História The Criminal - Capítulo 36


Escrita por: ~

Exibições 554
Palavras 2.428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sorry

Capítulo 36 - Acerto de contas


Fanfic / Fanfiction The Criminal - Capítulo 36 - Acerto de contas

Lauren havia acordado cedo, o trato para o encontro era se encontrarem no estacionamento ás 15:30 da tarde, fez sua higiene matinal e se vestiu indo direto pro apartamento de Dinah, precisava falar com sua garota antes de qualquer coisa, precisava assegura-la de que faria o possível e até mesmo o impossível para mantê-la segura e fazer as coisas darem certo, iria prender Justin. Dinah abriu a porta do apartamento um pouco sonolenta e com os cabelos bagunçados

-Lauren? o que veio fazer aqui a essa hora?

-precisava falar com a Camz, pode ligar pra ela? não posso usar meu celular pois pode estar sendo grampeado

-tudo bem, pode ligar, entra ai

-desculpa ter te acordado

-não tem problema

Lauren entrou e se sentou em um pequeno sofá, a loira entregou o celular pra ela e se jogou na cama. chamou algumas vezes e ela logo atendeu

-Oi cheechee

-é a Lauren meu amor

-lolo! que saudade de ouvir a sua voz

-eu também baby, precisava falar contigo antes de ir pro trabalho, estou com medo por hoje

-confesso que também estou, quero que tudo dê certo

-contei sobre a gente para os meus pais, o meu pai e Chris estarão junto com a Vero antes do horário marcado para nos ajudarem

-eles não disseram nada? 

-não, fiquei surpresa, ficaram foi do meu lado, meu pai disse que vai te ajudar Camz, basta devolver todo dinheiro desviado dos bancos e poderão negociar, dai terá sua ficha limpa 

-e poderei andar pelas ruas finalmente segurando a sua mão

-sim! é tudo que mais quero, a gente vai poder namorar bem muito no nosso local

-a praia, e de preferência a noite, naquele pier que cantou pra mim

-ansiosa pra que a gente possa fazer isso logo

-vai dar tudo certo bebê, aquele imbecil vai pagar por tudo, a única coisa boa em todo esse problema é que encontrei você

-foi a melhor coisa que me aconteceu, mudei pra melhor, hoje sou uma pessoa bem melhor graças a ti, eu te amo tanto

-eu também te amo

-queria te dar um beijo agora,vários na verdade e te abraçar bem forte

-é uma pena a gente não poder, porque eu também queria muito! mas relaxa, poderá me abraçar quando você algemar o imbecil do Justin e comemorarmos

-tudo bem, eu tenho que desligar agora tá? vou pro departamento e tenho que devolver o celular da Dinah, acordei ela rs

-tá bom, boa sorte pra gente

-boa sorte, a gente se vê mais tarde, tudo vai dar certo

-vai sim! beijos

-beijos

[Fim de chamada]

-muito obrigada DJ, tenho que ir agora

-não há de quê, boa sorte lá, espero que dê tudo certo porque você e a Mila merecem ser felizes depois de tudo isso

-obrigada! eu estou confiante

Ela saiu do apartamento de Dinah e dirigiu até o departamento, Verônica não estava lá, era seu dia de folga e provavelmente já estava se preparando para o encontro. Foi até a sala de Justin que estava com os pés em cima da mesa e jogando dardos nas fotos de Camila coladas em uma pequena lousa

-bom dia Jauregui, pronta para hoje ou vai desistir?

-prontíssima!

-espero que me prove o que estou esperando de você, que me ajude e colocar Camila atrás das grades, é o seu dever como policial, ela é uma criminosa, ladra, sequestradora

E ele era um assassino a sangue frio e contrabandista! ela queria poder jogar essas verdades na cara dele mas não podia no momento, não merecia estar ali no controle daquele departamento, não era uma pessoa integra

-não se preocupe, mostrarei a minha lealdade a você e mostrar que Shay está errada a meu respeito

-falando nela, irá conosco, caso apronte alguma gracinha, e eu espero que não tenha chamado ninguém

-possivelmente grampeou meu celular e pediu para me seguirem, eu não chamei ninguém Justin, você me tinha como alguém de confiança, Shay está a baixo de mim e vai acreditar tão fácil nela assim? por acaso eu já dei motivos para que pensasse que sou uma traidora? -ele pensou um pouco antes de responder

-não, nenhuma vez

-pois então!

-agora isso não importa, ás 15:30 tudo estará resolvido, quando sair daqui chame a Shay pra mim

-tudo bem

Se retirou do local e foi até a sala de Shay contra sua vontade dando o recado de Justin, a garota olhou pra ela sorrindo sarcástica

POV JUSTIN

Não consegui acreditar em nenhuma palavra que saiu da boca de Lauren, se ela estiver mesmo ficando com Camila sabe do que aconteceu no passado entre mim e sua família e com certeza sabe que não quero prendê-la e sim matá-la para enterrar essa história de vez, caso Lauren faça alguma gracinha e não cumpra com o que prometeu matarei não apenas Camila, ela também estará na lista, na realidade tenho algo melhor para fazer no momento do encontro, algo que deixará Camila totalmente encurralada.

