História The Destiny - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Divergente
Personagens Albert (Al), Beatrice "Tris" Prior, Caleb Prior, Christina, Eric, Ezekiel "Zeke" Pedrad, Lynn, Peter, Shauna, Tobias "Quatro" Eaton, Uriah, Will
Tags Divergente, Fourtris, Tobias, Tris
Exibições 138
Palavras 2.621
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha que voltouuu genteeeeee🎉🎊🎊🎊🎊🎊🎊

Cadê gente pega os fogo de artifício, porque eu voltei e agora é pra fica porque aqui, aqui é meu lugar. Kkkkk.


Esse tempo longe me deixou meio louca. No casa mais louca ainda. Kkk

Gente estou super feliz, estamos quase chegando aos 50 favoritos. Uhhhhhhu 🎉🎉

Deixando a loucura de lado... vamos a mais um capitulo.


Espero que gostem e
Boa leitura. 😃

Ah! Temos capa nova genteeeeee.
Serio amo vocês. 😘😘

Capítulo 7 - Janta


Fanfic / Fanfiction The Destiny - Capítulo 7 - Janta

P.o.v TRIS

Como eu não vou sair, decido fazer um brigadeiro para comer. Pego os ingredientes e coloco na panela. Fico mexendo e vejo que agora só falta 5 minutos para o idiota do Tobias chegar para me buscar. Só quero ver a cara dele quando ele chegar aqui é ver que eu não estou arrumada e que não vou sair com ele

A campainha toca, eu já imagino que seja ele. Droga me atrapalhou a fazer meu amado brigadeiro. Apago o fogo e vou atender a porta. 

Quando abro aquela pequena, -grande pra mim, pois sou muito menor que a porta. Mas isso não vem ao caso agora. - divisão entre nos dois, encontro um lindo homem. Ele esta perfeito. Está com uma calça jeans preta, uma camisa social também preta dobrada  e um tênis também preto. Como gosta de preto gente. O cabelo dele está bagunçado, o deixando mais sexy ainda. E aquele sorriso? Ah! O sorriso e os olhos.

Simplesmente perfeito.

Tobias abre um sorriso quando me ver na porta, mas esse sorriso logo some quando ele me olha de cima a baixo, observando minhas roupas, que é composta por uma camisa rosa, que vai até o meio das minha coxa  e um sorte curto preto, que por causa da camisa ser grande, quase não aparece.

- Olha Tris, eu sei que você esta linda assim, ainda mais por eu está podendo ver suas belas pernas com essa roupa. - Ele fala me olhando de novo, com um sorriso malicioso e eu reviro os olhos. - Mas você recebeu minha mensagem?

- Recebi. - Respondo simples.

- E por que você ainda não está arrumada? 

- Porque eu não vou. - Respondo e ele me olha sério.

- Como assim não vai? - Pergunta irritado passando por mim, e entrando no apartamento. - Você ta maluca?

- Fique a vontade. - Falo irônica e essa é a vez dele revira os olhos. - Eu simplesmente não vou, uê. E não, eu não estou maluca.

- Ta, então não maluca, será que eu posso saber o por que de você não sair comigo? - Pregunta cruzando os braços.

- Tem que ter motivos? - Pergunto imitando ele. Cruzo os braços na altura dos meu peito, e os olhos do Tobias vão pra lá.

- Tem. Poxa eu te mando mensagem pedindo pra você se arruma pra eu te levar pra sair, e o que você faz? Não se arruma e ainda fala que não vai. - Ele tenta desvia os olhos de lá mas não consegue. Safado! - Será que você pode tira os braços dai? - Pregunta e puxa meus braços e os coloca ao lado do meu corpo.

- Ah! Agora você se lembrou de mim? O que aconteceu? Acabou as mulheres pra você sair, ai você resolveu vim atrás da idiota aqui. - Falo e Tobias me olha confuso.

- Do que você está falando Tris?

- A Tobias me faça o favor. - Ando até a cozinha e volto a fazer meu brigadeiro. Tobias me segue. 

- Tris, eu sinceramente não estou te entendendo. - Pergunta confuso e isso me estressa ainda mais.

