História The Clan - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags 2won, Changki, Ficção Cientifica, Joohyuk, The Clan
Visualizações 64
Palavras 545
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boatos de que eu não sei ficar longe do spirit, é só boatos mesmo hein
Estou aqui com o plot do Monsta X, totalmente baseado em The Clan era
Eu ia esperar mais pra postar, mas hoje estou descontrolada
Enfim
Esse é apenas o prólogo e espero que leiam se agrade da ideia da fic hahaha
Nunca sei o que dizer mesmo
Então
Bjks amorzinhos <2

Capítulo 1 - Primeira temporada: Prólogo


 

Primeira temporada: Prólogo

 

    Começamos com uma descoberta e um novo governo, ou talvez um planejamento de como possa ser ele. Um cientista que havia cansando de sua vida frustrada e no auge da sua loucura criara uma nova maquina e novas substancias que iria mudar o mundo. Havia um problema, esse cientista não tinha recursos e nem meios de como aprimorar sua descoberta e tudo que ele precisava era de uma grande força. Por sorte ou azar ele havia encontrado uma grande força de onde poderia conseguir seus recursos necessários, um presidente de um país em busca de mais poder, era a sua força.

   A maquina fazia com que aos poucos os seres humanos tratados ao longo dos anos criassem um corpo cada vez mais resistente e poderoso, sendo comparados a semideuses da mitologia grega. Mas não era só isso que o cientista queria, não era apenas corpos resistentes que ele queria desenvolver, era bem mais que isso, ele queria corpos como os dos próprios deuses, ele queria a imortalidade junto ao juramento de uma nova espécie prometida ao presidente.

  O trabalho com a evolução da descoberta estava atraindo cada vez atenção de outros cientistas que resolveram se juntar ao grande criador de tudo aquilo. O clã era uma nova sociedade escondida do mundo, uma aldeia exclusiva para testes e seus escravos, um lugar completamente cercado de enormes muros. Crianças e adultos abandonados eram transferidos para o clã e serviam como cobaias de experimentos, mas outros iriam por vontade própria.

 

- Senhor! Hoje foram transferidas 10 crianças. – Um dos cientistas juvenis avisou ao homem que analisava diferentes tipos de substancias em recipientes. – São sete coreanos e três americanos, todos entre 1 e 5 anos de idade.

 

- Perfeito. – O homem sorriu sádico. – Era o que eu precisava para aplicar minha descoberta.

 

- Mas senhor Kang, são apenas crianças...

 

- Tudo para o bem da ciência. – Kang respondeu soltando os recipientes em seu devido lugar. – Vamos até as crianças, preciso vê-las de perto.

 

  As novas crianças transferidas eram colocadas em selas separadas dos adultos, as tais celas eram basicamente uma prisão, idênticas a cadeias, onde só ficavam criminosos e desequilibrados, a diferença era que o lugar era mais limpo e vez de sair para um “banho de sol”, eles saiam para tomar doses e mais doses de medicamento que causavam sérios efeitos colaterais. Muitos deles morriam por não aguentarem a primeira dose e outros viviam um pouco mais depois de passarem pela maquina de transformação.

 

- São aqueles. – O jovem cientista apontou para um grupo de crianças pequenas. – Os nomes deles são HyungWoo, Wonho, MinHyuk, KiHyun, Shownu, JooHeon, ChangKyun, Mark, Bean e Jackson.

 

- São belas crianças. – O homem analisou cada uma das crianças que olhava os dois homens com seus semblantes de medo. – Me parecem muito fortes e saudáveis, como as encontraram?

 

- As americanas vieram de orfanatos, já as coreanas foram tiradas de pais muito pobres. -Explicou suspirando alto. – Coitadas.

 

- Tudo isso que temos vai ser o melhor pra elas, pense bem garoto. – Kang deu dois tapinhas leves nas costas do rapaz. – Elas vão ter a chance de ser imortais e ainda nos dar a chance de começar uma nova era no mundo.

 

- O senhor tem razão...

 

- Claro que tenho razão! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...