História The Day That Everything Changed - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Namjin, Taekook, Vkook, Yoonmin
Visualizações 5
Palavras 694
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Suga e eu ficamos abraçados até eu me acalmar

-Vem vamos pra minha casa, lá nós podemos conversar melhor- ele falou pegando minha mochila das minhas costas e colocando na sua

-Mas e a escola?- perguntei e ele me olho com uma sobrancelha levantada

-Foda-se a escola- ele falou andando em direção a sua casa e eu ri- Nunca gostei daquele lugar

O caminho todo até sua casa nós ficamos conversando coisas aleatórias, Suga realmente me animava. Assim que chegamos na sua casa eu peguei um pacote de sorvete e me joguei no sofá. Suga mora sozinho pois seus pais se mudaram para outro bairro, mas sempre depositavam uma boa quantidade de dinheiro em sua conta.

-Cadê a minha colher?-ele perguntou sentando ao meu lado

-Vai buscar folgado- ele fez uma careta mais foi buscar a colher. A tarde toda eu passei na casa do Suga, assistindo filmes e jogando, até que minha mãe me ligou pedindo pra eu voltar pra casa pois tinha algo pra me falar. Eu e o Suga fomos pra minha casa e chegando lá encontramos minha mãe e irmã chorando

-Meu Deus o que aconteceu- eu falei largando minha mochila no chão e correndo até elas ato que foi repetido pelo Suga

-Eu sinto muito- minha mãe falou me abraçando e eu não entendi nada- Nós vamos ter que nos mudar- aquelas palavras foram as últimas que ouvi. De repente minha visão embaçou, minha cabeça começou a latejar e meus olhos marejaram. Olhei pro Suga e vi ele de cabeça baixa

-P-por que?- sussurrei aquelas palavras e engoli meu choro. Eu não podia ser fraco agora afinal alguém tinha que consolar elas

-Seu pai apostou mais dinheiro do que nós tínhamos em jogos e agora o governo quer nossa casa pra pagar a dívida- minha mãe falou aos prantos, eu dei um mínimo sorriso e abracei as duas pessoas mais importantes da minha vida

-Vai ficar tudo bem- eu sussurrei enquanto sentia meu peito doer cada vez mais

-Eu vou esperar lá fora- Suga falou saindo da nossa casa

-Onde nós vamos morar mamãe?- minha irmã perguntou com a voz embargada

-Na casa da minha mãe- ela falou limpando suas lágrimas- Vai lá ver o Suga meu amor- minha mãe falou acariciando meu rosto, acenti e fui lá fora encontrando o Suga sentado no passeio, sentei ao seu lado e olhei pro céu, que estava limpo.

-Isso me irrita sabia- ele se pronuncio depois de um longo e assustador silêncio. Eu olhei pra ele e ele me olhou- Você fingir que não se importa- ele falou com uma expressão irritada e decepcionada- Não é errado chorar ou demonstrar que está triste

-Mas se eu chorar também quem vai consolar elas?!- eu falei deixando uma lágrima solitária escapar- Eu não gosto de ver elas assim... E se eu chorar também tudo vai piorar

-Não, vai ser pior você fingir que não importa, quando na verdade você tá desmoronando por dentro- ele falou e eu não consigui mais conter minhas lágrimas

-Eu não quero me mudar- eu falei e Suga suspirou

-Eu também não quero que você se mude- falou colocando seu braço em meus ombros- Vamos entrar- ele levantou e me estendeu sua mão. Enxuguei minhas lágrimas e peguei sua mão me levantando.

Uma semana depois
Hoje é o dia da mudança estava colocando as malas dentro carro junto ao Suga. Terminamos de colocar as malas e minha mãe e minha irmã o abraçou

-Vou sentir falta de vocês- Suga falou dando um sorriso triste

-Vai nada, quero que você visite sua segunda mãe pelos menos um vez na semana- minha mãe falou bangunçando seu cabelo

-Pode deixar mãe- Suga sorriu e deu um beijo na bochecha das minhas princesas. Elas entraram no carro e eu abracei o Suga

-A gente não vai mudar pra muito longe assim que eu chegar te mando o endereço- falei saindo do abraço e ele assentiu- Ah e vê se não dorme nas aulas

-Nossa já ia me esquecendo que eu finalmente vou poder dormir em paz- ele falou juntando as mãos e eu sorri

-Filho vamos- minhas mãe falou colocando a cabeça pra fora da janela

-Tchau açúcar

-Tchau TaeTae...


Notas Finais


Então gente espero que vcs tenham gostado! Eu escrevi com muito carinho e se tiver qualquer erro me desculpa. Até o próximo e beijos♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...