História The Circumstance - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Personagens Originais
Tags Aventura, Drama, Festa, Jhope, Romance
Visualizações 24
Palavras 4.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pela demora, é que só consegui escrever nesta semana, mas enfim, espero que gostem do capítulo. 😉

Capítulo 7 - O primeiro dia na empresa


Fanfic / Fanfiction The Circumstance - Capítulo 7 - O primeiro dia na empresa

Assim que Hoseok e eu terminamos de tomar os sorvetes, resolvemos irmos embora do parque de diversões, já que não tínhamos mais nada para fazer por aqui e quando estávamos andando em direção à saída daquele lugar. Eu o parei no meio do caminho, segurei as mãos dele e:

- Hoseok, eu sei que já te pedi perdão, mas quero te pedir mais uma vez até que eu tenha certeza que daqui um tempo, voltaremos à sermos amigos como estávamos tentando sermos antes. E irei te pedir perdão até que eu sinta que me perdoo mesmo, enfim, me perdoa por não ser quem que você imaginou que eu fosse e por não ter te correspondido quando me beijou lá naquela roda gigante e...- Disse e fui interrompida quando ele me abraçou fortemente.

- Isabelle, você não precisa se desculpar, porquê estas coisas acontecem mesmo e agora quero que esqueça isso. Eu não vou mentir para você, mas vai demorar um tempo para que eu supere aquilo, mas enquanto eu não supero, quero que você não toque mais neste assunto e irei fazer o possível para tentarmos mais uma vez em sermos apenas amigos, ok?- Disse enquanto mexia no meu cabelo e me olhava intensamente.

- Mas você tem certeza que consegue superar um quase beijo? E tem certeza que me perdoou mesmo?- Disse ainda insistindo no assunto com ele.

- Isabelle, o que eu te disse? Por favor, não toque mais neste assunto e vamos falar de outra coisa, está preparada para o primeiro dia de trabalho?- Disse esperando pela minha resposta.

- Me desculpe! Mas já que você não quer mais falar sobre isso, vou te respeitar e tentar esquecer este assunto. Para falar à verdade, não estou preparada e estou com medo de decepcionar o dono daquela empresa, que é o nosso chefe ou de cometer um erro grave que o faça querer me demitir na hora.- Disse toda preocupada para ele.

- Não precisa ficar preocupada com estas coisas, pois vai dá tudo certo e então relaxe, deixe tudo rolar naturalmente e tenho certeza que tudo dará certo no seu primeiro dia lá. Quanto menos perceber, daqui um tempo vai ter subido de cargo e ser o que sempre sonhou, que é ser uma grande produtora musical, ok?- Disse enquanto olhava diretamente para mim.

- Espero que você esteja certo mesmo, porquê se eu fracassar em uma coisinha sequer, nunca irei me perdoar.- Disse ainda preocupada para ele.

- Você se cobra muito, tem que parar com isso, porquê isso só irá te fazer mal ao invés de te ajudar e agora vamos embora daqui. Pois eu tenho que acordar cedo para poder ensaiar com os meninos e não posso acordar atrasado, porquê senão, eles me matam sem pensar em duas vezes.- Disse enquanto esperava passar algum táxi perto de onde estávamos.

- Eu sei que não devia me cobrar tanto assim, mas é que não consigo evitar e é como se fosse mais forte do que eu. E enfim, espero que o táxi não demore tanto para aparecer por aqui e falando em ensaios, eu queria ver um ensaio de vocês em algum dia, só para ver se são bons mesmo como dizem por aí.- Disse com um sorriso de lado para ele.

- Então tente mudar isso de você, vai ver que irá ser melhor para si mesma e também espero que o táxi não demore muito. Ensaio? Do meu grupo? Ah, vou ver se eles irão concordar de deixar alguém ver os ensaios, porquê quando falta algumas semanas para a nossa tour ou comeback, não deixamos ninguém ver as nossas novas coreografias, para que quando chegasse o grande dia, conseguíssemos surpreendê-los com as nossas performances.- Disse todo animado quando toquei no assunto dos ensaios do grupo dele.

