mikaelson, Olivia "Liv" Parker, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood
Tags Delena, Haylijah, Klaroline, Kolvina, Magia, Mattekah, Steferine, The Originals, The Vampire Diaries, Vampiros
Visualizações 40
Palavras 5.934
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey galera ! Que saudades !!
Desculpem a dmr mas também o caps de hj tá completão !
Espero que vcs gostem e
B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

(Tradução do título : Pense duas vezes)

Capítulo 12 - Think twice


Fanfic / Fanfiction The Brothers Mikaelsons - Capítulo 12 - Think twice


P.O.V Autora 

Depois de tanto esperar Elena e Damon estavam preocupados .
Damon tinha pouco tempo mas Elena estava disposta a ajuda-lo até seu ultimo minuto .
Elena pensou muito na possibilidade de ter que chamar aquela pessoa . 
Aquela droga de pessoa ! 
Damon tentou pensar em outras maneiras de solucionar seu problema . 
Ele até acho uma solução , mas precisaria novamente de Freya .

Damon : Acho que podemos usar um feitiço localização para achar seu irmão . Mas vamos precisar ir até sua irmã .

Elena : Como não pensei isso antes !? - perguntou 

Agora tudo parecia mais fácil .
E não é que o grandão estava olhando para eles ?


P.O.V Elena 


Quando Damon me deu aquela idéia , eu realmente fiquei aliviada . Mãe ainda preocupada com o tempo que lhe restava .
Subi e troquei minha roupa . 
Corri até o primeiro andar e na hora em que entrei dei de cara com Kol e uma morena .

Elena : Hey ! - fui até ele e lhe dei um abraço e um beijo na bochecha . Fiz o mesmo com a morena ao seu lado - Ela é muito bonita hein ... - brinquei - Prazer Elena Mikaelson , irmã do Kol !

?? : Prazer , Davina Claire , amig... - Kol a interrompeu .

Kol : Namorada ! - disse contente .

Elena : Ahh - dei um gritinho e fiquei dando pulinhos .

Davina riu e Kol murmurou para que eu parasse .

Elena : Então , Davina Claire ... Você é bruxa né ?

Davina : Sim . Sou um das garotas da colheita ... Porquê ?

Elena : Você pode me ajudar ? - perguntei e Kol já ia dizer que não mas ela o interrompeu .

Davina : Posso sim .

Elena : Ah que bom ... Preciso de um feitiço localizados pra ontem !

Davina : Eu só preciso de um objeto da pessoa , um mapa , algumas ervas e silencio ... - disse .

Damon : Só faz essa merd* ... - disse chegando perto de nós e se apoiando em mim .

Kol : O que é isso ? 

Damon : Um cara extremamente gostoso e maravilhoso morrendo - respondeu enviando uma piscadela para meu irmão .

Kol viu o curativo no pescoço dele e percebeu a aparência de defunto que o mesmo estava . Daí ele associou tudo e cochichou no ouvida de Davina que levou a mão na boca imediatamente .

Davina : Farei o necessário para ajudar ! - disse e deu um sorriso meigo depois .

Elena : Obrigada Davina ! 

Davina : Me chame de Dav ou Vins ! 

Damon : Tanto faz - disse e dei um tapa na cabeça dele . 

Busquei as coisas necessárias de Davina e entreguei para a mesma .

Ela arrumou a mesa e iniciou o feitiço .

Davina : Phasmatos tribum , nas ex veras . Phasmatos tribum , nas ex veras . Phasmatos tribum , nas ex veras . Phasmatos tribum , nas ex veras . Phasmatos tribum , nas ex veras - ela repetia enquanto o sangue se movia . Quando o sangue parou em Algiers eu abri um sorriso e olhei de canto de olho para Damon e o mesmo parecia aliviado .

Elena : Muito abrigada Dav ! 

Davina : De nada Elena !

Kol : E agora ? Vai pedir mais alguma coisa pra Davina ? - perguntou irônico .

Elena : Por ora não ... 

Kol : Pelo amor de deus né Elena ?

Elena : Ah , fica calmo Kolgate - brinquei .
Davina e Damon caíram na gargalhada . 
Davina : Agora eu tenho um jeito de te chantagear - cutucou Kol que estava de cara amarrada .

Elena : Foi só uma brincadeira relaxa ... 

