História The Darkside of Light - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Boku No Hero, Boku No Hero Academia, Drama, Luta, My Hero Academia, Poderes, Shounen, Super Poderes
Visualizações 28
Palavras 2.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bem, desculpem a demora, para postar ksksks é que ta corrido as coisas, era para eu ter postado quinta ou sexta, que o capitulo tava quase completo, só que acabei ficando ruim e deixei o capitulo pela metade e terminei de escrever hoje, bom, espero que gostem!

Capítulo 21 - O Dia da Batalha Chegou!


Logo após derrubar os papéis Clint leva um chute na barriga de Hades que o joga pro outro lado da biblioteca e em seguida Hades dá um pulo desviando de uma kunai.

 

 

 

- Ei Hades, o que é isso?! – Diz Clint nervoso.

 

- Temos visitas... – Diz Hades nervoso apontando para o local onde Clint estava, o chão onde Clint estava, parecia estar derretendo.

 

- Droga, mas quem fez isso?! Ter coragem para invadir aqui... – Diz Clint nervoso.

 

- Não foi tão difícil... – Diz Brisa aparecendo no local, seus olhos estavam brilhando em amarelo e sua pele estava acinzentada.

 

 

 

Trem subterrâneo.

 

 

 

- Por algum motivo, sinto que algo ruim esta para acontecer... – Diz Maeve sentada nos bancos do trem, em seguida ela se levanta e começa a caminhar e três pessoas começam a segui-la.

 

 

 

Vila afastada.

 

 

 

- Droga, a OCS esta aqui também? – Diz Jack escondido em um bar.

 

- Preciso revistar todos. – Diz um dos agentes, ele tinha um corpo robusto e forte, não revelava seu rosto por causa da gola e do chapéu que usava.

 

- Por favor, um instante, meu filho esta me esperando em casa, prometi para ele que assim que acabasse meu expediente iria vê-lo! – Diz uma das garçonetes.

 

- Eu disse para esperar! – Diz o agente gritando com a mulher.

 

- Ei, ei... Isso não é jeito de se tratar uma dama. – Diz Jack entrando na frente do agente.

 

- Saia do caminho pivete. – Diz o agente já irritado. – Quem você que é?! – Logo após isso, o agente vira um soco na direção de Jack.

 

- Um SuperHumano seu idiota! – Diz Jack deixando seus cabelos brancos e olhos esverdeados e segurando o punho do agente liberando uma aura verde de seu corpo.

 

- Maldito! – Diz o agente pegando um machado e direcionando-o contra Jack.

 

- Certo, já que esconder a existência de SuperHumanos aqui não adiantou. – Diz a garçonete acertando um soco de chamas no machado do agente e derretendo o machado. – Vamos pessoal!

 

- Tem super-humanos aqui?! – Pensa Jack surpreso.

 

- Peguem a garçonete e o pirralho! – Diz outro agente e em seguida outros 5 agentes correm na direção de Jack e da garçonete.

 

- Tomem isso! – Diz um dos agentes erguendo seu braço que tinha uma luva dourada e em seguida disparando rajadas de fogo.

 

- Certo, podem parar de tentar destruir o bar? – Diz um homem do balcão batendo sua mão na mesa e fazendo crescer um muro de pedra na frente de Jack e da garçonete.

 

-´Voltem! Informem a base que existem SuperHumanos no vilarejo! – Grita um dos agentes correndo para fora do bar.

 

- Desculpem, mas leiam a placa por favor. – Diz um rapaz loiro com olhos verdes atravessando a porta do bar e ficando na frente dos agentes e apontando para uma placa. – Para saírem daqui devem pelo menos beber um copo de leite, caso contrario... – O rapaz estalava seus dedos enquanto sorria.

 

- Reportando missão... – Diz Jack sorrindo em um radio. – Encontrei um grupo de SuperHumanos!

 

- Corrigindo... Eu encontrei antes... – Diz uma voz saindo do banheiro.

 

- O que? – Diz Jack surpreso.

 

- Yoo! – Diz Jin saindo do banheiro.

