História The choice - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 40
Palavras 1.796
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


hellooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
mais uma fic que eu estou escrevendo (juro que essa vai ser pra valer)
então, eu li esse livro maravilhoso chamado "A Seleção" - Kiera Cass e decidi fazer a minha versão da história, só que com ideias diferentes para o desenvolvimento e com os personagens da magcon.
é uma seleção invertidas; ao invés das meninas competirem pela mão do príncipe, os homens competem pela mão da princesa.
a ideia em si não posso pedir que não copiem, pois não é originalmente minha.
espero que gostem! Beijos

Capítulo 1 - Prologue


IT´S A NEW DAWN, ITS´S A NEW DAY
            IT´S A NEW LIFE FOR ME

(Feeling good - Nina Simone)

Leves batidas na porta me fizeram despertar de meus devaneios. Antes que eu pudesse mandar que a pessoa entrasse, tentei desamassar o colo do meu vestido e me endireitar na cama.

― Ãhn, entre. ― Pedi, alinhando minha coluna para que não reclamassem da minha postura. Por sorte, era apenas Mary trazendo uma bandeja de biscoitos.

― Boa tarde, alteza. Sua mãe pediu que eu lhe trouxesse esses biscoitos acompanhados de chá de camomila. Ela acha que será bom para acalmar os seus nervos. ― Mary me serviu uma pequena xícara e um prato com biscoitos em forma de coração. Vendo minha cara de desaprovação, ela perguntou; ― A senhorita está bem?

― Mary, por favor, pare de me chamar de “alteza” e “senhorita”. Sei que você é minha criada, mas acima de tudo, é minha melhor amiga nesse lugar, e eu preciso que me trate como tal. Pare com isso e me chame apenas de “Ella”. ― Esparramei meu corpo novamente pela cama. ― E, sendo sincera, não. Eu não estou nada bem. Essa ideia toda soa como uma grande maluquice para mim! Como poderei achar um marido entre apenas 15 garotos? E mesmo que eu ache, quais são as chances de ele ser meu amor verdadeiro? ― Cobri meu rosto com as mãos ― Preciso encontrar um homem inteligente e sensato o bastante para ocupar o cargo de, não só meu marido, mas também de futuro rei de Stormland inteira!

― Sinto muito, Ella, compreendo que não deve estar sendo muito fácil para você. Mas milhares de outras garotas ao redor de Stormland desejam estar no seu lugar! Cada província do nosso país escolheu seu melhor homem para tentar ganhar a mão da princesa. Você terá 15 homens babando aos seus pés e dando tudo para serem escolhidos! ― Ela se sentou ao meu lado na cama. ― Tente pensar positivo em relação a tudo isso.

― Obrigada, Mary. É um bom conselho, vou tentar segui-lo. Você sabe se o meu vestido de amanhã já está pronto? ― Comecei a me exaltar ao lembrar que a minha vida inteira mudaria no dia seguinte.

― Sim, senhorita. Jane e Ally já cuidaram de tudo. Seu vestido já está passado e esperando por você em um manequim na sala de costura. Lembre-se de passar lá para pega-lo ao anoitecer. É hora do seu banho, Ella. Vou preparar sua banheira. Precisa de ajuda para despir-se? ― Ela disse, contendo um riso abafado. ― Você deve se preparar para o anuncio que fará em exatas três horas.

― Pare, Mary! ― Soltei uma gargalhada e lancei um travesseiro em sua cara. ― Você sabe que eu consigo tirar minhas roupas sem ajuda de criado algum, e quero reforçar que acho totalmente ridícula a ideia de as pessoas da realeza se despirem apenas com ajuda de empregados!

― Se a minha opinião vale alguma coisa, eu concordo com a senhorita! ― Ela riu e saiu para preparar a banheira.

Ao ficar sozinha novamente em meu quarto, todos os meus pensamentos aterrorizantes voltaram, e tudo o que se passava pela minha cabeça era o quanto eu estava apavorada com todas as mudanças que aconteceriam amanhã.

***

― Está muito apertado, Ella? ― Minha mãe observava de lado enquanto minhas criadas ajustavam o vestido em meu corpo.

