História The chance of a fresh start-always.(2temporada) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Blásio Zabini, Cedrico Diggory, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Personagens Originais, Ronald Weasley
Exibições 50
Palavras 553
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá.

Capítulo 1 - Olá Alba.


Alba On

-Snape?- disse espantada.
-Olá Alba-sorriu .
 Eu estava paralizada, o que Snape está fazendo aqui?Como ele me encontrou? Eu devia estar morta,ele me viu morrendo. 
-Percebo que ficou surpresa em me ver-disse sério. 
-E não deveria? Você para começar não deveria estar aqui,acho que nem eu deveria,por que eu morri ,e você sabe disso-disse seria.
-Há uma explicação para isso-disse se aproximando de mim.
-Então me explique-pedi.
-Aqui não,vamos para outro lugar.
-Temos que falar com a diretora ant..-pegou minha mão e simplesmente desaparatou.
-Por que fez isso? Eu tinha que falar com a Senhora Horan antes, agora quando eu voltar vou ser esquartejad-não pude terminar de falar,pois Snape juntou nossos lábios-Por que fez isso?-perguntei confusa.
-Por dois motivos, o 1º foi pra você calar a boca,e o 2º foi por que eu quis-disse se sentando em uma mesa.
Comecei a olhar ao redor e pude perceber que estavamos em um escritório. 
-Onde estamos? -perguntei curiosa.
-Na minha nova casa-disse como se fosse a mesma coisa que um "eu comprei pão".
-Sua o que? -disse abismada.
-Dumbledore acha mais seguro,que eu fique de olho em você enquanto o ano letivo não recomeça.
-Por que mais "seguro" e quem disse que eu vou voltar?E se voltar não vai ser no passado-cruzei os braços.
 -Não pretende voltar a ver seus amigos? -Me encarou-Não é você que queria mudar a história? -ok isso me pegou de surpresa.
-Como...Você...você-não consegui formular minha frase.
-Dumbledore me contou toda a sua história, me contou qual era o seu objetivo em Hogwarts-Ok continuo sem entender por que Dumbledore fez isso. 
-Então foi por isso que você mentiu meu nome pro Lord?.
-Sim,se ele descobrisse que você é a profecia,iria te usar para voltar a forma humana e logo em seguida iria por um fim na sua vida com as próprias mãos-como sempre seu tom era frio e rude.
-Mas pelo o que eu notei,não adiantou muita coisa-disse debochada-Por que ele mandou aquela louca me torturar e depois ordenou você por um fim na minha vida.
-E eu sinto muito pelo que Bellatrix fez com você-se levantou da cadeira e caminhou em minha direção-Eu queria te ajudar,mas não podia estragar tudo,  eu sabia que depois que lançasse o feitiço,você voltaria pra sua vida antiga-agora sim deu um bug no meu cérebro. 
-Sabia como?-perguntei sem entender,até me lembrar da pedra-Foi você não foi?Você deu um jeito da pedra ficar comigo não foi?.
 -Foi,eu coloquei ela no seu bolso,quando eu te abracei-disse dando os ombros.
-Sabe o que você fez?-perguntei séria-Você salvou minha vida-me aproximei dele e o abracei.
-Você está fazendo a mesma coisa por mim-ele disse retribuindo o abraço-Precisamos conversar Alba-disse se soltando do abraço. 
-Tudo bem,diga o motivo de você estar aqui-disse me sentando.
-Dumbledore me enviou para ficar com você até o início das aulas, que é quando iremos retornar para Hogwarts-eu ia protestar,mas ele não me deu espaço para falar-E não adianta protestar você irá comigo nem que seja a força-disse sério. 
-Falando com esse jeitinho quem  iria recusar? -fui sarcástica-Mas Professor,só tem uma falha nesse plano-ele arqueou a sobrancelha-Como você você irá cuidar de mim,se eu vivo em um orfanato?.
-Ah esqueci de mencionar uma coisa muito importante-disse severo. 
-O que?-perguntei curiosa.
-Eu consegui a sua guarda, agora pela lei dos trouxas você é minha.


Notas Finais


Espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...