- Entendi, quando ver que eles deixaram mesmo, então você me avisa através por mensagem ou pessoalmente, pode ser?- Disse enquanto olhava diretamente para ele.

- Pode ser! E então, vamos darmos mais uma chance de sermos bons amigos e esperar pelo o que o destino nos reserva?- Disse esperando pela minha resposta.

- Vamos sim e seja o que o destino nos reservará, então amigos?- Disse com um sorriso de lado para ele e estendi à minha mão na esperança que ele segurasse, como se fosse uma forma de promessa.

- Amigos!- Disse e segurou à minha mão fortemente.

Após ele ter dito isso para mim, um táxi estava à poucos metros de nós e então, sinalizamos para que parasse, assim que parou, entramos rapidamente e o Hoseok me pediu para falar o endereço de onde moro primeiro. Para que assim que o taxista parasse no meu apartamento, ele iria falar o endereço de onde ele mora, achei isso um pouco estranho, mas enfim, assim que eu disse o endereço do meu apartamento, o taxista acelerou logo em seguida. Enquanto não chegávamos, Hoseok e eu conversamos mais um pouco, até parecia que eu não tinha estragado o nosso passeio e também parecia que ele realmente tinha me perdoado. Eu sei que não devia estar assim, mas eu odeio machucar as pessoas por mais bobo seja o motivo e espero que daqui um tempo, nem lembraremos mais disso e que nós realmente consiga ser grandes amigos ou até algo mais. Pois, confesso que as coisas que ele tentou fazer comigo lá no parque de diversões, mexeu um pouco o meu coração, mas eu realmente não quero me envolver com ninguém e sim, só me focar em realizar o meu grande sonho de que é ser uma produtora musical. Eu sei que isso parece ser muito egoísta da minha parte, mas é que tenho medo de me machucar igual da última vez que me envolvi com alguém e principalmente ter o mesmo destino que à minha mãe. Que é casar com alguém que pensava que era um "príncipe encantado", quando na verdade é um verdadeiro monstro, mas quem sabe um dia se eu realmente estiver certeza sobre o que sinto por Hoseok ou o que sentir por outra pessoa que irá aparecer na minha vida, eu possa dá mais uma chance para o amor.

 

Assim que finalmente o táxi parou em frente ao meu apartamento, eu paguei à minha parte, me despedi do Hoseok e saí do táxi na mesma hora. Andei em direção as escadas que davam acesso à entrada e assim que subi, empurrei à porta, entrei e andei em direção ao elevador. Depois disso, entrei no elevador antes que fechasse e tinha uma pessoa lá dentro, eu a cumprimentei por educação, só que esta pessoa literalmente me ignorou, mas enfim, assim que o elevador se abriu no meu andar, saí rapidamente. Passei pelo corredor e só parei quando estava em frente à porta, peguei as chaves e abri o mesmo, por fim, entrei e tranquei à porta, joguei à chave e o celular no sofá que pouco, o celular não caiu no chão e fui até à cozinha na intenção de pegar um copo de água. Pois, estava morrendo de sede e após ter matado à minha sede, peguei o meu celular que estava jogada no sofá e andei em direção ao meu quarto. Quando entrei, deixei à porta encostada e deixei o celular no sofá, fui até ao banheiro, fiz as minhas necessidades fisiológicas e escovei os dentes. Saí do banheiro e fui até ao meu guarda-roupa, peguei uma calça moletom preta e uma regata também preta, tirei a roupa que estava usando e me vesti rapidamente as roupas que tinha pegado do guarda-roupa.

