História The Destiny - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Divergente
Personagens Albert (Al), Beatrice "Tris" Prior, Caleb Prior, Christina, Eric, Ezekiel "Zeke" Pedrad, Lynn, Peter, Shauna, Tobias "Quatro" Eaton, Uriah, Will
Tags Divergente, Fourtris, Tobias, Tris
Exibições 118
Palavras 2.028
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii gente.

Me desculpe pela demora a postar. Mas eu nao estou me sentindo muito bem hoje. Ai nao deu, passei mal o dia todo. Mas fiz uma forcinha e estou aqui. 😊

Uma parte desse capitulo e narrado pelo meu, pelo seu, pelo nosso Tobias Eaton, o gostoso, lindo , maravilhosa. 👏👏👏😙😙


Espero que vocês gostem do capitulo.

Boa leitura 🍃🍃

Capítulo 9 - Nem tudo é do jeito que queremos.


Fanfic / Fanfiction The Destiny - Capítulo 9 - Nem tudo é do jeito que queremos.

        TOBIAS 

"Ta, só não fica chateado comigo. Tobias eu acho que é melhor não acontecer nada entre a gente, porque eu não quero perde sua amizade por causa de uma atração."

 

Essa é uma frase que não sai da minha cabeça desde que Beatrice falou no jantar. 

Amizade.

Amizade.

Amizade.

 

Essa palavra já esta me irritando.

 

Eu até que entendo ela. Também não quero perde sua amizade. Mas não posso mentir e fala que não fiquei chateado e com raiva. Eu nunca fui rejeitado por mulher nenhuma. E Beatrice já me rejeitou duas vezes. A primeira, assim que nos vimos no avião e agora no jantar. E pode ter certeza que essa do jantar foi bem pior que a primeira. Cara ela me colocou como amigo. Acho que a pior coisa para um homem e ser posto na zona da amizade pela mulher que você está querendo ficar. Mas eu vou respeita, essa não foi a escolha dela? Eu respeito. 

 

 

No começo vai ser meio difícil ficar perto dela, e saber que eu não tenho nenhuma chance, mas eu vou conseguir. 

 

Beatrice se tornou uma pessoas muito especial, eu preciso ficar perto dela. 

 

Agora o mais difícil vai ser não pensar em coisas impróprias com aquela mulher. Beatrice é toda perfeita. 

 

Quando eu vi Beatrice no avião, eu tive certeza do que eu queria, eu queria ela na minha cama. Mas ai ela começou a dizer que não, e isso só fez a minha vontade aumentar. Quanto mais ela negava mais eu queria. Até porque eu nunca tive que insistir tanto com uma mulher. Eu nunca imaginei que Beatrice poderia ser a Tris, amiga da Christina. Quando eu vi ela na boate ai que eu fiquei louco mesmo. Poxa se até o destino queria que a gente ficasse juntos, quem era eu pra dizer que nao? Mas como nem tudo é como nos queremos. 

 

Agora eu me encontro deitado na minha cama, pensando na loira que me deu um fora. 

 

Tobias o que esta acontecendo com você? Você nunca ficou em casa pensando em uma mulher, ainda mais uma que não quer nada com você. 

 

Nunca fiquei e não vai ser hoje que isso vai acontece. 

 

Levanto da cama, para tomar um banho e me arrumar. Eu conheço um ótimo jeito de esquecer Beatrice.

 

Dessa vez tive que encontra outra boate para ir. A de sempre me lembrava Beatrice, pois foi lá que nos encontramos de novo. Estaciono o carro e entro. A música alta preenche meus ouvidos, pessoas dançam no ritmo da música, e eu tenho que me enfiar no meio delas para chegar até o bar. 

De longe eu já a visto uma ruiva sentada. Chego mais perto e sento ao seu lado.

- Um drink pra senhorita aqui. - Digo para o rapaz do bar assim que me sento. E a mulher me olha. - Boa noite.

- Nossa que cavalheiro. Muito obrigada... - Diz quando o rapaz coloca o copo no balcão. 

- Tobias. E o seu? 

- Roberta. Muito prazer. - Sorrir.

- O prazer é todo meu. - Dou um sorriso malicioso. - Então, o que uma bela mulher esta fazendo aqui sozinha?

- Esperando um belo homem, me pagar um delicioso drink. E me leva para casa. - Diz e da uma piscadela. 

- Bom, se eu for esse belo homem, já paguei o drink, agora só falta levar pra casa. 