Kol : Eu estou relaxado - só foi ele terminar de falar que Damon começou a vomitar sangue .
Depositei minha mão em seus ombros enquanto ele vomitava . 

Davina : Acho melhor vocês não saírem daqui .


...

Eu e Damon não fomos a Algiers porque ele estava passando mal todo o tempo .
Ele estava descansando um pouco agora .
Davina e Kol saíram faz uns 30 minutos . 
Enquanto eles estavam aqui , Dav fez uns calmantes naturais para Damon .
Agora percebi que não há necessidade de chamar Katherine ... Ainda bem , não quero vê-lá nem tão cedo .

Me sentei ao lado de Damon e o observei dormir . Não sabia como uma pessoa podia ser tão bonita dormindo .
 
( Você gosta dele ... Eu não disse ? ) 
Cala a boca subconsciente !

Estava tão concentrada em Damon que fui pega de surpresa por ele quando o mesmo começou a me enforcar .
Não sei de onde ele tirou aquela força . Estava muito forte .

Elena : Damon ... sou eu Elena - me esforcei pois estava sem ar .

Damon : Cala a boca Katherine ! Você nunca seria minha Elena - ahn ? Eu sou dele ? Que viaje é essa ?

Elena : Eu ... juro que ... sou eu Dam ! Me sol...ta - pedi .

Damon : Mentira ! - ele apertou mais .
Nessa hora Elijah o jogou contra a parede e ajeitou o terno . 

Elijah : Tudo bem irmã ?

Elena : Sim ... Mais ou menos - respondi e ri fraco . Mas ele começou a me analisar - Ei , está tudo bem Elijah ... Eu estou bem - peguei em uma de suas mãos e ele a beijou .

Caroline chegou em velocidade vampírica até nós e começou a me analisar e intercalar os olhares assustados entre mim e Damon .

Caroline : Damon , o que você tem caralh* ?

Damon : Não defendam ela , ela é a Katherine ! 

Elijah : Damon , você está bem ?

Elena : Devem ser as alucinações da mordida ... 

Care/Elijah : Mordida ?- questionaram em uníssono .

Elena : Klaus mordeu ele .

Caroline : Que cachorro ! Ele mentiu pra mim ... Me disse que tinha ajudado o Dam e agora meu primo ta morrendo e quer levar minha melhor amiga junto !

Elena : Então aquela conversa de ontem foi sobre ele ?

Caroline : Basicamente ... Ele me assegurou que Damon estaria bem , mas percebo que ele mentiu ...

Elena : E porque ele morderia o Damon ?

Caroline : Damon tentou me matar ...

Elena : Como assim ?

Caroline : Ele tentou arrancar meu coração ... - disse cabisbaixa .
Então eu tentei ajudar o cara que tentou matar minha melhor amiga e ainda por cima prima dele ? 
Agora é que eu quero deixa-lo para morrer mesmo ...

Elena : Então eu te ajudei , sendo que você - apontei o dedo na cara de Damon - tentou mata-lá ? - perguntei com raiva .

Damon : Você não é Katherine ?

Elena : Não está obvio que não ?! 

Damon : Me desculpem ... Não quis matar ninguém ! 

Elena : Então sua mão foi parar sem querer no coração de Caroline ? Faça-me um favor Damon ! - ri debochada e o empurrei . 

Elijah : Eu vou ver onde Niklaus está ...

Elena : Ele saiu faz horas ... Mas não se preocupe , ele não tem nada pra fazer aqui ! - respondo mais calma mas ainda com raiva .

Damon : Elena ... - quase encostou em meu ombro mas recuei .

Elena : Não diga meu nome !

Caroline : Damon , sai daqui ... Vai pro hotel - falou triste .

Elijah : Eu te acompanho ... - disse a Damon .

Depois que os dois saíram Caroline me arrastou até o quarto onde estava dormindo .

Caroline : Eu sinto muito ...

Elena : Por quê ? - arqueei uma sobrancelha . 

Caroline : Porque desde que eu cheguei só ocorreram problemas ! 

Elena : Não é sua culpa Care ... 

Caroline : É sim Elena ! Eu ... eu não mereço uma vantagem ... 

Elena : Ninguém merece uma vantagem ... - respondo baixo e saio do quarto . Resolvo sair de casa e reencontrar um velho amigo .