 

Após ter feito isso, dobrei à roupa que eu usei pra sair e guardei logo em seguida, corri para à cama, deitei e fiquei pensando nas coisas boas e ruins que me aconteceram hoje com o Hoseok. E cheguei na conclusão que irei fazer o possível para que ele esqueça todas as aquelas coisas ruins que nos aconteceram, para fazer o possível que ele só tenha boas lembranças quando for lembrar de mim. Também para me redimir o máximo que eu puder, para que ele realmente me perdoa e que entenda que eu estava com medo, não sabia que ele iria tentar me beijar naquele momento e que não estava pronta para me envolver com ninguém. Mas enfim, amanhã logo no meu primeiro dia naquela empresa, quando estiver um tempo livre lá, irei procurar pelo Hoseok e ver se ele teve algum intervalo do seu ensaio com os meninos que espero um dia que ele me apresente. E convidá-lo à tomar ou comer alguma coisa comigo no mesmo lugar em que me encontrei com aquele moço que tinha me entrevistado em algum tempo atrás. E depois de ter planejado um pouco que farei amanhã com o Hoseok, resolvi dormir pois estava ficando tarde e teria que acordar muito cedo amanhã. Para arrumar o apartamento e pegar as roupas levei para a lavanderia, pois estar lá desde sempre e não os peguei até agora, porquê eu esqueci mesmo. E vou ter que acordar lá pras 08:30am ou às 09:00am, isso dependeria da minha coragem de levantar da cama e então me virei de lado, alguns minutos se passaram e finalmente acabei adormecendo.

 

No dia seguinte, ainda estava dormindo até que o meu celular despertou às 08:20am e com isso, dei um pulo na cama, achando que estava atrasada para ir lá na Big Hit. E corri em direção ao banheiro, na intenção de escovar os meus dentes e lavar o meu rosto. Mas assim que saí do banheiro, me toquei que hoje ainda era domingo, ou seja, não era o dia que iria começar e trabalhar naquela empresa. Então respirei fundo e fui arrumar à minha cama, assim que fiz isso, arrumei o resto do meu quarto e por fim, saí de lá em direção à cozinha na intenção de preparar o meu café da manhã. E assim que já estava na cozinha, abri o armário e peguei uma caixa de cereal, depois abri à geladeira e peguei uma garrafa de leite, com isso peguei uma tigela e uma colher que estavam guardados no armário da cozinha. E quando preparei tudo, coloquei à tigela sob à mesa e sentei na cadeira logo em seguida, depois comecei à comer tranquilamente.

 

Após ter terminado de tomar o meu café da manhã, levantei da cadeira e arrumei à cozinha o mais rápido que conseguia. E assim que terminei de arrumar à cozinha, comecei à limpar cada parte daquele apartamento e quase três horas se passaram, finalmente já tinha terminado de limpar e arrumar tudo. Com isso pude respirar aliviada, por ter conseguido limpar tudo sem precisar de ajudar alguma e agora vou ter que buscar as roupas que deixei lá na lavanderia. Então, fui até ao meu quarto e abri o guarda-roupa, peguei uma calça jeans e uma camiseta azul escuro, tirei as roupas que usei para dormir e me vesti as que peguei agora o mais rápido possível. Após ter trocado de roupa, saí do quarto e andei em direção à sala, peguei a chave que tinha jogado ontem no sofá, peguei o celular e guardei dentro do bolso da minha calça.

Andei em direção à porta, abri e sai do mesmo, alguns minutos se passaram já estava na calçada e em pouco tempo irei chegar à lavanderia para pegar às minhas roupas. Um tempo depois, cheguei em frente da lavanderia, entrei, quando me aproximei do balcão, por sorte tinha alguém para me atender e:

- Bom dia! Eu gostaria de pegar as roupas que deixei aqui alguns dias atrás, por favor?- Disse esperando pela resposta da atendente.

- Bom dia, senhorita! Espere que daqui dois minutinhos, irei trazer as suas roupas, senhorita ... ?- Disse esperando que eu falasse qual era o meu nome.

- Meu nome é Isabelle!- Disse enquanto olhava diretamente para ela.

- Ok! Vou procurar as suas roupas que devem estarem guardadas lá atrás.- Disse e em seguida andou em direção do lugar que tinha me falado.