- Eu vou adora a carona. Mas meu irmão chegou de viagem, e está na minha casa. - Faz um biquinho de quem esta triste.

- Não tem problema. Minha mãe me ensinou que devemos ser bonzinhos com os outros. Então eu deixo você passa a noite no meu humilde lar. - Digo e ela morde o lábio inferior. 

- Eu vou adora

 

---------

Fecho a porta do apartamento e prenso a ruiva gostosa na mesma. Logo em seguida começo a devora seus lábios com urgência. Ali mesmo começo a tira sua roupas e jogo em qualquer lugar da casa. Quando ela está só de roupas íntimas, empurro seu corpo até chegar no sofá. Subo pro cima dela e deixo alguns chupões em seu pescoço, o que a faz gemer no meu ouvido. 

- Tobias, por que não vamos para o quarto? - Pergunta gemendo.

Não respondo, a pego no colo e vou andando e esbarrando nas coisa até chega no quarto. Chegando, sento na cama e ela fica sentada em cima do meu colo. 

Ela tira minha camisa e levanta, se ajoelha entre minhas pernas, da um sorriso safado, e então tira minha calça junto com a minha box.

 

---------

Quando Roberta dorme, me levanto da cama sem fazer muitos movimentos e vou até a cozinha. Pego um copo de agua e depois sigo até o quarto de hóspedes. Tomo um banho e deito na cama pensando na loira que tanto me atormenta nesses últimos dias.

Que merda, era para eu esta pensando na transa magnífica que eu acabei de ter com a ruiva gostosa que esta no quarto ao lado, e não em uma loira, baixinha, nervozinha, irritante que me deu um belo de um fora, e ainda quer ser minha amiga. 

Mas que merda Tobias. Você é um bosta mesmo. Agora vê. Tobias Eaton, levando um fora de uma garota. Amigo da mesma garota. E não para de pensar na mesma garota. Você, Tobias, é oficialmente um BOSTA.

 

-------

Acordo com alguém me chamando. Que saco. Me levanto, e encontro Roberta na minha frente, vestindo apenas a minha camisa. 

- Bom dia. - Ela sorri e vem me da um beijo, só que eu viro o rosto e pega na minha bochecha. 

- Bom dia. Que horas são? - Pergunto me levantando. 

- 8:40. - Ela olha pra cama que eu estava deitado a pouco tempo e olha pra mim. - Por que você dormiu aqui e não lá no outro quarto?

- Porque eu não divido a cama com ninguém na hora de dormi. Prefiro dormi sozinho. - Digo naturalmente e ela me olha supresa. 

- Nossa!!. Será que você poderia me da uma carona até a minha casa? 

- Claro, só vou me troca. - Olho pra ela de cima a baixo. - E acho que você também.

- Claro, já vou. - Da um sorriso sem graça e sai do quarto. 

Coloco uma bermuda clara, uma camisa pólo azul escura e calço um chinelo mesmo. Até porque hoje eu não vou trabalha. Saio do quarto e Roberta já esta pronta na sala.

- Vamos? - Digo assim que pego as chaves do meu carro. 

- Vamos.

 

Saímos, e Roberta foi me mostrando o caminho de sua casa. Quando paramos em frente a uma grande casa, toda branca, ela se vira na minha direção para se despedi. 

- Então, quando vamos nos encontra de novo? 

- Desculpa linda, mas eu não fico com a mesma mulher duas vezes. - Digo e o sorriso que ela estava dando some. - Mas eu adorei fica com você. Foi ótimo.

- Então ta. Mas se você muda de ideia, já sabe onde me encontra. - Pisca e sai do carro.  

 

Volto pra casa, e assim que coloco os meus pés dentro dela meu telefone toca. 

- Fala Zeke.

- Onde tu ta Tobias? Estou te ligando desde ontem.

- Ontem eu sai, ai não vi as chamada. Mas eu estou em casa por que?

- Você não esta em casa coisa nenhuma. Estou na sua porta a um maior tempo.

- E porque eu estou na outra. Ontem eu vim acompanhado pra casa. - Abro a geladeira e pego uma jarra de suco.

- Tobias, e seus casos. - Ouço ele rindo do outro lado. - Ta, to indo pra ir. Manda a garota embora. E vê se limpa essa casa, porque não quero sentir cheiro de sexo no ar.

- Hahaha. Ela já foi. Vê se você passa em algum lugar, e trás alguma coisa pra comer. 