 

- Jin! Você esta vivo! – Diz Jack surpreso.

 

 

 

(Nota: Nenhum dos SuperHumanos sabe que Jin está do lado da OCS).

Trem subterrâneo.

 

 

 

- Certo, eu realmente não queria chamar a atenção... – Diz Maeve saindo da estação de trem e em seguida policias passam por ela correndo em direção á estação de trem.

 

- Ei... O que houve aqui... – Diz um dos policias caindo no chão assustado, toda a trilha do trem e as pessoas que estavam la dentro haviam sido cristalizadas.

 

- Foi um bom plano... – Diz Maeve andando calmamente. – Mas burro ao mesmo tempo... Deixar tão obvio que todas as pessoas naquele trem eram agentes? Que plano hein OCS...

 

 

 

Então assim se sucedeu... Os SuperHumanos juntaram seus reforços, Jack e Jin agora com um grupo de SuperHumanos do vilarejo se uniram com um grupo que Sakamoto e Hiei recrutaram, não houveram mais noticias de Zero, Sora ou Takeru, Maeve agora é conhecida como Cristal, não houveram mais noticias de Artemis, Aslam e nem Shark, Lupuz, Atlas e Silver estão retornando para o Japão, Falk e Lissy não deram mais noticias, 3 meses se passaram desde a separação dos SuperHumanos, aparentemente Steel esta infiltrada na OCS.

 

 

 

- Bem, acho que finalmente já deu nossa hora... – Diz Takeru aparecendo no meio de um beco junto de Lupuz, Atlas e Silver. – Ei, vocês sabem que quanto maior a distância, maior é o cansaço né?

 

- Sim, sim. – Diz Atlas andando para fora do beco e dando de cara com Falk e Lissy.

 

- Onde pensa que vai? – Pergunta Lissy.

 

- Andar por aí? – Diz Atlas confuso.

 

- Sabe que está foragido né? – Diz Falk com uma gota na cabeça.

 

- É mesmo... – Diz Atlas ficando cabisbaixo.

 

- Relaxa, temos que aguentar apenas mais um pouco... – Diz Lupuz colocando a mão no ombro de Atlas.

 

 

 

Logo uma agente da OCS aparece no beco e todos se preparam para lutar.

 

 

 

- Ora, quanta gente forte! – Diz a agente tirando o capacete e revelando ser Steel.

 

 

 

Sora caminhava pelos destroços de Tokyo até que se depara com Hiei, Sakamoto, Jin e Jack.

 

 

 

- Ainda bem, estão vivos! – Diz Sora sorrindo.

 

- E acompanhados! – Diz Hiei sorrindo e logo dezenas de SuperHumanos começam a sair de trás de uns destroços.

 

- Claro que não íamos deixar nossa líder de lado! – Diz Clint alguns metros de distâncias atrás de Sora, junto dele vários SuperHumanos que antes viviam na cidade subterrânea e tinham fugido.

 

- Pessoal... – Diz Sora sorrindo e derramando uma lagrima. – Bem... Não temos tempo para isso... Quando vamos começar? – Sora em seguida enxuga suas lagrimas e fica com uma expressão séria.

 

- Certo... Com isso encerramos os preparativos da festa. – Diz Clint ficando sério. – Nossa liberdade ira começar aqui no Japão, iniciamos agora a missão de Liberdade dos SuperHumanos!

 

- Finalmente vai começar hein! – Diz Sakamoto rindo.

 

- Onde vai ser o ataque Clint? – Pergunta Jack.

 

- Ora, onde mais seria? – Diz Hiei rindo.

 

- Em Tokyo! – Diz Clint.

 

-  Como vamos fazer eles virem para cá? – Diz Sora confusa.

 

- Relaxem... Eles vão vir todos como formigas no açúcar... E quando vierem... – Diz Clint andando ficando em frente a todos. – Vamos recebe-los da melhor forma possível!

 

- Espero que seu grupo consiga acompanhar o meu Clint! – Diz Hades sentado em cima de uma rocha e logo vários membros da organização Hades começam a aparecer pelo local.