P.O.V Klaus 


Estava voltando de Algiers pois a bruxa com quem iria encontrar tinha sido morta por um lobisomem há uns dias .
Tinha visto um cara junto de Elena hoje mais cedo mas não estava com vontade de conhecer mais um babaca como pretendente de cunhado ...
Chegando em casa subo direto para o segundo andar .
Esse pessoal dorme muito , já são 09:00 e ninguém acordado .
Caminho lentamente pelo corredor e sou puxado para dentro de um quarto .
Vejo que quem me puxou foi Caroline .

Klaus : Sweet , se quiser falar comigo , é bem simples ... meu quarto e no final do corredor a direita - digo calmo .

Caroline : Mentiu pra mim ? - perguntou .

Klaus : Não entendi 

Caroline : Ahh - comentou debochada - não se faça de desentendido Klaus ...

Klaus : A que ponto você quer chegar love ? - pergunto me sentando em sua cama .

Caroline : Ao que você me conta que não deu o sangue ao Damon ! - disse estressada .

Klaus : Eu ia te contar mas acontece é que fiquei sem vontade ...

Caroline : Klaus , eu sei que minha família é ... 

Klaus : Complicada , chata , traíra , infernal , trabalhosa e ...

Caroline : Já entendi ! - disse revirando os olhos - mas não irá ser preciso mata-los ... - completou .

Klaus : Okay ... Posso ir para meu quarto agora ?

Caroline : Primeiro , você vai dar um pouco de seu sangue ao Damon , segundo , achar sua irmã a Elena e terceiro , vai passar o dia com ela e a sua filha !

Klaus : Espera , o que a Hope tem a ver com isso ?

Caroline : É simples ! Você não dá mínima pra garota Klaus , ela sua filha !!

Klaus : Um , eu dou a mínima pra minha filha , dois , eu sei que ela é minha filha !

Caroline : Então se sabe disso , vai fazer o que eu falei ... - disse pôs a mão sobre meu ombro .

Assenti com a cabeça e a beijei ... POR QUE EU A BEIJEI PORR* !?
Ah fod*-se ! 
Ela não correspondeu , só me afastou e olhou em meus olhos .

Klaus : Sinto muito ...

Caroline : Não sinta - disse e fechou a porta - deixa que eu faço isso por você ... 
Ela começou a me beijar lentamente e passar a mão sobre meus cabelos . Eu passava a mão em seu pescoço e comecei a apimentar o beijo , fazendo o mesmo ficar voraz e preciso . Tivemos que parar por conta do maldito ar . 

Caroline : Ai meu deus , como eu sou atirada ... - disse frustrada .

Klaus : Relaxa , eu gosto desse seu tipo - digo e a puxo novamente pra mim . Nossos corpos estavam colados e dava para sentir a respiração um do outro . 
Ela me olhou nos olhos parecia um pouco assustada mas ainda sim com um olhar pidão .
Voltei a beija-lá mas com um beijo terno e suave . Sem quebrar o beijo , retiro seu casaco e jogo em algum lugar , paramos por um momento para retirar nossas blusas e ela faz o mesmo com sua calça legging . 
Encaro suas curvas e fico em uma espécie de transe . Ela se aproxima mais de mim e me beija novamente mas agora minha língua percorria cada centímetro de sua boca . Caminhamos até a cama e eu a joguei em cima da mesma fazendo com que soltasse um suspiro . 
Fiz uma trilha de beijos desde sua barriga até sua boca que tinha um gosto de morango maravilhoso . 
Ela me fez trocar de posição , fazendo ela ficar por cima de mim . Ela abriu minha calça e minha box junto . Fiquei impressionado em como ela era rápida com essas coisas . 
Ela tocou meu membro fazendo ele ficar mais animado , e logo após beijou a cabeça dele . Então ela começou a fazer um bola gato ( leiam em inglês ) alucinante . Posso afirmar que ela é boa nisso . Depois de eu gozar e ela engolir tudo ela voltou a beijar meu abdômen e fazer o mesmo que eu . Quando a mesma chegou perto de minha boca eu abri seu sutiã e o joguei longe , fazendo o mesmo com a calcinha . 
Ela ajeitou meu pênis na entrada de sua vagina e começou a quicar de vagar  e foi acelerando até gozarmos juntos . 
Ela caiu ao meu lado e suspirou .

