História The caregiver • Kim Taehyung • - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Kim Taehyung, Taehyung
Visualizações 183
Palavras 1.006
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O capítulo está tristinho babys, sorry~
Mas espero que gostem beijinhos❤💖

Capítulo 14 - °Capítulo 14°


Fanfic / Fanfiction The caregiver • Kim Taehyung • - Capítulo 14 - °Capítulo 14°

Depois que chegamos do hospital o Taehyung está muito estranho.

Talvez seja por causa do que eu disse de estar confusa.

Eu tenho medo dele ter pensado errado.

Talvez ele pense que eu ainda goste do babaca do Victor, ou talvez ele já desconfie que eu gosto dele e está se afastando.

Ele disse que estava confuso também, então com certeza deve ter alguém melhor na vida dele.

Mas afinal, o que eu estava pensando?

Ele é tipo, um homem lindo, maravilhoso até...

Por que eu pensei que ele de interessaria por mim?

Acho que eu deixei me influenciar pelas coisas que ele me disse naquela noite... Ele disse que eu era linda, a mais linda.

Talvez ele tenha dito isso da boca pra fora, ou só pra agradar, é o que ele sempre faz, tenta me agradar.

Ele esses dias não sorriu muito, e quando sorria não era sinceramente.

Ele fica com vergonha e muito tímido quando estava perto de mim.

Nem parece que fizemos aquilo naquele noite, estávamos agindo como dois estranhos.

E por esse motivo eu não consigo e nem tenho motivo pra melhorar.

Não que ele seja o meu motivo, mas a alegria dele e o jeito que me ajudava, me incentivava a querer melhorar mais rápido.

E agora... Eu não consigo.

Ele nem se quer conversa mais comigo só faz o que tem que fazer e vai embora.

Eu não estou entendendo ele, estava tudo bem.

Eu poderia até contar que eu provavelmente gosto dele... Mas eu não sei, ele parece que não vai gostar, que não quer que isso aconteça.

E eu tenho vontade de chorar por isso.

Eu não entendo por que eu estou tão triste, ele nem fez nada e mal, só está me evitando.

Talvez seja isso que me deixa triste, o fato de não ter com que conversar de novo.

Eu me sinto como à um ano atrás.

Sozinha, e insegura.

Eu só queria ele de volta...

Já era por volta de 19:40 da noite, eu estava no quarto,como todos os outros dias, desde que sai daquele hospital.

Eu estava olhando pra um ponto qualquer no quarto quando ele entrou, como de costume calado.

Percebi que ele me olhou e abaixou a cabeça.

Entrou uma tristeza enorme no meu coração, e eu não aguentei ser tão forte... Eu chorei, bem ali, na cama, onde ele podia ver,mas não me importei com isso naquele momento.

Eu chorava sem som algum,a dor era o bastante pra me fazer não querer soltar nenhum som se quer.

Mas em compensação... Eu estava com a respiração rápida, e em certo momento ficou alta, dando a perceber que eu estava chorando, e fez chamar a atenção dele.

Que veio rapidamente pra perto de mim.

Seu olhar tinha preocupação, ele estava confuso, e eu não consiga reprimir essa vontade de chorar que ficava cada vez pior.

Taehyung: O que foi? Tá com muita dor?

Eu não consiga responder nem emitir nenhum som,apenas chorar em silêncio.

Taehyung: Sophia? Você tá me assustando. Responde logo.

Eu queria poder falar, até mentir dizendo que estava bem eu diria, eu queria poder falar, mas não conseguia.

Taehyung: PEQUENA PARA DE CHORAR E ME RESPONDE.

Ele saiu desesperado e já imagino o que ele vá fazer...

Chamar minha mãe.

E eu não estava errada ela logo entra no quarto e se exitar já senta na minha cama me puxando pra um abraço forte e acolhedor.

Mãe: Meu amor... O que aconteceu? Você está com alguma coisa? Alguma dor?

Apenas assenti que sim e ela ainda abraçada a mim começou um carinho nas minhas costas.

Mãe: Onde é a dor que está sentindo?

Minha mãe... não importa a idade que eu esteja, ela sempre me tratará como uma criança quando eu estiver impossibilitada de falar.

Peguei uma de suas mãos e levei até meu coração.

Eu sabia que ela entenderia.

Ela sempre entende.

E eu sabia que não conseguiria falar, por que mesmo de olhos fechados eu sabia que ele estava ali nos olhando.

Mãe: É aqui que dói filha?

Perguntou alisando o local que sua mão estava e eu apenas balancei a cabeça dizendo que sim.

Ela se afastou de mim me fazendo olhar em seus olhos.

Mãe: É por causa do Tae não é?

Ela sabia, e eu não tinha dúvidas, e eu nem sei por que insisto em esconder as coisas dela.

Mãe: Você não acha que vocês tem que conversar?

Ela falava baixinho e não sei se dava pra ele escutar, mas eu sabia que ele estava ali.

Apenas abaixei a cabeça não respondendo e continuando o choro.

Eu queria poder conversar, mas... Eu tinha medo.

Ela se levantou na cama soltando um suspiro pesado e ficou de pé.

Mãe: Olha só Tae,vocês tem que conversar, eu sei que falou comigo sobre o que queria fazer por estar com sua cabeça confusa, mas está causando mal aos dois, e eu não quero que seja motivo de choros assim. Quero ver minha filha sorrindo de novo, assim como você.

Ela apenas saiu e eu fiquei confusa.

Ele havia conversado com ela dizendo que iria se afastar de mim!?

Será que ele se sentiu sobrecarregado por minha causa?

Taehyung: Está triste assim por culpa minha não é?

Sophia: D-desculpa, eu só complico a sua vida.

Taehyung: Você quer conversar agora? Ou quer descansar?

Eu olhei em seus olhos e não pude deixar de notar que havia umas lágrimas em seus olhos.

Sophia: Se não quiser conversar não precisa eu posso continuar aqui.

Taehyung: Não quero ir embora, eu quero ficar com você.

Ele se ajeitou na cama e quando pensei que ele ia embora ele deu a volta na cama e se deitou do meu lado me abraçando e me colocando em cima do seu peito.

Igual como havíamos dormido naquele dia.

Seu cheiro me acalmava tanto... Parecia uma especie de anestesia que me acalmava e por um momento fechei os olhos pra sentir seu cheiro me embriagar de vez.

Taehyung: Me desculpa princesa, eu sei que não deveria me afastar, só estava confuso, com medo.

Sophia: Tudo bem, depois conversamos.

Ele deu um beijo na minha cabeça e alisou meus cabelos.

Taehyung: Eu gosto tanto de você, do seu cheiro.

Sophia: É... Eu também gosto do seu.

Taehyung: Eu nunca mais vou te deixar sozinha, eu prometo.

Sophia: Obrigada.

Ficamos ali deitados,e não sei qual foi o momento, mas sei que um sono muito forte chegou e eu acabei dormindo ali mesmo.


Notas Finais


Eai oq acharam?
Falem comigo, só não me apedrejem pq está triste :""")


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...