História The Destination Is Here - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Esperança, Park Jimin, Renovações, Romance
Exibições 15
Palavras 1.399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


[No capítulo anterior...] Yejin descobre que tem um tumor no estômago, mas é salva e fica tudo bem após a cirurgia. Jimin descobriu que ela estava doente e ficou preocupado, principalmente por que ele quer aproveitar bastante o tempo com ela, já que ele vai embora em alguns dias... Jimin e Yejin saem várias vezes juntos e viram bons amigos, porém, Yejin sente uma sensação diferente perto dele...

Capítulo 5 - Aventura na estrada!


Fanfic / Fanfiction The Destination Is Here - Capítulo 5 - Aventura na estrada!

Eu estava de volta à escola, e só tinha aula por alguns dias e depois era férias, eu estudei bastante para as matérias que havia perdido, fiz as provas e Na Ra e eu viramos amigas.

- Ei Yejin, o que vai fazer depois que se formar?

- Hum, quero fazer medicina. E você?

- Eu irei fazer arte. Vamos fazer na mesma universidade para ficarmos juntas?

- Se você conseguir passar na prova.

Eu comecei a rir.

- YEJIN VOU TE MATAR!

Eu corri e ela veio atrás de mim, me esbarro no Jimin quase caindo, e ele me segura.

- Tome cuidado, você pode se machucar.

Eu assenti com a cabeça e fui embora.

- Unnie eu acho que vocês fariam um ótimo casal.

- Que? Claro que não, amiga fica quieta.

 

 

As férias chegaram, eu procurei um novo trabalho e felizmente consegui um bem melhor como secretária, comecei a trabalhar de manhã enquanto não tinha aula, Na Ra tinha viajado e eu fiquei matando tempo, eu e o Jimin saímos várias vezes nessas férias. E então ele me convida novamente, ele disse que queria fazer algo diferente.

Fizemos uma longa viagem e bem divertida, mas seu carro não era o mesmo de antes, era um carro porsche vermelho. É muito bom sair com ele, brincamos na areia e na água da praia. Era noite, ele me deu um café e ficamos sentados no parque em frente à praia, logo depois fomos comer em um bar, ele começa a bebericar demais. Eu não bebi nada dessa vez, mas ele se jogou na bebida, quando percebi já estava bêbado.

- Jimin, você está bêbado?

- Você é muito linda Yejin.

- Jimin pare de beber. Vamos tomar ar fresco.

Eu o ajudo a se levantar e sentamos em um banco no parque.

- Você está bem?

- Você é tão linda.

- Para de dizer isso.

Ele estava realmente fora de si, ele me olhava fixamente, não tirava o olhar de mim, eu disse para ele parar de me olhar, porém...

Ele me beija, meu coração começa a queimar, meu corpo começa a esquentar.

- O que foi isso? - Sussurrei.

O que eu faço agora, eu não sei o que fazer, porque ele me beijou, o que foi isso?

- Você está quieta por que? Ficou com vergonha? Era seu primeiro beijo?

Droga, fiquei furiosa, mas confesso ter gostado, droga, droga, droga.

- AIGOO, JIMIN VAI SE F****.

Droga não acredito que ele fez isso e ainda por cima me provoca deixando-me irritada, tento conter a raiva, e o ajudei ir até o carro, íamos voltar essa noite para casa, mas ele está fora de si, então eu abri a porta de trás do carro, ele entrou no carro deitando-se no banco e eu acabo caindo em cima dele. O que fez nossos rostos ficarem próximos, ele ficava me olhando com olhar malicioso e me beija de novo. Saio de cima dele na hora e fecho a porta do carro, e fico fora do carro para respirar.

- Aff, não acredito que isso aconteceu, como eu vou encarar ele amanhã?

Fico resmungando o tempo todo.

- Mas, ele bebeu bastante pode ser que ele acorde e nem se lembre do que aconteceu, pode ser isso, vamos fingir que nada disso aconteceu.

Fico no banco da frente do carro, ele já estava dormindo enquanto eu não conseguia dormir, não conseguia parar de pensar naquele... beijo.

 

Acordei essa manhã com o sol nos meus olhos, Jimin não estava no carro.

- Cadê esse garoto?

Ele bate na porta do carro e saio do carro.

- Achei que estaria com fome, então comprei para comermos.

Eu olhei para aquela boca carnuda e passei a mão na minha boca lembrando da noite passada.

- O-obrigada.

Peguei o café e o lanche de sua mão.

- Você dormiu bem?

Perguntei a ele.

- Sim, dormi muito bem.