- Você sumiu por três dias, TRÊS DIAS, TOBIAS, E AGORA QUE VIM NA MAIOR CARA DE PAU ME CHAMA PRA SAIR? - Me exalto.

- Calma Tris...  - Não o deixo termina de fala.

- Calma merda nenhuma. Você já ouviu fala em ligação, ou até mesmo mensagem, aquele mesmo negócio que você usou pra me manda aquela mensagem ridícula pra me chama pra sair.

- Tris, você quer deixa eu explicar? - Ele tenta chegar perto de mim, mas eu o afasto.

- Eu não quero explicação nenhuma. Olha só o que você fez seu idiota. Me fez queimar o meu brigadeiro. - Falou irritado por ele ser um idiota que sumiu por TRÊS dias e pelo meu bebê que queimou.

- Tris...

- EU JÁ FALEI QUE NÃO.

- Gente o que está acontecendo aqui? Daqui a pouco os vizinhos vão está reclamando por causa da gritaria. - Christina entra na cozinha.

- É essa sua amiga louca que não está me deixando fala. - Ele me chamou de louca?

- LOUCA É A VACA DA SUA...

- Tris, você quer para de grita? - Christina me interrompe. - Você vai fala, mas se ficar gritando eu vou enfiar um pano na sua boca. Você me entendeu? - Pergunta e eu assinto. - Ótimo. Agora me explica o que está acontecendo. Sem grita. 

- Eu fiquei preocupada com esse idiota, durante TRÊS dias. Toda hora eu olhava o telefone pra ver se tinha alguma notícia dele, mas nada. Ai ele simplesmente aparece aqui com a cara mais lavada, me chamando pra sair. Não teve a cara de pau de me manda uma mensagem pra avisar que estava vivo, mas teve pra mandar eu me arrumar pra sair. - Falo tudo de uma vez.

- Ah, então foi por isso que você ficou toda chata esses dias? - Pregunta rindo. Sabia que não poderia fala isso pra ela. Agora ela vai fica me zoando. - Por que você não me perguntou sobre ele, já que estava preocupada?

- Eu não estava preocupada com ele. - Minto. É claro que eu fiquei preocupada.

- Uhum. Vou acredita me você. - Fala com ironia e eu reviro os olhos. - Bom gente, já que era só isso, eu vou deixa o casal se acertando e vou indo. Aproveite, porque a reconciliação é muito melhor. - Sorrir maliciosa e sai correndo quando eu taco a colher nela. Olho para Tobias, que está com um sorrisinho idiota de canto de boca. Agora eu tenho certeza que falei demais. -

- O que foi Tobias?

- Então quer dizer que você ficou preocupada comigo? - Pergunta chegando mais perto.

- É claro que não.  

- Não? Não foi isso que pareceu. 

- Querido, você está vendo coisa onde não tem. - Falo com deboche e me viro de costas pra ele.

- Uhumm. - Ele me abraça por trás, e meu corpo todo estremece com o contado do corpo dele. - Desculpa não te falado com você esses dias, eu tive que viaja de volta pra Chicago de última hora, e na correria não consegui te avisar, e também acabei deixando o celular em casa. Mas quando eu cheguei, você foi a primeira pessoa que eu procurei. Por isso que estou aqui. Agora será que você poderia ir lá em cima e colocar uma roupa para podermos sair? - Pergunta e deixa um beijo meu ombro. 

- E se eu não quiser sair com você? - Provoco.

- Ai eu vou ter que te levar lá pra cima, te da banho e troca as suas roupas, e te arrasta comigo. E pode te certeza que vai ser um prazer te da banho, a parte de colocar as suas roupas não vai ser muito legal, já que eu prefiro você sem elas, e te arrasta vai ser até legal. Mas eu prefiro o banho. - Da um sorriso safado.

- Você é um idiota mesmo. - Sorrio. - Espera aqui que eu vou lá. - Começo a sair da cozinha, mas paro no caminho. - Ah, aproveita que você não está fazendo nada, e lava essa panela, já que foi por sua culpa que eu queimei meu brigadeiro. - Sorrio de novo e saio da cozinha escutando os protestos dele.

