História The Demonic Princess - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Demonios, Magia, Rivalidades, Surpresas
Visualizações 49
Palavras 1.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Mistério, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!!!

Capítulo 2 - Lembranças


Fanfic / Fanfiction The Demonic Princess - Capítulo 2 - Lembranças

*Os sorrisos daquelas crianças era pura nostalgia, o campo verde cheio de flores exalava um perfume inebriante, pais e filhos adoravam aquele pedacinho de lugar ao qual os humanos podiam chamar de parque ao ar livre, mais vem ao longe encontrava-se uma menininha brincando só, olhava tudo ao redor , famílias completas era oque ela pensava, além da falta da mãe que segundo seu pai havia morrido quando ela era um bebê, nunca teve amigos, sempre foi considerada uma esquisita, filha dos pastor, ou até mesmo um monstro pelo simples fato de ter olhos que nenhum outro humano tinha, a solidão era algo inexplicável ao ver da garota, porque sua vida era assim ? Não sabia ao certo, na verdade ela tinha um certeza, algum dia aquilo iria mudar...*


                        "Yui" 


*Ao som daquela voz  a criança deixou ser guiada ao mais longe possível...*


                         "Yui"


*Aquela voz assumia uma espécie serena e tranqüila, mais ao decorrer quanto mais se aproximava mais ela ficava longe...*


                        "Yui"


*Finalmente consegui chegar ao local onde queria, num lago com águas cristalinas, a menina se encontrava na Beira da ponte olhando seu reflexo no espelho da água até então estranhou o fato, de estar com os olhos vermelhos parecendo duas rubis de tão intenso que eles eram, seus cabelos loiros de curtos estavam imensamente longos e ainda por cima brancos...*


                         "Yui"


*Subiu seu olhar encontrando uma figura de capuz cobrindo totalmente seu rosto...*


                         "Yui"

                   "Komori Yui"


TOC TOC

Seus olhos rosados se abriram lentamente ao barulho que vinha do outro lado da porta, se levantou com certa preguiça e dificuldade tudo por culpa de Shu que havia sugado seu sangue na noite passada, olhou para o relógio, podia até suspeitar de quem se tratava as altas 5:00 da manhã, abriu a porta um pouco sonolenta

Yui: Bom dia, Reiji— o moreno a sua frente lhe olhou dos pés a cabeça, depois assentiu como resposta, a garota sábia que essa era a forma dele dizer também um *Bom dia Yui*

Reiji: Café em 10 minutos, e não se atrase—sumiu e a garota fechou a porta atrás de si e caminhou rumo ao banheiro

Yui: que estranho—olhou-se na frente do espelho— porque tive esse sonho, esquece deve ser só minha imaginação— despiu todo seu corpo e tomou um banho relaxante, fez suas higiênes matinais e vestiu um vestido verde florido, olhou para o relógio faltavam 3 minutos— melhor eu desce se não Reiji cortará meu pescoço

[...]

todos já estavam sentado a mesa tomando seu delicioso café matinal em silêncio quando ela chegou, a garota já até tinha se acostumado, mais sentia falta daquele faladeiro que havia na casa dos Mukamis quando foi raptada e levada a casa dos mesmo, Azusa com seu jeito calmo e quieto, Kou a chamando de M-Neko-Chan, Yuma sempre reclamando que Kou roubava e comia todos os camarões da mesa, e ele sempre revidava dizendo que era porque estava com fome e um artista como ele nunca poderia morrer  de fome, ...e ele Ruki Mukami sereno e intimidador sempre colocando um basta naquele cio de todas as manhãs, tardes e noites, sorriu com aquele pensamento, sentia falta deles não podia negar eles realmente eram mais unidos do que os Sakamakis, foi tirada de seus desvaneios pelo ruivo de chapéu

Laito: no que tanto nossa bitch-Chan pensa Hum?—todas as atenções foram volta da a mesma

Reiji: Laito poderia fazer silêncio, seus modos são repugnantes então fique calado— o ruivo fechou a cara

Laito: sempre tão mal-humorado não é mesmo Reiji—ele se levantou fazendo todo mundo olhar para ele— perdi minha fome—sumiu e logo apenas quem estava na mesa era Reiji e a Garota— com sua licença eu vou me retirar—saiu apenas fiando o garoto a mesa

Reiji: realmente vcs não tem modos

[...]