-pediu pra me chamar chefinho?

-sim, mandei!

-amo você assim todo autoritário, o que quer de mim?

-está tudo certo para mais tarde, deixe sua arma carregada e qualquer ato mal intencionado contra a gente vindo de Lauren pode atirar, não sei se o que falou é realmente verdade, ela sempre foi leal, mas se for mesmo não vai ter perdão, mas o meu alvo mesmo é Camila Cabello

-terei mesmo o que me prometeu né? quero subir de cargo e estar por trás da prisão de Camila

-quanto a isso não se preocupe, eu cumpro com as minhas promessas

-ótimo! mais alguma coisa ou posso me retirar?

Desabotoei minha calça e abri a fivela do cinto colocando meu membro para fora 

-quero sua boca bem aqui

(Ps: eca. vou pular)

(...)

Já estava perto do horário, Chris, Michael e Vero chegaram primeiro no estacionamento e se dividiram, Verônica deixou o gravador preparado para no momento certo usá-lo, logo em seguida Camila chegou, ela estava com um aperto no peito, e sentindo um pouco mal, só queria acabar logo com aquilo tudo e ter paz

-sou Michael Jauregui e esse é meu filho Chris Jauregui

-prazer em finalmente conhecer de forma ''correta'' o meu cunhado e sogro, eu quero corrigir os meus erros e fazer a sua filha feliz, eu amo muito a Lauren

-terá a sua chance de fazer tudo certo agora, espero mesmo que faça a minha filha feliz, agora acho melhor se afastar da gente, não podemos deixar que Justin suspeite de nada

-tudo bem, obrigada!

Poucas horas depois Justin, Shay e Lauren chegaram ao local, ela estava nervosa, Justin estava com a arma carrega de balas e Shay também, era a única a estar usando colete

-aqui estamos nós! não imagina o quanto esperei por esse momento, temos coisas a acertar e já passou da hora de tê-la atrás das grades, sei que não vai se entregar rápido assim por isso tenho aqui o que irá fazer com que se entregue -golpeou Lauren fazendo-a cair e Shay tirou de si a arma, ambos tinham combinado assim

-isso não estava nos planos!

-eu não confio mais em você Lauren

-não apareça então Camila! vai embora! -ela gritou

-não tem ninguém além de mim e da Shannon aqui, se eu quiser te matar posso muito bem alegar que foi em uma troca de tiros, então trate de ficar calada

-NÃO! EU NÃO VOU ME CALAR SEU DESGRAÇADO, VOCÊ MATOU OS PAIS DELA!

Ela começou a rir enquanto apertou o pescoço da garota devagar

-eu não sei do que está falando Jauregui

-sabe! sabe muito bem! -ele socou sua cara fazendo-a gemer de dor

-DESGRAÇADO! -ela gritou ao cuspir em sua cara, em sua saliva continha um pouco de sangue

-agora é sua vez Shannon, enquanto Camila não aparecer quem irá sentir dor aqui é ela!

Shay deu um chute no estômago da garota que gemeu e tentou falar novamente com dificuldade

-Camz.. não.. aparece! por favor, vai.. embora!

-LARGUE A MINHA GAROTA AGORA SEU ESTÚPIDO DESGRAÇADO! O QUE TEM PRA TRATAR É COMIGO!

Camila saiu de trás de um carro com suas armas em mãos apontando uma pra Justin e outra pra Shay

-vejo que é mesmo corajosa garota, se arriscando por ela? que romance barato você foi arranjar hein Jauregui? essa foi a sua pior escolha

-larga ela, não é a mim que quer? então deixe ela ir

-NÃO CAMZ! EU NÃO VOU A LUGAR NENHUM

-calada! -ele gritou encarando ela

-acha que eu confio em vocês? Verônica Iglesias saia agora mesmo de onde estiver, eu sei que está aqui pela sua amiguinha, será muito pior se não aparecer, eu mato ela aqui mesmo na sua frente e depois acabo com Camila

-NÃO! por favor, eu estou aqui! -Vero apareceu chegando perto devagar

-coloque a arma no chão agora mesmo

-como posso garantir que não vai machucar ela?

-não terá essa garantia, vai ter que tentar a sorte, armas no chão agora!

-tudo bem

-e chute-as pra cá

Ela assim fez, colocou as duas armas que tinha no chão e chutou até Justin

-muito bem, boa garota!

-eu me entrego Justin, pode me matar, fazer o que quiser, mas solte Lauren, ela não tem nada a ver com isso, com o passado que temos

-passado? não temos nenhum, estou apenas cumprindo com o meu dever de policial em prender você -disse irônico

-sabe muito bem do que estou falando, você matou meus pais seu desgraçado

-acha mesmo que sou um adolescente bobo? eu sou um homem experiente e sou ótimo no que faço, não é atoa que comando o departamento -puxou Vero e tateou seus bolsos até encontrar o gravador, jogou no chão e pisou em cima quebrando, mas o que ele não sabia é que Mike também estava com um e sua mira estava sobre ele, poderia atirar mas Lauren pediu várias vezes que não arriscasse que Camila se ferisse naquilo.