Caroline : Isso foi ... 

Klaus : Ótimo ! - cortei a mesma

Caroline : Ia dizer intenso mas isso serve também ... 

Klaus : Acho melhor eu cumprir sua tarefas senhorita Forbes ... - digo quando levanto e me visto . Ela fica calada e me observa enquanto me visto .

Caroline : Acho bom cumpri-las senhor Mikaelson - disse e se vestiu em velocidade vampírica . 

Sai do quarto e fui até o hotel onde Damon estava .


P.O.V Elena 


Quando cheguei ao meu destino , paguei o taxista e bati na porta .

?? : Quem é você ? - uma mulher barriguda e ruiva atendeu a porta .

Elena : Prazer Elena Mikaelson !

?? : Se você é a Elena Mikaelson eu sou a Bella Thorne ! 


Elena : O Philip está ? 

?? : De onde conhece meu marido ?

Elena : Sou amiga dele ...

?? : Sharon - estendeu a mão e eu apertei a mesma - Entre !
A casa era bem simples . Toda de madeira pintada de branco e uma sacada na frente da casa onde tinham 5 galochas cada uma de uma cor . Naquela região chovia bastante e também era meio que rural . 
Dentro da casa era a coisa mais fofa do mundo ! Estava cheio de bonecas e fotos de bebês . Inclusive tinha uns brinquedos de menino mas a maioria era de bebê também . 
Sharon me deixou na cozinha e pediu para eu esperar um pouco pois Philip estava podando alguns arbustos .

??: Quem é você ? - uma menina de cabelo ruivo e olhos castanhos escuro me perguntou .

Elena : Elena - respondo com um sorriso .

Riley : Sou Riley ! - me deu um beijo na bochecha e estalou os dedos duas vezes e assobiou .
Do nada uma outra menina mas de cabelos castanhos claros de olhos verdes e um menino ruivo de olhos castanhos - esses são meus irmãos , Samantha e Valentin - apontou para os dois .

Elena : Quantos anos vocês têm ?

Samantha : Eu tenho 9 !

Riley : 12 

Valentin : 7 ... - respondeu tímido .

Elena : Nossa , vocês são muitos ! 

Riley : É ... mas ainda tem o Barney que tem 2 anos e a mamãe está gravida de gêmeos , a Tonya e o Nichollas ... - disse feliz .

Elena : Uau ! No total vocês são 6 ! 
Samantha : E ainda tem a vovó Amy ... 

Philip : Elena ! - me surpreendeu .

Elena : PH ! A família está grande hein !

Philip : Está sim ...

Sharon : Amor ! Quase esquecemos das tortas !

Philip : Claro , as tortas ! - disse e correu para abrir o forno e retirar três tortas de lá .

Elena : Hum que cheiro bom !

Sharon : Tortas de blueberry são minha especialidade !

Philip : São mesmo querida - disse e a beijou . 
Crianças : Eca ! - disseram em uníssono .

Sharon : Tintin , chame a vovó para comer torta ... - disse me servindo um pedaço de torta .

Valentin : Ta bom mamãe - respondeu e saiu correndo da cozinha .

Dei uma garfada em minha torta e tenho que admitir , estava maravilhosa ! 

Elena : Nossa Sharon , está maravilhoso ! Você sabe fazer tortas muito bem ... - digo dando outra garfada . 

Philip : A Sharon é muito boa em muitas outras coisas ... Sabe tricotar , bordar , fazer um chocolate quente dos deuses e faz a segunda melhor comida do mundo !

Sharon : É de quem é a primeira !? - perguntou com ciúmes (mas de brincadeira claro)

Philip : A da minha mãe ! 

Sharon : Ainda bem ... 

Elena : Estava muuuuito bom Sharon ! - digo enquanto caminho até a pia e começo a lavar meu prato . 
Só agora percebo o quanto Sharon está barriguda ...

Elena : Está de quantos meses ?

Sharon/Philip : 8 meses ! 

Elena : Então vão ser a Tonya e o Nichollas ?

Philip : Isso .

Sharon : O Philip que escolheu os nomes dos meninos e eu das meninas . 

Elena : É um acordo justo ... - digo e rio fraco .

Sharon : Philip , porque não mostra a estufa para a Elena ?

Philip : Claro ! - disse e me puxou para fora da casa . 

