História The Deal - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jimin, Jungkook
Tags Abo, Alfa, Baekyoel, Bangtan Boys, Beta, Chanbaek, Exo, Hunhan, Jikook, Kaisoo, Kookmin, Namjin, Ômega, Sulay, Taeyoonseok, Taoris, Xiuchen
Exibições 1.618
Palavras 1.279
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hi :)

Leiam as notas finais por favor *---*

Boa Leitura^^

Capítulo 23 - Chapter Twenty Three


Jimin sentia seu corpo queimar só com o olhar de Jungkook sobre seu corpo, estava nervoso? Sim. Tinha medo que o moreno achasse que estivesse apenas querendo mudar o assunto, respirou fundo antes de começar qualquer coisa.

“J-Jungkook e-eu acho qu-” O alfa lhe interrompeu.

“Fale sem gaguejar Jimin, sabe que eu não irei lhe bater nem nada disso.” – Jimin assentiu e apontou para casa da nova vizinha.

“Sabe a moça que entrou alí... Ela parece muito com a sobrinha do Michael e... Sempre a vejo porém nunca vi seu rosto.” – O alfa olhou para casa onde o menor apontava e franziu o cenho.

“Onde você a viu?” – Perguntou olhando – agora -para o ômega.

“No parque .”– Jungkook olhou desconfiado para o ômega e arqueou a sobrancelha mostrando-o que sabia que tinha mais coisa e o outro suspirou derrotado – “E na sua empresa.”

“O quê? Porquê não me contou?” – Perguntou irritado. O ômega não confiava tanto em si para lhe contar isso?

“Eu só não queria te preocupar...” – Murmurou – “E se não for nada? Pode ser uma mera coincidência.”

“É pode ser mas eu quero que quando esteja acontecendo algo, mesmo que seja com você me conte. Odeio ser o último a saber” – Jimin assentiu triste – “Não fique assim meu doce, sabe que eu só quero seu bem.”

“Eu sei. E me desculpe pelo aquilo que ouviu estávamos apenas brincando, não era nada sério.” – Disse lembrando das conversas com os outros ômegas.

“Tudo bem” – Suspirou – “Só não faça novamente, ok?”

“Nunca mais” – Jimin riu puxando o ômega para um beijo e apaixonado – “Jungkookie o que acha de irmos ao parque, só eu, você, Baek e o Chan?”

“Acho ótimo mas que tal aproveitarmos o pouquinho aqui?”

Jimin conhecia muito bem aquele sorriso safado que Jungkook tinha nos lábios, o qual lhe devolveu antes de ter seus lábios carnudos tomado pelo alfa.

                                                                                                                  *

Baekhyun continuava cabisbaixo quando sentiu o marido sentar ao seu lado, sentia a raiva vinda dele através da marca. Não ousou levantar a cabeça em momento algum, era tão submisso a Chanyeol, seu alfa; Sabia que estava errado mas olhar não arranca pedaço ou não?

“Não quero que isso se repita, Baekhyun!” – o menor tremeu ao ouviu a voz rouca do alfa – “Ouviu?”

“S-Sim” – Gaguejou ainda de cabeça baixa. Seus olhos lacrimejaram por está tão sensível por causa da gravidez.

“Olhe pra mim!” – Ordenou e o menor mesmo receoso levantou a cabeça encarando o alfa nos olhos, imaginando que a qualquer momento ele lhe bateria – “Não chore meu anjo” – Chanyeol acariciava o rostinho vermelho do ômega que não conseguia segurar as lágrimas.

“V-Você n-não vai me b-bater, Chan?” – Perguntou tristonho e o alfa negou.

“Você está louco? Claro que não vou te bater, Baek!” – Falou e selou rapidamente seus lábios – “Eu só fiquei irritado pelo o que ouvi e vi, meu lobo não gostou nada disso vindo do meu ômega grávido” – Chanyeol viu o ômega tentar abaixar novamente a cabeça porém o mesmo interrompeu o ato – “Eu nunca vou lhe machucar meu pequeno, e muito menos nosso filho.”

“Me desculpe Channie, aquilo era apenas uma brincadeira e-”

“Tudo bem... Já passou. Vamos esquecer isso, uh?” – O ômega assentiu abraçando o alfa.

“Chan” – Chamou e o que ouviu do outro foi apenas “hum” como continue – “Eu quero comer bokkeum e Gochujang.” – Disse manhoso quando a vontade lhe veio à tona.

“Desejo?” – O alfa viu o menor assentir – “Vou comprar bokkeum pois aqui já tem Gochujang, não irei demorar.”

O alfa beijou calmamente os lábios do menor antes de sair para compra o tal bokkeum desejado pelo seu ômega e satisfazer-lo.

                                                                                                                *
                                                                         Duas semanas depois. ( 1 mês de gestação do Baekhyun )


Chanyeol, Baekhyun, Jimin e Jungkook estavam no parque, ambos alfas sentados esperando os dois ômegas voltarem do banheiro. Assim que os avistaram Jungkook franziu o cenho olhando para Jimin, respirou fundo sentindo o cheiro doce do ômega. Olhou para Chanyeol vendo que o mesmo encarava o irmão.