Corro até meu quarto, e entro direto no banheiro. Tomo meu banho rápido, pois estou ansiosa pra sair com ele. Termino, me enrolo na toalha e lembro que não perguntei para o Tobias onde nos vamos, e eu não sei que roupa vestir. Então aperto mais a toalha no corpo e desço as escadas, atrás do Tobias. Acho que não tem nada de mal em ele me ver de toalha, já que ele me viu de calcinha e sutiã.

- Tobias? 

- Na sala. - Vou até lá.

- Tobias que roupa devo colocar? Você não me falou onde vamos. - Tobias estava olhando o celular. Quando eu paro na entrada da sala, ele levanta a cabeca, e vai me olhando de baixo pra cima. Vejo que ele arregala os olhos e engole a seco. - Tobias. - Estalo os dedos na frente dele, pois ainda está me olhando.

- Poxa Tris, você quer me deixa louco não quer? Por que você tem que aparecer assim na minha frente. - Pergunta revoltado. Acho que eu me enganei, tinha problema sim.

- Eu só queria saber onde nos vamos, para pode me vestir de acordo.

- Nos vamos jantar. - Olha o meu corpo de novo. - Claro, se você sai da minha frente vestida assim e ir coloca uma roupa. - Sorrio e subo.

Volto para o meu quarto e coloco um vestido preto, que vai até o meio das minhas coxas. Coloco um blazer branco. E um scarpin preto. Faço algumas voltas no meu cabelo, uma maquiagem que realce meus olhos, e passo meu batom vermelho. Coloco meus acessórios e pego minha bolsinha de lado também preta. Me olho mais uma vez no espero, e desço. 

Antes de ir pra sala, passo no quarto de Chris pra avisar que estou saindo com o Tobias. Ela ver minha roupa é fica me zoando que hoje vai ter. Também falou que eu estava muito linda. Agradeci, ignorando o seu primeiro cometário e fui até Tobias.

Chego na sala, e mais uma vez no dia, Tobias me olha da cabeça até os pés. 

- Você está linda. - Fala me fazendo sorrir tímida. - Vamos?

- Vamos.

Tobias me levou em um restaurante muito bonito. Ele tinha reservado a mesa em nome de Sr e Sra Eaton. Tive vontade de bate nele quando a mulher me chamou de Sra Eaton. Até ela percebeu que eu fiquei surpresa com aquilo. 

O janta correu muito bem. Tobias me contou que quando nos conhecemos no avião ele estava vindo de uma de suas empresas que fica em Chicago. Só que ele teve que volta essa semana porque teve um problema. Que passou todos esses dias atolado de coisas pra fazer, e não teve um minuto de descanso. E me pediu desculpa mais uma vez por não te falado comigo. 

Tobias pagou a contra. Mesmo eu falando que eu ia ajuda, ele não deixou. Falou que ele que tinha me chamado, e que ele ia paga. Depois de paga, Tobias pegou o carro, assim que entramos Tobias pegou uma caixa retangular de veludo preta e estendeu na minha direção.

- Pra que isso, Tobias. 

- Abre. - Diz com um largo sorriso. - Espero que você goste. Quando eu estava vindo embora eu vi ela e só consegui pensar em você. - Termina de fala e eu abro a pequena caixa que está na minha mão, encontrando uma linda pulseira de diamantes com perolas. Perfeita. Olho para Tobias que esta me olhando esperando eu fala alguma coisa.

- Tobias é linda. - Digo encantada com a joia na minha mão.

- Que bom que você gostou. - Respira aliviado. 

- É linda Tobias, mas eu não posso aceitar. - digo olhando para ele, que me olha preocupado e confuso.

- Por que Tris? Você não gostou? Se quiser eu compro outra. - Fala rápido.

- Não Tobias, ela é linda, não precisa compra outra...  É que deve ser muito cara, e eu não posso aceita. 

- Claro que você pode aceita, e vai aceita. 

- Tobias, você se lembra que a gente só nos conhecemos a menos de 5 dias? - Pergunto erguendo as sobrancelhas.