Yui on

Eu estava entediada sem nada para fazer, optei por ir ao jardim da casa colher algumas rosas até porque a casa estava com as rosas murchas então vou troca-las, o dia estava realmente lindo hoje abandonou esse imenso jardim, der repente me perco em pensamento

Yui: porque não consigo esquecer aquele sonho, quem era aquela figura no lago, qual minha liga cão com ele?

Subaru: desse jeito eu vou pensar que esta ficando doida—apareceu der repente atrás da menina fazendo-a pular—oque foi?

Yui: desse jeito eu vou morrer de uma parada cardíaca_pensou, não é nada Subaru-kun eu só tomei um susto— falou

Subaru: porque está aqui?—perguntou—está colhendo rosas novamente para colocar na casa?

Yui: sim—ele se aproximou dela—oque pensa que esta fazendo?—ele mordeu ela no pescoço—ai isso do-doi muito Su-Subaru-kun

Subaru: eu sei—parou de mordela—eu estava com sede, se quiser te ajudo a colher essas rosas—concordei—venha

Yui of

[...]

Shu on

Assim que todos saíram da mesa, peguei meu livro que sempre leio e vou para a igreja perto daqui, me deito e começo a pensar, ah 3 dias atrás Reiji ta agindo muito estranho, não sei oque é, se fosse algo relacionado  aquele cara eu saberia, mais é  relacionado eu sei disso e descobrirei de alguma forma, se passou horas e eu sabia que logo iria a escola, quando resolvi me teletransporta, alguém apareceu a minha frente

Reiji: se arrume já está na hora de ir—ele falou mais antes dele ir embora chameio

Shu: Reiji oque esta escondendo?— o moreno parou para escuta-lo—vc está estranho e isso não passou despercebido por ninguém—a não ser pela Yui_pensou— me responda

Reiji: não estou escondendo nada garoto

Shu: olha como me trata sou seu irmão mais velho, e eu sei que oque esta escondendo esta relacionado a aquele cara  e isso esta te deixando um pouco desconcertado, vamos me diga

Reiji: *ele sorriu de canto* se vc que é o mais velho de todos nós não sabe porque eu saberia?—ele sumiu

Shu: filha de uma puta, eu sabia que ele tava escondendo algo—sumiu

Shu of

[...]

todos estavam na limusine, calados, Laito olhava para os pés como se fossem a coisa mais interessante do mundo, Subaru com cara de tédio, Reiji com cara de indignação oque não passou despercebidos por todos, kanato brincava com seu urso Téddy , Shu escutava música como sempre, Ayato suspirava cansado, e Yui olhava para o horizonte ainda perdida em pensamentos sobre oque realmente significava seu sonho e quem era aquela figura misteriosa

Chegando na escola foi um tumulto como sempre por parte das pessoas gritando são os Sakamakis e todas se derretendo pelos irmãos, cada um foi pro seu canto, as aulas passaram rapidamente e Yui ainda olhava para o nada, porque não conseguia tirar aquele sonho da cabeça de quando era criança afinal nunca se lembrará daquele lugar então porque justo agora ele reaparecerá em sua memória qual era sua ligação, meu passado, presente ou futuro eu realmente estava perdida

Professor: Yui esta me escutando—ela saiu de seus devaneios

Yui:an...oque...esculpe professor oque estava falando?

Professor: leia esse verso pra mim por favor—ela pegou o livro e se levantou

Nem cedo, nem tarde.

O presente é hoje.

O passado está no arquivo.

O futuro é uma indagação.

Faze hoje mesmo o bem a que te determinaste.

Se tens alguma dádiva a fazer, entrega isso agora.

Se desejas apagar um erro que cometeste, consciente ou inconscientemente, procura sanar essa falha sem delongas.


Professor: muito bem agora vamos para outro assunto


Meus pensamentos novamente são tomados por aquela lembrança seus eu ficaria doida.

[...]

Ja todos em casa nos recolhemos para dormir , mais em tamanhas horas da madrugada somos despertados para ouvir, 

Reiji: reunião em 1 minuto e urgente

Todos já se encontravam na mesa de estar dando todos ouvidos ao Reiji e esperando ele começar

Reiji: bom esses dias tenho recebido informações daquele cara e as notícias que tenho até podem agradar um pouco a todos vcs

Ayato: fala logo eu quero dormir

Reiji: mal educado, bom oque eu queria realmente falar é que apartir de amanhã teremos... novas noivas de sacrifício


Todos: OQUE?!!?







Notas Finais


Até o próximo capítulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...