História The Criminal - Capítulo 49


Escrita por: ~

Exibições 212
Palavras 1.269
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 49 - Wedding Planing


Fanfic / Fanfiction The Criminal - Capítulo 49 - Wedding Planing

Pela manhã Lauren levantou no seu horário habitual de quando trabalhava, preparou um café da manhã pra Camila e colocou em uma pequena mesinha no canto da cama. Fez sua higiene matinal e se arrumou, deixou um pequeno bilhete para sua amada e foi pra central de policia. Seu braço estava muito melhor, porém para atividades policiais ainda era arriscado se envolver, já havia pensado no que faria, na casa que comprou pra morar com sua latina teria um pequeno ateliê onde ela poderia fazer seus quadros e coloca-los a venda. Ao chegar na delegacia foi muito bem recebida por todos ali, assim que viu sua melhor amiga correu pra abraça-la.

-até que enfim veio me ver! Hum que carinha é essa? Está com cara de quem transou

-e existe isso?

-claro que sim, a pessoa acorda um pouco mais alto astral. Veio fazer o que aqui além de ver esse meu rostinho lindo?

-tenho que falar com o novo delegado sobre a minha demissão

-vai mesmo sair? Pensei que gostasse do que fazia

-sim, eu gostava mas esse não é o meu maior sonho, quero fazer a minha arte e ser reconhecida com isso

-vai dar pra se manter assim?

-mais uma pra duvidar de mim?

-claro que não Jauregay, só queria saber

-VERÔNICA IGLESIAS! Detesto quando me chama assim

-pensei que já tinha se acostumado, ok, vou parar. ah e acho que comentei que o delegado na verdade é uma delegada né?

-uma mulher?

-exatamente, e ela é uma pessoa maravilhosa! Está mesmo fazendo o que Justin devia ter feito e não fez, aquele verme

-como se chama?

-Alycia Debnam-Carey

-ela se encontra no momento?

-ela é casada então, sem encontros! –Lauren deu um tapa no braço da garota

-estou brincando! Quer que eu te anuncie? Acho que nem precisa disso, Alycia não tem besteira

-faça isso por favor, quando eu sair de lá quero conversar uma coisa contigo

-certo

As duas foram até a sala da delegada, Vero bateu na porta e falou sobre a presença de Lauren, em seguida ela entrou e encostou a porta, cumprimentou a mulher que estava sorrindo

-muito prazer em conhece-la Lauren Jauregui, é uma pessoa muito bem falada aqui dentro, conheço os seus méritos e o quanto deu seu sangue por esse trabalho

-muito obrigada pelos elogios

-ao que devo a honra de sua visita? Irá voltar pra cá? Como está o braço? Soube que foi atingida

-estou bem melhor mas não é aconselhável que eu me esforce tanto ainda

-ainda está de licença então?

-na verdade vim aqui te falar sobre minha demissão

-ah, isso é uma pena! Seria uma prazer poder trabalhar contigo –ela era uma mulher simpática

-digo o mesmo Sra Debnam-Carey

-sem o senhora por favor, apenas Alycia

-desculpe. eu tenho outros planos, vou me casar dentro de pouco tempo e pretendo fazer algo mais leve, acho que meu tempo aqui terminou, porém guardarei nas minhas lembranças todos os momentos bons que passei aqui, meu pai é militar e meu irmão federal, isso veio de família, vivi o sonho dos meus pais, mas agora preciso viver o meu

-eu te compreendo, te desejo sorte na sua nova jornada, e parabéns pelo seu casamento

-espero te encontrar lá com seu esposo

-esposa

-ah, pois estão convidadas as duas, mandarei o convite

-a Eliza ficará muito feliz, irá com certeza lembrar do dia de nosso casamento

As duas conversaram mais um pouco e Lauren resolveu tudo que tinha pra resolver sobre a sua demissão. Ao sair da sala da delegada passou na sala de Vero que estava concentrada com uns papéis nas mãos

-vamos ao nosso assunto agora?

-como foi lá?