― Não, mamãe, está bom. ― Sorri, com uma mistura de nervoso, ansiedade e desespero estampada em meu rosto.

Mary e Anelise arrumavam meu cabelo e colocavam minha tiara dourada sobre ele, enquanto Jane e Ally terminavam de modelar meu corpo no tecido vermelho e colocavam acessórios para deixar o visual mais sério e completo. Calçaram em meus pés uma sandália de salto alto que fazia com que meu calcanhar latejasse de dor, mas quando se é uma princesa, é preciso aguentar esse tipo de coisa.

― Venha, Isabella, vamos escolher uma maquiagem para você. ― Mamãe disse e puxou-me para frente de uma penteadeira branca.

― Tudo bem, mãe, eu e Mary já selecionamos a maquiagem. Você tem notícias do papai? ― Perguntei, e minha preocupação só cresceu ao lembrar de tudo que acontecera na última semana.

― Ele ainda está passando por um processo de cirurgias, meu amor, mas estamos cuidando de tudo. Tenho certeza que ele ficará bem em breve, e acompanhará a Seleção de pertinho! ― Ela sorriu, terna e calma.

A tranquilidade da minha mãe era algo que me impressionava. No último domingo, meu pai estava abrindo as cartas dos cidadãos de Stormland e deixou o estilete que estava usando cair em cima de sua perna. Acontece que a lâmina acabou entrando em sua pele e cortando uma veia importante que o fez sangrar quase até a morte. Seu criado entrou na sala bem na hora do acidente, então, por sorte, houve tempo o suficiente para o serviço real de emergências vir busca-lo e leva-lo para UTI. Não tenho notícias desde então. Pelo pouco que sei, estão tentando fazer alguma substituição, ou na perna, ou na veia.

― Sim, tenho certeza também. ― Menti. Parte de mim achava que papai não seria capaz de suportar isso, e tal ideia me amedrontava totalmente.

― Alteza, está na hora do anúncio! ― Um soldado entrou e me levou para o lado de fora do castelo.

Subi em uma plataforma e pude ver a multidão que se aglomerava por trás do muro. O local onde o castelo se localizava, era na área mais rica da população, bem no centro. As partes pobres ficavam mais nas margens do país.

Joshua, o oficial de anúncios reais, me acompanhou e subiu logo ao meu lado. Assim que eu passasse as informações ao povo, ele faria uma espécie de entrevista comigo, e perguntaria detalhes sobre a Seleção.

― Boa noite, cidadãos de Stormland! É com grande prazer que lhes informo que os meus 15 selecionados estarão chegando amanhã, entre o período da tarde e da noite! ― Respirei fundo e estralei os dedos antes de continuar. Meu corpo estava tomado pelo nervoso, e era difícil conseguir me conter. ― Minha família e as famílias dos escolhidos já sabiam os nomes de cada um deles há pouco mais de uma semana, mas eu, assim como todos vocês, só irei saber agora.

Caminhei até a cesta que se encontrava sobre uma mesa no centro da plataforma, e comecei a pegar os envelopes com o nome de cada selecionado.

― Estão vendo isso, senhoras e senhores? ― Joshua sorriu empolgado ― Nas mãos da princesa Isabella, temos os 15 nomes escolhidos para tentarem ganhar o coração dessa adorável jovem. Será que eu sou o único que está surtando para escuta-los de uma vez? ― Ele perguntou, e a multidão toda deu gritos empolgados e vibrantes.

― Oh, não, Joshua. Tenho certeza de que todos, incluindo eu mesma, mal podem esperar por esse momento. ― Fechei os olhos e abri o envelope, puxando de dentro dele uma lista enorme, que comecei a ler imediatamente. ― E os selecionados são; Nash Grier, Cameron Dallas, Matthew Espinosa, Aaron Carpenter, Carter Reynolds, Jack Gilinsky, Sam Wilkinson, Nate Maloley, Jack Johnson, Christian Collins, Shawn Mendes, Taylor Caniff, Jacob Whitesides, Hayes Grier e Kian Lawley. ― A plateia toda bateu palmas quando acabei.

 ― Uau, são muitos nomes, Alteza! ― Joshua brincou.