 

- Andou fazendo novas amizades? – Diz Sakamoto.

 

- Bem... Acho que com isso podemos vencer a OCS... – Diz Clint rindo. – Não... Com isso, podemos alcançar a nossa liberdade!  Vamos atacar com força total!

 

 

 

Estados Unidos, Base da OCS.

 

 

 

- Sério... Aqueles Superhumanos fizeram uma festa aqui hein... – Diz um homem com sobretudo marrom escuro e cabelos negros e uma grande barba, seus olhos não tinham brilho, eram vazios. – Ei Nebula, algum sinal de vida?

 

- Por incrível que pareça não há nenhuma morte, todos os que estavam inconscientes foram para o hospital... Mas não sobrou nenhum documento. – Diz uma garota de pele branca e olhos amarelados, seus cabelos eram pretos com um tom azulado e ela tinha uma pequena cicatriz na bochecha.

 

- Nenhum sinal de SuperHumanos? – Diz um rapaz de cabelos negros e olhos acinzentados chegando no local, seu rosto não era visível do nariz para baixo devido algumas faixas, usava uma camisa preta colada por baixo de uma jaqueta cinza escuro e uma calça jeans branca.

 

- Isso vai ser um saco... – Diz o barbado acendendo um cigarro. – Nebula, avise os outros para me encontrarem no aeroporto amanhã... Estamos indo para o Japão.

 

- Está brincando, não é? – Diz a garota de olhos amarelados que seria Nebula espantada.

 

- Nebula... Seu pai não tem senso de humor, esqueceu? – Diz o rapaz de olhos acinzentados com um palito na boca.

 

- Agora, e você, Clay, vá juntar os equipamentos. – Diz o barbudo soltando fumaça de sua boca.

 

- Que droga... – Diz o rapaz que seria Clay mordendo o palito e o quebrando.

 

                                                                                                                                                                       

Egito, Piramides.

 

 

 

- Ei, ei! Ficou sabendo? – Diz uma garotinha de cabelos azuis claros sentada em cima de um pilar quebrado pela metade, a garota segurava um homem pelo pescoço, aparentemente morto.

 

- O que? – Diz um rapaz de cabelos azuis claros e um moicano bem baixo andando pelo local pouco iluminado olhando para as tumbas.

 

- Hades-kun fez novos amigos e pelo jeito decidiu se virar contra nós. – Diz a garota soltando o corpo morto no chão e descendo do pilar e dando giros com seu vestido branco.

 

- Já era o esperado. – Diz um homem com um manto negro e uma mascara branca encostado em um pilar. – Na ultima vez que encontrei com ele, ele dizia algo sobre pagar pelos seus pecados.

 

- Eu realmente não entendo... Qual é a graça de viver sem essa adrenalina... – Diz a garota com uma cara de inocente e confusa.

 

- Ei, tenho uma má noticia... – Diz o azulado em frente a uma tumba aberta.

 

- O que foi agora? – Diz a garota.

 

- O Cetro de Rá, não está aqui. – Diz o azulado nervoso.

 

- Ora... Isso não é nada bom... – Diz uma mulher de cabelos pretos com uma mecha vermelha entrando no local.

 

- Pandora, o que está fazendo aqui? – Pergunta o mascarado.

 

- Vim avisar para vocês, que estamos indo para o Japão. – Diz a mulher que seria Pandora.

 

- Finalmente vamos nos divertir! – Diz a garota sorrindo.

 

- Vai ser uma boa experiência. – Diz o azulado.

 

 

 

Japão, dias depois.

 

 

 

- Certo, preparem-se todos! – Diz Darius em frente a centenas de soldados da OCS. – Estamos indo para a ultima batalha!

 

- Convocar as 3 bases mais poderosas da OCS do mundo... Boa estratégia Darius. – Diz Jin observando de longe.

 

 

 

Tokyo.

 

 

 

- Certo, todos prontos? – Diz Sora ao lado de Maeve, Hiei, Jack, Clint, Takeru, Hades, Steel, Sakamoto, Falk, Lupuz, Jin, Lissy, Atlas e Silver.