-tudo tranquilo, e tem razão, Alycia é uma pessoa incrível. Bom, eu queria combinar contigo sobre o casamento, eu pensei em fazermos na praia, foi o lugar que eu e a Camz demos o nosso primeiro beijo, quero algo simples, porém aconchegante, quero convidar apenas alguns conhecidos, amigos íntimos e família, primeiro estou falando contigo querendo saber se concorda, porque se disser sim irei falar com Taylor e Chris, minha irmã já está perto de ter o bebê então é melhor que se case logo com a Halsey, irão provavelmente morar juntas, a garota está se empenhando em trabalhar, a Tay teve sorte em encontrar uma moça como ela, e o Chris com a Selena já estão noivos e um tempinho, se quiserem podemos fazer uma cerimônia só

-vai ser o máximo! Por mim está fechado!

-liga pra Lucy e pergunta o que ela acha a respeito

-tudo bem

Pegou o celular e ligou pra sua noiva

-amor.. sobre a proposta da Lauren de um casamento em conjunto, o que acha?

-o que mais importa pra mim é me casar contigo Vero, não importa como nem onde, eu quero ser sua mulher, o restante deixo contigo, pode escolher, por mim está maravilhoso assim

-acho que nem preciso dizer porque te amo tanto né?

-EI EU AINDA ESTOU AQUI –Lauren disse tocando no ombro da amiga

-ok então meu docinho, te amo ok? a gente se vê mais tarde

-eu também te amo

[Desligaram]

-hummm meu docinho!

-para!

-nunca pensei que ia ouvir você chamar alguém assim

-quando estamos apaixonadas fazemos coisas desse tipo, me deixa, você com certeza já disse isso pra Camila

-de jeito nenhum, meu docinho não

-pois devia,  Lucy fica toda derretida

-sai fora, prefiro chamar minha Camz de gostosa, ela ama!

-me diz uma coisa, já chamou ela de bandida e prendeu com a algema?

-o que? sério que está me perguntando uma coisa dessas? –começou a rir

-só uma curiosidade

-não vou te contar sobre meus momentos íntimos Vero

-você é tão chata sabia?

-sim, eu sei disso! Tenho que ir agora, deixei a Camz dormindo lá em casa

-depois de uma noite de sexo selvagem!

-idiota

-vai dizer que estou mentindo?

Ela mostrou o dedo pra amiga, Vero pegou um livro e jogou em Lauren que saiu correndo e trancou a porta. Estava feliz, tudo agora poderia se encaixar, logo estaria casada e poderia dar inicio a uma vida em matrimônio. Ao retornar pra casa chamou os dois irmãos para uma conversa.

-meu casamento com a Camila será na praia, queria saber se aceitam casar-se junto de mim e da Vero, a gente pode fazer uma festa só, uma só cerimônia

-eu acho isso uma ótima ideia!

-eu irei pra festa, porém sozinho

-como assim? –as duas irmãs falaram no mesmo instante

-eu e a Selena terminamos

-como assim? Porque não disse logo?

-fiquei envergonhado, como queria que eu chegasse e falasse que fui traído?! Peguei ela aos beijos com outro homem, eu quis matar o infeliz! Mas vi que não valeria apena sujar as minhas mãos com alguém assim

-eu sinto muito

-tudo bem, acho que terei que voltar a vida de pegador nas noitadas

-irá encontrar a ‘’sua pessoa’’ um dia, basta ter paciência

-nós vamos montar a parada gay aqui em casa né? você e Taylor vão casar com uma mulher

-só falta você arrumar o seu boy

Os três começaram a rir

-claro monamour eu vou logo providenciar -disse em tom brincalhão, os irmãos Jauregui eram muito unidos

Depois da conversa Lauren retornou ao quarto, o café da manhã nem havia sido tocado, Camila ainda dormia tranquilamente, ela sorriu pois sabia que iria vê-la dessa maneira todos os dias pela manhã, sentiria prazer em levantar cedo e fazer seu café, acordá-la com beijos e caricias. Ao fita-la dormindo em sua cama teve a certeza que era com Camila Cabello que queria passar o resto de seus dias.


Notas Finais


Bjs <3

obs: scrr!! O CLIPE DE BAD THINGS FICOU PERFEITO! eu precisava surtar aqui um pouco rs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...