Elena : Seus filhos são muito fofos Philip !

Philip : Obrigada Lena ... Onde esteve ?

Elena : Passei todo esse tempo em Portland ... - digo quando começamos a caminhar .

Philip : Namorado ?

Elena : Não e nem pretendo ...

Philip : Uma bruxa de nosso clã morreu faz três dias - disse triste .

Elena : Sinto muito Philip .

Philip : Eu estou bem ... O que me preocupa são meus filhos . São a nova geração . Riley faz treze daqui a cinco dias ! Ela vai ter que fazer o ritual ... 

Elena : O ritual ainda existe ? 

Philip : É uma tradição ... 

Elena : Meu deus ... O que você pretende fazer ? 

Philip : Fugir ... 

Elena : Espera aí - parei o mesmo segurando seu braço - Fugir , você está louco !?

Philip : É a única chance da Riley ...

Elena : Philip , ela não pode fazer o ritual ! Essa droga de ritual acabou com sua irmã  ...

Flashback on ... 

Anos atrás -
Estava conversando com Philip quando o irmão mais novo dele chegou correndo até nós .

Philip : O que aconteceu Gale ? - pergunto se levantando em um pulo .

Gale : O Ritual começa agora ... - disse ainda recuperando o fôlego .

Elena : O que seria O Ritual ?

Philip : É uma de nossas tradições ... Trisha faz 13 hoje - engoliu em seco .

Gale : Vai começar daqui a uns dez minutos ... Mamãe está preparando ela - disse assustado .

Philip : A mamãe concorda com isso !?

Gale : Papai a obrigou - baixou o olhar .

Philip : Se ninguém vai fazer nada , deixa que eu faço ! - saiu batendo os pés .

Gale tentou impedi-lo mas e segurei seu braço .

Elena : Me explique o que seria O Ritual ...

Gale : O Ritual é uma fase pela qual uma jovem mulher de cada família passa , todas as meninas da aldeia que tem treze anos tem de passar pelo ritual . No caso de Trisha ela terá que  passar por ele . Mamãe e Karen vão fazer a primeira parte do ritual . 

Elena : E como seria essa primeira fase ? 

Gale : Minha mãe vai fazer uma coroa de margaridas , as flores da família , e Karen como já passou pelo ritual faz uma serie de orações da tribo fundadora da aldeia junto de Trisha , a segunda parte . Depois da primeira fase , todos da família tem de acompanha-lá até a praça onde a terceira fase vai ser feita - deu uma pausa , parecia ter nojo do que iria falar - A terceira fase vai ser Trisha tendo que fazer um sacrifício humano . Como você sabe não toleramos o roubo e então ela vai canalizar o poder desta pessoa até a morte . 

Elena : Ai meu deus ... - fiquei chocada . Uma pessoa não pode morrer porque roubou ! E se tiver roubado por necessidade ?

Gale : Depois de canalizar o poder do acusado , a jovem deve ter o coração parado para ter um julgamento feito pelos ancestrais e a garota só volta a viver se os ancestrais acharem que a mesma será uma boa bruxa ...

Elena : Isso é possível ?
Gale concordou . 

Gale : Bom , temos dois minutos , vamos ?

Elena : Eu não quero ver Trisha sofrer . Isso por acaso é obrigatório !?

Gale : Sim 

Elena : Eu vou ... mas por Trisha !

Gale : Precisaremos de seu apoio ...

Quando chegamos na porta da casa da família Trisha estava lá , com um vestido longo preto de renda e a coroa da família entre alguns de seus cachos castanhos . 
Seus olhos verdes estavam transbordando em lagrimas . Mas eu sei como são tradições , e infelizmente elas não podem ser quebradas . 

Philip : Se acalme okay ? Vai ficar tudo bem - acalmou a irmã que se recompôs , cessou as lagrimas e ajeitou o vestido . 
Além de mim tinham umas dez pessoas na porta acompanhando o trajeto da família Foster . 
Quando chegamos na praça tinham oito jovens . 
Senti uma mão em meu ombro , me virei rapidamente mas era apenas Philip com filho de Karen  nos braços, o pequeno Owen . 

Elena : Onde Karen está ?

Philip : Preparando a festa de Trisha . 

Elena : Festa ?

Philip : Pará quando a mesma voltar . Iremos celebrar sua passagem pelo Ritual .

