História The Criminal Love - Justin Bieber - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Justin Bieber
Tags Criminal, Justinbieber
Visualizações 143
Palavras 416
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá Girls e Boys, essa é minha primeira fic, eu pretendo postar outras e é isso, boa leitura

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction The Criminal Love - Justin Bieber - Capítulo 1 - Capítulo 1

Anne Margareth Collins P.O.V

O sinal havia tocado à um tempo, eu estava com minhas queridas amigas Alice e Sam comendo uma droga de maçã, eu odeio maçãs, só estava comendo porque estou morrendo de fome

— Anne, vou ir no shopping com a Alice, então não vou poder te dar carona — Sam falou e se arrumou pra ir junto com a Alice

— Afz, maldita hora que eu fui dirigir bêbada, aquele funileiro demora 1 século pra desamassar um carro

— Tchau Margareth — Alice falou indo embora

— EU JA DISSE Q É ANNE — Elas saiem dando risada

Eu me levanto pra ir embora, vou pro ponto de ônibus e subo no primeiro q vem, mas sem querer eu percebo q peguei o ônibus errado, resolvo descer, dou sinal ao motorista e ele abre a porta, eu desço e atravesso a rua, eu estava em um bairro cheio de mansões, eu tenho uma condição financeira boa, tenho uma casa grande e etc, mas essas casas parecem castelos, estava andando tentando achar um ponto de taxi mais perto possível e esbarro em alguém, em subo meus olhos até um moço, que aparenta ter uns 20 anos, tem fios loiros, olhos cor de mel e é branquinho

— Ahn, me desculpe, eu estou perdida, pode me dizer onde é o ponto de taxi mais próximo daqui?

Ele franze as sobrancelhas e ri da minha cara

— O ponto mais próximo é daqui a 18 km — Ele diz rindo

— Merda, onde eu vim me meter? — Murmuro

— Quer entrar? — Ele aponta pra casa q deve ser dele — Bebe uma água e dps se vira aí

— Não precisa, tenho água aqui

Volto a andar e ele me puxa pelo braço

— Você é muito bonita, seria uma ótima vadia para minhas boates

— ME SOLTA - Bato em seu peitoral — Diferente de muitas, eu não sou uma vadia

— Oq ta fazendo nesse bairro? — ele diz me soltando

— Estou perdida, não está óbvio? — Olho em seus belos olhos

— É está... quer que eu te leve até sua casa?

— Ér...hm.. — Falo desconfiada, vai que ele seja um estuprador

- Eu não vou te matar e nem te estrupar - ele revira os olhos

- Okay, vamos

Entramos dentro do carro, explico o caminho e começo a fazer várias perguntas

— Qual seu nome?

— Justin e o seu?

— Anne, tem quantos anos?

— 19 e você?

— 17, trabalha do....

Lágrimas começam a rolar diante daquela cena que eu tinha acabado de ver


Notas Finais


Bom, capítulo curto? Sim! Mas prometo fazer maiores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...