“Jiminnie seu cheiro está forte, entrou no cio?” – Chanyeol perguntou e viu o semblante confuso do irmão.

“Não, Chanyeol. Está louco?” – Riu baixinho.

“Não sou eu quem vai ficar louco aqui e sim seu amorzinho.” – Apontou para Jungkook.

“Tem certeza Minnie, que não está no cio?” – Jeon aproximou-se do alaranjado cheirando seu pescoço.

“T-Tenho Jungkook. Acho que logo logo entrarei no cio, não é Baek?” – O cunhado assentiu enquanto abraçava Chanyeol.

“Isso não vai demorar muito Minnie” – Sorriu e encarou o marido – “Yeol eu quero algodão doce.”

“Mais você já comeu dois cachorro-quente e três maçãs do amor.” – Disse encarando o menor incrédulo.

“Só comi isso Chanyeol e lembre-se que estou grávido” – Resmungou – “Agora vai lá garotão e compra dois algodão doces.”

"Um pra mim e pra você." – Chanyeol sorriu.

“Nada disso! Os dois são meus!” – Chanyeol murmurou um “mas e eu” e Baekhyun riu alto – “Primeiramente eu e seu filho depois você.”

“Eu prevejo que vou a falência se nosso filho nascer comilão assim que nem você...” – Comentou baixinho.

“Quer morre, Park Chanyeol?” – Baekhyun colocou a mão na cintura com a carinha emburrada, o que fez o alfa rir – “Vai comprar logo Channie, eu quero ir pra casa meus pés doem.”

“Já vou. Vocês podem ir pro carro entro vocês lá.” – O outro assentiram e foram para o carro.

Não tardou para que Chanyeol chegasse com seis algodão doces e ao entrar no veículo os olhos do seu ômega brilharam e avançou sobre o marido pegando três algodão doces, enquanto Chanyeol deu dois para Jimin e um dividiu entre ele e Jungkook.

[…]




Assim que chegaram em casa Baekhyun correu para o banheiro quando a ânsia de vomitar veio à tona. Banhou-se junto a Chanyeol que acariciava sua barriga, essa que já tinha um pequeno volume aumentando ainda mais a expectativa do alfa de serem dois bebê. Vestindo apenas a camisa de Chanyeol e uma cueca, Baekhyun entrou no quarto com um prato cheio de Kimchi e a boca um pouco suja, sentou-se na cama enquanto esperava Chanyeol, que estava em uma ligação com um CEO, na sala.

Quando o alfa entrou no quarto riu vendo o ômega chorando e comendo Kimchi e ao lado um pote de chocolate ao lado do mesmo. O ômega assistia um dorama enquanto se entupia de comida, cena que Chanyeol guardará para sempre.

“Amor porquê está chorando?” – Perguntou sentando ao lado dele.

“O Kim Tan comprou um apartamento para Cha Eun-Sang mas ela foi embora.” – O ômega chorava alto apontando para tela do netbook.

“Shii... Amor não precisa chora você já sabe como esse dorama termina, não precisa se estressar.” – Sorriu fechando o netbook e tirando a comida dele – “Já está tarde e amanhã cedo vamos para casa do LuHan, então por favor vamos dormir.” – O menor assentiu e deitou-se agarrando o alfa – “Eu te amo meu ômega.”

“Também te amo Channie.” – Sussurrou enterrando seu rosto no peito do alfa.

                                                                                          *
 


No outro quarto Jimin remexia-se na cama enquanto o alfa dormia calmamente ao seu lado. Sentia seu corpo quente, seu corpo suar e seu interior querer ser preenchido. Sentou-se sobre o alfa desfalecido espalmando o peito desnudo do alfa enquando rebolava sobre o mesmo. Jeon acordou sentindo um peso sobre si e não demorou muito para ver o ômega rebolando sobre seu membro semi-ereto gemendo baixinho.

“O q-que está fazendo Jim- Porra “– Interrompeu-se a si mesmo quando ele aumentou o ritmo das reboladas.


“Por favor Jungkookie... D-Dói.” – Jimin gemeu ao sentir as mão grandes de Jungkook apalpear sua bunda e aperta-las.

“Ah! Baby eu vou te punir pelo que fez comigo naquele dia que me chupou gostoso” – Jungkook sorriu safado o ajudando a rebolar – “Eu vou te foder todinho Minnie...”


Notas Finais


Como expliquei na outra fic vou explicar aqui também...

Provávelmente eu só postarei aqui no final de dezembro ou só em janeiro mesmo, pois terei que fazer uma cirugia na segunda dia 29/11 e outra no dia 07/12 e a outra ainda não foi marcada, então ficará difícil de postar aqui. Espero que entendam :)

Então foi isso, espero que tenham gostado
Me desculpem pelos erros..
Até próximo capítulo
kisses ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...