 

- Ei, ei, isso é um pouco demais. – Diz Clint sorrindo e olhando para trás e vendo dezenas de SuperHumanos de Hades e SuperHumanos que viviam na cidade Subterrânea e também SuperHumanos das montanhas Higure enviados por Zero.

 

- Certo pessoal! Hoje começamos a batalha que determinara o futuro! Hoje iniciamos o começo do fim! – Grita Sora.

 

 

Aeroporto.

 

 

 

- Wooooow! Chegamos! – Diz a garota de cabelos azuis saindo do aeroporto.

 

- Certo, não vamos perder tempo, vamos para Tokyo. – Diz o azulado andando.

 

- Por que Tokyo? – Diz o mascarado andando.

 

- É apenas um palpite da Pandora. – Diz o azulado olhando para Pandora.

 

 

 

Logo sem eles perceberem, Nebula e seu pai, Clay e mais algumas pessoas encapuzadas passam pelo grupod e Pandora e se dirigem para dentro de alguns carros que os aguardavam.

 

 

 

- Para onde vamos? – Diz Nebula sentada ao lado de Clay.

 

- Para onde mais iriamos? – Diz Clay ligando o carro. – Tokyo.

 

 

 

Local: ???

 

 

 

- Certo meus SuperHumanos! Vamos para Tokyo! – Diz Artemis andando em uma pista enorme junto com dezenas de SuperHumanos controlados, todos andando em direção á um enorme avião.

 

- Quem diria que quando chegasse o dia da batalha decisiva eu seria um simples zumbi. – Diz Aslam andando.

 

- Jamais imaginei isso também. – Diz Shark com ódio nos olhos e observando Artemis.

 

 

 

Cidade onde a Nova Base da OCS foi fundada, ruas da cidade.

 

 

 

- Acho que chegou a hora de mostrar para as crianças o que é um verdadeiro SuperHumano. – Diz um homem velho de cabelos negros andando pelas calçadas enquanto gira uma bengala, ele usa um sobretudo negro.

 

- Parado, você! – Diz um soldado da OCS parando na frente do velho apontando uma arma para ele.

 

- O ego dos humanos... Faz vocês se acharem tão poderosos... Vocês precisam saber o que é uma punição divina... – Diz o velho girando sua bengala e dando um toque no soldado o empurrando pro lado tirando-o do caminho do velho que continua andando.

 

- Seu maldito SuperHumano! – Diz o soldado tentando se mover mas ficando imóvel, em seguida ele cai no chão com fortes dores no coração.

 

- Desculpe... Tenho um compromisso em Tokyo agora. – Diz o velho abrindo a porta de um carro preto e entrando nele.

 

 

 

Prédio em construção.

 

 

 

- Sabe... Os prédios de antigamente eram muito mais bonitos, tudo antigamente era. – Diz um rapaz de cabelos loiros observando um pássaro que estava parado na ponta de seus dedos. – Bem... Eu posso destruir o que eu quero... Alias eu sou o mais forte.

 

- ... – Varios soldados permaneciam ao redor do homem que estava em cima do prédio.

 

- Bem, acho que vou dar uma passada em Tokyo para visitar os SuperHumanos. – Diz o rapaz dando um pulo que seria do topo do prédio direto para a calçada, conforme o rapaz vai caindo, o prédio começa a ter tremores e começa a desmoronar.

 

- AAAAAHHHHH! – Varios soldados da OCS começam a cair do topo do prédio.

 

 

Montanhas Higure.

 

 

 

- Vai ser uma longa caminhada. – Diz Zero com um olhar sério andando em direção a uma estrada.


Notas Finais


Bem, antes que perguntem, aquela cena que a Brisa aparece e ataca o Hades e o Clint e de repente acaba a cenae tals, não foi um furo no meio do cap, é algo que vai ser falado mais tarde no decorrer, bem espero que tenham gostado!

Mas e aí, o que esperam desses personagens que apareceram, o que acham que eles querem fazer?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...