História The Confused Lover - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanyeol, Chen, Exo, Imagine, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Exibições 225
Palavras 1.240
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


^^

Capítulo 2 - A great fangirl


Fanfic / Fanfiction The Confused Lover - Capítulo 2 - A great fangirl

Capítulo 2 - A great fangirl

 

[Seul, 4 de julho de 2016]

 

Eu mal podia respirar, um dos meus k-idols favoritos estava bem na minha frente. E ele é meu primo! Eu quase desmaiei, logo Kai me levou para dentro, me sentou no sofá e me trouxe um copo d'água. Eu não estava nada bem.

-Então minha prima brasileira é fã do EXO - ele riu, se sentando ao meu lado. Eu observei bem sua face. Ele é mil vezes mais bonito ao vivo. E seu sorriso é inigualável. Eu não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo.

-Uma grande fã. Eu não acredito que Kim JongIn é meu primo! Você é maravilhoso! – as palavras saiam sozinhas da minha boca.

-Obrigado - ele corou um pouco.

-Eu posso... te tocar? – eu estava fazendo um pedido absurdo, mas não estava em sã consciência para me tocar disso.

-Ahn... pode, fique a vontade – ele ficou um pouco surpreso com meu pedido, porém deu seu grande sorriso, entendendo que era um desejo de fã – e pode me chamar de oppa, se quiser.

Eu sorri com a resposta. Eu podeira chamar Kim JongIn de oppa! Me aproximei mais dele no sofá, e passei a mão por seus cabelos. Eram lisos, sedosos e muito hidratados. Passei rapidamente os dedos por seu rosto macio e o abracei fortemente. Ele, sem hesitar, me abraçou também. Me senti tão bem em seus braços.

-Parece que vamos nos dar muito bem - ele disse, sorrindo para mim. Assenti com a cabeça, sem palavras restantes para tamanha surpresa - vem, vou te mostrar seu quarto.

Subimos as luxuosas escadas, dando para um vasto corredor, com diversos quartos. O meu era o segundo, logo ao lado do dele. Coloração interna branca e lilás, com móveis muito bonitos e uma cama enorme.

-Obrigada por me deixar morar com você - sorri para ele - meu sonho era viajar para a Coréia, e aqui estou. Muito obrigada.

-Você vai ser minha irmãzinha - ele riu, passando a mão pelo topo da minha cabeça. Seus olhos brilhavam.

 

 

 

         [Seul, 5 de julho de 2016]

 

         Acordei com um cheiro bom vindo do andar de baixo, além de alguns ruídos. Kai deve ter preparado o café da manhã. Ontem conversamos bastante e já temos muita afeição um pelo outro. Só de lembrar me vem um sorriso no rosto. Eu tenho um irmão mais velho agora. Alguém em quem eu podia me orgulhar e me espelhar. Uma pessoa tão talentosa e maravilhosa...

Desci as escadas ainda de pijama. Kai não se importaria de eu estar com um top e um shorts, não é mesmo?

O cheiro de panquecas com café se tornou mais forte, e eu ia levemente até a cozinha, hipnotizada pela fome.

Quando entrei na cozinha, paralizei completamente. Meu fôlego desapareceu. O EXO inteiro estava lá.

Todos olharam surpresos para mim. Eu estava estática e logo Kai chegou para me segurar, antes que eu caísse feito estátua.

-Eu acho que não devia ter feito uma surpresa tão grande... - Kai murmurou, me sentando em uma cadeira - como você é muito fã do EXO, achei uma boa apresentar eles.

-Oi! - Baekhyun foi o primeiro a se manifestar. Ele estava preparando suco de laranja em uma das bancadas. Ele estava radiantemente belo com o cabelo castanho - Muito prazer.

-Olá! - disseram Lay e Chen em coro. Lay estava sentado na mesa com um caderno em mãos e Chen limpava os balcões sujos. Nunca vi dois coreanos tão lindos de cabelos pretos. E seus sorrisos de criança... Aigo!

-Como vai, Nicole? - disse Suho, carismático como imaginei. Este estava misturando farinha, ovos e leite. Ele já havia pintado o cabelo de preto novamente após o comeback do mês passado, em que estava cinza.