Quase cinco minutos se passaram e atendente volta com as roupas que tinha deixado, assim que ela me entregou, eu a agradeci e saí do estabelecimento logo em seguida. Quando faltava pouco para chegar ao meu apartamento, fiquei pensando se amanhã no meu primeiro dia lá naquela empresa dará tudo certo ou não. Pois, eu sei que me cobro muito, mas não quero decepcionar ninguém, porquê se eu decepcionar o meu chefe, provavelmente seria despedida e talvez nunca mais consiga chegar nem perto de realizar o meu sonho de ser uma grande produtora musical um dia. Enfim, mas espero que eu consiga fazer tudo direitinho e de até surpreendê-lo, também espero que consiga fazer o Hoseok me perdoar de verdade, pois eu sinto que ele falou que tinha perdoado por falar mesmo, mas pode ser coisa da minha cabeça.

 

E assim que cheguei em frente às escadas do meu apartamento, subi rapidamente e empurrei à porta, entrei e andei em direção ao elevador. Quando já estava no meu andar, saí e passei pelo corredor que dava acesso à porta do meu apartamento, peguei à chave que estava dentro do bolso da minha calça e abri à porta na mesma hora. Fechei e como sempre, joguei à chave no sofá, fui até ao meu quarto e coloquei as minhas roupas no cabide separado das minhas outras roupas dentro do meu guarda-roupa, na intenção de evitar que acabem se amassando ou algo do tipo. E assim que fiz isso, voltei para à sala, peguei o meu celular e mandei a seguinte mensagem para o Hoseok: " Bom dia, Hoseok! Como que você está? Dormiu bem?", agora o que me resta, é de esperar que ele me responda. Pois, eu pretendo me aproximar dele e fazê-lo esquecer daquele episódio lá no parque de diversões, para que isso aconteça, primeiro eu tenho que esquecer, pois parece que eu faço questão de lembrar isso. E quando estava conversando com ele lá no parque, eu sempre tocava no assunto e se eu quisesse que ele esqueça mesmo, teria que parar de ficar falando sobre isso com o Hoseok mesmo.

 

Enfim, enquanto ele não me respondia, fui até à cozinha para beber um copo de leite frio e após ter feito isso, voltei para a sala e me sentei no sofá, peguei o  controle remoto e liguei à TV, já que não tinha mais nada para fazer agora. E também para que eu conseguisse me controlar à ansiedade do Hoseok responder a minha mensagem e de controlar o nervosismo que estava sentindo por conta do meu primeiro dia lá na Big Hit. Pouco tempo depois e nada do Hoseok me responder, ele deve está muito ocupado e não está tendo tempo de mexer no celular ou ele ignorou à minha mensagem, mas prefiro pensar que é a primeira opção. E também não posso obrigá-lo à me responder, então se ele não me responder até anoitecer, vou ter certeza de que ele não me perdoou mesmo.

 

Algumas horas se passaram e estava começando à anoitecer, passei praticamente a tarde toda assistindo TV e só parei quando não estava mais aguentando ficar parada mesmo. E durante este tempo, deixei o celular de lado e assim que tinha desligado a TV, peguei o celular e até agora Hoseok não tinha me respondido. Espero que ele esteja ocupado mesmo, pois se ainda estiver chateado comigo, não sei como farei para reverter esta situação direito e agora vou tomar um banho, depois comer alguma fruta e escrever um pouco à história que estava escrevendo. Após fazer tudo isso, irei dormir já que terei que está lá na empresa às 08:30am e não posso chegar atrasada logo no meu primeiro dia de forma alguma. Assim que levantei do sofá, fui até ao meu quarto e abri o guarda-roupa, peguei uma regata preta e uma calça moletom cinza, peguei também as minhas peças íntimas, depois corri para o banheiro e tranquei à porta rapidamente.