-vocês precisam ser mais espertas garotas, acho que terei 3 corpos para enterrar aqui, Lauren, Verônica e depois Camila, essa terei o maior prazer de jogar terra em cima do rosto

-porque essa raiva toda? o que eu te fiz? eu era só uma garotinha quando fez aquela barbaridade! meu pai não ia te dedurar pra ninguém, não precisava ter feito aquilo, você nem teve remorso, que tipo de pessoa é?!

-não me arrependo de nada, todo aquele que se meter no meu caminho eu tiro na mesma hora, agora vamos parar de conversinha, eu matei seus malditos pais e vou te matar também

Ao ouvir o que ele disse em relação a seus pais Camila avançou e ele apontou a arma pra ela

-quer levar um tiro agora mesmo? porque se não quiser é melhor ficar paradinha ai

-por favor Justin.. deixa ela -Lauren suplicou

-fica calada ai Jauregui, a conversa é entre eu e ela

Veronica estava sendo segurada por Shay, não olharam direito em todas as partes de seu corpo, ela tinha uma pequena faquinha que foi tentando alcançar devagar para que a mulher não notasse e quando conseguiu segurá-la a enfiou na barriga dela fazendo-a cair e Justin puxar Lauren com a arma apontada pra sua cabeça

-não devia mesmo ter feito isso! agora terei que explodir os miolos dela, tão bonita, pena que ficará toda desconfigurada rapidinho

-TROQUE ELA POR MIM!

-você é uma cobra traiçoeira! não confio em você

-Vero, se afasta dai, eu vou me entregar ok? leva a Lauren e cuida dos machucados dela

-NÃO CAMZ! ISSO NÃO! eu pago o preço que for mas não vou te deixar fazer isso

Justin se divertia vendo  quanto estavam apavoradas. Vero ficou ao lado de Camila e Justin se aproximou um pouco ainda com a arma apontada para a cabeça de Lauren

-no três você empurra ela para os braços de Vero

-espero que não tente nada ou vai se arrepender! -Shay continuava no chão com as mãos sobre o corte em sua barriga

-eu não vou fazer nada, tudo que me interessa agora é Lauren, quero mantê-la bem, não me importa em como eu sairei nessa história, eu a amo!

-amor não, por favor! me deixa aqui camz, eu te amo tanto que não suportaria te ver machucada, vai embora!

-que bonitinho, o momento da despedida! -gargalhou segurando firme nos braços de Lauren marcando-a com suas mãos, foi tudo muito rápido, no momento que empurrou Lauren para os braços de Vero, Camila puxou o gatilho acertando o homem na coxa fazendo com que ele se ajoelhasse, a garota cambaleou e viu Justin sacar a arma pra atirar em sua garota, jogou-se na frente dela, houve 3 disparos, um de Mike, outro de Chris e um de Justin e gritos desesperados de Camila, o homem astucioso tinha trazido reforços, que ao ouvir o barulho de tiros entrou no local algemando Camila que gritava ao ver sua garota baleada próximo ao peito, o sangue jorrava do ferimento enquanto Verônica segurava ela em seus braços, Justin havia levado um tiro na coluna, um na perna dado por Camila e outro no braço e caiu no chão sangrando também, Chris o algemou quase inconsciente e ligou para sua central do FBI pedindo para mandarem homens ao lugar, Mike correu desesperado até a filha e ligou para a ambulância.

-me larga!! me soltaa!! LAUUREN!! MEU AMOR.. VOCÊ NÃO PODE ME DEIXAR! LAUREN, droga a culpa foi toda minha!  -os homens armados puxavam ela para levar pra viatura

-se algo acontecer a ela irão pagar! -Mike mostrou seu distintivo, teriam que prender Camila e não matá-la, no momento o mais importante seria salvar sua filha, cuidaria do caso de Camila depois, ela chorava e tentava a todo custo se soltar mas os homens a seguraram firme e a garota estava algemada

 -VEROO CUIDA DELA, POR FAVOR! NÃO DEIXEM ELA MORRER! EU NÃO POSSO PERDER ELA! EU NÃO POSSO!

Lauren mesmo sem forças conseguiu olhar em direção de onde vinha os gritos, foi a última coisa que viu antes de apagar, a garota que ela ama aos gritos com lágrimas molhando seu rosto. A vista de Lauren ficou totalmente escura.

“Como a vida é engraçada, né? Bem na hora que você pensa que está tudo resolvido, bem na hora em que você finalmente começa a planejar alguma coisa de verdade, se empolga e se sente como se soubesse a direção em que está seguindo, o caminho muda, a sinalização muda, o vento sopra na direção contrária, o norte de repente vira sul, o leste virá oeste, e você fica perdido. Como é fácil perder o rumo, a direção…”

 


Notas Finais


nem tudo na vida é apenas felicidade :/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...