História The caregiver • Kim Taehyung • - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Kim Taehyung, Taehyung
Visualizações 82
Palavras 986
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - °Capítulo 17°


Fanfic / Fanfiction The caregiver • Kim Taehyung • - Capítulo 17 - °Capítulo 17°

Ficamos ali sentados em silêncio por muito tempo.

Já estava chegando o fim da tarde e o som já estava se pondo.

Continuamos do mesmo jeito, até ele se levantar e me encarar.

Taehyung: Foi bom ter vindo aqui, e é bom estar aqui com você.

depfajsisa: É bom estar com você também Tae.

Ele sorriu e pegou minha na minha mão.

Taehyung: Você quer ir pra casa agora?

Sophia: Se eu pudesse eu nunca sairia daqui, é lindo e eu trocaria minha cama hoje só pra poder dormir aqui mesmo nesse chão, se pudesse apreciar isso tudo.

Taehyung: Quer ficar aqui mesmo?

Sophia: Queria poder.

Taehyung: Vamos comer algo.

Ele se levantou e logo após me levantou também me colocando na cadeira.

Fomos até uma barraca que tinha ali com várias comidas.

Tinha uma garota nela para nós receber, e ela parecia não ter visto que estávamos ali bem na sua frente.

Mas assim que notou ela arregalou os olhos.

Moça: Taehyung?

Ela falou com muito intusiasmo, e bota intusiasmo nisso.

Que droga, quantas mulheres conhecem ou vão dar em cima do Taehyung?

Ele pareceu não saber quem era a garota, tanto que olhou confuso pra ela.

Moça: Não lembra de mim? Sou eu TaeTae a Clara.

Taehyung: Clara? Ah, Clarinha? A menina nanica que sempre brincava comigo quando eu vinha comer aqui?

Clara: Sim, e eu não sou nanica, eu cresci muito, mas você que exagera no tamanho.

Tá legal, conversa boa.

Mas como eu estava por fora, preferi ficar calada só olhando.

Ela pareceu me notar ali logo depois de me olhar olhou pra ele.

Clara: Sua namorada Tae?

Ela falou com muita alegria.

Parecia até que o Taehyung nunca tinha andado com uma mulher na vida.

Taehyung: Sim, ela é minha namorada, o nome dela é Sophia, é linda não é?

Ele falou isso mesmo?

Meus olhos até cresceram.

E com aquele olhar feliz da garota a vergonha ficou ainda pior.

Clara: Ah sim, ela é muito linda. Eu estou casada, eu gostaria de ter te convidado mas não tinha mais contato com você. Mas já que nos vimos de novo é ótimo. Bom, eu adorei conhecer você Sophia, vamos ser muito amigas e eu realmente te achei linda.

Pode não parecer muito mais eu sou uma pessoa bem tímida.

Então quando alguém me elogia, principalmente o Taehyung, minha vergonha fica maior que eu mesma.

Sophia: Obrigada, você é linda também.

Ela sorriu e nos deu a comida que Taehyung escolheu.

Saimos de lá e ela me deu seu número para conversarmos depois, e fomos andando até o carro.

Ele estava mexendo no celular quando chegamos perto do carro, e eu estava estranho, por que ele deveria pelo menos ter entrado pra começar a mexer.

Mas eu não falei nada, apenas esperei ele terminar de mexer pra falar alguma coisa.

Taehyung: Ok, consegui.

Sophia: Conseguiu o que?

Taehyung: Eu tenho uma casa aqui, ela é ótima pra ficarmos, e não se preocupe ela está limpa, conservada e tem comida, vamos passar a noite nela, eu e você.

Eu fiquei assustada com sua felicidade.

Ele havia levado à sério quando eu disse que trocaria minha cama pra dormir aqui.

Sophia: Mas Taehyung, tem a minha mãe, se não formos pra casa ela nos mata.

Taehyung: Eu acabei de falar com ela pedindo pra passarmos a noite aqui, e disse que cuidaria de você. E ela disse que era pra tomarmos cuidado e deixou, você quer?

Ele estava muito feliz, tanto que seu sorriso esta muito marcado em seu rosto.

Como dizer não pra um bebê sorridente desse?

Sophia: Tudo bem.

Taehyung: Ah ótimo, então vamos.

Ele me levou e pensei que seria afastado dali.

Mas na verdade não, a casa ficava no meio de todas as árvores, e o cheiro ficava ainda mais forte perto da casa.

E ela era linda,uma casa dos sonhos.

Sophia: Nossa, ela é linda.

Taehyung: É eu sei.

Entramos e já era noite, umas 20 horas por ai.

E por incrível que pareça, o lugar não ficava sombrio, ficava mais lindo com a lua iluminando tudo.

Ele me sentou no sofá e se sentou do lado ligando a TV que tinha ali.

Ficamos assistindo um filme atrás do outro e sempre que eu ouvia a risada dele me fazia sorrir mais, e eu não sei o por que disso.

Já tinha se passado muito tempo e eu já estava até cansada de assistir e provavelmente já estava ficando tarde.

Taehyung: Você tá com fome?

Sophia: Um pouco.

Taehyung: Espera, vou fazer alguma coisa pra a gente comer.

Sophia: Tudo bem.

Ele saiu e eu fiquei ali no sofá.

Aproveitei pra observar a casa e vi o quanto ela era bonita também por dentro, tanto quanto por fora.

Tinha uma pequena cômoda a minha frente com uma foto.

Eu vi que tinha uma mulher muito linda e jovem com uma criança, seu sorriso era marcante e quadrado e eu já sabia de quem se tratava.

Taehyung e sua mãe.

Ele voltou da cozinha com dois pratos e me deu um.

Sophia: Ela era linda.

Ele me olhou confuso e logo seguiu meu olhar olhando pra foto e sorriu sem mostrar os dentes.

Taehyung: Sim, ela era linda, eu dizia isso todos os dias pra ela.

Eu sorri e comecei a comer o que estava no prato.

Assim que terminamos ele me olhou e ficou calado, parecia que estava me analisando.

Sophia: O que foi?

Taehyung: Você é tão linda.

Sophia: Você sempre fala isso Taehyung, parece que gosta me ver com vergonha.

Ele sorriu e aproximou mais de mim.

Taehyung: Mas como evitar falar isso? Se você é linda.

Ele se aproximou mais mordendo a boca e atacou a minha segurando na minha nuca.

Ficamos assim por um pouco de tempo até ele parar o beijo e me colocar no seu colo andando comigo.

Chegamos em um quarto e ele me deitou na cama devagar ficando em cima de mim.

Ele começou a me beijar de novo o mais devagar possível, desceu o flash do meu vestido e começou a subir ele devagar.

Logo eu estava apenas de sutiã e short.

Ele parou de me beijar e encostou nossas testas ofegante.

Taehyung: Você... Quer fazer isso?

Sophia: Quero.

Falei baixinho e quase como um suspiro,ele me deu um selinho e sorriu.

Taehyung: Eu prometo que essa noite vai ser a noite mais especial da sua vida.


Notas Finais


Oinn
Não me matem por parar logo nessa parte biurifu
Amo vocês❤💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...