Elena : Esse ritual acontece com que frequência ? 

Philip : É mensal ...

Elena : Que azar da Trish ... - lamentei .

Philip : Concordo com você - começou a ninar Owen .
Um homem e uma mulher de cada família deveria subir ao pequeno palco que haviam construído .Os pais de Trisha foram quem a acompanharam durante a condenação .
Um homem loiro acorrentado chegou e se deitou dentro de um circulo de sal . Os pais de Trisha retiraram as algemas do homem e deram a mão do mesmo para ela . 
Uma lagrima escorreu em nossos rostos ao mesmo tempo e então ela recitou uma frase na língua da tribo . Depois de todas as meninas fazerem a mesma coisa por dois minutos , as nove  " morreram " juntas .
A senhora Foster parecia tensa . O senhor Foster parecia agoniado .
Depois de 20 minutos as meninas acordaram , mas apenas Trisha e uma morena, (acho que o nome era Lory) continuaram paradas e desacordadas . 

Philip : Porque ela não acorda ? 

Elena : Eu sei lá ...
Owen começou a chorar e uma das meninas cochichou algo para a mãe de Trisha . Consegui ouvir o que ela tinha dito : Ela não conseguiu ... 


Flashback off ...

Philip abriu a porta da estufa e eu entrei junto dele . Era lindo ...
Rosas de todas as cores , lírios de vários tipos e minha preferidas , as violetas . 

Elena : Philip , acho que posso te ajudar ... 

Philip : Em relação á Riley ?

Elena : Sim ... Quando vai ser o ritual ?

Philip : Daqui á duas semanas ...

Elena : Deixe eu levar Riley e ficar com a mesma até que o ritual passe , volto no mês que vem .

Philip : Isso é loucura ...

Elena : Mas é a única chance ... Eles acham que estou morta , e se souberem que estou viva , minha casa é protegida contra feitiços de localização . Eu sou professora , posso conseguir uma vaga temporária pra ela ...

Philip : Tenho que falar com Sharon ...

Elena : Okay .

Entrei na casa e a mãe do Philip estava lá . Realmente esses somos de 50 anos fazem efeito . Ela ainda parecia ter 45 .

Amy : Elena ?

Elena : Oi senhora Foster - abracei-a e a mesma retribuiu .

Amy : Quanto tempo ! 

Elena : É mesmo ... 

Amy : Elena , me desculpe mas tenho que cuidar do Barney , beijos minha filha - beijou minha bochecha e eu fiz o mesmo .

Philip : Sharon querida , pode me acompanhar ? 

Sharon : Vish , lá vem bomba ...

Philip : Para de drama Sharon ! 
Ela revirou os olhos e seguiu ele até um quarto .

Riley : Em que ano você nasceu ?

Elena : 1000 depois de Cristo .

Riley : Estou falando serio , em que ano você nasceu ?

Elena : 1000 depois de Cristo .

Samantha : Ela é uma vampira Riley !

Riley : Sim , mas o vampiro mais antigo da história é um tal de Lucien ...

Elena : Esse imbecil foi transformado por meu irmão Klaus .

Samantha : Uau ...

Riley : Eh maneiro ...

Sharon : Elena - saiu do quarto quase correndo mas nervosa - Você quer ajuda-lá ?

Elena : Irei fazer o necessário ... 

Sharon : Leve-a por favor ... Se ela não aguentar o ritual não sei o que eu faço ... 

Riley : Levar quem ?

Philip : Então filha ... Você vai ter que ir para Portland com a tia Lena - explicou . Riley não reagiu .

Riley : Mas porque ...

Sharon : O Ritual vai acontecer e você faz treze essa semana ... Não queremos que você passe por isso meu amor - explicou calma .

Riley : Mas e vocês ? 

Philip : Vamos te ligar todos os dias ! 

Sharon : Ou mandar cartas ... Pode ser perigoso te ligar - disse com receio .

Riley : Eu vou ... Mas vou pelo bem de vocês !

Sharon : Okay , agora arrume suas coisas você vai hoje - disse e uma lagrima escorreu por seu rosto .

Riley beijou a bochecha da mãe e fez o mesmo com o pai e os outros irmãos . 

...