- Abusado. Mas olha aqui, se ela já foi embora, o que você esta fazendo ai ainda?

- Quando você chega aqui eu te conto. 

- Ta, já estou chegando. - Desliga.

 

------------

- Então quer dizer que ela te deu um fora. - Zeke diz rindo, assim que eu acabo de conta o que houve.

- Exatamente. 

- Não acredito, Tobias Eaton, o rei das mulheres, tomou um fora de uma baixinha. Um não, dois. Eu pensei que não ia viver pra ver isso. 

- Vai rindo Zeke. 

- Cara, mas você tem que concorda comigo, que isso não acontece todo dia. - Rir de novo. - Então é por isso que você não quer volta pra casa?

- É, a Beatrice me pediu pra ser amigo dela, eu até concordei, mas eu não sei se vou consegui fica perto dela. Pelo menos não agora. Então vou passa um tempo aqui, e quem sabe eu não viajo a trabalho de novo. 

- Caraca mano, coitado de tu, tomou um fora e ainda vai ser amigo da garota. Só tu mesmo. 

- Ah! Me faz um favor, não fala pra ninguém que eu estou aqui. Principalmente pra Christina. 

- Pode deixa. Uma coisa que eu acho engraçada, é como você e a Tris, não se encontraram ainda, morando no mesmo lugar. 

- Nem eu sei como isso ainda não aconteceu. Acho que ela nem sabe que eu moro lá. 

- Agora uma coisa mais engraçada ainda, é se a Tris não sabe, por que a Christina não deu com a lingua nos dentes. 

- Vai saber. Mas isso é estranho. - Rimos.

 

~~~

 

       TRIS

Hoje esta completando praticamente um mês que eu não vejo o Tobias. Ele sumiu e ninguém tem noticia dele. Sempre que estou conversando com a Chris, eu pergunto por alto por ele, não quero da muito na cara que eu estou sentindo falta dele. Sempre que eu comento e pergunto como quem não quer nada, ela fala que ele deve esta viajando, já que ele sempre fazia isso.

 

No dia seguinte do janta e conversa, eu acordei cedo pra espera ele manda alguma coisa, ou até mesmo aparecer no meu quarto quando eu estivesse dormindo, mas nada.

Queria muito ir na casa dele, mas não quero pergunta pro pessoal onde fica, e também não quero invadir o seu espaço.  Quando ele quiser e estiver pronto, acho que vai me procura. 

Mas que a saudade dói, doi. Nos primeiros dia eu me senti muito mal, por não ter ele do meu lado. Passei o dia todo com o telefone nas mãos, me irritava facilmente, apertava no nome dele pra ligar, mas depois perdia a coragem e desligava. Mas com o passa dos dias, eu fui me focando no trabalho e perdi um pouco a ansiedade para ver ele. Mas só um pouco. 

Por fala em trabalho, esta tudo indo as mil maravilha. Já fiz algumas amizades por lá, e os equipamentos que eu trabalho e simplesmente incrível. Mas como nem tudo e do jeito que queremos, sempre tem aquela pessoa que gosta de implicar com você. E essa pessoa se chama Nita. Olha não sei o que ela tem contra a minha pessoa, mas ela não vai com a minha cara, mesmo eu não tendo feito nada com a mesma. Mas fazer o que? 

Tambem tem sempre aquela pessoa que você faz amizade super rápido e essa foi com o Al. Ele é incrível e de vez enquando faz questão de me da uma carona, já que moramos no mesmo caminho. Hoje é um desses dias. Estou terminando de me arrumar pra sair, já que ele disse que já estava saindo de casa. 

 

Termino de arrumar tudo, e pego minha coisas. Tranco a porta, porque Chris já saiu pro trabalho dela, e vou andando até o elevador. Aperto o botão, pra chamar ele, e nesse meio tempo meu telefone começa a toca dentro da bolsa. Abaixo a cabeça pra procura ele dentro da bolsa, e quando o encontro o elevador já esta parado e suas portas então se abrindo. 

 

Quase caio pra trás quando levando meus olhos e vejo quem esta dentro daquele pequeno espaço. 

 

- Beatrice...
 


Notas Finais


Quem sera???? 😶

Só eu que achei o Tobias um cafajeste???
Ele pode ate ser, mas é o meu cafajeste preferido. Kkkkk. Amo muito. 😍😍💟

E que historia é essa do Tobias mora no mesmo ligar que a Tris ? 😐

Espero que vocês tenha gostado.
Bjs Bjs, ate o próximo 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...