 

Com isso, pendurei as minhas roupas limpas na parede e depois me despi, coloquei as roupas que estava usando no cesto e liguei o chuveiro logo em seguida. Comecei à tomar um longo banho, confesso que estava precisando relaxar um pouco e fiquei uma boa parte do tempo planejando em cada passo que farei amanhã, espero conseguir me resolver com o Hoseok e fazer tudo que o produtor que irei trabalhar me pedir. E após ter terminado de tomar o meu banho, desliguei o chuveiro e me enrolei na toalha, me sequei e coloquei as minhas peças íntimas. Depois, a regata e por fim, a calça moletom e com isso, abri à porta e saí do mesmo, andei em direção até à cozinha e peguei uma maçã, já que não estava sentindo tanta fome assim. Após ter comido tudo, fui até ao banheiro e escovei os dentes, depois peguei o meu caderno e a minha caneta que estavam guardados no criado mundo ao lado da minha cama. Sentei na cama e comecei à escrever sem parar, só parei quando tinha dado 10:25pm e então guardei tudo no criado mundo, coloquei  meu celular para despertar às 06:30am, já que eu teria que está lá na Big Hit às 08:30am. Deitei na cama, fiquei pensando em algumas coisas, depois me virei de um lado e adormeci pouco tempo depois.

 

Na manhã seguinte, fui despertada com o meu celular tocando sem parar e com isso, eu o desliguei e levantei da cama, andei em direção ao banheiro. Assim que estava por lá, fiz as minhas necessidades fisiológicas, molhei o meu rosto na intenção de tirar todo o sono que estava sentindo e escovei os meus dentes e depois saí do banheiro. Fui até ao meu guada-roupa e o abri, peguei as roupas que tinha pegado lá na lavanderia ontem, fechei à porta do guarda-roupa e fui até à minha cama. Eu coloquei as roupas sob à cama e me despi logo em seguida, com isso, coloquei peça por peça e assim que terminei, guardei as roupas que usei para dormir e saí do quarto. Assim que cheguei na cozinha, preparei um sanduíche e um suco de laranja rapidamente para o meu café da manhã, comi aos poucos, já que ainda estava um pouco cedo para sair de casa. E após ter terminado de comer, arrumei à cozinha e depois fui arrumar à minha cama lá no quarto, assim que fiz tudo isso, fui até ao banheiro para me maquiar. Passei um pó compacto, rímel e um gloss rosa bem clarinho, já que não estava muito afim de me produzir tanto assim e assim que terminei de me maquiar, saí do banheiro, peguei uma bolsa e o celular, depois fui até à sala. Com isso, coloquei à carteira, o celular e peguei à chave, fui até à cozinha na intenção de beber um copo de água e assim que fiz isso, peguei o meu celular e vi que já são 07:40am. Então fui até à porta, abri e saí do mesmo, tranquei e fui até ao elevador que por sorte estava aberta, entrei e assim que abriu, saí e fui até à porta que dava acesso à calçada.

 

Assim que já estava na calçada, alguns minutos se passaram até que apareceu um táxi e então fiz um sinal para que parasse, quando parou, abri a porta e entrei rapidamente. Falei o endereço da empresa para o taxista, com isso ele acelerou o táxi e trinta minutos se passaram, até que finalmente cheguei na empresa, paguei o taxista e saí do táxi logo em seguida. Subi rapidamente as escadas até à entrada da empresa e assim que entrei, fui até à recepção e perguntei aonde estava o dono daqui, a recepcionista me disse que ele estava na sala dele. E então andei até à sala dele, bati na porta e assim que ele me viu, me pediu para que entrasse e:

- Bom dia, senhorita Isabelle! Pelo visto alguém chegou vinte minutos antes do combinado, meus parabéns! Gosto de pessoas que chegam mais cedo mesmo, então agora vamos para a gravadora que você irá trabalhar com o produtor que se chama Kim Dong-sun, ok?- Disse com um sorriso de lado para mim.

- Ok senhor!- Disse enquanto disfarçava à minha ansiedade para ele.

 

Poucos minutos se passaram e finalmente chegamos à gravadora, ele abriu à porta e vimos que o Kim Dong-sun estava dormindo com a boca aberta, sentado na cadeira com as pernas sob aqueles aparelhos. Então o meu chefe o cutucou por trás na intenção de acordá-lo, mas não obteve sucesso e ele ficou fazendo isso por quase cinco minutos, até que este produtor acorda e quase cai do chão e:

- Bom dia, chefe! Eu juro que não estava dormindo, só estava fingindo, para testar o senhor... E quem é esta garota?- Disse todo sem graça para ele.