Depois de uns trinta minutos conversando com Sharon sobre tudo o que Riley teria em minha casa a mesma apareceu descendo as escadas com duas malas . Uma grande e uma pequena .

Elena : Pronta ?

Riley : Eu nasci pronta ...

Sharon voltou a chorar e abraçou a filha e beijou o rosto dela diversas vezes . Philip beijou o topo da cabeça da mesma e desejou boa viajem a filha .

Quando o taxi chegou, Riley inspirou fundo e me olhou .

Elena : Você está pronta ! - digo baixinho para que só ela possa escutar .

P.O.V Caroline 

Estava repensando ... Eu transei com Niklaus Mikaelson !  
Depois de umas cinco xícaras de café e um croassaint doce eu já estava farta de ficar parada .
Levantei e fiz uma coisa que ODEIO fazer . Faxina ...
Tirei o pó das coisas, varri e passei um pano no chão . 
Quando acabei me joguei no sofá e vi que eu estava toda suada e fui tomar um banho .
Entrei em um banheiro que tinha em meu quarto (suíte) . Enchi a banheira e botei um troço que fazia espuma (acho que era sabonete né) . Depois de fazer um coque alto e tirar a roupa , entrei na banheira e relaxei . 
Do nada Klaus entrou no banheiro (tinha esquecido de trancar a porta) e ficou paralisado olhando pra mim . 

Caroline : Dá licença !? Estou tomando banho !

Klaus : Percebi , mas é muito importante ... Não acho Elena em lugar nenhum !

Caroline : Ela ficou muito put* mais cedo . Acho que saiu pra espairecer ...

Klaus : Espero que ela volte logo ...

Caroline : Posso voltar ao meu banho ?


Klaus : Tá ... Bom , nada que já não tenha visto mas tudo bem - disse com mesmice e saiu do banheiro deixando a porta encostada .
Depois de terminar o banho e me secar , fui escolher minha roupa . 
Coloquei uma calça jeans azul clara com uns rasgados , uma blusa estampada soltinha e um casaco branco . 
Calcei minhas sapatilhas e fiz meu cabelo meio preso . 
Desci as escadas e vi Hayley fazendo as unhas junto de Rebekah em um dos sofás .

Rebekah : Bom dia dorminhoca ! 

Caroline : Bom dia ! 

Hayley : Dormiu bem ?

Caroline : Muito !

Rebekah : Adorei o look de hoje gata - disse passando mais uma camada de extra brilho . 

Caroline : Vocês também estão ótimas ! - Hayley estava com uma calça jeans azul marinho , blusa vinho colada (o que realçava muito  seus seios) , jaqueta preta e bota cuturno preta também . Rebekah estava com uma blusa cor-de-rosa escura , uma legging preta colada e uma botinha preta também .

Me sentei e escolhi um esmalte azul turquesa . 

Hayley : Elijah está estranho ... Não interage muito e está sempre evitando beijos .

Rebekah : Vai ver ela está virando gay ...

Hayley : Não fala besteira ! 

Rebekah : Ou ele está perdendo o tesão ... 

Hayley : Será ?

Caroline : Ou ele vai fazer alguma surpresa ! 

Rebekah : E como sabe ?

Caroline : Quando meu ex noivo me evitava ele sempre fazia uma surpresa no fim de semana . Tipo , me levar no shopping , ou me trazer sorvete de cereja ... Essas coisas .

Rebekah : Mas o que um sorvete tem de especial ?

Caroline : Nos conhecemos por que eu esbarrei nele com uma casquinha de sorvete de cereja .

Hayley : Que fofo !

Caroline : Fofo até você achar ele com outra na cama ...

Hayley : Sinto muito .

Rebekah : Que babaca ! 


Caroline : Nem tudo na vida é um mar de rosas ! 

Hay/Bekah : Verdade ...

Depois que acabamos de pintar as unhas (eu de azul turquesa , Rebekah de vermelho e Hayley de preto) fomos guardar os esmaltes . 
Quando voltamos , vimos Elena e uma menininha ruiva de olhos castanhos sentadas em um dos sofás bebendo suco e rindo .

Caroline : Hey loca ! Onde estava ?

Elena : Ajudando um amigo , ou melhor , a filha dele .

?? : Prazer , Riley Foster - estendeu a mão .

Me apresentei e Hay e Bekah fizeram o mesmo .
Riley era muito linda mas precisava arrumar mais o cabelo . 

