História The caregiver • Kim Taehyung • - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Kim Taehyung, Taehyung
Visualizações 219
Palavras 1.378
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - °Capítulo 15°


Fanfic / Fanfiction The caregiver • Kim Taehyung • - Capítulo 15 - °Capítulo 15°

Acordei com uns braços roeando minha cintura.

E sabia exatamente de quem era apenas pelo cheiro.

Ele havia ficado, e tinha dormido aqui junto de mim...

E isso fez eu me sentir tão feliz e estranha ao mesmo tempo.

Eu não queria sair dali, eu queria poder ficar assim pra sempre com ele.

Mas sabia que uma hora ele iria ter que se levantar e fazer as coisas que tem que fazer.

Então eu deveria aproveitar não é?

Já era de manhã, e eu sabia que ele acordava cedo pra poder ajeitar os meus remédios e fazer minha fisioterapia.

Eu ainda estava em cima do seu peito, do jeito que havia dormido.

Levantei a cabeça pra olhar ele, e vi a coisa mais linda do mundo.

Ele estava dormindo fazendo um biquinho tão fofo.

Sabe aqueles biquinhos que os bebês fazem enquanto dormem?

Era exatamente igual, ele estava parecendo um bebê ali.

Sorri ao ver que ele por um momento nem parecia aquele homem todo que aparenta ser quando está acordado.

Apesar de sempre parecer uma criança quando está brincando.

É tão diferente, acordar ao lado dele e ver o quão indefeso ele fica, igual a uma criança.

Não resisti e dei um selinho no biquinho que ele estava fazendo e senti ele apertar minha cintura.

Não era pra ele ter acordado, era pra ser um selinho que ninguém saberia.

Taehyung: Será que eu ainda to sonhando? Acordar tão bem assim não pode ser real.

Sophia: Não era pra você ter acordado.

Taehyung: E por que não? Se eu não acordasse eu não iria sentir esse beijinho de Bom dia maravilhoso.

Sophia: Por isso mesmo, não era pra você sentir.

Taehyung: Ta bom sua chata, mas eu senti e gostei muito.

Ele tirou os cabelos que estava no meu rosto e colocou atrás da minha orelha.

Taehyung: Eu acho que temos que conversar não é?

Sophia: Você não precisa se não quiser Taehyung.

Taehyung: Eu quero.

Respirei fundo e deitei a cabeça em seu peito ouvido que seu coração estava muito acelerado.

Sophia: Então me diz por que... Por que quis se afastar de mim? Eu estava atrapalhando muito a sua vida?

Taehyung: O que? Atrapalhando? Foi isso o que pensou? Claro que não pequena, você não atrapalha minha vida.

Sophia: Então me diz o porquê.

Ele se levantou e me colocou sentada encostada na cama e se sentou de frente pra mim.

Taehyung: Eu quero te falar, mas tenho medo do que possa fazer, ou pensar.

Sophia: Fala logo.

Taehyung: Eu.. Acho que estou apaixonado por você, eu não sei eu to tão confuso.. Mas eu não consigo esquecer Sophia, seus beijos, você me tocando, eu te tocando, você dormindo em cima de mim, nua e tão indefesa, eu não consigo Sophia, você é tão linda, eu quero te ter à todos os momentos da minha vida.

Eu não sabia o que pensar, eu não sabia que ele se sentia assim, eu pensava que talvez poderia ter sido apenas uma noite pra ele.

Que ele me via apenas como uma amiga, ou paciente.

Não sabia que ele poderia estar se sentindo assim, tão igual a mim.

Sophia: Você se sente assim mesmo? Mas e a pessoa que você estava falando aquele dia?

Taehyung: Era você. Me desculpa.

Sophia: Por que está se desculpando?

Taehyung: Por que você gosta de outra pessoa, e com certeza é aquele seu namorado, me perdoa pequena eu não deveria sentir isso.

Sophia: Você acha que eu ainda gosto do Victor? Não Taehyung, eu não gosto mais dele, eu deixei de gostar desde o dia que ele foi embora, desde o dia em que ele quase nos matou com aquele ciúme todo dele, você não faz ideia de como eu sofri Tae, eu só queria o amor dele, mas ele me dava só ciúme e mais ciúme, e sabe como ele achava que isso resolvia? Me levando pra cama e sendo bruto a todo momento comigo, algumas pessoas podem até pensar que é bom, mas só quando se tem amor e prazer entre os dois, mas a maioria das vezes ele sempre pensava no prazer​ dele, ele já estava me fazendo deixar de ama-lo a muito tempo Tae, mas eu com medo de ficar sozinha sempre voltava pra ele, mas com você foi diferente Tae, você se importou mais comigo do que com você, você me elogia por que quer não pra receber algo em troca, e isso te torna tão especial pra mim..

