História The Bunny - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Personagens Originais, Springtrap
Tags Guardenhaputenhadavida, Quequieutofazendodavida?, Springtraposo
Exibições 39
Palavras 734
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Hentai, Survival, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Não sei oque estou fazendo da minha vida (S.N = abreviatura de Seu Nome)

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction The Bunny - Capítulo 1 - Capítulo Único

Estava sentada naquela confortável cadeira já fazia horas e o tédio tomava conta de mim, bufei entediada e citei o relógio retirei os olhos notando ser duas da manhã,  tentei me ocupar com algo pra ser mais específica com meu trabalho mas não avia nada em nenhuma câmera , levantei-me e andei até aquela "janela" tentei ver algo.

-nada.- retruquei  e tive uma brilhante ideia a de vagar pelos corredores até o meu turno acabar e foi isso que fiz mas como esperado não avia ada em nenhuma parte do estabelecimento  até que numa sala no fim de um corredor vi um humanoide de Coelho deitado no chão do local , andei até o mesmo curiosa. 

O observei de cima a baixo eu achava engraçado suas orelhas uma estava partida a outra no avia o pedaço do fim, o cutuquei para saber se o mesmo estava acordado e como nada aconteceu fiz carinho em uma de suas orelhas e sem perceber ele acabou por acordar pós sua mão que se encontrava junto ao corpo estava segurava com firmeza meu pulso. Devido ao medo começei a tremer o fitei e seus olhos quase totalmente negros apenas iluminados por duas orbes acinzentada e seu sorriso também me aterrorizada já que o mesmo era todo rasgado e tinha o fedor de sangue  que vinha dele.  

-Quem é você ?- ele me perguntou  me encarrando abri a boca na tentativa falha de falar algo mas  Nada saía.-vou perguntar mas uma vez quem é você ?-

-[S.N].-Gritei apavorada e um sorriso malicioso tomou o lugar daquele assustador sorriso.  

Ele soltou meu pulso mas quando pensei em correr ele já avia se levantado e o segurado novamente , tentei me soltar mas eu era fraca demais e ele me arrastava para algum lugar quanto tentei puxar swu cabelo para me soltar ele apwnas retrucou;   

-Isso não vai funcionar.

Estava começando a ver coisas que já avia visto e devido ao tédio começei a caminhar no mesmo ritmo que ele na direção daquele lugar misterioso , até que chegamos no lugar que na verdade era apenas a sala de segurança  e soltou meu pulso e do novo antes que pudesse fugir ele torceu meus dois pulsos e me jogou com jorça na cadeira giratória com o impacto minha visão escureceu um pouco e eu começei a ficar meio tonta , quando dei por mim mesma eu estava com a saia levantada e calvagando contar minha vontade em seu membro , gemi de dor já que era virgem ele apenas rio  e começou a me descer e subir com uma brutalidade que fazia que o rangido metálico da cadeira não aparecesse nada devido a ao barulho de nossos corpos suas mãos se direcionadas a minha blusa e a rasgaram expondo meus seios que ele apertava com vontade.  

-Pare.-Implorei quando ele me levantou tanto que acabou por sair de dentro de mim meus olhos estavam marejados e os poucos gemidos que conseguia conter não me davam uma boa vantagem contra ele. 

Parar ?-Ele perguntou sarcásticamente me pondo de frente para ele e me levantou da cadeira ainda em seu colo apoiando me no gélido vidro da janela.-eu nem começei.-ele falou no meu ouvido com aquela Voz roca e macabra me fazendo arrepiar toda espinha. 

Ele me moveu para cima e pra baixo com uma das mãos enquanto a outra apertava meus seios e e eus vergonhosamente não conseguia conter mas nenhum gemido  de prazer e até mesmo gritos tinham uma grande facilidade para sair , tentei novamente pedir para ele parar mas o mesmo não me dava ouvidos  sentir meu corpo tremer de prazer a cada subida e decida a qual eu era obrigada a fazer meu orgasmo estava perto eledeve ter percebido pós as investidas brutas agora ficaram lentas e torturante me interior se  contraia em volta de seu membro depois de mais algumas estacas eu acabarei tendo um orgasmo já ele continuou esticando até gozar dentro de mim me largando no chão.  

-você parece uma vadia assim.-ele ficou calado por um tempo-espera você já é.-ele foi embora é eu fiquei naquel chão gélido por alguns minutos até me recuperar totalmente do orgasmo assim que me recuperei pensei um pouco mais sobre tudo que ocorreu e fiquei deitada lá até o relógio tocar e eu ir me para casa para me preparar mentalmente para mas um dia de trabalho na noite seguinte.


Notas Finais


Isso tá horrível


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...