Caroline : Vem cá ! - puxei a mesma . 
Levei-a para meu quarto e sentei a mesma em minha cama . 
Fiz uma trança no cabelo dela e revirei a mala dela , achei um vestido branco de renda que ia até um pouco antes do joelho . 
Fiz uma maquiagem básica e pronto !
Descemos e as meninas aplaudiram baixinhos , Riley sorriu tímida .

Elena : Agora vai viajar linda !

Caroline : Viajar ?

Elena : Volto hoje para Portland ...

Caroline : Porque não me avisou ?

Elena : Achei que iria ficar mais ...

Caroline : Ih é verdade , meu avião é hoje - ri fraco .

Hayley : Poxa , e quando voltam ?

Rebekah : Elas vão voltar bem depois , porque na semana que vem eu vou pra Portland ver minha mana e minha friend .

Caroline : Jaé !

Elena : Então vamos te aguardar ... Mas respondendo você Hay , daqui a um mês estaremos de volta .

Depois de arrumarmos tudo eu disse que iria me despedir de meus primos e Elena de sua família . 
Quando estava quase na frente do hotel Damon apareceu preocupado do meu lado .

Caroline : Estou indo embora agora ... - ainda estava put* com ele .

Damon : Ahn ?

Caroline : Você ouviu Damon ! 

Damon : Fique mais um pouco !

Caroline : Não posso Damon , tchau - dei um abraço e um beijo em sua bochecha .
Stefan apareceu atrás de Damon com uma caixa de donuts .

Stefan : Vai embora ?

Caroline : Infelizmente ...

Stefan : Mantenha contato ! - repetiu o gesto que fiz com Dam e eu retribui . 

Caroline : Tchau ! - me despedi dos dois e eles responderam com um aceno .

Quando cheguei a casa da Lena , o taxi já estava na porta e a mesma estava colocando as malas na porta malas com a ajuda de Riley e o motorista . 
Me lembrei de ter esquecido um de meus brincos na pia do banheiro e pedi para que as duas esperassem um pouco .
Corri para o banheiro e comecei a procurar os brincos que não estavam na pia .  

Klaus : Procurando por isso - me mostrou o par de brincos .

Caroline : Ah obrigada ! - tentei pegar mas ele se desvencilhou .

Klaus : Está indo embora ?

Caroline : Sim , agora me dê os brincos !

Klaus : Okay - me deu os brincos - Mas saiba que estarei sempre aqui sweet ... - me deu um selinho , o qual eu retribui .
Senti ele passar a mão sobre meu casaco , mas não liguei muito .

P.O.V Autora .

Quando as meninas estavam dentro do taxi Elena teve que se despedir de Hope e Rebekah . 
Hope pediu para que a tia voltasse logo mas não chorou , diferente de Rebekah que chorou muito .
Quando Elena iria entrar no carro sentiu alguém te puxar e olhou rápido pra trás . 
Era Damon .

Damon : Não vá Elena - pediu .

Elena : Não tem nada me impedindo ... 

Damon : Tem sim ! Eu ...

Elena : Não preciso de sua opinião para ir embora !

Damon : Mas eu ...

Elena : Você o que ?

Damon : Eu preciso de você ! 

Elena : Precisa tanto que me enganou três vezes ! 

Damon : Me arrependo Elena ! 

Elena : Se você se arrependesse mesmo pensaria dias vezes antes de fazer - disse e entrou no carro . 
Damon permaneceu calado olhando para o taxi que sumia em uma das esquinas . 

Damon : Se você não voltar , vou até você ... - disse baixo . 
Nesse momento ele percebeu que a amava . E que agora sim ele precisava de ajuda . Mas da ajuda dela . 
Ele achava que nunca iria amar alguém na vida além da família . Mas estava errado . Junto dela , que achava que não sentia nada por ele , somente raiva . 
Enquanto Caroline estava perdida em seus pensamentos (onde Klaus estava) e Klaus pensava nela , Riley pensava em seus pais e Elena em como tudo iria mudar agora .
Agora tudo muda , mas ninguém sabe se vai ser para melhor ou para pior ...

 


Notas Finais


Foi isso gnt , gostaram ?
Comentem aqui em baixo (a youtuber né ?) porque amo ler os comentários de vcs !
Bjs da Jaca :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...