 

[JIMIN]

 

Eu estava bêbado esta noite, mas nunca ia esquecer desse beijo. Ela me leva até o carro, me jogo no banco de trás e faço ela tropeçar, caindo em cima de mim, enquanto nossos rostos estavam próximos olho para ela com um olhar malicioso e a beijo de novo. Seu beijo é tão bom, é viciante e perfeito. Aquela boca me dava muito desejo.

Ela parecia estar com raiva e saiu de cima de mim. Finjo estar dormindo e ela entra no carro, ela não conseguira dormir tão fácil, quando vejo ela dormindo pego meu celular e tiro uma foto dela, quero guardar de lembrança para quando for embora. Pois é, eu irei embora em alguns dias e ela nem sabe, não tenho coragem de contar a ela. Tenho que contar logo.

 

Eu acordo primeiro que ela e saio do carro para ir ao banheiro, aproveito e compro um café da manhã.

- Ela está acordada.

Bato no vidro do carro e ela sai, me olha estranho e seu rosto fica vermelho.

- Trouxe café da manhã.

- O-obrigada. Você dormiu bem?

- Muito bem e você?

Ela assentiu com a cabeça.

- Vamos.

 

[YEJIN]

 

Ele me puxa e me leva para algum lugar.

- Você tem que parar de fazer isso.

Ele me levou até uma loja de roupas e fez eu provar várias roupas por que ele disse que queria comprar para mim.

- Aniyo, não precisa comprar nada.

- Mas eu quero.

Reviro os olhos e me deparo com a coisa mais linda que já vi. Eu olho fixamente para aquela roupa, eu estava hipnotizada.

- O que você está olhando?

Ele olha para a mesma direção, então volto meus olhos para outros cantos, ele me olha desconfiado.

- Hum, saquei.

Ele correu até a roupa que havia gostado e ficou imaginando eu nela.

- Hum, não combina com você, essa roupa é feia.

- Quem disse que eu gostei dela?

- Sua boca babada.

- Aigo.

- Olá, vocês querem ajuda? – Uma mulher da loja ofereceu ajuda.

- Sim, eu quero algo que fique muito bem nela, pode me indicar alguma coisa?

- Hum, claro.

Havia uma blusa listrada com uma saia de couro rodada, porém ele não gostou, ele acha que pareço gótica. Depois a moça da loja pegou um vestido de renda branco que ele gostou bastante então comprou, só que ele achou que estava faltando alguma coisa, ele comprou um colar de ouro com o pingente de uma estrela e dentro havia uma pedrinha azul, ele havia gostado tanto que comprou.

- Isso é um presente, use sempre, quando nos encontrarmos de novo, quero ver você usando.

- Por que está falando desse jeito?

- Não precisa se preocupar. Ah, para te deixar mais tranquila, eu não me esqueci daquele beijo e foi o melhor beijo que tive em toda minha vida, já o seu foi o primeiro beijo e fico honrado em ser o primeiro a beijar essa boca. Ele segura meu rosto com seu indicador me olhando maliciosamente. Mas dessa vez ele não vai conseguir o quer, ele estava se aproximando para me beijar e piso em seu pé.

- AIIIII. Por que fez isso?

Fico em silêncio.

- Ok, ok. Vamos indo.

 

Fomos até o carro e entramos, estávamos na estrada quando o carro começa a parar.

- Não, não, não para meu carrinho.

- O que foi?

- Droga, eu disse para você não parar.

Eu olhei para a tabela do carro e vi que estava sem gasolina.

- AIGOOO JIMIN, COMO ISSO ACONTECEU?

Dei um tapa no braço dele.

- Eu esqueci de abastecer.

- Seu idiota, e o que vamos fazer agora?

- Vamos pedir ajuda a alguém.

Eu fiquei encarando ele de cima a baixo e gritei com ele.

- Aiiish, seu idiota não tem nenhum carro passando.

Comecei a andar com raiva e rápido.

- Onde você vai?

- Eu vou para casa.

- A pé?

- Você quer morar aqui? Ninguém vai passar por essa estrada.

- Espera, vou ligar para um guincho.

Ele andava para todos os lados a procura de sinal no celular, estávamos no meio do nada.

- Ok, vamos andando e procurar alguém. Ele pega as coisas dentro do carro e abandona o carro ali.

- Nunca mais vou sair com uma cabeça oca que nem você.

- Olha pelo lado bom, estamos juntos.

Encarei-o e ele entendeu que era para ficar quieto.


Notas Finais


E então o que estão achando dessa fanfic *-* e o novo capítulo gostaram? Em breve tem mais, obrigada por estar me acompanhando ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...