Ele me abraçou forte e apertou minha cintura contra ele.

Taehyung: Eu nunca faria isso com você pequena, você é frágil e especial, como aquele cara fez isso? Tocou em você de uma forma tão bruta, não podia ser assim pequena, nunca deixe alguém te tocar assim, você não merece.

Sophia: Eu gosto tanto de você Taehy...

Taehyung: Eu também gosto muito de você pequena.

Sophia: Me beija?

Ele sorriu e se aproximou de mim.

Taehyung: Não precisa nem pedir.

Ele atacou meus lábios, mas daquele seu jeito carinhoso e fofo de sempre.

E eu amava aquele beijo, ele se movia tão lentamente que eu achava que nunca mais iria acabar, e era o que eu queria, que não acabasse.

Mas teve que acabar por causa da falta de ar que tivemos.

Mas ele ainda continuou com seus lábios junto aos meus, e me deu uns selinhos.

Taehyung: O que você acha de fazermos a fisioterapia e depois irmos passear um pouquinho?

Sophia: Tudo bem.

Ele saiu e minha mãe entrou no quarto sorrindo.

Eu já sabia que ela tinha visto que eu tinha dormido com ele.

Por que se não já entraria perguntando se nós estávamos bem.

Sophia: Você tá sorrindo demais.

Mãe: O que foi sua chata? Eu só estou feliz não posso?

Sophia: Depende, o que está pensando pra estar tão feliz?

Mãe: Nada filhinha, vamos tomar banho?

Sophia: Ai não fala assim, eu fico com medo, parece que tenho 3 anos de idade.

Mãe: Ah cala a boca Sophia, deixa eu ser feliz falando assim com meu bebê.

Essa mulher é impossível mesmo..

                   (...)

Já era umas 9 da manhã, e eu já tinha tomado café.

Estava sentada na cama esperando Taehyung pra fazer a fisioterapia.

Ele disse que iria tomar um banho e iria vim.

E ele já está dentro do quarto à 30 minutos.

E isso que eu contei, porque deve ser muito mais.

Ele deve tá fabricando a água pra tomar banho.

Demorou algum tempinho e ele entrou no quarto.

Percebi que ele estava sério e parecia ter chorado pois seus olhos estavam um pouco vermelhos e enxados.

Sophia: Ei,você tá bem?

Taehyung: hum? Ah, não se preocupe, eu estou bem.

Ele tentou forçar um sorriso mas vi ele não estava.

Eu não iria perguntar mais, por que se ele não quis dizer se estava bem, é por que não quer falar sobre isso.

Ele montou as coisas para fazermos tudo e me pegou no colo me colocando em pé na barra.

Mas tinha uma coisa diferente agora.

Ele não segurou na minha cintura, me deixando segurando ali o meu próprio peso e deu a volta ficando no final da barra e me olhou.

Taehyung: A gente já fez o suficiente de eu estar te segurando e você teve bons avanços, mas agora, eu quero que consiga vim até mim sozinha.

Eu já estava com os braços doendo e estava com medo de cair.

Sophia: Taehyung, eu não vou conseguir.

Taehyung: Sophia, vem.

Sophia: Eu vou cair.

Taehyung: Você confia em mim?

Sophia: Confio.

Taehyung: Então acredita em mim quando eu digo que você vai conseguir, o que você tem também é psicológico Sô, e isso afeta seu desenvolvimento em melhorar, é só você acreditar que consegue.

Sophia: Tudo bem.

Forcei meu pé pra tentar andar e nada, eu colocava força mas ele não ia.

Eu não acreditava que conseguiria sozinha.

Taehyung: Ei, você consegue pequena, vem até mim.

Olhei em seus olhos e não desviei por nada.

Eu fiz força e acabei conseguindo mexer o pé esquerdo pra frente e o mesmo fiz com o direito.

Ele me olhava orgulhoso e sorria.

E só de pensar que eu consegui colocar um sorriso no rosto dele já me deixou feliz e determinada.

Quando mal percebi eu já estava perto dele na barra e ele me olhou mais orgulhoso ainda e me abraçou.

Taehyung: Parabéns pequena, você tá conseguindo.

Sophia: Obrigada Tae, eu não conseguiria sem você.

Taehyung: Ah claro que conseguiria, você é forte...

Forte.

Uma coisa que estou aprendendo a ser cada dia mais.

E sei que logo vou dar orgulho à ele e dizer obrigada por ter conseguido meu objetivo de andar de novo.

E eu só vou conseguir esse objetivo se ele estiver comigo, e estiver com esse sorriso lindo...

E eu farei de tudo pra ser motivo dele.


Notas Finais


Os capítulos estão bem fofis né galeres?
Até eu to querendo vomitar arco íris :'""")
Espero que estejam gostando, beijos❤💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...