― Nem me fale, Joshua! ― Ri, mas percebi que foi um erro e tentei repara-lo ― Mal posso esperar para conhecer todos vocês! Tenho certeza de que serão todos incríveis, e é um enorme prazer para mim e para toda a minha família recebe-los em nossa casa! ― Sorri do jeito mais meigo possível, e o público soltou um “owwwn”.

― Muito bem, Isabella, posso fazer algumas perguntas para você, agora que a parte do anúncio terminou? ― Ele perguntou, e eu assenti com a cabeça. ― Tudo bem, então. Toda a população tem milhares de perguntas para fazer, mas vamos começar com algo mais simples; como está o nosso rei?

merda! ― Pensei. Falar sobre o meu pai me dava vontade de chorar, fazia com que eu quisesse cancelar toda essa porcaria de seleção para poder ficar ao seu lado. Pena que eu não podia.

― Ora, ele está bem. Como já foi informado no Jornal, um criado o encontrou na hora do acidente, e isso foi fundamental para que ele continuasse vivo. Agora, a ala hospitalar real está fazendo um processo de cirurgias nele, e tenho certeza que em breve estará bem. ― Tentei manter a calma e respirar fundo. Lembrei das palavras de minha mãe, quando conversávamos hoje mais cedo, e consegui encontrar algo para dizer.

― Ficamos felizes em saber disso, Alteza. E então, como está se sentindo com toda essa loucura? ―Joshua perguntou e precisei pensar bastante no que dizer.

― Acho que nunca senti tantas coisas ao mesmo tempo, meu caro. Sinto um misto de ansiedade, nervosismo, empolgação e medo. Mas mais do que tudo, posso afirmar que me sinto totalmente preparada, e que a Seleção não poderia ter vindo em hora melhor! ― Menti. Menti muito feio. Nunca contei uma mentira tão grande e absurda como essas, mas era para o bem do povo. Todos precisavam confiar em mim nesse momento.

Aplausos e mais aplausos vieram seguidos dessa minha fala, e me senti tranquila por uns instantes. Seria bom que eu tivesse esse apoio todo durante esse processo tão complicado.

― É isso aí, Stormland! Essa foi a nossa futura rainha mandando bem para caramba nos anúncios reais! Boa noite, senhoras e senhores! Amanhã estaremos aqui, fazendo a cobertura da chegada dos selecionados, não percam! Canal 17 em qualquer tv! ― Joshua acenou, antes de descermos da plataforma.

As luzes se apagaram e o povo começou a se afastar dos muros do castelo.

― Filha, você foi brilhante! ― Mamãe sorriu e me abraçou.

― Obrigada, mãe. Ainda bem que posso contar com você, porque sem isso estaria totalmente perdida! ― A abracei de volta.

― Estarei sempre aqui, meu bem. ― Ela acariciou meus cabelos. ― Agora, vá para o seu quarto agora, vista seus pijamas e descanse. Amanhã uma nova etapa começa.

A obedeci e fui para os meus aposentos. Tranquei as portas, não queria ninguém por perto naquele momento. Lavei meu rosto e tirei o vestido do meu corpo, colocando apenas uma camisola de seda e calçando minhas pantufas de coelho. Deitei sobre a minha cama e fiquei imaginado como seria dividir minha casa com 15 trogloditas.

Nash Grier, Cameron Dallas, Matthew Espinosa, Aaron Carpenter, Carter Reynolds, Jack Gilinsky, Sam Wilkinson, Nate Maloley, Jack Johnson, Christian Collins, Shawn Mendes, Taylor Caniff, Jacob Whitesides, Hayes Grier e Kian Lawley. Como cada um deles seria?


Notas Finais


VESTIDO DA ELLA (isabELLA); http://3.bp.blogspot.com/-aKfCghhsLHQ/VVTcOChNdaI/AAAAAAAAKnI/4TMzc8lxlQM/s1600/tumblr_ndymkrkgq21t0qpcno1_1280%2B-%2BC%C3%B3pia.png (((O DA PONTA ESQUERDA E DO MEIO)
espero que tenham gostado! A continuação depende de vocês szzzzzz
OBRIGADA POR LEREM! ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...