- Estava fingindo? Vamos fingir de que acredito em você, senhor Kim Dong-sun e esta garota foi à que contratei em alguns dias atrás, para trabalhar como sua assistente. Ela se chama Isabelle e tenho certeza que ela irá ser uma grande ajuda para o senhor.- Disse no tom de seriedade para o produtor.

- Minha assistente!? Mas eu não preciso de ajuda de ninguém, pode levar ela daqui, pois as minhas produções eu sei fazer e muito bem por sinal.- Disse um pouco irritado para o nosso chefe.

- Estou vendo que não precisa de ajuda e que sabe fazer tudo sozinho, principalmente dormir no meio do expediente. Enfim, espero que você à recepcione direitinho, porquê o seu emprego depende disso e aposto que você irá agradecer por ter te ajudado em tudo, ok?- Disse e logo em seguida saiu da gravadora.

Assim que o chefe saiu, eu fiquei parada atrás da porta esperando por alguma ordem do senhor Kim Dong-sun, mas ele basicamente me ignorou por quase meia hora. E pelo visto, ele realmente odiou à ideia de ter uma assistente ou até mesmo se sentiu ofendido. Mas depois ele parou no que estava fazendo, começou a me encarar como se tivesse pensando no que iria dizer para mim e:

 

- Como não posso me livrar de você, irei te desafiar para produzir um remix de cinco músicas em menos de três horas, se conseguir cumprir este desafio e então irá ganhar o meu respeito, talvez eu acabe gostando um pouco de você. E então topa este desafio ou não?- Disse enquanto esperava à minha resposta.

-Topo sim e irei te mostrar o por quê que fui contratada, espero conseguir ganhar o seu respeito, senhor.- Disse enquanto o olhava fixamente.

- Isso eu só quero ver, garota!- Disse com uma cara que parecia está duvidando de mim.

Quase três horas se passaram e estava quase finalizando o remix que ele tinha me desafiado e assim que dei uns retoques finais, finalmente terminei e agora esperar que ele volte para a gravadora. Já que ele tinha saído, para não me atrapalhar em nada e aposto que ele deve ter aproveitado para relaxar, porquê parecia que ele trabalhava aqui por obrigação e não porquê ele realmente gosta desta área de produção musical mesmo. Vinte minutos depois, o senhor Kim Dong-sun volta para a gravadora com um copo de cerveja na mão e assim que ele deixou o copo numa mesa ao lado da porta, ele se sentou na cadeira e:

- Pois bem, agora me mostre o remix de cinco músicas que eu te desafiei em algumas horas atrás.- Disse enquanto me olhava diretamente.

- Aqui, senhor!- Disse e logo em seguida cliquei no botão em um dos aparelhos para começar à tocar o meu remix para ele.

Assim que eu o mostrei, ele parecia que estava gostando e de que até estava surpreendido com o meu remix, ele esperou que acabasse para dizer algo para mim e:

- Impressionante! Até que você não é tão ruim assim, garota! E agora vamos trabalhar em algumas musicas agora e daqui duas horas te libero para almoçar, está bem?- Disse impressionado comigo.

E foi isso que fizemos, trabalhamos bastante e adiantamos praticamente quase tudo, parecia que eu estava conquistando à confiança dele aos poucos. Pois tinha vezes que ele deixar fazer algumas coisas sem ajuda dele, confesso que isso me deixava feliz, porquê pensei que mesmo ter cumprido o desafio dele, não iria deixar fazer quase nada sozinha e tal. Agora falta pouco para ele me liberar para almoçar e vou aproveitar neste horário de almoço para procurar o Hoseok, para pedir se ele quer comer algo junto comigo ou não. Pois, pretendo fazer de tudo para que ele esqueça de tudo e que pudéssemos começar do zero da nossa amizade que tinha mal começado.


Notas Finais


Comentem sobre o que acharam do capítulo e até a próxima! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...