- Me lembro. Mas o que tem isso?

- Nada, mas eu acho que você não deveria está  me dando presentes. Ainda mais um presente tão caro como esse. 

- Eu não vejo problema nenhum em te da um presente. 

- Ta Tobias, eu aceito. - Digo vencida. - Mas eu vou te da um presente também. 

- Não precisa loira, eu não te dei isso esperando receber algo em troca. - Sorri e liga o carro, começando a corre pelas ruas de Nova York. - E além do mais, o que eu quero você não quer me da. - Diz olhando pra estrada.

Fico sem saber o que fala, sinceramente eu não esperava por isso. Eu sei que o Tobias fala que quer fica comigo. Mas eu não esperava, ele não fez nenhuma gracinha no jantar.

O caminho de volta pra casa foi silencioso. 
Tobias para o carro em frente ao meu prédio e me olha. 

- Se eu fosse você não ficaria ai esperando um beijo de despedida, porque na vai rola. - Digo brincando.

- Mas eu não estou esperando por isso. Por mais que eu queira, eu estou te olhando porque você e linda. - Fala me deixando com vergonha.

- Eu gostei muito do nosso janta e o presente. - Digo mudando de assunto.

- Eu também gostei. Você é uma ótima companhia. - Diz e fica um silêncio no carro.

- Eu acho que vou subir. - quebro o silêncio e começo a sair do carro, quando sinto a mão de Tobias no meu braço.

- Espera eu vou subir com você. - Diz e abre a porta.

- Não precisa Tobias, pode ir pra casa. Já está ficando tarde.

- Claro que precisa. Não quero que uma Christina louca me mate. - Sorrimos.

- Obrigada mais uma vez Tobias. - Agradeço quando chegamos na minha porta.

- De nada. Foi um prazer ter a sua companhia hoje. - Ele se aproxima. - Espero que possamos repeti mais vezes.

- Eu também. 

- Boa noite Tris. 

- Boa noite Tobias. - Ele colide os nossos lábios em um selinho demorado e se vai.  Entro em casa e Chris está sentada no sofá. Lá vem, já até imagino.

- Pode me contando tudooo. - Ela diz assim que eu fecho a porta.

- Não tenho nada pra conta. - Me sento ao lado dela.

- Claro que tem. O que isso na sua mão. - Aponta pra caixinha.

- Tobias me deu. - Digo e amostra pra ela. 

- Tris é linda. Tobias está me surpreendendo.

- É linda mesmo. Mas por que você esta falando isso.?

- Tris eu acho que pelo pouco que você conhece o Tobias já deu pra perceber como ele é. Tobias não da presente pra nenhuma menina que ele quer ficar. Mas me diz como foi o jantar?

- Foi bom. - Respondo e Chris fica me olhando indignada. - Ta, foi maravilhoso. O Tobias até que é legal quando não esta sendo um idiota que se acha o gostosão. - Respondo lembrando das nossas conversas durante o janta.

- É, o Tobias é uma ótima pessoas e um ótimo amigo. Mas temos que concorda ne Tris, ele é um gostosão sim. O cara parece um deus grego. - Fala rindo.

- Sim, tenho que concorda com você. Ele e muito lindo. Mas ele não precisa saber disso, senão vai se acha mais ainda. - Rimos. - Ta agora deixa eu ir que eu estou morta de cansaço. 

- E quando você não está cansada. Reviro meus olhos e dou lingua.

- Boa noite. 

- Boa noite. - Dou um beijo nela e vou pro meu quarto. 

Tomo um banho, coloco um short curto e uma blusa grande e deito na cama. Pego meu telefone e tem uma mensagem.

 

- Adorei poder passa um tempo com você. O jantar foi perfeito, ainda mais pela sua presença. Boa noite loira, Dorme com Deus. Bjs
Tobias.

Sorrio e me arrumo na cama para dormi. logo caio no sono.
 


Notas Finais


Tris bancando a maluca ciumenta kkkkk. 😂😂😂
Essa na foto é a pulseira que o Tobias deu pra ela.
Tobias sendo fofo. 😍😍

Espero que vocês tenham gostado. Bjs bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...