-Kai disse bastante sobre você - Sehun deu um pequeno e fofo sorriso. E meu ar ficou com ele, seus cabelos pretos com aquele corte o deixavam tão sexy e fofo ao mesmo tempo. Como era possível? Ele auxiliava Suho na mistura.

-Sim, e vejo que ela é realmente uma fofa - sorriu Xiumin, que virava panquecas na frigideira. Ele estava loiro e um pedaço de mal caminho.

-Concordo - Chanyeol se manifestou, sorrindo entre o caramelo e as frutas que ele pacientemente colocava nas panquecas. Fiquei boquiaberta ao ver o ruivo forte em sua cabeça. Era tão maravilhoso.

-Venha comer conosco! - disse por fim D.O, que estava bem quieto em uma cadeira, ao lado de Lay. Este ainda estava com o corte que eu considerava intimidador pela tela do computador, porém agora me parecia muito mais fofo, já que eu podia ver seu sorriso.

-Olá! Eu nem sei o que dizer! - eu disse rindo. Vi todos puxando belos sorrisos. Aquela era a visão do paraiso. Me perdi na beleza de suas faces.

-Vem cá - disse Chanyeol com seu belo sorriso - guardei um lugar do meu lado.

Ele estava do outro lado da cozinha. Fui andando até lá e percebi que todos me olhavam fortemente. Então me lembrei de que eu estava com um pijama bem pequeno. Senti minhas bochechas queimarem.

        Chanyeol logo me serviu, deixando um grande prato de panquecas e um copo de suco de laranja em minha frente. Ele estava muito sorridente e eu não conseguia parar de olhar para ele. Seus cabelos ruivos tinham uma franja ondulada que o deixava muito elegante. Seus grandes olhos capturavam minha atenção, e sua boca... bem, acho melhor parar por aqui. Ele puxou assunto comigo.

-Nicole é um nome estranho – disse ele com uma careta, me fazendo rir. Eles tinham dificuldade em pronunciar meu nome.

-Pode me chamar de Ni – sorri para ele, comendo um pouco das deliciosas panquecas – Chanyeol oppa.

-Então você é uma grande fã do EXO, Ni – ele disse de modo fofo.

-Sim, eu amo o trabalho de vocês. E ter sua presença aqui é mágico. Eu idolatro tanto vocês.

-Ah, obrigado – ele corou novamente – De qual música você mais gosta?

-Eu amo muito Promise e Baby Don’t Cry, principalmente na sua parte – dessa vez eu que corei com meu próprio comentário.

-Se quiser posso cantar pra você qualquer dia – ele sorriu, passando a mão pela nuca.

-Eu não sei se aguentaria uma voz tão linda ao vivo, e ainda por cima só pra mim. Eu te aviso quando estiver preparada – eu ri, encostando acidentalmente em seu braço. Ambos sentimos e nos entreolhamos, como se uma faísca percorresse entre nós.

-Ni – disse Kai, me tirando do transe de Chanyeol. – Está bom?

-Está maravilhoso, e ainda com a presença de tantos talentos... – sorri.

-Que bom que gostou – disse Xiumin, que se sentava ao meu lado. Eu estava entre Chanyeol e Xiumin, quase delirando. Ele abriu um sorriso fofo que me derreteu por completo – é bom agradar uma garota bonita como você.

-O-obrigada – eu corei por completa. Kim Minseok estava dando em cima de mim? Ele estava tão lindo loiro, e seu sorriso era de se delirar.

Terminamos de comer e eu me propus a lavar a louça, já que os garotos precisavam ensaiar. Eles me disseram que a casa de Kai era a de melhor acústica, portanto eles ensaiavam bastante no estúdio da casa. E isso também queria dizer que eu iria vê-los com frequência.

Eu lavava a louça tranquilamente, sorrindo sozinha. Eu estava muito feliz.

Repentinamente, senti duas mãos em minha cintura, me puxando. Fui girada e me deparei com Xiumin há 2 centímetros de meu rosto.

 


Notas Finais


Aaaah aposto que ficaram curiosos com o final.
Muahahaha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...